segunda-feira, 26 de novembro de 2012

FÓRMULA 1
Sebastian Vettel é o tri-campeão da Fórmula 1.
Luis Fernando Soares de Almeida

  O alemão Sebastian Vettel entrou para a história do livro dos recordes da Fórmula Um se tornando o mais jovem tri-campeão da categoria. Vettel conquistou o terceiro título consecutivo nesse domingo em Interlagos, somente dois pilotos desde 1950 conseguiram tal façanha, o argentino Juan Manuel Fangio conquistou 4 títulos seguidos em 1954, 55, 56 e 57, o outro foi o alemão Michael Schumacher que conseguiu o penta (2000-01-02-03-04). A corrida foi dramática do começo ao final, em vários momentos durante a prova Alonso conquistaria o título, mas no final com muita competência e frieza Vettel cruzou a linha de chegada apenas na 6° colocação que foi suificiente para o título.
  Na largada Hamilton manteve a pole position e Felipe Massa fez uma excelente largada pulando para a segundo posição no "S" do Senna, mas ainda na primeira volta Jenson Button recuperou a segunda colocação. Vettel teve tanto cuidado na largada que perdeu várias posições, quando estava em 7° o brasileiro Bruno Senna bateu no carro de Vettel que rodou e ficou no meio da pista, Vettel foi para a última colocação o que seria um fim trágico. A pista estava úmida e muito escorregadia. Na 2° volta quando Mark Webber (Red Bull Racing) pressionava muito Felipe Massa (Ferrari) na reta dos boxes, Alonso se aproveitou da ajuda de Massa que claramente deu o lado melhor do "S" do Senna para o espanhol e ultrapassou ambos ficando na 3° colocação, naquele momento logo no inicio da corrida Alonso estava conquistando o seu terceiro título. Vettel apesar do acidente permaneceu na pista pois aparentemente a telemetria do seu carro não acusou nenhum defeito. Bruno Senna (Williams) e Sergio Perez (Sauber) que se envolveram nesse acidente são obrigados a abandonar, um final melancólico para Bruno Senna que não tem equipe para o ano que vem ainda. Nico Hulkenberg (Force India) começou a fazer uma ótima corrida, ele conseguiu ultrapassar Webber na 3° volta no final da reta principal e assumiu a 4° posição. Kimi Räikkönen da Lotus foi o primeiro a trocar os pneus slicks para intermediários, pois a chuva apertou um pouquinho deixando a pista ainda mais escorregadia, isso na volta No.6. Romain Grosjean encosta o seu pneu traseiro na tina branca da pista e roda, se chocando fortemente contra a barreira de proteção, final de prova para Grosjean na volta No.7.
 
Sebastian Vettel depois de cair para a última posição na primeira volta, começou a mostrar todo o seu talento e na 8° volta já estava mágicamente na 7° posição e brigando pela 6° com Kamui Kobayashi (Sauber). Jenson Button ultrapassa Hamilton e assume a liderança na volta No.8. Hamilton entra nos boxes para a troca para intermediários na 11° volta, apenas Button e Nico Hulkenberg permanecem com pneus lisos e abrem uma boa vantagem para os demais. Como a chuva não piorou parecia ser a melhor estratégia para Button e Hulkenberg. Mas na 14° volta os intermediários começaram a fazer a diferença, Hamilton era quase 2 segundos mais rápido do que Button, a pista estava bem molhada. O panorâma mudou rapidamente e a pista começou a secar novamente fazendo com que Button e Hulkenberg aumentassem a diferença, e o alemão que adora andar em Interlagos ultrapassa Button e assume a liderança na volta No.19.
  Hamilton entra nos pits novamente e coloca pneus duros, parece que a estratégia do inglês era ir até o final com esse composto, isso na volta No.19. As equipes enlouqueciam com o clima de Interlagos, as vezes mais seco e rapidamente mudava para pista úmida e escorregadia. Alono e Kobayashi retornam para os boxes e colocam pneus lisos novamente. Fernando Alonso reclama pelo rádio com a sua equipe que a pista esta muito suja com pedaços de carros. O que provavelmente furou um pneu traseiro da Mercedes de Nico Rosberg. O carro de segurança entra na pista na volta No.23 para limpeza da pista. Hulkenberg e Button aproveitam o safety-car e realizam a primeira parada, ambos colocam pneus duros e voltam nas mesmas posições. Com o safety-car na pista na volta no.27 Hulkenberg liderava seguido de Button, Hamilton, Alonso e Vettel. O safety-car entra nos boxes na volta No.29 e a corrida recomeça com Hulkenberg mantendo a liderança. Kobayashi de maneira arriscada ultrapassa Vettel e assume a 5° posição, Vettel não arriscou nada nessa manobra. Duas voltas mais tarde o japônes ultrapassou Fernando Alonso com a ajuda do DRS, assumindo a 4° posição. Na frente Nico Hulkenberg mantinha o controle da corrida. Na 45° volta os tempos das voltas ficam bem altos, a pista estava bem mais úmida e a chuva apertou de vez. Na 49° volta Nico Hulkenberg coloca uma das rodas na temida linha branca e perde o controle do seu carro, o que foi suficiente para ser ultrapassado por Lewis Hamilton (McLaren) que assumiu a liderança da prova. Hulkneberg conseguiu manter a segunda colocação. Para deixar a vida de Vettel mais dificil ainda o rádio de seu carro apresenta problemas na volta No.51 e ele não se comunica satisfatóriamente com a sua equipe.
 
Na volta No.55 Hulkenberg aproveitou muito bem o tráfego com retardatarios e tentou ultrapassar Hamilton na entrada do "S" do Senna mas acabou perdendo o controle e uma das rodas traseiras do seu carro tocou na dianteira do carro de Hamilton quebrando a sua suspensão, era fim de prova para o britânico, Hulkenberg continuou mas foi punido com uma passagem pelo pitlane por causar esse acidente. A chuva aumentou na parte final da corrida, a partir da volta No.62, o primeiro a entrar nos boxes para a troca foi Kamui Kobayashi. Jenson Button liderava com tranquilidade com 20 segundos de diferença para o espanhol Fernando Alonso, Vettel seguia na 7° colocação o que seria suficiente para o tri-campeonato por apenas 1 ponto. Alonso precisaria chegar em primeiro para conquistar o titulo mas Button nessas condições com uma condução tranquila como é característica desse piloto dificilmente cometeria um erro. Na penúltima volta Paul di Resta da Force India bateu forte na subida do Café e fez com que a corrida praticamente terminasse com o safety-car na pista. Vettel (281 pontos) entrou para a história e se tornou o mais jovem piloto (apenas 25 anos) a conquistar o tri-campeonato chegando numa confortável 6° posição. O brasileiro Felipe Massa terminou o ano em alta com mais no pódio na 3° colocação. Alonso (278 pontos)ficou com o vice-campeonato consagrando uma das melhores temporadas de sua carreira e Kimi Räikkönen fechou o seu ano de retorno há fórmula 1 de maneira brilhante com a terceira colocação do campeonato (207 pontos).

F-1: 19° ETAPA - INTERLAGOS - FINAL
1.(#3) Jenson Button, McLaren-Mercedes - 2:30.470
2.(#5) Fernando Alonso, Ferrari - +2.7
3.(#6) Felipe Massa, Ferrari - +3.6
4.(#2) Mark Webber, Red Bull Racing-Renault - +4.9
5.(#12) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - +5.7
6.(#1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - +9.4
7.(#7) Michael Schumacher, Mercedes - +11.9
8.(#17) Jean-Eric Vergne, STR-Ferrari - +28.6
9.(#14) Kamui Kobayashi, Sauber-Ferrari - +31.2
10.(#9) Kimi Räikkönen, Lotus-Renault - +1 volta
11.(#21) Vitaly Petrov, Caterham-Renault - +1 volta
12.(#25) Charles Pic, Marussia-Cosworth - +1 volta
13.(#16) Daniel Ricciardo, STR-Ferrari - +1 volta
14.(#20) Heikki Kovalainen, Caterham-Renault - +1 volta
15.(#8) Nico Rosberg, Mercedes - +1 volta
16.(#24) Timo Glock, Marussia-Cosworth - +1 volta
17.(#22) Pedro de la Rosa, HRT-Cosowrth - +2 voltas
18.(#23) Narain Karthikeyan, HRT-Cosworth - +2 voltas
19.(#11) Paul di Resta, Force India-Mercedes - +3 voltas
--ABANDONOS--
(#4) Lewis Hamilton, McLaren-Mercedes - acidente
(#10) Romain Grosjean, Lotus-Renault - acidente
(#18) Pastor Maldonado, Williams-Renault - abandono
(#19) Bruno Senna, Williams-Renault - acidente
(#15) Sergio Perez, Sauber-Ferrari - acidente

----------------------------------------------//Fórmula 1 2012

sábado, 24 de novembro de 2012

FÓRMULA 1
Relembrando o Grande Prêmio do Brasil do ano passado.
Luis Fernando Soares de Almeida

TREINO CLASSIFICATÓRIO
  No treino classificatório no sábado para definir o pole position e o grid de largada, Sebastian Vettel conquistou a sua 15° pole position do ano com uma volta de 1:11.918, quebrando o recorde de Nigel Mansell de 92 pelo maior número de pole positions em uma única temporada.
O seu companheiro de equipe Mark Webber (Red Bull Racing-1:12.099) ficou apenas um décimo de segundo atrás de Vettel na segunda posição. As duas McLarens ocuparam a segunda fila com Jenson Button (1:12.283) em 3° e Lewis Hamilton (1:12.480) em 4°. Abrindo a 3° fila Fernando Alonso da Ferrari (1:12.591) na 5° posição e Nico Rosberg da Mercedes (1:13.050) ao seu lado em 6°. O brasileiro Felipe Massa (Ferrari - 1:13.068) largou em 7° com Adrian Sutil (Force India - 1:13.298) ao seu lado em 8°. Fechando o Top 10 na 5° fila vieram Bruno Senna (Renault - 1:13.761) e Michael Schumacher (Mercedes, sem tempo no Q3).

