quinta-feira, 31 de março de 2011

PROGRAMAÇÃO DO FINAL DE SEMANA
Confira a programação para esse final de semana, das principais categorias do automobilismo.
Luis Fernando Soares de Almeida
RM, 31/03/2011


NASCAR CAMPING WORLD TRUCK SERIES

-: 4° Etapa - Martinsville , Sábado 02 de Abril (Canal Speed ao vivo).

NASCAR SPRINT CUP

-: 6° Etapa - Martinsville, Domingo 03 de Abril (Canal Speed ao vivo).

BTCC (British Touring Car Championship)

-: 1° Etapa - Brand Hatch Indy, Domingo 03 de Abril.

LE MANS SERIES

-: 1° Etapa - 6 Horas de Castellet, Paul Ricard, 1-2-3 de Abril (Speed ao vivo no sábado).

STOCK CAR BRASIL

-: 2° Etapa - Interlagos, São Paulo, Domingo 03 de Abril (Sport TV ao vivo).

COPA CHEVROLET MONTANA

-: 1° Etapa - Interlagos, São Paulo, Domingo 03 de Abril (Canal Speed e Rede TV ao vivo).

FÓRMULA TRUCK

-: 2° Etapa - Rio de Janeiro, Domingo 03 de Abril (Band ao vivo).

FORMULA 3 EURO SERIES

-: 1° Etapa - Le Castellet, Paul Ricard, 1-2-3 de Abril.

..............................................//Final de Semana

segunda-feira, 28 de março de 2011


V8.Supercars.2011.Melbourne.Race3 por Nagiants40

Prova 3 de apresentação que não vale pelo campeonato, tem um grande acidente envolvendo o carros das eequipes Jim Beam Racing e Team Vodafone.

F-1: 2011.Round01.Australia.Race.Onboard por Nagiants40

Largada da prova de abertura da F-1 2011 em Albert Park, Melbourne, Australia. Câmera on-board em Fernando Alonson, Jenson Button e Paul di Resta.

FIA GT 1 2011 Round 1 Race 2 - Largada por Nagiants40

FIA GT 1: 2011 - Corrida 1 em Abu Dhabi, largada por Nagiants40

domingo, 27 de março de 2011

INDYCAR SERIES
Dario Franchitti começa o ano com ótima vitória.
Luis Fernando Soares de Almeida
RM, 27/03/2011


A primeira etapa da Indy teve uma corrida conturbada no seu inicio com várias bandeiras amarelas. A nova regra de largar com os carros alinhados em circuitos mistos, claramente não foi uma boa idéia, pelo menos em St. Petersburg. Na primeira curva logo após a largada Ryan Briscoe da Penske tocou em Marco Andretti da Andretti Autosport, e o carro de Marco fez um "strike". Envolvidos no acidente estiveram Scott Dixon da Chip Ganassi, Helio Castroneves da Penske, Danica Patrick da Andretti Autosport, além de Marco que teve o seu carro virado de ponta cabeça encerrando a corrida para o piloto.
Na terceira relargada mais um incidente, e nova bandeira amarela, o destaque foi a relargada de Simona de Silvestro (HVM Racing). Ela se livrou da encrenca mesmo sendo tocada e assumiu a 3° colocação atrás apenas de Will Power da Penske e Dario Franchitti da Chip Ganassi. Tony Kanaan fez uma excepcional corrida, após a 4° relargada ele assumiu a 4° posição na sua estréia pela equipe KV Racing Technology e chegou em 3° resistindo à uma pressão incrível de Simona de Silvestro. Muitos toques entre os carros, com vários pedaços pelas ruas de St. Petersburg foi a tônica da corrida. Danica Patrick chegou a perder a sua asa dianteira 3 vezes. Bia Figueiredo fez uma corrida bem modesta, procurou ficar de fora dos acidentes mesmo assim não conseguiu, pois o novato James Jakes errou feio um ponto de frenagem e levou a brasileira para fora da pista. Mesmo assim ela conseguiu terminar a corrida chegando na 14° posição.
Dario Franchitti se livrou de toda a confusão da largada e re-largadas e se distânciou de todos os outros 24 carros começando o ano com uma grande vitória na busca pelo terceiro campeonato seguido da Indy.
---======================================---
INDYCAR: ST PETERSBURG - 1° ETAPA - FINAL
---======================================---
1.(#10) Dario Franchitti, Chip Ganassi - 100 voltas
2.(#12) Will Power, Penske - 100 voltas
3.(#82) Tony Kanaan, KV Racing Technology - 100 voltas
4.(#78) Simona de Silvestro, HVM Racing - 100 voltas
5.(#5) Takuma Sato, KV racing Technology - 100 voltas
6.(#77) Alex Tagliani, Sam Schmidt - 100 voltas
7.(#17) Raphael Matos, AFS Racing - 100 voltas
8.(#14) Vítor Meira, A.J. Foyt Enterprises - 100 voltas
9.(#02) Oriol Servia, Newman/Haas - 100 voltas
10.(#22) Justin Wilson, Dreyer & Reinbold - 100 voltas
11.(#4) JR Hildebrand, Panther Racing - 100 voltas
12.(#7) Danica Patrick, Andretti Autosport - 100 voltas
13.(#34) Sebastian Saavedra, Conquest - 98 voltas à 2 voltas
14.(#24) Ana Beatriz, Dreyer & Reinbold - 98 voltas à 2 voltas
15.(#18) James Jakes, Dale Coyne - 97 voltas à 3 voltas
16.(#9) Scott Dixon, Chip Ganassi - 96 voltas à 4 voltas
17.(#38) Graham Rahal, Chip Ganassi - 96 voltas à 4 voltas
18.(#6) Ryan Briscoe, Penske - 95 voltas à 5 voltas
19.(#59) E.J. Viso, KV Racing Technology - 94 voltas à 6 voltas
20.(#3) Helio Castroneves, Penske - 85 voltas à 15 voltas
21.(#28) Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport - 58 voltas (abandono)
22.(#83) Charlie Kimball, Chip Ganassi - 38 voltas (acidente)
23.(#27) Mike Conway, Andretti Autosport - 1 volta (acidente)
24.(#26) Marco Andretti, Andretti Autosport - 0 voltas (acidente)
25.(#19) Sebastien Bourdais, Conquest - 0 voltas (não começou a corrida)

.............................................//IndyCar Series 2011
INDY LIGHTS
Josef Newgarden da Sam Schmidt vence na abertura da Indy Lights em St. Petersburg.
Luis Fernando Soares de Almeida
RM, 27/03/2011


Sam Schmidt por pouco não consegue colocar três carros de sua equipe no ´pódio, mas após a corrida declarou estar muito satisfeito com o 1° e 2° lugares na corrida de hoje. O americano Josef Newgarden, carro No. 11 venceu praticamente de ponta a ponta, na largada pulou na frente do argentino Esteban Guerrieri e somente no final foi pressionado pelo companheiro de equipe Conor Daly. O irlândes Peter Dempsey que largou na 5° posição acabou ultrapassando Guerrieri e ficou com o último lugar do pódio de St. Pete.
David Ostella roubou a cena no final da corrida ultrapassando 7 carros e terminando na 4° posição. Confira abaixo como terminou a primeira corrida do ano na Indy Lights. Um detalhe curioso desse ano é que dos 16 pilotos inscritos para a primeira etapa da temporada simplesmente 13 pilotos são novatos, apenas Gustavo Yacaman e Stefan Wilson são veteranos de 2010.
---====================================---
INDY LIGHTS - ST. PETERSBURG - 1° ETAPA
---====================================---
1.(#11) Josef Newgarden, Sam Schmidt (USA) - 45 voltas
2.(#77) Conor Daly, Sam Schmidt (USA) - 45 voltas
3.(#36) Peter Dempsey, O2 Racing Technology (Irlanda) - 45 voltas
4.(#16) David Ostella, Jensen MotorSport (Canada) - 45 voltas
5.(#9) Anders Krohn, Belardi Auto Racing (Noruega) - 45 voltas
6.(#7) Esteban Guerrieri, Sam Schmidt (Argentina) - 45 voltas
7.(#63) Mikael Grenier, O2 racing Technology (Canada) - 45 voltas
8.(#28) Duarte Ferreira, Bryan Herta Autosport (Angola) - 45 voltas
9.(#3) Victor Carbone, Sam Schmidt (Brasil) - 45 voltas
10.(#26) James Winslow, Andretti Autosport (Inglaterra) - 44 voltas
11.(#4) Jorge Gonçalvez, Belardi Auto Racing (Venezuela) - 44 voltas
12.(#12) Juan Pablo Garcia, Jensen MotorSport (México) - 44 voltas
13.(#17) Joel Miller, Team E (USA) - 40 voltas (acidente)
14.(#2) Gustavo Yacaman, Team Moore Racing (Colômbia) - 37 voltas
15.(#22) Victor Garcia, Team Moore Racing (Espanha) - 37 voltas
16.(#5) Stefan Wilson, Andretti Autosport (Inglaterra) - 22 voltas