A CORRIDA
  Sebastian Vettel manteve a liderança após a largada e os dois carros da Red Bull rapidamente abriram vantagem sobre os demais competidores. Fernando Alonso fez uma ótima largada e conseguiu a terceira posição no inicio da prova ultrapassando as duas McLarens, mas no final da corrida Jenson Button se recuperou e ultrapassou o espanhol ficando na terceira colocação. Com problemas em seu câmbio, Lewis Hamilton da McLaren foi obrigado a abandonar a corrida. Na 10° volta Bruno Senna bateu em Michael Schumacher e foi punido com uma passagem pelo pitlane por causar o acidente. Felipe Massa terminou o ano com uma 5° colocação na corrida. Sebastian Vettel teve problemas com o seu câmbio e acabou sendo ultrapassado pelo seu companheiro de equipe Mark Webber que venceu a sua primeira e única etapa da temporada. Vettel conseguiu ainda assim terminar em segundo com Jenson Button da McLaren completando o pódio. Alonso terminou em 4° com Massa em 5°. Completando a zona de pontuação dos 10 primeiros tivemos: Adrian Sutil (Force India) em 6°, Nico Rosberg (Mercedes) em 7°, Paul di Resta (Force India) em 8°, Kamui Kobayashi (Sauber) em 9° e Vitaly Petrov (Renault) em 10°. O pódio de Jenson Button deu ao britânico o vice-campeonato da temporada e com a vitória Mark Webber terminou em 3° na tabela de classificação desbancando o espanhol Fernando Alonso que ficou em 4° no geral. Rubens Barrichello fez a sua última corrida na Fórmula 1 pela Williams e terminou em 14°. Outra lembrança negativa para um brasileiro em 2011, foi que Felipe Massa se tornou o primeiro piloto da Ferrari desde 1992 com uma temporada sem conseguir nenhum pódio, Ivan Capelli teve o mesmo desempenho no ano de 92. Vettel conquistou o bi-campeonato terminando o ano com 392 pontos, Button foi o vice com 270 e Webber o terceiro com 258 pontos.
--------------------------------------------------------//F-1 2012

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

FIA WTCC   
Robert Huff conquista na última etapa o seu primeiro título no WTCC.
Luis Fernando Soares de Almeida

Apesar do campeonato dos construtores estar decidido já na sua metade, a briga pelo título dos pilotos foi emocionante até a última etapa, disputada em Macau nesse último final de semana (18/11). Robert Huff acabou se sagrando o campeão da temporada. Depois de ser o mais rápido desde sexta-feira em todas as sessões do final de semana, Robert Huff acabou correndo riscos desnecessários e quando liderava na primeira corrida acabou batendo o seu Ford Cruze, dando uma ótima oportunidade para os seus rivais e companheiros de equipes, Yvan Müller e Alain Menu se aproximarem na tabela de classificação.
Müller venceu a primeira corrida com Alain Menu em 2°. Na segunda corrida Huff se recuperou e aproveitando erros de quem estava na frente ele acabou chegando na segunda colocação o que foi mais do que suficiente para conquistar o seu primeiro título de campeão da temporada do WTCC. No troféu Yokohama, Darryl O'Young venceu as duas corridas do final de semana mas quem levou o título foi Norbert Michelisz. O destaque final do final de semana em Macau foi Tiago Monteiro, que levou o seu Honda e a equipe JAS Motorsport ao primeiro pódio da temporada, apesar de ter entrado na categoria há pouco mais de 1 mês.

WTCC: 12° ETAPA - MACAU - CORRIDA 23
1.(1) Yvan Müller, Chevrolet Cruze 1.6T - 23:08.977
2.(8) Alain Menu, Chevrolet Cruze 1.6T - +0.915
3.(18) Tiago Monteiro, Honda Civic S2000TC - +1.297
4.(3) Gabriele Tarquini, SEAT Leon WTCC - +1.967
5.(20) Darryl O'Young, Chevrolet Cruze 1.6T - +11.519
6.(15) Tom Coronel, BMW 320TC - +55.136
7.(6) Franz Engstler, BMW 320TC - +1:04.037
8.(73) Fredy Barth, SEAT Leon WTCC - +1:09.730
9.(11) Alex Macdowall, Chevrolet Cruze 1.6T - +1:16.524
10.(22) Tom Boardman, SEAT Leon WTCC - +1:22.194
11.(4) Aleksei Dudukalo, SEAT Leon WTCC - +1:22.372
12.(14) James Nash, Ford Focus S2000TC - +1:23.053
13.(23) Tom Chilton, Ford Focus S2000TC - +1:25.822
14.(88) Fernando Monje, SEAT Leon WTCC - +1:29.347
15.(66) Andre Couto, SR Leon 1.6T - +2:12.605
16.(82) Henry Ho, BMW 320si - +2:19.429
17.(77) Jo Rosa Merzsei, BMW 320si - +3:23.533
18.(50) Filipe de Souza, Chevrolet Lacetti - +2 voltas
19.(55) Celio Alves Dias, Chevrolet Lacetti - +2 voltas
20.(46) Kei Cozzolino, BMW 320TC - +2 voltas
21.(78) Ka Lok Mak, BMW 320si - +3 voltas
--Abandonos--
(51) Kin Veng NG, Chevrolet Cruze LT - quebra
(2) Robert Huff, Chevrolet Cruze 1.6T - acidente
(7) Charles NG, BMW 320TC - 4 voltas
(5) Norbert Michelisz, BMW 320TC - 3 voltas
(26) Stefano D'Aste, BMW 320TC - 2 voltas
(81) Eurico de Jesus, Honda Accord Type-R - 1 volta
(74) Pepe Oriola, SEAT Leon WTCC - 0 voltas
(25) Mehdi Bennani, BMW 320TC - 0 voltas


WTCC: 12° ETAPA - MACAU - CORRIDA 24
1.(8) Alain Menu, Chevrolet Cruze 1.6T - 35:36.096
2.(2) Robert Huff, Chevrolet Cruze 1.6T - +0.320
3.(1) Yvan Müller, Chevrolet Cruze 1.6T - +0.889
4.(18) Tiago Monteiro, Honda Civic S2000TC - +9.015
5.(20) Darryl O'Young, Chevrolet Cruze 1.6T - +9.786
6.(6) Franz Engstler, BMW 320TC - +10.127
7.(4) Aleksei Dudukalo, SEAT Leon WTCC - +11.024
8.(73) Fredy Barth, SEAT Leon WTCC - +11.399
9.(22) Tom Boardman, SEAT Leon WTCC - +11.582
10.(88) Fernando Monje, SEAT Leon WTCC - +11.900
11.(66) Andre Couto, SR Leon 1.6T - +12.412
12.(14) James Nash, Ford Focus S2000TC - +20.496
13.(77) Jo Rosa Merzsei, BMW 320si - +20.883
14.(50) Filipe de Souza, Chevrolet Lacetti - +21.920
15.(55) Celio Alves Dias, Chevrolet Lacetti - +22.760
16.(78) Ka Lok Mak, BMW 320si - +24.741
17.(51) Kin Veng NG, Chevrolet Cruze LT - +25.589
18.(81) Eurico de Jesus, Honda Accord Type-R - +26.243
19.(46) Kei Cozzolino, BMW 320TC - +2 voltas
20.(3) Gabriele Tarquini, SEAT Leon WTCC - +2 voltas
21.(5) Norbert Michelisz, BMW 320TC - +3 voltas
22.(74) Pepe Oriola, SEAT Leon WTCC - +3 voltas
23.(26) Stefano D'Aste, BMW 320TC - +3 voltas
--Abandonos--
(15) Tom Coronel, BMW 320TC - 4 voltas
(11) Alex Macdowall, Chevrolet Cruze 1.6T - 3 voltas
(23) Tom Chilton, Ford Focus S2000TC - 3 voltas
(25) Mehdi Bennani, BMW 320TC - 3 voltas
(82) Henry Ho, BMW 320si - 1 volta

-----------------------------------------------------//FIA WTCC 2012
NASCAR SPRINT CUP
Brad Keselowski é o grande campeão da Sprint Cup.
Luis Fernando Soares de Almeida

A cena foi muito bonita no final da corrida, o dono da equipe Roger Penske deu um forte abraço no seu piloto Brad Keselowski que conquistou o seu primeiro título na Sprint Cup e deu também o primeiro título ao lendário Roger Penske na Nascar. O pentcampeão Jimmie Johnson entrou na última etapa da Sprint Cup 20 pontos atrás de Keselowski na luta pelo título. Aparentemente a estratégia de combustível para JJ daria mais um título para o piloto, mas um erro no pitlane e um defeito raro em seu carro tiraram a chance do hexa campeonato.
Jeff Gordon venceu a corrida 1 segundo á frente de Clint Bowyer, Ryan Newman foi o 3° seguido de Kyle Busch e Greg Biffle completando o top 5. Keselowski terminou apenas na 15° colocação há uma volta do primeiro colocado, mas graças as dificuldades de Jimmie Johnson que terminou apenas na 36° colocação, ele conseguiu ficar com o título da temporada. Brad Keselowski foi o campeão com 5 vitórias, 13 vezes terminando no top 5 e 23 vezes terminando no top 10, um título merecido. A Dodge que abandonará a Nascar em 2013 termina o ano como campeã da principal categoria.