........................................................//Indy Lights 2011
FÓRMULA 1
Equipe Sauber é punida e perde os pontos e a classificação em Melbourne.
Luis Fernando Soares de Almeida
RM, 27/03/2011


A equipe Sauber-Ferrari não passou pela inspeção pós-corrida e acabou sendo punida com a desclassificação da corrida. Os fiscais da FIA concluiram que os dois carros da Sauber infringiram o regulamento técnico que fala sobre as asas traseiras. Segundo os fiscais as medidas não estavam de acordo com o regulamento.
Com isso Sergio Perez que terminou a corrida na 7° colocação e Kamui Kobayashi que terminou na 8° perdem os seus pontos pela desqualificação.
Com isso o brasileiro Felipe Massa da Ferrari sobe para a 7° posição, Sebastien Buemi da Toro Rosso-Ferrari sope para 8°, Adrian Sutil da Force India para 9° e Paul di Resta da Force India completa a zona de pontuação.
................................................//F-1 2011
FÓRMULA 1
Sebastian Vettel confirma a superioridade da Red Bull e vence de ponta a ponta em Albert Park.
Luis Fernando Soares de Almeida
RM, 27/03/2011


Antes de comentar como foi a corrida, vamos relembrar as 3 grandes mudanças nas regras para esse ano. A volta do KERS, o sistema que armazena energia e fornece um poder extra ao motor quando acionado, o DRS (Drag Reduction System) que nada mais é do que um botão acionado manualmente nos volantes que faz com que a asa traseira do carro se movimente diminuindo o arrasto dos carros em grandes retas, lembrando que o DRS só pode ser utilizado na reta principal da linha de chegadae também não pode ser utilizado nas duas primeiras voltas da corrida e os novos pneus fornecidos exclusivamente pela Pirelli. Para a corrida de Melbourne apenas 2 tipos de compostos foram utilizados, os pneus duros representado pela cor prateada e os pneus macios representados pela cor amarelo.
Na largada Sebastian Vettel (RBR-Renault) se manteve na frente e após a curva No. 1 abriu de cara uma boa vantagem. Lewis Hamilton (McLaren-Mercedes) se manteve na 2° posição com Mark Webber (RBR-Renault) em 3°. O primeiro grande destaque da largada foi Vitaly Petrov (Renault) que pulou da 6° para a 4° posição. Fernando Alonso (Ferrari) fez uma péssima largada e perdeu várias posições na primeira curva. O brasileiro Felipe Massa (Ferrari) fez uma ótima largada aparecendo em 5° logo após a primeira curva.
Logo na 2° volta o espanhol Jaime Alguersuari (STR-Ferrari) entra nos pits para trocar os pneus, ele coloca o composto macio. Michael Schumacher (Mercedes GP) que não fez uma boa largada também entra nos pits cedo (volta No. 2) e faz a troca de pneus. Fernando Alonso começa a se recuperar e ainda na 2° volta ultrapassa Kamui Kobayashi (Sauber-Ferrari) e conquista a 8° posição. Sebastian Vettel voava na pista e abriu 3.2 segundos apenas na 3° volta, nessa mesma volta o sistema DRS ficou disponível para os pilotos. A grande briga do inicio da corrida foi entre Jenson Button (McLaren-Mercedes) e Felipe Massa (Ferrari). Button com um carro visivelmente mais rápido chegou quase a tocar no carro do brasileiro, foram 9 voltas de intensa pressão sobre o brasileiro. Na 12° volta Button conseguiu ultrapassar Massa, mas o fez de maneira ilegal cortando uma perna da chicane. Massa perdeu a concentração e tambem foi ultrapassado por Fernando Alonso.
Mark Webber (RBR-Renault) na 9° volta começou a falar com os seus mecânicos dizendo que os pneus já estavam indo embora. Vettel reclama pelo rádio na 11° volta que os pneus traseiros de composto macio já estavam começando a deteriorar. Mark Webber entra nos boxes para a sua primeira troca de pneus, isso na 12° volta, ele saiu dos boxes com pneus duros.
Na 13° volta é a vez de Alonso ir para os boxes, colocando mais uma vez pneus macios. Massa veio na volta seguinte com a mesma estratégia.
O líder Sebastian Vettel entra para a troca de pneus na volta No. 15, ele sai de pneus macios na 4° posição atrás de Button. Jenson Button sofre uma penalização na 15° volta e tera que realizar uma passagem pelos boxes (drive-through) pela ultrapassagem ilegal sobre Felipe Massa. Lewis Hamilton então na liderança entrou para a sua primeira parada na 17° volta, ele coloca pneus macios.
Jenson Button paga o seu ''drive-through'' na volta No.18. O primeiro abandono foi de Heikki Kovalainen (Lotus-Renault) na volta No. 22, o motor do carro aparentemente quebrou. Rubens Barrichello (Williams-Cosworth) que fez uma péssima largada, chegando a sair da pista na primeira curva, começa a se recuperar e faz uma linda ultrapassagem sobre Kamui Kobayashi (Sauber-Ferrari), na 22° volta e assume a 9° posição.
Michael Schumacher entra nos boxes pela 3° vez e dessa vez para abandonar a corrida na volta No. 22, um péssimo começo de temporada para o maior campeão da Fórmula 1.
Barrichello estava bem mais rápido do que Nico Rosberg (Mercedes GP), mas não teve paciência nenhuma para ultrapassar o alemão. Na tentativa de ultrapassar Rosberg, Barrichello erra o ponto de frenagem e o seu pneu dianteiro do lado esquerdo, acerta a lateral do carro do alemão. Barrichello derrapa e fica parado na pista perdendo várias posições. O carro de Rosberg leva a pior e o alemão é obrigado a abandonar a corrida na volta 24. Barrichello entra nos boxes para um novo jogo de pneus e um novo conjunto de asa dianteira e ainda acabou sendo punido com um drive-through pena manobra.
Na 25° volta o sistem DRS fica em evidência quando Jenson Button da McLaren ultrapassa na reta principal o japonês Kamui Kobayashi da Sauber, Button esta agora na 7° posição. Mark Webber entra nos boxes para a sua segunda troca de pneus na 27° volta, ele volta com pneus macios para a pista. Alonso entra na volta 28 quando estava na 4° posição e tambem volta para a pista com pneus macios. Vettel lidera com folga, enquanto Massa entra nos boxes para a sua 2° troca de pneus da corrida, dessa vez ele sai dos pits com pneus duros.
Vettel e Hamilton entram juntos nos boxes na volta No. 36, ambos colocam pneus duros para irem até o final da corrida. Vitaly Petrov da Renault entra na volta seguinte e tambem coloca pneus duros. Na 40° o mexicano novato Sergio Perez que fez uma ótima corrida crava o melhor tempo da prova até então. Mark Webber em 3° vai para a sua terceira parada do dia, e coloca pneus macios. Alonso tambem faz a sua 3° parada na volta No. 43 e com um ótimo trabalho da sua equipe, o espanhol volta à frente de Webber na 4° posição. Webber estava mais rápido do que Alonso, mas como o carro da Red Bull não tem o sistema de KERS o australiano não conseguiu ultrapassar Alonso. Na 48° volta Button ultrapassa Felipe Massa e surge 6° posição. Sergio Perez surge atrás de Felipe Massa e começa a pressioná-lo, o mais impressionante é que Sergio Perez fez um único pit stop na corrida.
Massa entra para a sua 3° parada coloca pneus macios e volta na 9° posição. Com Vettel tranquilo lá na frente e Hamilton com problemas no assoalho de sua McLaren, o destaque da corrida sem dúvida ficou com o russo Vitaly Petrov, que correndo em 3° começou a ser pressionado pelo espanhol Fernando Alonso, que diminuia a cada volta a diferença entre os dois. Barrichello com problemas faz a sua 5° parada nos boxes e abandona a corrida. Com apenas 2 voltas para terminar Alonso aperta o cerco pra cima de Petrov que com uma frieza incrível cruza a linha de chegada em 3° lugar , o seu primeiro pódio da carreira na F-1. O mais experiente Nick Heidfeld que substituiu Robert Kubica, teve um final de semana muito fraco e acabou a prova apenas na 14° posição. O mexicano Sergio Perez fez uma estréia de fala na F-1, com apenas uma única parada ele conseguiu chegar na 7° posição à frente de Kamui Kobayashi em 8°. Sebastien Buemi da Toro Rosso fechou a zona de pontuação chegando na 10° posição. A próxima etapa da Fórmula 1 acontece no mês que vem (10/04) em Kuala Lumpur na Malásia.
---==================================================---
F-1 2011: GP da Austrália - Albert Park - 1° Etapa
---==================================================---
1.(#1) Sebastian Vettel, RBR-Renault - 58 voltas
2.(#3) Lewis Hamilton, McLaren-Mercedes - à 22.2 segundos
3.(#10) Vitaly Petrov, Renault - à 30.5 segundos
4.(#5) Fernando Alonso, Ferrari - à 31.7 segundos
5.(#2) Mark Webber, RBR-Renault - à 38.1 segundos
6.(#4) Jenson Button, McLaren-Mercedes - à 54.3 segundos
7.(#17) Sergio Perez, Sauber-Ferrari - à 65.8 segundos
8.(#16) Kamui Kobayashi, Sauber-Ferrari - à 76.8 segundos
9.(#6) Felipe Massa, Ferrari - à 85.1 segundos
10.(#18) Sebastien Buemi, STR-Ferrari - à 1 volta
11.(#14) Adrian Sutil, Force India-Mercedes - à 1 volta
12.(#15) Paul di Resta, Force India-Mercedes - à 1 voltas
13.(#19) Jaime Alguersuari, STR-Ferrari - à 1 volta
14.(#9) Nick Heidfeld, Renault - à 1 volta
15.(#21) Jarno Trulli, Lotus-Renault - à 2 voltas
16.(#25) Jerome D'Ambrosio, Virgin-Cosworth - à 4 voltas
17.(#24) Timo Glock, Virgin-Cosworth - à 9 voltas
---Não terminaram a prova---
(#11) Rubens Barrichello, Williams-Cosworth (abandono)
(#8) Nico Rosberg, Mercedes-GP (abandono)
(#20) Heikki Kovalainen, Lotus-Renault (abandono)
(#7) Michael Schumacher, Mercedes GP (abandono)
(#12) Pastor Maldonado, Williams-Cosworth (abandono)