NASCAR SC: 36° ETAPA - HOMESTEAD - FINAL
1.(24) Jeff Gordon, Chevrolet - 267 voltas
2.(15) Clint Bowyer, Toyota - 267 voltas
3.(39) Ryan Newman, Chevrolet - 267 voltas
4.(18) Kyle Busch, Toyota - 267 voltas
5.(16) Greg Biffle, Ford - 267 voltas
6.(56) Martin Truex Jr., Toyota - 267 voltas
7.(43) Aric Almirola, Ford - 267 voltas
8.(29) Kevin Harvick, Chevrolet - 267 voltas
9.(78) Kurt Busch, Chevrolet - 267 voltas
10.(88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 267 voltas
11.(27) Paul Menard, Chevrolet - 267 voltas
12.(99) Carl Edwards, Ford - 267 voltas
13.(9) Marcos Ambrose, Ford - 267 voltas
14.(20) Joey Logano, Toyota - 267 voltas
15.(2) Brad Keselowski, Dodge - 267 voltas
16.(55) Mark Martin, Toyota - 267 voltas
17.(14) Tony Stewart, Chevrolet - 267 voltas
18.(17) Matt Kenseth, Ford - 267 voltas
19.(31) Jeff Burton, Chevrolet - 267 voltas
20.(1) Jamie McMurray, Chevrolet - 267 voltas
21.(5) Kasey Kahne, Chevrolet - 267 voltas
22.(22) Sam Hornish Jr., Dodge - 267 voltas
23.(21) Trevor Bayne, Ford - 267 voltas
24.(11) Denny Hamlin, Toyota - 267 voltas
25.(47) Bobby Labonte, Toyota - 265 voltas
26.(93) Travis Kvapil, Toyota - 265 voltas
27.(83) Landon Cassill, Toyota - 265 voltas
28.(42) Juan Montoya, Chevrolet - 264 voltas
29.(13) Casey Mears, Ford - 264 voltas
30.(51) Regan Smith, Chevrolet - 264 voltas
31.(34) David Ragan, Ford - 263 voltas
32.(36) Dave Blaney, Chevrolet - 263 voltas
33.(38) David Gilliland, Ford - 262 voltas
34.(10) David Reutimann, Chevrolet - 261 voltas
35.(37) J.J. Yeley, Chevrolet - 261 voltas
36.(48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 224 voltas (câmbio)
37.(32) Ken Schrader, Ford - 219 voltas (motor)
38.(30) David Stremme, Toyota - 183 voltas (probl. elétricos)
39.(6) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 157 voltas (acidente)
40.(26) Josh Wise, Ford - 38 voltas (vibração)
41.(98) Michael McDowell, Ford - 34 voltas (super aquecimento)
42.(23) Scott Riggs, Chevrolet - 23 voltas (vibração)
43.(119) Mike Bliss, Toyota - 16 voltas (probl. elétricos)

----------------------------------------------//Nascar Sprint Cup 2012

domingo, 18 de novembro de 2012


FÓRMULA 1
Lewis Hamilton vence em Austin e o campeonato será decidido no Brasil.
Luis Fernando Soares de Almeida

Foi uma bela corrida de estréia do seletivo Circuito das Américas em Austin nos Estados Unidos. Tivemos belas disputas por todas as posições e manobras arrojadas. Na largada Sebastian Vettel manteve a ponta com Mark Webber em segundo e Hamilton na terceira posição. Fernando Alonso da Ferrari fez uma excelente largada pulando da 7° para a 4° posição logo após a primeira curva. Hamilton não demorou muito para recuperar a segunda posição e começou uma perseguição implacável para cima de Vettel. Vettel aguentou até a 42° volta quando na curva No.12 Hammilton fez a ultrapassagem e assumiu a liderança da corrida. O brasileiro Felipe Massa fez uma excelente corrida, largando da 11° colocação e terminando na 4° posição.  Após ser ultrapassado na volta 42 Vettel não desistiu e começou a pressionar Hamilton diminuindo a diferença a partir da 45° volta. Jenson Button, Raikönnen , Bruno Senna e Pastor Maldonado travaram batalhas ferozes na pista. Maldonado chegou a tocar as rodas de Senna quando ultrapassou o brasileiro conquistando a 9° posição. Vettel ainda lidera, agora com 13 pontos á frente de Alonso. A Fórmula 1 mais uma vez será definida em Interlagos na última etapa que acontece no domingo que vem.

|F-1 2012: 19° ETAPA - AUSTIN, TX - FINAL
1.(#4) Lewis Hamilton, McLaren-Mercedes - vencedor
2.(#1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - +0.6s
3.(#5) Fernando Alonso, Ferrari - +39.2s
4.(#6) Felipe Massa, Ferrari - +46.0s
5.(#3) Jenson Button, McLaren-Mercedes - +56.4s
6.(#9) Kimi Räikkönen, Lotus-Renault - +64.4s
7.(#10) Romain Grosjean, Lotus-Renault - +70.3s
8.(#12) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - +73.7s
9.(#18) Pastor Maldonado, Williams-Renault - +74.5s
10.(#19) Bruno Senna, Williams-Renault - +75.1s
11.(#15) Sergio Perez, Sauber-Ferrari - +84.3s
12.(#16) Daniel Ricciardo, STR-Ferrari - +84.8s
13.(#8) Nico Rosberg, Mercedes - +85.5s
14.(#14) Kamui Kobayashi, Sauber-Ferrari - +1 volta
15.(#11) Paul di Resta, Force India-Mercedes - +1 volta
16.(#7) Michael Schumacher, Mercedes - +1 volta
17.(#21) Vitaly Petrov, Caterham-Renault - +1 volta
18.(#20) Heikki Kovalainen, Caterham-Renault - +1 volta
19.(#24) Timo Glock, Marussia-Cosworth - +1 volta
20.(#25) Charles Pic, Marussia-Cosworth - +2 voltas
21.(#22) Pedro de la Rosa, HRT-Cosworth - +2 voltas
22.(#23) Narain Karthikeyan, HRT-Cosworth - +2 voltas
--Abandonos--
(#2) Mark Webber, Red BUll Racing-Renault - +40 voltas
(#17) Jean-Eric Vergne, STR-Ferrari - +42 voltas

------------------------------------------//Fórmula 1 2012
NASCAR NATIONWIDE SERIES
Regan Smith vence em Homestead e Ricky Stenhouse Jr. conquista o título.
Luis Fernando Soares de Almeida
Após 5 anos ausente da Nationwide Regan Smith voltou em estado de graça e venceu a última etapa da série. Ricky Stenhouse Jr. que terminou em 6° na corrida entrou para a história da Nascar e se tornou o bi-campeão da temporada. Elliott Sadler que brigava com Stenhouse Jr. diretamente pelo título terminou em 9° e ficou com o vice-campeoanto 23 pontos atras de Stenhouse Jr.

Nascar NWS: 33° ETAPA - HOMESTEAD FINAL
1.(5) Regan Smith, Chevrolet - 200 voltas
2.(54) Kyle Busch, Toyota - 200 voltas
3.(33) Brendan Gaughan, Chevrolet - 200 voltas
4.(12) Sam Hornish Jr., Dodge - 200 voltas
5.(3) Austin Dillon, Chevrolet - 200 voltas **novato
6.(6) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 200 voltas
7.(11) Brian Scott, Toyota - 200 voltas
8.(22) Ryan Blaney, Dodge - 200 voltas
9.(2) Elliott Sadler, Chevrolet - 200 voltas
10.(88) Cole Whitt, Chevrolet - 200 voltas **novato
11.(31) Justin Allgaier, Chevrolet - 200 voltas
12.(43) Michael Annett, Ford - 200 voltas
13.(7) Danica Patrick, Chevrolet - 200 voltas
14.(21) Joey Coulter, Chevrolet - 200 voltas
15.(199) Kenny Wallace, Toyota - 200 voltas
16.(18) Joey Logano, ToYota - 200 voltas
17.(38) Brad Sweet, Chevrolet - 200 voltas **novato
18.(87) Joe Nemechek, Toyota - 200 voltas
19.(10) Mike Bliss, Toyota - 200 voltas
20.(8) Scott Lagasse Jr., Chevrolet - 200 voltas
21.(198) Kevin Swindell, Ford - 200 voltas
22.(51) Jeremy Clements, Chevrolet - 200 voltas
23.(108) Jeffrey Earnhardt, Ford - 198 voltas
24.(124) David Starr, Toyota - 198 voltas
25.(30) Dakoda Armstrong, Chevrolet - 197 voltas
26.(01) Mike Wallace, Chevrolett - 197 voltas
27.(14) Eric McClure, Toyota - 196 voltas
28.(27) Andrew Ranger, Ford - 195 voltas
29.(81) Jason Bowles, Toyota - 195 voltas **novato
30.(19) Hal Martin, Toyota - 195 voltas
31.(4) Danny Efland, Chevrolet - 193 voltas
32.(52) Joey Gase, Chevrolet - 190 voltas **novato
33.(23) Robert Richardson Jr., Chevrolet - 188 voltas
34.(70) Johanna Long, Chevrolet - 177 voltas **novata (acidente)
35.(40) Erik Darnell, Chevrolet - 147 voltas (motor)
36.(44) John Blankenship, Chevrolet - 92 voltas (acidente)
37.(41) Juan Carlos Blum, Chevrolet - 92 voltas (motor)
38.(20) Ryan Truex, Toyota - 66 voltas (acidente)
39.(100) Blake Koch, Toyota - 40 voltas (bomba de combustível)
40.(191) Jeff Green, Toyota - 17 voltas (vibração)
41.(46) Chase Miller, Chevrolet - 6 voltas (vibração)
42.(42) Josh Wise, Chevrolet - 6 voltas (super aquecimento)
43.(39) Dexter Stacey, Ford - 0 voltas (motor)

--------------------------------------------//Nascar Nationwide Series 2012
NASCAR TRUCK SERIES
James Buescher conquista o seu primeiro título na Truck Series da Nascar.
Luis Fernando Soares de Almeida

Com faíscas voando dos dois trucks que cruzaram a linha de chegada praticamente juntos, Cale Gale venceu a última corrida do ano à frente de Kyle Busch apenas 14 décimos de segundos. Mas o drama mesmo acontecia no bloco de trás. James Buescher cruzou a linha de chegada apenas na 13° posição e mesmo assim conquistou o título da temporada da Truck Series da Nascar. Buescher terminou com apenas 6 pontos á mais do que o segundo colocado, Timothy Peters. Ty Dillon que lutava pelo título acabou batendo quando faltavam apenas duas voltas para terminar a corrida. Nelsinho Piquet teve mais uma excelente corrida, terminando na 4° colocação, o ano para Nelsinho foi excelente na sua primeira temporada numa categoria da Nascar onde ele terminou na 7° colocação geral. É certo que Nelsinho fara o 'upgrade' para a Nationwide para o ano que vem. O outro brasileiro, o gaúcho Miguel Paludo terminou a corrida de sexta na 5° posição e acabou na 10° posição na classificação geral, Paludo não tem nada certo para o ano que vem.

NASCAR CWTS: 22° ETAPA - HOMESTEAD FINAL
1.(33) Cale Gale, Chevrolet - 140 voltas **Novato
2.(18) Kyle Busch, Toyota - 140 voltas
3.(22) Joey Coulter, Chevrolet - 140 voltas
4.(30) Nelsinho Piquet, Chevrolet - 140 voltas
5.(32) Miguel Paludo, Chevrolet - 140 voltas
6.(13) Johnny Sauter, Toyota - 140 voltas
7.(7) Parker Kligerman, Toyota - 140 voltas
8.(17) Timothy Peters, Toyota - 140 voltas
9.(6) Justin Lofton, Chevrolet - 140 voltas
10.(08) Ross Chastain, Toyota - 140 voltas **Novato
11.(11) Todd Bodine, Toyota - 140 voltas
12.(88) Matt Crafton, Toyota - 140 voltas
13.(31) James BUescher, Chevrolet - 140 voltas
14.(39) Ryan Sieg, Chevrolet - 140 voltas
15.(151) German Quiroga, Toyota - 139 voltas
16.(81) David Starr, Toyota - 139 voltas
17.(23) Jason White, Ford - 139 voltas
18.(2) Tim George Jr., Chevrolet - 139 voltas
19.(27) Jason Leffler, Chevrolet - 138 voltas
20.(9) Ron Hornaday, Chevrolet - 138 voltas
21.(84) Mario Gosselin, Toyota - 138 voltas
22.(101) Jake Crum, Chevrolet - 137 voltas
23.(8) Max Gresham, Chevrolet - 137 voltas **Novato
24.(07) Jeff Agnew, Chevrolet - 136 voltas
25.(3) Ty Dillon, Chevrolet - 135 voltas **Novato
26.(225) Travis Miller, Chevrolet - 135 voltas
27.(4) Kyle Larson, Chevrolet - 131 voltas (acidente)
28.(29) Ryan Blaney, Ram - 131 voltas (acidente)
29.(57) Norm Benning, Chevrolet - 131 voltas
30.(93) Ryan Lynch, Chevrolet - 130 voltas
31.(10) Jennifer Jo Cobb, Ram - 129 voltas
32.(09) John Wes Townley, Toyota - 118 voltas **Novato
33.(99) Bryan Silas, Ford - 43 voltas (acidente)
34.(220) Dusty Davis, Toyota - 28 voltas (clutch) **Novato
35.(38) Chris JOnes, Chevrolet - 10 voltas (freios)
36.(0) Blake Koch, Ford - 3 voltas (transmissão)

---------------------------------------//Nascar Truck Series 2012

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

FÓRMULA 1
O circuito de Texas será um belo desafio para os pilotos.
Luis Fernando Soares de Almeida
Nesse final de semana após uma ausência de 4 anos a Fórmula 1 volta a ter uma etapad da temporada nos Estados Unidos. A pista do Texas foi desenhada e projetada pelo alemão Hermann Tilke, uma espécie de desenhista concursado da FIA para desenhar e projetar novos circuitos. Todo circuito de F-1 clássico necessita de uma curva icônica. Em Spa Francorchamps na Bélgica temos a Eau Rouge, em Silvertone já pensamos logo na sequência de curvas intituladas de Becketts e em Suzuka temos a curva 130R. Para Austin no Texas claramente parece que a primeira curva se tornará ou tem tudo para se tornar mais uma curva lendária.
Logo após a reta de largada os carros chegam com grande velocidade na curva 1, que tem uma elevação que assusta. O ponto de frenagem será crítico para essa curva e poderemos esperar várias derrapagens e saídas de pista já na sexta-feira no primeiro dia de treinos livres. A subida tem uma velocidade projetada para cerca de 200 Km/h e uma curva bem larga onde será possível carros lado a lado. Logo após essa subida, a pista começa uma descida rápida e já entra num setor intitulado por Tilke, de "snake" (cobra), é uma mistura das Becketts de Silverstone com os esses de Suzuka, onde a cambagem das rodas dos carros será fundamental para o sucesso.
Os primeiros carros entram na pista nessa sexta-feira (16/11) as 13 hrs de Brasília para a primeira sessão de treinos livres.
-------------------------------------------//Fórmula 1 2012    

domingo, 11 de novembro de 2012

STOCKCAR BRASIL
Max Wilson vence a corrida em Brasília.
Luis Fernando Soares de Almeida, fotos de Fernanda Freixosa

Max Wilson venceu a penúltima etapa da temporada nesse domingo (11/11) em Brasília e equilibrou o campeonato. Ricardo Maurício cruzou a linha de chegada na segunda posição e completando o pódio veio Nonô Figueiredo. Thiago Camilo que largou na pole position liderou a corrida pelas primeiras 15 voltas, mas um pneu traseiro esquerdo acabou furando e ele teve que ir para os boxes perdendo várias posições.
Cacá Bueno que lidera o campeonato terminou apenas na 9° posição eviiu seus adversários encostarem na tabela de classificação. Cacá tem apenas 10 pontos à frente do segundo colocado empatados Átila Abreu, Ricardo Maurício e Daniel Serra. Na corrida desse domingo tivemos dois estreantes Tony Kanaan e Rafael Matos (ex-Indy), Tony terminou na 19° e Rafa Matos na 23°. Rubens Barrichello que fez a sua segunda corrida pela categoria ficou apenas na 31° posição.

STOCKCAR: 11° ETAPA - BRASÍLIA - FINAL
1) Max Wilson (Eurofarma RC), 41min43s118
2) Ricardo Maurício (Eurofarma RC), a 3s126
3) Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer Racing), a 4s545
4) Rodrigo Sperafico (Prati-Donaduzzi Racing), a 6s573
5) Luciano Burti (Itaipava Racing Team), a 7s708
6) Átila Abreu (Mobil Super Pioneer Racing), a 9s385
7) Daniel Serra (Red Bull Racing), a 11s744
8) Ricardo Zonta (Linea Sucralose), a 13s332
9) Cacá Bueno (Red Bull Racing), a 15s125
10) Valdeno Brito (Shell Racing), a 15s924
11) Ricardo Sperafico (Prati-Donaduzzi Racing), a 17s174
12) Diego Nunes (Hot Car Competições), a 22s167
13) Lico Kaesemodel (RCM Motorsport), a 23s113
14) Giuliano Losacco (Shell Racing), a 27s258
15) Tuka Rocha (BMC Racing), a 29s620
16) Denis Navarro (Vogel Motorsport), a 30s284
17) Vitor Meira (Officer ProGP), a 31s804
18) Popó Bueno (Linea Sucralose), a 36s416
19) Tony Kanaan (Bassani Racing), a 39s722
20) Julio Campos (Carlos Alves Comp.), a 43s761
21) Thiago Camilo (Ipiranga-RC), a 43s946
22) Duda Pamplona (Officer ProGP), a 43s961
23) Rafa Matos (Bassani Racing), a 44s148
24) Allam Khodair (Vogel Motorsport), a 45s119
25) Antonio Pizzonia (Comprafacil/Nascar), a 45s500
26) David Muffato (Itaipava Racing Team), a 47s139
27) Patrick Gonçalves (Carlos Alves Comp.), a 50s072
28) Xandinho Negrão (Medley Fulltime), a 3 voltas
29) Eduardo Leite (Hot Car Competições), a 14 voltas
30) Galid Osman (BMC Racing), a 22 voltas
31) Rubens Barrichello (Medley Fulltime), a 22 voltas
32) Pedro Boesel (Comprafacil Nascar JF), a 38 voltas

-----------------------------------------//Stockcar Brasil 2012
NASCAR NATIONWIDE
Joey Logano vence e Elliott Sadler se complica na luta pelo título.
Luis Fernando Soares de Almeida

Logano que largou na pole position, dominou a corrida de sábado a noite em Phoenix pela Nationwide. Ele cruzou a linha de chegada tanquilo e conquistou a sua 9° vitória em 21 corridas esse ano e a primeira de sua carreira em Phoenix. As atenções estavam voltadas para dois pilotos que disputam o título da temporada, Ricky Stenhouse Jr. e Elliott Sadler.
Stenhouse Jr. terminou na 3° posição e Sadler se envolveu num acidente quando faltavam apenas 2 voltas para terminar a corrida e acabou apenas na 22° posição. Com isso Stenhouse Jr. abriu 20 pontos de vantagem sobre Sadler e só um desastre terrível tira o titulo da temporada. A temporada termina no sábado que vem (17/11) em Homestead, Miami.