.............................................................................//F-1 2011

sábado, 26 de março de 2011

INDYCAR SERIES
Will Power conquista a pole position em St. Petersburg na prova de abertura da Indy.
Luis Fernando Soares de Almeida
RM, 26/03/2011


O ano de 2011 parece um replay do ano passado, quando o mesmo Will Power da Penske dominou completamente o final de semana de abertura da temporada da Indy em St. Petersburg. Power foi o mais rápido com uma volta de 1:01.962 e conquistou a pole position para a corrida de amanhã. O atual campeão, Dario Franchitti larga ao seu lado na 2° posição com um tempo de 1:02.295. Outro carro da Chip Ganassi larga na 3° posiçao, Scott Dixon com um tempo de 1:02.397. O melhor brasileiro no grid de largada foi o baiano Tony Kanaan que agora corre pela KV Racing Technology e larga na 4° fila na 8° posição. Helinho Castroneves larga em 9° logo atrás de Kanaan. Vítor Meira da A.J. Enterprises conquistou a 13° posição do grid. Raphael Matos da estreante AFS Racing larga na 16° posição e a novata Bia Figueiredo (Ana Beatriz nos EUA), teve o melhor desempenho entre todos os novatos e sai na 20° posição amanhã. Confira abaixo o grid de largada para a abertura da Indy que acontece amanhã as 13:30 hrs de Brasília.
---===============================================---
INDYCAR SERIES - ST. PETERSBURG - 1° ETAPA
---===============================================---
1.(#12) Will Power, Penske - 1:01.962 (104.579 mph)
2.(#10) Dario Franchitti, Chip Ganassi - 1:02.295 (104.021 mph)
3.(#9) Scott Dixon, Chip Ganassi - 1:02.397 (103.850 mph)
4.(#27) Mike Conway, Andretti Autosport - 1:02.530 (103.629 mph)
5.(#6) Ryan Briscoe, Penske - 1:02.574 (103.557 mph)
6.(#22) Justin Wilson, Dreyer & Reinbold - 1:02.772 (103.229 mph)
7.(#26) Marco Andretti, Andretti Autosport - 1:02.631 (103.463 mph)
8.(#82) Tony Kanaan, KV Rac. Technology - 1:02.781 (103.215 mph)
9.(#3) Helio Castroneves, Penske - 1:02.820 (103.151 mph)
10.(#77) Alex Tagliani, Sam Schmidt - 1:02.822 (103.148 mph)
11.(#5) Takuma Sato, KV Rac. Technology - 1:02.931 (102.970 mph)
12.(#38) Graham Rahal, Chip Ganassi - 1:03.064 (102.753 mph)
13.(#14) Vítor Meira, A.J. Foyt Enterprises - 1:03.131 (102.643 mph)
14.(#28) Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport - 1:03.778 (102.568 mph)
15.(#02) Oriol Servia, Newman/Haas - 1:03.243 (102.461 mph)
16.(#17) Raphael Matos, AFS Racing - 1:03.259 (102.435 mph)
17.(#78) Simona de Silvestro, HVM Racing - 1:03.272 (102.414 mph)
18.(#19) Sebsatien Bourdais, Conquest - 1:03.318 (102.339 mph)
19.(#7) Danica Patrick, Andretti Autosport - 1:03.376 (102.246 mph)
20.(#24) Ana Beatriz, Dreyer & Reinbold - 1:03.803 (101.562 mph)
21.(#59) E.J. Viso, KV Rac. Technology - 1:03.406 (102.246 mph)
22.(#18) James Jakes, Dale Coyne - 1:03.885 (101.432 mph)
23.(#83) Charlie Kimball, Chip Ganassi - 1:03.516 (102.021 mph)
24.(#34) Sebastian Saavedra, Conquest - 1:03.969 (101.298 mph)
25.(#4) JR Hildebrand, Panther - 1:03.825 (101.527 mph)

............................................//IndyCar Series 2011
PORSCHE CHALLENGE BRASIL
Farah duela com Sylvio e vence corrida emocionante em Estoril.
Luiz Alberto Pandini, assessoria de imprensa
RM, 26/03/2011


A prova de abertura do Porsche Challenge atendeu plenamente às expectativas de quem apostou em uma corrida repleta de disputas. Gilberto Farah conseguiu sua primeira vitória depois de um duelo emocionante com Sylvio de Barros, segundo colocado. Eles trocaram quatro vezes de posição nas últimas cinco voltas e eletrizaram o público que compareceu ao autódromo de Estoril, em Portugal, para assistir ao primeiro evento do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil na Europa.
No momento da largada, a pista estava molhada pela chuva das primeiras horas da manhã. O sol já brilhava e ficava claro que a pista secaria durante a corrida. Ficou decidido que os pilotos largariam com pneus slick e que a largada seria dada com safety car. Com isso, as posições do grid, com Farah na pole position, foram mantidas na primeira volta. Na segunda, a bandeira verde foi mostrada e Fernando Barci mostrou sua rápida adaptação às condições da pista: em quatro curvas, saiu do terceiro para o primeiro lugar. Alegria curta: na quinta volta, Barci começou a ter problemas com o engate das marchas e perdeu velocidade momentaneamente. Ele ainda se manteve entre os primeiros colocados durante algum tempo, mas fez as últimas voltas da corrida em terceira marcha e terminou em 19º lugar.
Farah reassumiu a liderança com Sylvio em segundo lugar e Rodolfo Ometto Rolim em terceiro. Os dois primeiros colocados iniciaram então a luta pela vitória. Farah errou na saída da curva Senna (a última antes da bandeirada) no complemento da décima volta e permitiu que Sylvio passasse pela primeira vez a liderar. Os dois ainda trocaram de posição mais duas vezes antes que Farah assumisse a liderança em definitivo a três voltas do final.
"Que delícia!", resumiu Farah depois da prova. "Foi uma corrida sensacional! O Barci veio muito rápido na largada, me passou e abriu. De repente, o carro dele perdeu rendimento e voltei a ser o primeiro colocado. Foi quando vi o Sylvio atrás de mim. Cometi um erro e o Sylvio me ultrapassou, mas consegui recuperar a liderança."
Sylvio também ficou satisfeito com o resultado. "Foi incrível. Uma disputa muito legal e uma pista fantástica, tudo isso em um carro novo e que ainda não era totalmente conhecido de nós", comemorou. Também contente estava Rodolfo, terceiro colocado: "Perdi um pouco de aderência no carro e me concentrei para não errar. Também gostei muito da pista, é um espetáculo".
Também tiveram atuações destacadas os pilotos Gui Affonso, Eduardo Azevedo e Edu Guedes, que completaram os seis primeiros colocados com direito a pódio, e Christiano Freire, sexto colocado até a penúltima volta. O nível técnico da corrida foi dos melhores: todos os 24 pilotos que largaram completaram a corrida. Entre eles estava o português Paulo Moreno. Ele se atrasou ao fazer uma parada não programada nos boxes, mas cumpriu seu objetivo de terminar a corrida.
Resultado final da prova do Porsche Challenge em Estoril:
1º) 081-Gilberto Farah, 15 voltas em 28:24.401, média de 132,5 km/h
2º) 005-Sylvio de Barros, a 0.777
3º) 008-Rodolfo Ometto Rolim, a 12.056
4º) 004-Gui Affonso, a 12.929
5º) 088-Eduardo Azevedo, a 13.807
6º) 009-Edu Guedes, a 21.571
7º) 011-Christiano Freire, a 21.985
8º) 017-Marcelo Stallone, a 23.345
9º) 027-Amilcar Collares, a 24.189
10º) 069-Sérgio Maggi, a 24.391
11º) 003-Paco Salcedo, a 26.612
12º) 021-Armando Marracini, a 28.304
13º) 041-André Lara, a 29.071
14º) 018-Carlos Ambrósio, a 37.856
15º) 010-Carlos Silveira, a 38.334
16º) 099-Alan Turres, a 49.768
17º) 007-Tommy Soubihe, a 1:02.693
18º) 063-Benny Lago, a 1:03.068
19º) 046-Fernando Barci, a 1:03.920
20º) 077-Daniel Schneider, a 1:04.327
21º) 033-Flávio Rietmann, a 1:15.706
22º) 057-Jorge Borelli, a 1:22.178
23º) 054-Bernardo Parnes, a 1 volta
24º) 026-Paulo Moreno, a 2 voltas
Volta mais rápida: Sylvio de Barros, 1:49.453, média de 137,5 km/h