NASCAR NWS: 32° ETAPA - PHOENIX - FINAL
1.(18) Joey Logano, Toyota - 204 voltas
2.(20) Brian Vickers, Toyota - 204 voltas
3.(6) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 204 voltas
4.(54) Kyle Busch, Toyota - 204 voltas
5.(38) Kasey Kahne, Chevrolet - 204 voltas
6.(3) Austin Dillon, Chevrolet - 204 voltas **novato
7.(43) Michael Annett, Ford - 204 voltas
8.(11) Brian Scott, Toyota - 204 voltas
9.(22) Brad Keselowski, Dodge - 204 voltas
10.(7) Danica Patrick, Chevrolet - 204 voltas
11.(31) Justin Allgaier, Chevrolet - 204 voltas
12.(30) Jason Leffler, Chevrolet - 204 voltas
13.(19) Mike Bliss, Toyota - 204 voltas
14.(12) Sam Hornish Jr., Dodge - 204 voltas
15.(199) Alex Bowman, Toyota - 204 voltas
16.(87) Joe Nemechek, Toyota - 204 voltas
17.(81) Jason Bowles, Toyota - 204 voltas **novato
18.(23) Jamie Dick, Chevrolet - 204 voltas
19.(01) Mike Wallace, Chevrolet - 204 voltas
20.(14) Eric McClure, Toyota - 204 voltas
21.(108) Paulie Harraka, Ford - 204 voltas
22.(2) Elliott Sadler, Chevrolet - 204 voltas
23.(10) Jeff Green, Toyota - 201 voltas
24.(73) Derrike Cope, Chevrolet - 200 voltas
25.(44) John Blankenship, Chevrolet - 200 voltas
26.(33) Brendan Gaughan, Chevrolet - 199 voltas (acidente)
27.(15) Timmy Hill, Ford - 199 voltas
28.(4) Daryl Harr, Chevrolet - 199 voltas
29.(88) Cole Whitt, Chevrolet - 198 voltas **novato (acidente)
30.(39) Dexter Stacey, Ford - 197 voltas
31.(124) Derek White, Toyota - 188 voltas
32.(41) Noel Dowler, Ford - 182 voltas (acidente)
33.(51) Jeremy Clements, Chevrolet - 86 voltas (bomba de óleo)
34.(86) Kevin Lepage, Ford - 39 voltas (axle)
35.(89) Morgan Shepherd, Chevrolet - 20 voltas (motor)
36.(174) Mike Harmon, Chevrolet - 18 voltas (super aquecimento)
37.(40) Erik Darnell, Chevrolet - 18 voltas (ignição)
38.(47) J.J. Yeley, Chevrolet - 17 voltas (câmbio)
39.(100) Blake Koch, Toyota - 17 voltas (freios)
40.(42) Josh Wise, Chevrolet - 15 voltas (probl. elétricos)
41.(175) Carl Long, Ford - 12 voltas (freios)
42.(46) Chase Miller, Chevrolet - 8 voltas (freios)
43.(191) Tony Raines, Toyota - 5 voltas (vibração)
---------------------------------//Nascar Nationwide Series 2012
NASCAR TRUCK SERIES
Brian Scott vence a primeira da temporada em Phoenix.
Luis Fernando Soares de Almeida

Seria uma das maiores zebras da Truck nesse ano, o desconhecido Kyle Larson liderava mas na última volta Brian Scott ultrapassou e conquistou a primeira vitória da temporada e a segunda de sua carreira.  Nelsinho Piquet que mais uma vez largou na pole position acabou se envolvendo num acidente na volta No.65 junto com Miguel Paludo, Johnny Sauter e Ron Hornaday Jr.. Nelsinho se recuperou e acabou no Top 10, na 8° colocação, já Miguel Paludo conseguiu um sólido 14° lugar. O lider do campeonato James Buescher acabou apenas 17° colocação mas ainda lidera com 15 pontos de vantagem sobre o 2° colocado, o novato Ty Dillon. A temporada termina na semana que vem em Homestead, Miami quando acontece a última etapa da temporada.

NASCAR CWTS: 21° ETAPA - PHOENIX - FINAL
1.(18) Brian Scott, Toyota - 153 voltas
2.(4) Kyle Larson, Chevrolet - 153 voltas
3.(22) Joey Coulter, Chevrolet - 153 voltas
4.(17) Timothy Peters, Toyota - 153 voltas
5.(29) Ryan Blaney, Ram - 153 voltas
6.(39) Ryan Sieg, Chevrolet - 153 voltas
7.(33) Cale Gale, Chevrolet - 153 voltas **novato
8.(30) Nelsinho Piquet, Chevrolet - 153 voltas
9.(27) Ryan Truex, Chevrolet - 153 voltas
10.(6) Justin Lofton, Chevrolet - 153 voltas
11.(135) Matt Merrell, Chevrolet - 153 voltas
12.(119) David Mayhew, Ram - 153 voltas
13.(09) John Wes Townley, Toyota - 153 voltas **novato
14.(32) Miguel Paludo, Chevrolet - 152 voltas
15.(3) Ty Dillon, Chevrolet - 152 voltas **novato
16.(99) Bryan Silas, Ford - 152 voltas **novato
17.(31) James Buescher, Chevrolet - 152 voltas
18.(08) Todd Peck, Toyota - 149 voltas
19.(57) Norm Benning, Chevrolet - 148 voltas
20.(88) Matt Crafton, Toyota - 144 voltas
21.(23) Jason White, Ford - 136 voltas (acidente)
22.(9) Ron Hornaday, Chevrolet - 111 voltas
23.(2) Brendan Gaughan, Chevrolet - 109 voltas (acidente)
24.(151) German Quiroga, Toyota - 109 voltas (acidente)
25.(13) Johnny Sauter, Toyota - 104 voltas
26.(174) Brian Weber, Chevrolet - 95 voltas (suspensao)
27.(7) Parker Kligerman, Toyota - 78 voltas (acidente)
28.(11) Todd Bodine, Toyota - 48 voltas
29.(5) John King, Ford - 43 voltas **novato (acidente)
30.(297) Jeff Choquette, Chevrolet - 34 voltas (acidente)
31.(225) Stephen Leicht, Chevrolet - 22 voltas (acidente)
32.(93) Dennis Setzer, Chevrolet - 8 voltas (freios)
33.(07) Ross Chastain, Chevrolet - 7 voltas **novato (ignição)
34.(84) Chris Fontaine, Chevrolet - 6 voltas (freios)
35.(38) Chris Jones, Chevrolet - 4 voltas (ignição)
36.(0) Blake Koch, Ford - 2 voltas (suspensão)

-----------------------------------//Nascar Camping Truck Series 2012

domingo, 4 de novembro de 2012

FÓRMULA 1
Kimi Räikkönen vence a sua primeira corrida do ano em Abu Dhabi.
Luis Fernando Soares de Almeida

Kimi Räikkonen largou na 4° posição mas já na primeira curva pulou para a 2° colocação e mostrou que essa seria a sua melhor corrida da temporada. Hamilton que largou na pole manteve a liderança e rapidamente abriu uma boa vantagem sobre Räikkönen. Sebastian Vettel que foi punido e largou na última posição e dos boxes tinha um trabalho duro pela frente para chegar na zona de pontuação. Na 9° volta aconteceu um acidente espetacular, Nico Rosberg (Mercedes GP), estava se preparando para ultrapassar Narain Karthikeyan (HRT) quando o seu carro atingiu com toda a velocidade e passou por cima do carro de Karthikeyan, aparentemente o carro da HRT apresentou um problema e diminuiu a velocidade abruptamente, Rosberg não pode fazer nada. O carro de segurança entrou na pista. Na relargada (volta No.14) Hamilton manteve a liderança e rapidamente abriu 3.4 segundos de vantagem sobre a Lotus de Räikkönen. Na 20° volta Lewis Hamilton encostou a sua McLaren que perdeu potência, era fim de corrida para o britânico. A primeira bandeira amarela ajudou Vettel a diminuir a diferença, mas durante a bandeira Daniel Ricciardo reduziu demais a velocidade e Vettel desviou e acertou uma placa indicatória da utilização do DRS. Na 13° volta Vettel entrou nos boxes colocando pneus macios e um novo bico dianteiro do carro, com isso ele foi novamente para o pelotão traseiro.
Räikkönen liderava com Pastor Maldonado (Williams) em 2° e Alonso logo atrás dele pressionando bastante, ninguem percebeu mas rapidamente Vettel já estava na 12° colocação. Na 21° volta Alonso ultrapassou Maldonado e assumiu a segunda colocação. Na 23° volta Mark Webber (Red Bull Racing) tentou ultrapassar Maldonado e foi tocado pelo venezuelano, Webber rodou e perdeu várias posições.
Mais tarde Webber se envolveu em outra disputa ferrenha com o brasileiro Felipe Massa (Ferrari) que acabou rodando com a sua Ferrari. Vários carros entraram para as suas paradas entre as voltas NO.27 e 31, Räikkonen estava liderando com apenas 1.4 segundos, mas com 23 voltas restando para terminar a corrida era claro que o finlândes necessitaria de mais uma parada. Na 37° volta Räikkönen entrou nos boxes e numa troca excepcional da equipe Lotus ele retornou para a pista na 4° posição se mantendo á frente de Grosjean, di Resta, Perez e Webber. Di Resta e Grosjean estavam batalhando pela posição quando Sergio Perez (Sauber) tentou ultrapassar e atingiu Grosjean que parou no meio da pista e foi atingido por Mark Webber. Webber e Grosjean tiveram que abandonar a corrida e Sergio Perez foi punido com uma parada de 10 segundos nos boxes por causar a colisão.
Nas últimas voltas Räikkönen controlou bem os ataques de Alonso que diminuia a diferença mas não a ponto de ameaçar Kimi. Vettel com a sua corrida épica conquistou o 3° lugar no pódio, com isso Vettel mantém a liderança do campeonato, 10 pontos á frente de Alonso da Ferrari. Restam apenas duas etapas para terminar a temporada que tem tudo para se definida na última etapa aqui no Brasil.

F-1: 18° ETAPA - YAS MARINA - FINAL
1.(#9) Kimi Räikkönen, Lotus-Renault - 1:45.58.667
2.(#5) Fernando Alonso, Ferrari - +0.8s
3.(#1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - +4.1s
4.(#3) Jenson Button, McLaren-Mercedes - +7.7s
5.(#18) Pastor Maldonado, Williams-Renault - +13.0s
6.(#14) Kamui Kobayashi, Saber-Ferrari - +20.0s
7.(#6) Felipe Massa, Ferrari - +22.8s
8.(#19) Bruno Senna, Williams-Renault - +23.5s
9.(#11) Paul di Resta, Force India-Mercedes - +24.1s
10.(#16) Daniel Ricciardo, STR-Ferrari - +27.4s    
11.(#7) Michael Schumacher, Mercedes - +28.0s
12.(#17) Jean-Eric Vergne, STR-Ferrari - +34.9s
13.(#20) Heikki Kovalainen, Caterham-Renault - +47.7s
14.(#24) Timo Glock, Marussia-Cosworth - +56.4s
15.(#15) Sergio Perez, Sauber-Ferrari - +56.7s
16.(#21) Vitaly Petrov, Caterham-Renault - +64.5s
17.(#22) Pedro de la Rosa, HRT-Cosworth - +71.7s
18.(#25) Charles Pic, Marussia-Cosworth - abandono (motor)
19.(#10) Romain Grosjean, Lotus-Renault - abandono (acidente)
20.(#2) Mark Webber, Red Bull Racing-Renault - abandono (acidente)
21.(#4) Lewis Hamilton, McLaren-Mercedes - abandono (pressão de Combustivel)
22.(#23) Narain Karthikeyan, HRT-Cosworth - abandono (acidente)
23.(#8) Nico Rosberg, Mercedes - abandono (acidente)
24.(#12) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - abandono (acidente) 

----------------------------------------------------//Fórmula 1 2012
NASCAR NATIONWIDE SERIES
Kevin Harvick domina as 300 Milhas do Texas e vence.
Luis Fernando Soares de Almeida
Kevin Harvick liderou 127 das 200 voltas das 300 Milhas do Texas, a 31° etapa da Nationwide Series da Nascar. O jovem Ryan Blaney de apenas 18 anos cruzou a linha de chegada na 2° colocação 1.6 segundos atrás de Harvick. O pole position Kyle Busch acabou em 3° lugar, seguido por Ricky Stenhouse Jr., que agora lidera o campeonato.
Restam ainda duas etapas para o término da temporada que tem uma briga emocionante entre Ricky Stenhouse Jr. e Elliott Sadler.

NASCAR NWS: 31° ETAPA - TEXAS - FINAL
1.(33) Kevin Harvick, Chevrolet - 200 voltas
2.(22) Ryan Blaney, Dodge - 200 voltas
3.(54) Kyle Busch, Toyota - 200 voltas
4.(6) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 200 voltas
5.(18) Denny Hamlin, Toyota - 200 voltas
6.(3) Austin Dillon, Chevrolet - 200 voltas **novato
7.(12) Sam Hornish Jr., Dodge - 200 voltas
8.(31) Justin Allgaier, Chevrolet - 200 voltas
9.(198) Kevin Swindell, Ford - 200 voltas
10.(20) Joey Logano, Toyota - 200 voltas
11.(2) Elliott Sadler, Chevrolet - 200 voltas
12.(88) Cole Whitt, Chevrolet - 200 voltas **novato
13.(38) Brad Sweet, Chevrolet - 200 voltas **novato
14.(7) Danica Patrick, Chevrolet - 200 voltas
15.(199) Kenny Wallace, Toyota - 200 voltas
16.(51) Jeremy Clements, Chevrolet - 200 voltas
17.(43) Michael Annett, Ford - 200 voltas
18.(10) Mike Bliss, Toyota - 200 voltas
19.(30) Ryan Newman, Chevrolet - 200 voltas
20.(87) Joe Nemechek, Toyota - 200 voltas
21.(14) Eric McClure, Toyota - 200 voltas
22.(11) Brian Scott, Toyota - 198 voltas
23.(124) David Starr, Toyota - 198 voltas
24.(01) Mike Wallace, Chevrolet - 198 voltas
25.(40) Erik Darnell, Chevrolet - 198 voltas
26.(44) John Blankenship, Chevrolet - 197 voltas
27.(23) Robert Richardson Jr., Chevrolet - 197 voltas
28.(4) Danny Efland, Chevrolet - 194 voltas
29.(41) Juan Carlos Blum, Chevrolet - 194 voltas
30.(19) Hal Martin, Toyota - 192 voltas
31.(52) Joey Gase, Chevrolet - 191 voltas **novato
32.(108) Scott Saunders, Ford - 191 voltas
33.(81) Jason Bowles, Toyota - 175 voltas **novato
34.(03) Scott Riggs, Chevrolet - 154 voltas (câmbio)
35.(39) Tim Andrews, Ford - 105 voltas (elétrica)
36.(70) Johanna Long, Chevrolet - 56 voltas (transmissão)
37.(191) Jeff Green, Toyota - 30 voltas (vibração)
38.(100) Blake Koch, Toyota - 23 voltas (câmbio)
39.(175) Timmy Hill, Ford - 22 voltas (vibração)
40.(86) Kevin Lepage, Ford - 20 voltas (transmissão)
41.(47) J.J. Yeley, Chevrolet - 7 voltas (freios)
42.(42) Josh Wise, Chevrolet - 6 voltas (elétrico)
43.(50) T.J. Bell, Chevrolet - 1 volta (motor)

-------------------------------------------------//Nascar Nationwide Series 2012  
FIA-WTCC
Robert Huff e Yvan Müller continuam na briga pelo título.
Luis Fernando Soares de Almeida

Na primeira corrida do final de semana em Shanghai, Yvan Müller se deu mal, teve que abandonar a corrida após um incidente na largada. Alain Menu venceu a corrida com Robert Huff em segundo, com isso Huff que estava empatado em primeiro com Müller abriu uma vantagem de 16 pontos para a segunda corrida. Stefano D'Aste completou o pódio da primeira corrida. Na segunda corrida Huff se deu melhor ainda, ele acabou vencendo. Yvan Müller se recuperou do desastre da primeira corrida e cruzou a linha de chegada na segunda colocação com Alain Menu em 3°, um  pódio completo da Chevrolet. O momento chave da corrida dois se deu na 8° volta, Alain Menu liderava quando Müller tentou ultrapassá-lo os dois se tocaram e Robert Huff que vinha na 3° posição aproveitou o momento e ultrapassou os dois. Huff abriu uma boa vantagem de Müller e Menu e cruzou a linha de chegada na primeira posição.

WTCC: 11°ETAPA - SHANGHAI - 1° CORRIDA
1.(#8) Alain Menu, Chevrolet Cruze - 25:12.369
2.(#2) Robert Huff, Chevrolet Cruze - +1.500
3.(#26) Stefano D'Aste, BMW 320TC - +11.192
4.(#15) Tom Coronel, BMW 320TC - +13.327
5.(#3) Gabriele Tarquini, SEAT Leon - +15.653
6.(#22) Tom Boardman, SEAT Leon - +26.382
7.(#18) Tiago Monteiro, Honda Civic - +30.032
8.(#32) Colin Turkington, Chevrolet Cruze - +30.125
9.(#16) Alberto Cerqui, BMW 320TC - +31.463
10.(#73) Fredy Barth, SEAT Leon - +36.426
11.(#25) Mehdi Bennani, BMW 320TC - +40.183
12.(#6) Franz Engstler, BMW 320TC - +40.320
13.(#7) Charles NG, BMW 320TC - +44.499
14.(#23) Tom Chilton, Ford Focus - +46.076
15.(#60) Hugo Valente, SR Leon 1.6T - +47.406
16.(#5) Norbert Michelisz, BMW 320TC - +1:07.550
17.(#53) Kelvin Leong, Honda Accord - +1:21.551
18.(#54) Eric Kwong, Chevrolet Cruze - +1:25.129
19.(#50) Filipe de Souza, Chevrolet Lacetti - +1:27.186
20.(#51) Kin Veng NG, Chevrolet Cruze - +1:37.603
21.(#76) Alex Liu, BMW E90 320si - +1 volta
22.(#74) Pepe Oriola, SEAT Leon - +4 voltas
--Não terminaram a corrida--
(#88) Fernando Monje, SEAT Leon - 8 voltas
(#14) James Nash, Ford Focus - 7 voltas
(#20) Darryl O'Young, Chevrolet Cruze - 6 voltas
(#4) Alexsei Dudukalo, SEAT Leon - 6 voltas
(#11) Alex MacDowall, Chevrolet Cruze - 4 voltas
(#1) Yvan Müller, Chevrolet Cruze 1.6T - 1 volta