..............................................//Porsche Challenge Brasil 2011
PORSCHE GT3 CUP CHALLENGE BRASIL
Rosset supera sustos e vence a primeira corrida em Estoril.
Luiz Alberto Pandini, assessoria de imprensa
RM, 26/03/2011


Ricardo Rosset e Constantino Júnior foram os protagonistas da prova de abertura do Porsche Cup em Estoril, Portugal. O campeão de 2010 largou na pole position e venceu de ponta a ponta a primeira corrida com os novos Porsche 911 GT3 Cup com motor de 3,8 litros e 450 cv de potência. Uma vitória que parecia tranqüila durante toda a prova, mas teve momentos de tensão nas voltas finais.
"Nas últimas voltas, um piloto atrasado demorou um pouco para me dar passagem. Isso me fez perder um pouco de tempo e permitiu a aproximação do Constantino", contou Rosset. "Logo em seguida, peguei líquido vazado do radiador de algum carro e tive que dar uma saída do traçado para evitar uma rodada. E, na volta final, entrei na reta e dei de cara com outro carro entrando lento no box. Mas consegui vencer e isso é que importa."
Como se esperava, a estreia dos novos carros permitiu que vários pilotos se destacassem. Clemente Lunardi terminou em terceiro lugar após uma corrida agressiva no começo e conservadora nas voltas finais, em que andou isolado no terceiro lugar. Marcel Visconde, Roberto Posses e Maurizio Billi completaram os seis primeiros colocados, a pequena distância um do outro. Outros dois pilotos, Tom Valle e Marcelo Franco, lutaram pelos seis primeiros lugares mas tiveram que abandonar depois de uma colisão que provocou vazamento de líquido do radiador. Foi esse líquido que provocou a derrapagem de Rosset nas voltas finais. Ricardo Baptista, terceiro colocado no grid, também poderia terminar entre os seis primeiros, mas abandonou com problemas no câmbio.
Neste ano, o regulamento do Porsche Cup determina que o grid de largada para a segunda corrida do dia seja definido pelo resultado da primeira, com inversão dos oito primeiros colocados. Com isso, Charles Reed conquistou o direito de largar na pole position na terceira prova do dia, disputada conjuntamente pelas categorias Cup e Challenge.
Resultado final da prova do Porsche Cup em Estoril:
1) 1-Ricardo Rosset, 16 voltas em 28:23.069, média de 141,4 km/h
2) 00-Constantino Júnior, a 1.416
3) 7-Clemente Lunardi, a 25.578
4) 55-Marcel Visconde, a 38.260
5) 52-Roberto Posses, a 40.099
6) 34-Maurizio Billi, a 40.924
7) 9-Guilherme Figueirôa, a 1:15.306
8) 36-Charles Reed, a 1:20.706
9) 63-Sérgio Ribas, a 1:23.216
10) 10-Adalberto Baptista, a 1:27.455
11) 3-Eduardo de Souza Ramos, a 1:30.328
12) 16-Ésio Vichiese, a 1:42.807
13) 97-Marcos Barros, a 1:45.062
14) 15-Henry Visconde, a 1:50.589
15) 99-Tom Valle, a 1 volta (acidente)
16) 18-Danilo Fernandez, a 1 volta
17) 89-Daniel Paludo, a 1 volta
18) 70-Marcelo Franco, a 2 voltas (saída de pista)
19) 11-Omilton Visconde Jr., a 2 voltas
20) 27-Ricardo Baptista, a 9 voltas (câmbio)
Volta mais rápida: Ricardo Rosset, 1:45.357, 142,9 km/h

..............................................//Porsche GT3 Cup Brasil 2011
FIA GT1
Na segunda corrida do dia, a Aston Martin consegue uma vitória espetacular nos boxes.
Luis Fernando Soares de Almeida
RM, 26/03/2011


O brasileiro Enrique Bernoldi no Nissan GT-R No. 20 da equipe Sumo Power fez uma largada brilhante pulando da 4° para a 1° posição. Bernoldi entrou nos boxes ainda na liderança mas um problema no cinto de segurança de Ricardo Zonta e a batida contra o Ford GT Matech No. 41 da Marc VDS. Zonta saiu primeiro mas o Ford GT fechou a porta e os carros se chocaram. O brasileiro levou a pior, teve o pneu dianteiro do lado direito perfurado, mais tarde o Ford GT Matech No. 41 sofreu uma punição pela manobra perigosa no pitlane.
Quem fez uma parada nos boxes primorosa foi o Aston Martin DB9 No.3 da equipe Hexis AMR que voltou para a pista com uma liderança folgada. A dupla de pilotos, Stef Dusseldorp e Clivio Piccione fez um grande trabalho no carro No.3. Richard Westbrook no Nissan GT-R No. 22 da equipe JR Motorsport pressionou bastante o Aston Martin, mas não conseguiu ultrapassar terminando na mesma posição da primeira corrida.
Em 3° lugar ficou o Lamborghini Murcielago 670R-S da equipe All-Inkl Munnich Motorsport de Marc Basseng e Markus Winkelhock. Veja como ficou a classficação final da Championship Race.
---========================================---
FIA GT1 - ABU DHABI | CHAMPIONSHIP RACE (2°)
---========================================---
1.(#3) Clivio Piccione/Stef Dusseldorp, Aston Martin - 31 voltas
2.(#22) Peter Dümbreck/Richard Wesrbrook, Nissan - à 0.474 segundos
3.(#38) Markus Winkelhock/Marc Basseng, Lamborghini - à 14.5 segundos
4.(#4) Christian Hohenadel/Andrea Piccini, Aston Martin - à 15.2 segundos
5.(#8) Stefan Mücke/Darren Turner, Aston Martin - à 15.9 segundos
6.(#7) Alex Müller/Tomas Enge, Aston Martin - à 16.7 segundos
7.(#5) Karl Wendlinger/Peter Kox, Lamborghini - à 17.2 segundos
8.(#41) Maxime Martin/Frederic Makowiecki, Ford GT - à 22.0 segundos
9.(#21) David Brabham/Jamie Campbell-Walter, Nissan - à 32.9 segundos
10.(#11) Mike Hezemans/Nicky Catsburg, Corvette - à 39.8 segundos
11.(#37) Nicky Pastorelli/Dominik Schwager, Lamborghini - à 46.4 segundos
12.(#10) Martin Matzke/Milos Pavlovic, Ford GT - à 1:23.319
13.(#47) Michael Rossi/Jaime Camara, Corvette - à 1:38.366
14.(#23) Lucas Luhr/Michael Krumm, Nissan - à à 4 minutos
15.(#6) Max Nilsson/Jiri Janak, Lamborghini - à 12 minutos
16.(#20) Enrique Bernoldi/Ricardo Zonta, Nissan - à 16 minutos
17.(#9) Antoine Leclerc/Fabien Giroix, Ford GT - à 28 minutos.

......................................................................//FIA GT1 2011
INDY LIGHTS
Esteban Guerrieri larga na frente na primeira prova do ano da Indy Lights.
Luis Fernando Soares de Almeida
RM, 26/03/2011


O argentino Esteban Guerrieri conseguiu conquistar a pole position para a corrida de abertura da Indy Lights amanhã em St. Petersburg.
---======================================---
INDY LIGHTS - St. Petersburg - Grid - 1° Etapa
---======================================---
1.(#7) Esteban Guerrieri, Sam Schmidt - 1:07.690 (95.730 mph)
2.(#77) Conor Daly, Sam Schmidt - 1:07.700 (95.715 mph)
3.(#11) Josen Newgarden, Sam Schmidt - 1:07.873 (95.472 mph)
4.(#5) Stefan Wilson, Andretti Autosport - 1:07.958 (95.353 mph)
5.(#36) Peter Dempsey, O2 Rac. Technology - 1:08.186 (95.033 mph)
6.(#2) Gustavo Yacaman, Team Moore Racing - 1:08.289 (94.890 mph)
7.(#22) Victor Garcia, Team Moore Racing - 1:08.311 (94.859 mph)
8.(#9) Anders Krohn, Belardi Auto Racing - 1:08.388 (94.752 mph)
9.(#17) Joel Miller, Team E - 1:08.427 (94.699 mph)
10.(#26) James Winslow, Andretti Autosport - 1:08.452 (94.665 mph)
11.(#16) David Ostella, Jensen Motorsports - 1:08.578 (94.491 mph)
12.(#3) Victor Carbone, Sam Schmidt - 1:08.639 (94.406 mph)
13.(#12) Juan Pablo Garcia, Jensen MotorSport - 1:08.765 (94.234 mph)
14.(#28) Duarte Ferreira, Bryan Herta Autosport - 1:09.619 (93.078 mph)
15.(#4) Jorge Goncalvez, Belardi Auto Racing - 1:09.763 (92.885 mph)
16.(#63) Mikael Grenier, O2 Rac. Technology - Sem Tempo

...........................................................//Indy Lights 2011
INDYCAR SERIES
No último treino antes da classificação, novamente Will Power fica na frente.
Luis Fernando Soares de Almeida
RM, 26/03/2011


---====================================---
IZOD IndyCar: 3° Practice - St. Petersburg
---====================================---
1.(#12) Will Power, Penske - 1:02.716 (103.322 mph)
2.(#27) Mike Conway, Andretti Autosport - 1:03.060 (102.758 mph)
3.(#3) Helio Castroneves, Penske - 1:03.165 (102.587 mph)
4.(#6) Ryan Briscoe, Penske - 1:03.189 (102.549 mph)
5.(#02) Oriol Servia, Newman/Haas - 1:03.298 (102.372 mph)
6.(#9) Scott Dixon, Chip Ganassi - 1:03.320 (102.337 mph)
7.(#82) Tony Kanaan, KV Rac. Technology - 1:03.398 (102.210 mph)
8.(#38) Graham Rahal, Chip Ganassi - 1:03.557 (101.954 mph)
9.(#22) Justin Wilson, Dreyer & Reinbold - 1:03.584 (101.954 mph)
10.(#5) Takuma Sato, KV Rac. Technology - 1:03.595 (101.894 mph)
11.(#34) Sebastian Saavedra, Conquest - 1:03.657 (101.795 mph)
12.(#77) Alex Tagliani, Sam Schmidt - 1:03.671 (101.773 mph)
13.(#17) Raphael Matos, AFS Racing - 1:03.673 (101.770 mph)
14.(#28) Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport - 1:03.690 (101.742 mph)
15.(#26) Marco Andretti, Andretti Autosport - 1:03.752 (101.643 mph)
16.(#14) Vítor Meira, A.J. Foyt Enterprises - 1:03.776 (101.605 mpg)
17.(#7) Danica Patrick, Andretti Autosport - 1:03.873 (101.451 mph)
18.(#59) E.J. Viso, KV Rac. Technology - 1:04.041 (101.185 mph)
19.(#83) Charlie Kimball, Chip Ganassi - 1:04.083 (101.118 mph)
20.(#4) J.R. Hildebrand, Panther Racing - 1:04.212 (100.915 mph)
21.(#78) Simona de Silvestro, HVM Racing - 1:04.297 (100.781 mph)
22.(#18) James Jakes, Dale Coyne - 1:04.302 (100.774 mph)
23.(#19) Sebastien Bourdais, Conquest - 1:04.361 (100.681 mph)
24.(#24) Ana Beatriz, Dreyer & Reinbold - 1:04.488 (100.483 mph)
25.(#10) Dario Franchitti, Chip Ganassi - 1:05.019 (99.662 mph)

..........................................//IndyCar Series 2011
FIA GT1
Ford GT de Maxime Martin e Frederic Makowiecki vencem a primeira corrida da GT1 em Abu Dhabi.
Luis Fernando Soares de Almeida
RM, 26/03/2011


Na Qualifying (1° Corrida) Race o Ford GT da equipe VDS Racing venceu de maneira brilhante, resistindo à uma forte pressão do 2° colocado, o Nissan GT-R No. 22 da equipe JRM. A corrida começou com um acidente na primeira curva que tirou 3 carros da corrida. O Aston Martin DB9 No.7 da equipe Young Driver de Tomas Enge errou o ponto de frenagem e rodou na pista. Isso gerou uma reação em cadeia, o carro No. 37 da All-Inkl.com que já tinha perdido 5 posições no grid de largada, se chocou contra o Aston Martin de Enge, assim como o Corvette No.47 da DKR, os 3 carros abandonaram a prova.
Até a primeira parada nos boxes a liderança estava com o Aston Martin No. 8 da Young Driver de Stefan Mücke e Darren Turner. Nos boxes o carro teve problemas e acabou perdendo a primeira posição para o Ford GT. O Aston Martin No.8 voltou para a pista mas um problema em sua roda dianteira do lado direito fez com que o carro se retirasse da corrida. A maior batalha ficou com o Ford GT na liderança resistindo à uma forte pressão do Nissan GT-R No. 22. No final Maxime Martin/Frederic Makowiecki cruzarama a linha de chegada após 31 voltas, apenas 1.4 segundos à frente de Peter Dümbreck/Richard Westbrook em seu Nissan No. 22. A segunda corrida (Championship Race) acontece ainda hoje em Abu Dhabi.
---======================================---
FIA GT1: ABU DHABI - 1° ETAPA - QUALI RACE
---======================================---
1.(#41) Maxime Martin/Frederic Makowiecki, Ford GT Matech - 31 voltas
2.(#22) Peter Dümbreck/Richard Westbrook, Nissan GT-R - 31 voltas
3.(#23) Lucas Luhr/Michael Krumm, Nissan GT-R - 31 voltas
4.(#20) Enrique Bernoldi/Ricardo Zonta, Nissan GT-R - 31 voltas
5.(#3) Clivio Piccione/Stef Dusseldorp, Aston Martin DB9 - 31 voltas
6.(#38) Markus Winkelhock/Marc Basseng, Lamborghini Murcielago 670R-S - 31 voltas
7.(#11) Mike Hezemans/Nicky Catsburg, Corvette Z06 - 31 voltas
8.(#21) David Brabham/Jamie C-Walter, Nissan GT-R - 31 voltas
9.(#4) Christian Hohenadel/Andrea Piccini, Aston Martin DB9 - 31 voltas
10.(#5) Karl Wendlinger/Peter Kox, Lamborghini Murcielago 670R-S - 31 voltas
11.(#40) Marc Hennerici/Bas Leinders, Ford GT Matech - 31 voltas
12.(#10) Martin Matzke/Milos Pavlovic, Ford GT Matech - 31 voltas
13.(#6) Max Nilsson/Jiri Janak, Lamborghini Murcielago 670R-S - 31 voltas
14.(#9) Antoine Leclerc/Fabien Giroix, Ford GT Matech - 31 voltas
15.(#8) Stefan Mücke/Darren Turner, Aston Martin DB9 - 15 voltas
16.(#7) Alex Müller/Tomas Enge, Aston Martin DB9 - 1 voltas (acidente)
17.(#37) Nicky Pastorelli/Dominik Schwager, Lamborghini Murcielago 670R-S - 0 voltas (acidente)
18.(#47) Michael Rossi/Jaime Camara, Corvette Z06 - 0 voltas (acidente)

...........................................................//FIA GT1 2011
FÓRMULA 1
Sebastian Vettel domina a classificação e larga na frente na Austrália.
Luis Fernando Soares de Almeida
RM, 26/03/2011