WTCC: 11° ETAPA - SHANGHAI - 2° CORRIDA
1.(#2) Robert Huff, Chevrolet Cruze - 25:17.714
2.(#1) Yvan Müller, Chevrolet Cruze - +1.195
3.(#8) Alain Menu, Chevrolet Cruze - +2.698
4.(#15) Tom Coronel, BMW 320TC - +4.378
5.(#26) Stefano D'Aste, BMW 320TC - +4.866
6.(#25) Mehdi Bennani, BMW 320TC - +5.574
7.(#3) Gabriele Tarquini, SEAT Leon - +20.406
8.(#32) Colin Turkington, Chevrolett Cruze - +25.189
9.(#22) Tom Boardman, SEAT Leon - +26.741
10.(#16) Alberto Cerqui, BMW 320TC - +27.167
11.(#18) Tiago Monteiro, Honda Civic - +27.342
12.(#4) Aleksei Dudukalo, SEAT Leon - +28.113
13.(#20) Darryl O'Young, Chevrolet Cruze - +30.937
14.(#73) Fredy Barth, SEAT Leon - +32.626
15.(#6) Franz Engstler, BMW 320TC - +35.170
16.(#88) Fernando Monje, SEAT Leon - +35.249
17.(#11) Alex MacDowall, Chevrolet Cruze - +35.368
18.(#60) Hugo Valente, SR Leon 1.6T - +41.675
19.(#23) Tom Chilton, Ford Focus - +42.220
20.(#54) Eric Kwong, Chevrolet Cruze - +1:15.910
21.(#50) Filipe de Souza, Chevrolet Lacetti - +1:21.126
22.(#51) Kin Veng NG, Chevrolet Cruze - 1:34.329
23.(#7) Charles NG, BMW 320TC - +1 volta 
24.(#5) Norbert Michelisz, BMW 320TC - +1 volta
25.(#76) Alex Liu, BMW E90 320si - +2 voltas
--Não terminaram a corrida--
(#53) Kelvin Leong, Honda Accord - 7 voltas
(#74) Pepe Oriola, SEAT Leon - 6 voltas
(#14) James Nash, Ford Focus - 0 voltas

-----------------------------------------------------//FIA-WTCC 2012

sábado, 3 de novembro de 2012

V8 SUPERCARS AUSTRALIA
Jamie Whincup vence as duas primeiras corrida em Abu Dhabi.
Luis Fernando Soares de Almeida

No começo da temporada Jamie Whincup disse que esperava que o título fosse decidido na última etapa da temporada em Sydney no mês de Dezembro. Nesse final de semana no circuito de Yas Marina em Abu Dhabi,  ele claramente esta tentando provar para si mesmo que ele estava errado. Whincup venceu as duas corridas do sábado como suporte da etapa de Fórmula 1. Whincup dominou as duas corridas e entra na 26° corrida do ano com 270 pontos de diferença na liderança do campeonato. O pódio das duas corridas foi idêntico, coisa rara de se ver na V8, Jamie Whincup, Will Davison e Shane van Gisbergen foram os três primeiros nas duas corridas. A terceira corrida acontece na manhã de domingo por volta das 9 horas da manhã.

V8: 12° ETAPA - YAS V8 400 - 1° CORRIDA
1.(1) Jamie Whincup, Commodore VE2 - 27:05.2950
2.(6) Will Davison, Falcon FG - 27:09.3950
3.(9) Shane van Gisbergen, Falcon FG - 27:14.5060
4.(47) Tim Slade, Falcon FG - 27:15.9290
5.(4) Lee Holdsworth, Falcon FG - 27:18.9220
6.(5) Mark Winterbottom, Falcon FG - 27:20.1930
7.(2) Garth Tander, Commodore VE2 - 27:21.1220
8.(888) Craig Lowndes, Commodore VE2 - 27:23.1460
9.(18) James Moffat, Falcon FG - 27:25.5500
10.(19) Jonathon Webb, Commodore VE2 - 27:29.4130
11.(14) Fabian Coulthard, Commodore VE2 - 27:29.6340
12.(91) Michael Patrizi, Commodore VE2 - 27:31.6850
13.(55) David Reynolds, Falcon FG - 27:31.7360
14.(3) Tony D'Alberto, Falcon FG - 27:32.0030
15.(17) Steven Johnson, Falcon FG - 27:35.2950
16.(34) Michael Caruso, Commodore VE2 - 27:38.1920
17.(12) Dean Fiore, Falcon FG - 27:41.7990
18.(66) Russell Ingall, Commdore VE2 - 27:44.3650
19.(8) Jason Bright, Commodore VE2 - 27:47.0280
20.(33) Alexandre Premat, Commodore VE2 - 27:48.0190
21.(11) Karl Reindler, Commodore VE2 - 27:48.4880
22.(21) David Wall, Commodore VE2 - 27:51.2760
23.(49) Steve Owen, Falcon FG - 27:54.3740
24.(7) Tim Blanchard, Commodore VE2 - 27:55.7820
25.(51) Greg Murphy, Commodore VE2 - 27:57.3600
26.(30) Taz Douglas, Commodore VE2 - 27:57.9780
27.(15) Rick Kelly, Commodore VE2 - 28:41.0250
28.(22) James Courtney, Commodore VE2 - abandono


V8: 12° ETAPA - YAS V8 400 - 2° CORRIDA
1.(1) Jamie Whincup, Commodore VE2 - 26:48.8530
2.(6) Will Davison, Falcon FG - 26:51.6540
3.(9) Shane van Gisbergen, Falcon FG - 26:57.5610
4.(5) Mark Winterbottom, Falcon FG - 26:58.0630
5.(2) Garth Tander, Commodore VE2 - 27:03.5730
6.(47) Tim Slade, Falcon FG - 27:06.8240
7.(55) David Reynolds, Falcon FG - 27:08.4520
8.(4) Lee Holdsworth, Falcon FG - 27:13.5490
9.(19) Jonathon Webb, Commodore VE2 - 27:18.2120
10.(14) Fabian Coulthard, Commodore VE2 - 27:18.9470
11.(888) Craig Lowndes, Commodore VE2 - 27:18.9910
12.(15) Rick Kelly, Commodore VE2 - 27:21.1290
13.(18) James Moffat, Falcon FG - 27:22.6750
14.(22) James Courtney, Commodore VE2 - 27:23.3210
15.(34) Michael Caruso, Commodore VE2 - 27:23.5500
16.(66) Russell Ingall, Commodore VE2 - 27:27.2110
17.(8) Jason Bright, Commodore VE2 - 27:28.7160
18.(91) Michael Patrizi, Commodore VE2 - 27:29.4030
19.(3) Tony D'Alberto, Falcon FG - 27:30.3020
20.(49) Steve Owen, Falcon FG - 27:31.4750
21.(11) Karl Reindler, Commodore VE2 - 27:31.7420
22.(17) Steven Johnson, Falcon FG - 27:32.4510
23.(12) Dean Fiore, Falcon FG - 27:39.0320
24.(30) Taz Douglas, Commodore VE2 - 27:39.5100
25.(33) Alexandre Premat, Commodore VE2 - 27:43.5850
26.(7) Tim Blanchard, Commodore VE2 - 27:45.9910
27.(51) Greg Murphy, Commodore VE2 - 27:47.7470
28.(21) David Wall, Commodore VE2 - 28:01.8570

--------------------------------------------------//V8 Supercars 2012
FÓRMULA 1
Sebastian Vettel é excluido do treino classificatório.
Luis Fernando Soares de Almeida
O atual campeão da Fórmula 1, o alemão Sebastian Vettel que hoje cedo tinha conquistado a 3° colocação no grid de largada foi punido por irregularidades em seu tanque de combustível após o treino e larga na última posição na corrida de amanhã. Logo que acabou o treino a sua equipe pelo rádio pediu que ele parasse o seu carro e voltasse a pé para os boxes. Mais tarde a equipe de inspeção da FIA detectou que havia menos de 1 litro de combustivel restando no tanque, o que não é permitido pelo regulamento. Lewis Hamilton já tinha sofrida essa mesma punição na Espanha.
Os fiscais inicialmente acharam que Vettel parou o seu carro devido a algum problema mecânico, mas quando retiraram o que restará de combústivel do tanque foi constatado que apenas 850 ml saiu do tanque e a punição foi aplicada. Com isso todos os pilotos ganharam uma posição no grid de largada. Vettel não tera vida fácil amanhã pois o circuito é bem travado e de dificil ultrapassagens.
-------------------------------------------------------//Fórmula 1 2012
FÓRMULA 1
Lewis Hamilton confirma o favoritismo e conquista a pole position para Abu Dhabi.
Luis Fernando Soares de Almeida