O campeão do ano passado, o alemão Sebastian Vettel mostrou para o mundo que lutará pelo bi-campeonato da F-1 nessa temporada. Ele colocou uma diferença de 8 décimos de segundos sobre o 2° colocado, o inglês Lewis Hamilton da McLaren. A volta de Vettel foi de 1:23.529 no Q3.
Hamilton mostrou que a McLaren-Mercedes será competitiva, após a péssima imagem deixada na pré-temporada e nos treinos livres em Albert Park. O piloto local, Mark Webber larga na 3° posição com 1:24.395. Na 4° posição ficou Jenson Button com 1:24.779 e na 5° posição Fernando Alonso da Ferrari com 1:24.974.
A grande surpresa do treino foi o excelente desempenho do Russo Vitaly Petrov com a Renault, ele fez o 6° melhor tempo com 1:25.247. O seu companheiro de equipe Nick Heidfeld que substituiu Robert Kubica no começo desse ano, fez feio e larga apenas na 18° posição tendo cometido erros no Q1.
Os brasileiros decepcionaram, Felipe Massa da Ferrari rodou com o seu carro na sua última tentativa no Q3 e larga na 8° posição. Rubens Barrichello foi pior ainda, ele rodou no Q1 e não teve mais chances de marcar tempo, ficando apenas na 17° posição. O novato Pastor Maldonado larga na 15° posição. Kamui Kobayashi da Sauber e Sebastien Buemi da Toro Rosso tambem tiveram destaque no treino indo até o Q3. Kobayashi larga em 9° e ao lado dele em 10° Buemi. Michael Schumacher foi novamente superado pelo seu companheiro de equipe na Mercedes GP, Nico Rosberg. Rosberg foi muito bem e larga na 7° posição, enquanto que Schumacher ficou no Q2 e larga na 11° posição. O Mexicano Sergio Perez fez um treino razoável e larga com a sua Sauber na 13° posição. As 3 equipes mais novas da Fórmula 1 mostraram que estão muito distantes do que pode se considerar uma disputa de Fórmula 1. A Lotus de Heikki Kovalainen foi a melhor com 1:29.254, ou seja quase 6 segundos mais lento do que o pole Vettel. Os dois carros da Hispania (HRT) sequer conseguiram tempos para classificar para a prova. O limite era de 1:31.266 baseado no tempo de Vettel. Vitantonio Liuzzi conseguiu 1:32.978 e Narain Karthikeyan apenas 1:34.293, o final de semana para a HRT terminou no treino de classificação, pois a equipe não podera alinhar os seus carros no grid da corrida.
---===========================================---
F-1 2011: GP DA AUSTRÁLIA - ALBERT PARK - GRID
---===========================================---
1.(#1) Sebastian Vettel, RBR-Renault - 1:23.529
2.(#3) Lewis Hamilton, McLaren-Mercedes - 1:24.307
3.(#2) Mark Webber, RBR-Renault - 1:24.395
4.(#4) Jenson Button, McLaren-Mercedes - 1:24.779
5.(#5) Fernando Alonso, Ferrari - 1:24.974
6.(#10) Vitaly Petrov, Renault - 1:25.247
7.(#8) Nico Rosberg, Mercedes GP - 1:25.421
8.(#6) Felipe Massa, Ferrari - 1:25.599
9.(#16) Kamui Kobayashi, Sauber-Ferrari - 1:25.626
10.(#18) Sebastien Buemi, STR-Ferrari - 1:27.066
----Q2----
11.(#7) Michael Schumacher, Mercedes GP - 1:25.971
12.(#19) Jaime Alguersuari, STR-Ferrari - 1:26.103
13.(#17) Sergio Perez, Sauber-Ferrari - 1:26.108
14.(#15) Paul di Resta, Force India-Mercedes - 1:26.739
15.(#12) Pastor Maldonado, Williams-Cosworth - 1:26.768
16.(#14) Adrian Sutil, Force India-Mercedes - 1:31.407
----Q1----
17.(#11) Rubens Barrichello, Williams-Cosworth - 1:26.270
18.(#9) Nick Heidfeld, Renault - 1:27.239
19.(#20) Heikki Kovalainen, Lotus-Renault - 1:29.254
20.(#21) Jarno Trulli, Lotus-Renault - 1:29.342
21.(#24) Timo Glock, Virgin-Cosworth - 1:29.858
22.(#25) Jerome D'Ambrosio, Virgin-Cosworth - 1:30.822
---NÃO SE CLASSIFICARAM PARA A CORRIDA---
23.(#23) Vitantonio Liuzzi, HRT-Cosworth - 1:32.978
24.(#22) Narain Karthikeyan, HRT-Cosworth - 1:34.293

................................................//F-1 2011
NASCAR: SPRINT CUP
Juan Montoya consegue a sua 6° pole position na Sprint Cup da Nascar.
Luis Fernando Soares de Almeida
RM, 26/03/2011


O colombiano Juan Montoya conseguiu uma volta de 38.992 segundos (184.653 mph) no oval de Fontana, California e ficou com a pole position para a 5° etapa da Sprint Cup da Nascar. Montoya foi o único piloto que andou abaixo de 39 segundos na pista. Denny Hamlin larga ao lado dele na primeira fila. Confira abaixo como ficou o grid de largada para a corrida desse domingo.
---===========================================---
AUTO CLUB 400 | AUTO CLUB SPEEDWAY | 5° ETAPA
---===========================================---
1.(#42) Juan Montoya, Chevrolet - 184.653 mph
2.(#11) Denny Hamlin, Toyota - 184.270 mph
3.(#20) Joey Logano, Toyota - 184.134 mph
4.(#78) Regan Smith, Chevrolet - 184.030 mph
5.(#14) Tony Stewart, Chevrolet - 183.988 mph
6.(#6) David Ragan, Ford - 183.692 mph
7.(#31) Jeff Burton, Chevrolet - 183.622 mph
8.(#18) Kyle Busch, Toyota - 183.482 mph
9.(#39) Ryan Newman, Chevrolet - 183.463 mph
10.(#5) Mark Martin, Chevrolet - 183.449 mph
11.(#17) Matt Kenseth, Ford - 183.407 mph
12.(#1) Jamie McMurray, Chevrolet - 183.243 mph
13.(#9) Marcos Ambrose, Ford - 183.127 mph
14.(#00) David Reutimann, Toyota - 183.113 mph
15.(#27) Paul Menard, Chevrolet - 182.950 mph
16.(#48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 182.932 mph
17.(#33) Clint Bowyer, Chevrolet - 182.899 mph
18.(#99) Carl Edwards, Ford - 182.797 mph
19.(#83) Brian Vickers, Toyota - 182.658 mph
20.(#43) A.J. Allmendinger, Ford - 182.519 mph
21.(#2) Brad Keselowski, Dodge - 182.510 mph
22.(#4) Kasey Kahne, Toyota - 182.366 mph
23.(#22) Kurt Busch, Dodge - 182.039 mph
24.(#29) Kevin Harvick, Chevrolet - 181.910 mph
25.(#13) Casey Mears, Toyota - 181.855 mph
26.(#56) Martin Truex Jr., Toyota - 181.809 mph
27.(#21) Trevor Bayne, Ford - 181.804 mph
28.(#09) Landon Cassill, Chevrolet - 181.694 mph
29.(#24) Jeff Gordon, Chevrolet - 181.671 mph
30.(#88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 181.534 mph
31.(#36) Dave Blaney, Chevrolet - 180.936 mph
32.(#16) Greg Biffle, Ford - 180.786 mph
33.(#66) Michael McDowell, Toyota - 180.605 mph
34.(#47) Bobby Labonte, Toyota - 180.338 mph
35.(#7) Robby Gordon, Dodge - 180.279 mph
36.(#38) Travis Kvapil, Ford - 180.014 mph
37.(#34) David Gilliland, Ford - 179.699 mph
38.(#71) Andy Lally, Chevrolet - 178.958 mph **novato**
39.(#32) Ken Schrader, Ford - 177.940 mph
40.(#87) Joe Nemechek, Toyota - 177.659 mph
41.(#60) Todd Bodine, Toyota - 176.557 mph
42.(#37) Tony Raines, Ford - 175.653 mph
43.(#46) J.J. Yeley, Chevrolet - sem tempo

...........................................//Nascar Sprint Cup 2011
PORSCHE CHALLENGE BRASIL
Gilberto Farah sai na pole position em Estoril.
Luiz Alberto Pandini, assessoria de imprensa
RM, 26/03/2011


Ficou com Gilberto Farah a honra de fazer a primeira pole position do Porsche Challenge na temporada de 2011. Farah estabeleceu o tempo de 1:48.101 para os 4,182 km do traçado e confirmou ser um dos favoritos ao título da temporada. Logo a seguir, ficaram três pilotos que venceram corridas em 2010: Eduardo Azevedo, Fernando Barci e Rodolfo Ometto Rolim completam as duas primeiras filas.
Farah conseguiu a pole depois de correr o risco de não passar para o Q2, a sessão que define os dez primeiros colocados no grid. "Durante o Q1, fiz um tempo razoável mas fiquei com o décimo tempo. Entrei no Q2 meio desanimado, mas resolvi seguir alguns conselhos e arriscar mais. Mudei alguns pontos de frenagem e consegui uma volta fantástica", comemorou. Eduardo Azevedo, segundo no grid, elogiou o concorrente: "Achei que havia feito um temporal, mas de repente o Gil baixou 7 décimos de segundo. Mesmo assim, acho que a briga vai ser muito boa". Com ele, concorda o terceiro colocado no grid, Fernando Barci. Esses três pilotos protagonizaram em 2010 uma disputa inesquecível pela vitória. Na ocasião, terminaram em ordem inversa: Barci venceu, seguido por Azevedo e Farah. "Espero que seja daquele jeito durante todo o ano, mas comigo na frente!", brincou o pole position.
O português Paulo Moreno, que fará sua estreia no automobilismo nesta corrida, largará em 24º lugar. Ele cumpriu seu objetivo de ganhar experiência e tem como maior objetivo terminar a corrida.
A largada da primeira prova do Porsche Challenge será dada às 10 horas da manhã. Às 12:30, larga a Porsche Cup, e às 16:00 acontecerá a terceira corrida do dia, reunindo os carros das duas categorias. Nesta temporada, os participantes da Challenge serão identificados por números com três algarismos aplicados em branco sobre fundo vermelho nas laterais. Os da Cup, por sua vez, continuarão ostentando números de até dois algarismos de cor preta aplicados sobre fundo branco.

Grid de largada da prova do Porsche Challenge em Estoril (entre parênteses, os tempos obtidos pelos dez primeiros colocados no Q1):
1º) 081-Gil Farah, 1min48s101 (1:50.068)
2º) 088-Eduardo Rocha Azevedo, 1min48s884 (1:49.421)
3º) 046-Fernando Barci, 1min48s924 (1:49.529)
4º) 008-Rodolfo Ometto Rolim, 1min49s135 (1:50.020)
5º) 005-Sylvio de Barros, 1min49s406 (1:50.040)
6º) 011-Christiano Freire, 1min49s440 (1:49.274)
7º) 004-Gui Affonso, 1min48s711 (1:49.738)
8º) 009-Edu Guedes, 1min49s884 (1:49.053)
9º) 017-Marcelo Stallone, 1min50s185 (1:49.792)
10º) 057-Jorge Borelli, 1min50s467 (1:49.847)
11º) 018-Carlos Ambrósio, 1min50s073
12º) 099-Alan Turres, 1min50s118
13º) 027-Amilcar Collares, 1min50s206
14º) 003-Paco Salcedo (México), 1min50s344
15º) 010-Carlos Silveira, 1min50s657
16º) 077-Daniel Schneider, 1min50s701
17º) 069-Sérgio Maggi, 1min50s909
18º) 021-Armando Marracini, 1min51s433
19º) 041-André Lara, 1min51s487
20º) 063-Benny Lago, 1min51s598
21º) 007-Tommy Soubihe, 1min51s946
22º) 054-Bernardo Parnes, 1min52s071
23º) 033-Flávio Rietmann, 1min52s276
24º) 026-Paulo Moreno (Portugal), 1min58s289
25º) 044-Fred Della Noce, sem tempo

..............................................//Porsche Challenge Brasil 2011
PORSCHE GT3 CUP BRASIL
Rosset faz a primeira pole com os carros da nova geração.
Luiz Alberto Pandini, assessoria de imprensa
RM, 26/03/2011


Campeão de 2010, o paulista Ricardo Rosset mostrou que fará de tudo para conquistar seu segundo título consecutivo no Porsche GT3 Cup Challenge Brasil. Ele conquistou a pole position para a prova da categoria Porsche Cup que será realizada neste sábado no autódromo de Estoril. Constantino Júnior, vice-campeão da categoria em 2008 e 2009, sai em segundo, com Ricardo Baptista, Clemente Lunardi, Marcel Visconde e Roberto Posses completando os seis primeiros lugares.
Rosset é o único entre os 20 pilotos da Cup que já havia competido em Estoril. Ele correu neste circuito em 1992 (Fórmula Opel), 1995 (Fórmula 3000) e 1996 (Fórmula 1, pela equipe Arrows). "É uma pista muito bacana. Foi modificada desde que corri aqui pela última vez, mas continua seletiva e exigente", elogiou. A modificação mencionada aconteceu nas curvas 1 e 2, ligeiramente alteradas para aumentar a área de escape. Sobre a pole, Rosset acha que poderia ter sido ainda mais rápido: "Na volta em que marquei tempo, um carro escapou da pista e sujou o asfalto com grama ao voltar. Eu vinha logo atrás, peguei a sujeira e o carro deu uma atravessada forte", explicava. "Mesmo assim, consegui manter a pole. Na corrida, vou tomar cuidado com os pneus. Este asfalto é abrasivo e ter pneus em ordem vai ser importante no final da prova."
A programação em Estoril começa com a largada do Porsche Challenge, às 10 horas da manhã (horários de Portugal, três horas à frente do de Brasília). Às 12:30, larga a Porsche Cup, e às 16:00 acontecerá a terceira corrida do dia, reunindo os carros das duas categorias. Nesta temporada, os participantes da Challenge serão identificados por números com três algarismos aplicados em branco sobre fundo vermelho nas laterais. Os da Cup, por sua vez, continuarão ostentando números de até dois algarismos de cor preta aplicados sobre fundo branco.

O grid de largada em Estoril (entre parênteses, os tempos obtidos pelos dez primeiros colocados no Q1):
1) 1-Ricardo Rosset, 1:44.399, média de 144,2 km/h (1:44.663)
2) 00-Constantino Júnior, 1:44.759 (1:44.412)
3) 27-Ricardo Baptista, 1:45.070 (1:45.270)
4) 7-Clemente Lunardi, 1:45.458 (1:45.662)
5) 55-Marcel Visconde, 1:45.487 (1:45.342)
6) 52-Roberto Posses, 1:45.509 (1:45.808)
7) 70-Marcelo Franco, 1:45.896 (1:45.790)
8) 34-Maurizio Billi, 1:45.957 (1:46.175)
9) 89-Daniel Paludo, 1:45.983 (1:46.063)
10) 99-Tom Valle, 1:47.053 (1:45.842)
11) 9-Guilherme Figueirôa, 1:46.499
12) 36-Charles Reed, 1:46.840
13) 97-Marcos Barros, 1:46.889
14) 3-Eduardo de Souza Ramos, 1:47.320
15) 10-Adalberto Baptista, 1:47.452
16) 63-Sérgio Ribas, 1:47.985
17) 11-Omilton Visconde Jr., 1:48.131
18) 16-Ésio Vichiese, 1:48.245
19) 18-Danilo Fernandez, 1:48.623
20) 15-Henry Visconde, 1:50.002


O Porsche GT3 Cup Challenge Brasil apoia o Instituto Ayrton Senna: www.senna.org.br

Site oficial: www.porsche.com.br/gt3cup
Twitter: http://twitter.com/porschegt3cup
Blog: www.porschegt3cup.com.br/blog
You Tube: www.youtube.com.br/porschegt3cupbrasil

............................................//Porsche GT3 Cup Brasil 2011

sexta-feira, 25 de março de 2011

INDYCAR SERIES
No primeiro dia de treinos oficiais para a prova de St. Petersburg, o Australiano Will Power da Penske foi o mais rápido.
Luis Fernando Soares de Almeida
RM, 25/03/2011


Um replay da temporada passada ?? Possivelmente, pelo menos foi o que mostrou o primeiro dia de treinos oficiais para a prova de abertura da Indy em St. Petersburg, Tampa. Will Power foi o mais rápido cravando um volta de 1:03.375 com o atual campeão, o escocês Dario Franchitti na 2° posição com 1:03.518. Confira abaixo como ficou o primeiro dia de treinos livres para a abertura da Indy.
---=========================================---
Honda GP of St. Petersburg - P1 e P2 combinados
---=========================================---
1.(#12) Will Power, Penske - 1:03.375 (102.247mph), 32 voltas
2.(#10) Dario Franchitti, Chip Ganassi - 1:03.518 (102.018mph), 33 voltas
3.(#27) Mike Conway, Andretti Autosport - 1:03.666 (101.781mph), 33 voltas
4.(#6) Ryan Briscoe, Penske - 1:03.721 (101.693mph), 31 voltas
5.(#9) Scott Dixon, Chip Ganassi - 1:03.873 (101.451mph), 26 voltas
6.(#3) Helio Castroneves, Penske - 1:03.904 (101.401mph), 31 voltas
7.(#26) Marco Andretti, Andretti Autosport - 1:04.040 (101.187mph), 33 voltas
8.(#19) Sebastien Bourdais, Dale Coyne - 1:04.067 (101.144mph), 46 voltas
9.(#82) Tony Kanaan, KV Rac. Technology - 1:04.069 (101.140mph), 35 voltas
10.(#7) Danica Patrick, Andretti Autosport - 1:04.103 (101.086mph), 43 voltas
11.(#22) Justin Wilson, Dreyer & Reinbold - 1:04.135 (101.036mph), 37 voltas
12.(#28) Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport - 1:04.143 (101.023mph), 23 voltas
13.(#02) Oriol Servia, Newman/Haas - 1:04.147 (101.017mph), 41 voltas
14.(#77) Alex Tagliani, Sam Schmidt - 1:04.235 (100.879mph), 37 voltas
15.(#34) Sebastian Saavedra, Conquest - 1:04.241 (100.870mph), 44 voltas
16.(#5) Takuma Sato, KV Rac. Technology - 1:04.242 (100.867mph), 38 voltas
17.(#38) Graham Rahal, Chip Ganassi - 1:04.312 (100.758mph), 33 voltas
18.(#17) Raphael Matos, AFS - 1:04.387 (100.641mph), 37 voltas
19.(#83) Charlie Kimball, Chip Ganassi - 1:04.496 (100.471mph), 41 voltas
20.(#59) E.J. Viso, KV Rac. Technology - 1:04.539 (100.403mph), 20 voltas
21.(#14) Vítor Meira, A.J. Foyt Enterprises - 1:04.954 (99.762mph), 39 voltas
22.(#4) JR Hildebrand, Panther Racing - 1:05.051 (99.614mph), 53 voltas
23.(#78) Simona de Silvestro, HVM Racing - 1:05.110 (99.523mph), 39 voltas
24.(#18) James Jakes, Dale Coyne - 1:05.642 (98.716mph), 52 voltas
25.(#24) Ana Beatriz, Dreyer & Reinbold - 1:05.703 (98.625mph), 51 voltas

................................................//IndyCar Series 2011
FÓRMULA 1
McLaren dá o troco e consegue os dois primeiros tempos na 2° sessão de treinos livres no circuito de Alberta Park.
Luis Fernando Soares de Almeida
RM, 25/03/2011


Jenson Button fez o melhor tempo nessa sexta na segunda sessão de treinos livres e o seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton ficou com o 2° melhor tempo do dia. No primeiro dia as duas Red Bull ficaram na frente com Mark Webber e Sebastian Vettel o atual campeão. Confira abaixo os resultados dos dois primeiros dias de treinos livres na Austrália.
---=====================================---
F-1 2011 - GP DA ASUTRÃLIA - 1° PRACTICE
---=====================================---
1.(#2) Mark Webber, RBR-Renault - 1:26.831
2.(#1) Sebastian Vettel, RBR-Renault - 1:27.158
3.(#5) Fernando Alonso, Ferrari - 1:27.749
4.(#8) Nico Rosberg, Mercedes GP - 1:28.152
5.(#11) Rubens Barrichello, Williams-Cosworth - 1:28.430
6.(#4) Jenson Button, McLaren-Mercedes - 1:28.440
7.(#3) Lewis Hamilton, McLaren-Mercedes - 1:28.483
8.(#7) Michael Schumacher, Mercedes GP - 1:28.690
9.(#16) Kamui Kobayashi, Sauber-Ferrari - 1:28.725
10.(#10) Vitaly Petrov, Renault - 1:28.765
11.(#6) Felipe Massa, Ferrari - 1:28.842
12.(#9) Nick Heidfeld, Renault - 1:28.928
13.(#14) Adrian Sutil, Force India-Mercedes - 1:29.314
14.(#18) Sebastien Buemi, STR-Ferrari - 1:29.328
15.(#12) Pastor Maldonado, Williams-Cosworth - 1:29.403
16.(#19) Daniel Ricciardo, STR-Ferrari - 1:29.468
17.(#17) Sergio Perez, Sauber-Ferrari - 1:29.643
18.(#15) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - 1:31.002
19.(#20) Heikki Kovalainen, Lotus-Renault - 1:32.428
20.(#25) Jerome D'Ambrosio, Virgin-Cosworth - 1:35.282
21.(#24) Timo Glock, Virgin-Cosworth - 1:35.289
22.(#21) Karun Chandhok, Lotus-Renault - sem tempo
23.(#22) Narain Karthikeyan, HRT-Cosworth - sem tempo
24.(#23) Vitantonio Liuzzi, HRT-Cosworth - sem tempo

---=====================================---
F-1 2011 - GP DA ASUTRÃLIA - 2° PRACTICE
---=====================================---
1.(#4) Jenson Button, McLaren-Mercedes - 1:25.854
2.(#3) Lewis Hamilton, McLaren-Mercedes - 1:25.986
3.(#5) Fernando Alonso, Ferrari - 1:26.001
4.(#1) Sebastian Vettel, RBR-Renault - 1:26.014
5.(#2) Mark Webber, RBR-Renault - 1:26.283
6.(#7) Michael Schumacher, Mercedes GP - 1:26.590
7.(#6) Felipe Massa, Ferrari - 1:26.789
8.(#17) Sergio Perez, Sauber-Ferrari - 1:27.101
9.(#11) Rubens Barrichello, Williams-Cosworth - 1:27.280
10.(#8) Nico Rosberg, Mercedes GP - 1:27.448
11.(#19) Jaime Alguersuari, STR-Ferrari - 1:27.525
12.(#10) Vitaly Petrov, Renault - 1:27.528
13.(#9) Nick Heidfeld, Renault - 1:27.536
14.(#18) Sebastien Buemi, STR-Ferrari - 1:27.697
15.(#16) Kamui Kobayashi, Sauber-Ferrari - 1:28.095
16.(#15) Paul di Resta, Force India-Mercedes - 1:28.376
17.(#14) Adrian Sutil, Force India-Mercedes - 1:28.583
18.(#12) Pastor Maldonado, Williams-Cosworth - 1:29.386
19.(#20) Heikki Kovalainen, Lotus-Renault - 1:30.829
20.(#21) Jarno Trulli, Lotus-Renault - 1:30.912
21.(#25) Jerome D'Ambrosio, Virgin-Cosworth - 1:32.106
22.(#24) Timo Glock, Virgin-Cosworth - 1:32.135
23.(#23) Vitantonio Liuzzi, HRT-Cosworth - sem tempo
24.(#22) Narain Karthikeyan, HRT-Cosworth - sem tempo

.........................................................//F-1 2011

quinta-feira, 24 de março de 2011

INDYCAR SERIES
Confira a programação completa para o final de semana de abertura da Indy em St. Petersburg.
Luis Fernando Soares de Almeida
RM, 24/03/2011


Nesse final de semana acontece a primeira etapa da Izod IndyCar Series em St Petersburg na Florida, confira abaixo a programação completa do final de semana inaugural da temporada 2011. A Bandeirantes anúncia a transmissão ao vivo para todo o Brasil da primeira etapa da Indy.

INDYCAR SERIES

# SEXTA FEIRA - 25 de Março

- 1° Treino Livre às 11:15 hrs
- 2° Treino Livre às 16:00 hrs

# SÁBADO - 26 de Março

- 3° Treino Livre às 11:10 hrs
- Qualifying às 15:30 hrs

# DOMINGO - 27 de Março

- Warmup às 9:40 hrs
- Pre-Race às 13:00 hrs
- Corrida (100 voltas) às 13:30 hrs

** Todos os treinos livres tem 1 hora de duração. O Warmup tem 30 minutos.

INDY LIGHTS

# SEXTA FEIRA - 25 de Março

- 1° Treino Livre às 15:00 hrs (45 minutos)

# SÁBADO - 26 de Março

- 2° Treino Livre às 10:10 hrs (45 minutos)
- Qualifying às 14:25 hrs (45 minutos)

# DOMINGO - 27 de Março

- Warmup às 9:05 hrs (15 minutos)
- Corrida às 11:30 hrs (45 voltas)

** Além da atração principal, teremos a primeira etapa da Indy Lights e três categorias de suporte que a cada ano ganham mais adeptos e atenção, a Star Mazda, World Challenge e USF2000.
..............................................//IndyCar Series 2011
FÓRMULA 1
Programação da primeira etapa da F-1, em Melbourne na Austrália.
Luis Fernando Soares de Almeida
RM, 24/03/2011


Acompanhe abaixo a programação completa do final de semana de abertura da 61° temporada da Fórmula 1.

QUINTA-FEIRA - 24 de Março de 2011
- 1° Treino Livre às 22:30 hrs (Sport TV)

SEXTA-FEIRA - 25 de Março de 2011
- 2° Treino Livre às 2:30 hrs da manhã (Sport TV)

SÁBADO - 26 de Março de 2011
- 3° Treino Livre às 0:00 hrs (Sport TV)
- Treino de Classificação às 3:00 da manhã (Rede Globo)

DOMINGO - 27 de Março de 2011
- Corrida às 3:00 hrs da manhã (Rede Globo)
................................................................//F-1 2011