Na primeira parte do treino (Q1) ficaram de fora as tradicionais equipes mais fracas Caterham-Renault (Vitaly Petrov e Heikki Kovalainen), Marussia-Cosworth (Timo Glock e Charles Pic) e HRT-Cosworth (Pedro de la Rosa e Narain Karthikeyan) e mais Jean-Eric Vergne da STR-Ferrari. Lewis Hamilton da McLaren-Mercedes foi o mais rápido com 1:41.497 e Nico Rosberg da Mercedes em 2° com 1:41.926. Lewis Hamilton continuou sendo o mais rápido no Q2, dessa vez com uma volta de 1:40.901, até então o melhor tempo do final de semana e o primeiro piloto á ficar abaixo de 1 e 41. Foram eliminados no Q2: Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes), Sergio Perez (Sauber-Ferrari), Paul di Resta (Force India-Mercedes), Michael Schumacher (Mercedes GP), Bruno Senna (Williams-Renault), Kamui Kobayashi (Sauber-Ferrari) e Daniel Ricciardo (STR-Ferrari). Os destaques foram Nico Rosberg (Mercedes GP) que fez o 7° melhor tempo e Pastor Maldonado da Williams em 10°.
Na última parte do treinou o britânico Lewis Hamilton fez uma volta próxima da perfeição com 1:40.630, a melhor do final de semana novamente e ficou claro que ninguém bateria esse tempo. Com isso Hamilton conquistou a sua 6° pole do ano. Os dois carros da Red Bull conquistaram a 2° (Mark Webber) e 3° (Sebastian Vettel) posições do grid. Pastor Maldonado da Williams com um desempenho excepcional larga na 2° fila na 4° posição. Na terceira fila estão Kimi Räikkönen da Lotus em 5° e Jenson Button da McLaren em 6° e Fernando Alonso larga na 7° posição. O brasileiro Felipe Massa larga em 9° e Bruno Senna na 15° posição.  

F-1: 18° ETAPA - ABU DHABI - GRID DE LARGADA
1.(#4) Lewis Hamilton, McLaren-Mercedes - 1:40.630
2.(#2) Mark Webber, Red Bull Racing-Renault - 1:40.978
3.(#1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - 1:41.073
4.(#18) Pastor Maldonado, Williams-Renault - 1:41.226
5.(#9) Kimi Räikkönen, Lotus-Renault - 1:41.260
6.(#3) Jenson Button, McLaren-Mercedes - 1:41.290
7.(#5) Fernando Alonso, Ferrari - 1:41.582
8.(#8) Nico Rosberg, Mercedes GP - 1:41.603
9.(#6) Felipe Massa, Ferrari - 1:41.723
10.(#10) Romain Grosjean, Lotus-Renault - 1:41.778
11.(#12) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - 1:42.019
12.(#15) Sergio Perez, Sauber-Ferrari - 1:42.084
13.(#11) Paul di Resta, Force India-Mercedes - 1:42.218
14.(#7) Michael Schumacher, Mercedes GP - 1:42.289
15.(#19) Bruno Senna, Williams-Renault - 1:42.330
16.(#14) Kamui Kobayashi, Sauber-Ferrari - 1:42.606
17.(#16) Daniel Ricciardo, STR-Ferrari - 1:42.765
18.(#17) Jean-Eric Vergne, STR-Ferrari - 1:44.058
19.(#20) Heikki Kovalainen, Caterham-Renault - 1:44.956
20.(#25) Charles Pic, Marussia-Cosworth - 1:45.089
21.(#21) Vitaly Petrov, Caterham-Renault - 1:45.151
22.(#24) Timo Glock, Marussia-Cosworth - 1:45.426
23.(#22) Pedro de la Rosa, HRT-Cosworth - 1:45.766
24.(#23) Narain Karthikeyan, HRT-Cosworth - 1:46.382

-----------------------------------------------------//Fórmula 1 2012
NASCAR TRUCK SERIES
Johnny Sauter vence no Texas.
Luis Fernando Soares de Almeida

Nelsinho Piquet largou na pole position e liderou boa parte da corrida, mas quando faltavam pouco mais de 50 voltas o seu truck começou a perder desempenho e ele caiu para a terceira colocação. Após a última parada para troca de pneus, Nelsinho foi recuperando posições e conseguiu terminar a corrida na 3° colocação, mais um ótimo desempenho para o brasileiro que esta brilhando na sua primeira temporada completa numa categoria da Nascar. É certo que Nelsinho Piquet irá disputar a Nationwide Series no ano que vem. O vencedor da corrida foi Johnny Sauter com Parker Kligerman em 2°. O líder do campeonato, James Buescher chegou apenas na 11° colocação e ainda lidera o campeonato, mas agora com apenas 6 pontos de vantagem para o segundo colocado, o novato Ty Dillon que ontem a noite (02/11) chegou na 5° posição. Restam apenas duas etapas para terminar a temporada na semana que vem em Phoenix e daqui duas semanas a última etapa em Homestead, Miami.

NASCAR CWTS: 31° ETAPA - TEXAS - FINAL
1.(#13) Johnny Sauter, Toyota - 147 voltas
2.(#7) Parker Kligerman, Toyota - 147 voltas
3.(#30) Nelsinho Piquet, Chevrolet - 147 voltas
4.(#18) Kyle Busch, Toyota - 147 voltas
5.(#3) Ty Dillon, Chevrolet - 147 voltas **novato
6.(#88) Matt Crafton, Toyota - 147 voltas
7.(#22) Joey Coulter, Chevrolet - 147 voltas
8.(#11) Todd Bodine, Toyota - 147 voltas
9.(#5) Aric Almirola, Ford - 147 voltas
10.(#17) Timothy Peters, Toyota - 147 voltas
11.(#31) James Buescher, Chevrolet - 147 voltas
12.(#8) Max Gresham, Chevrolet - 146 voltas **novato
13.(#39) Ryan Sieg, Chevrolet - 146 voltas
14.(#32) Miguel Paludo, Chevrolet - 146 voltas
15.(#33) Cale Gale, Chevrolet - 146 voltas **novato
16.(#09) John Wes Townley, Toyota - 146 voltas **novato
17.(#2) Brendan Gaughan, Chevrolet - 146 voltas
18.(#4) Brandon McReynolds, Chevrolet - 146 voltas
19.(#23) Jason White, Ford - 146 voltas
20.(#9) Ron Hornaday, Chevrolet - 145 voltas
21.(#81) David Starr, Toyota - 145 voltas
22.(#6) Justin Lofton, Chevrolet - 145 voltas
23.(#99) Bryan Silas, Ford - 144 voltas **novato
24.(#119) David Mayhew, Ram - 144 voltas
25.(#07) Jeff Agnew, Chevrolet - 142 voltas
26.(#57) Norm Benning, Chevrolet - 136 voltas
27.(#10) Jennifer Jo Cobb, Ram - 69 voltas (câmbio)
28.(#151) German Quiroga, Toyota - 64 voltas (motor)
29.(#84) Russ Dugger, Chevrolet - 37 voltas (câmbio)
30.(#29) Ryan Blaney, Ram - 31 voltas (acidente)
31.(#08) Ross Chastain, Toyota - 26 voltas **novato (Suspensão)
32.(#27) Stephen Leicht, Chevrolet - 15 voltas (freios)
33.(#25) B.J. McLeod, Chevrolet - 9 voltas (freios)
34.(#174) Scott Riggs, Chevrolet - 8 voltas (câmbio)
35.(#93) Dennis Setzer, Chevrolet - 6 voltas (vibração)
36.(#38) Chris Jones, Chevrolet - 3 voltas (vibração)

----------------------------------//Nascar Camping World Truck Series 2012
FÓRMULA 1
Lewis Hamilton é o mais rápido no último treino livre em Abu Dhabi.
Luis Fernando Soares de Almeida

A equipe McLaren voltou a dominar os treinos livres na terceira sessão de treinos livres para o Grande Prêmio de Abu Dhabi. Lewis Hamilton com uma volta de 1:42.130 foi o mais rápido com Jenson Button logo atrás com 1:42.420. Vettel foi o terceiro com 1:42.614. O treino de classificação acontece ás 11 horas de Brasília.

F-1: 18° ETAPA - ABU DHABI - 3° TREINO
1.(#4) Lewis Hamilton, McLaren-Mercedes - 1:42.130 (18 voltas)
2.(#3) Jenson Button, McLaren-Mercedes - 1:42.420 (17 voltas)
3.(#1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - 1:42.614 (7 voltas)
4.(#2) Mark Webber, Red Bull Racing-Renault - 1:42.743 (18 voltas)
5.(#12) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - 1:42.750 (19 voltas)
6.(#10) Romain Grosjean, Lotus-Renault - 1:43.015 (18 voltas)
7.(#18) Pastor Maldonado, Williams-Renault - 1:43.064 (19 voltas)
8.(#5) Fernando Alonso, Ferrari - 1:43.133 (15 voltas)
9.(#9) Kimi Räikkönen, Lotus-Renault - 1:43.184 (22 voltas)
10.(#11) Paul di Resta, Force India-Mercedes - 1:43.338 (19 voltas)
11.(#6) Felipe Massa, Ferrari - 1:43.480 (17 voltas)
12.(#15) Sergio Perez, Sauber-Ferrari - 1:43.571 (20 voltas)
13.(#8) Nico Rosberg, Mercedes - 1:43.593 (20 voltas)
14.(#7) Michael Schumacher, Mercedes - 1:43.635 (19 voltas)
15.(#14) Kamui Kobayashi, Sauber-Ferrari - 1:44.010 (22 voltas)
16.(#17) Jean-Eric Vergne, STR-Ferrari - 1:44.025 (18 voltas)
17.(#19) Bruno Senna, Williams-Renault - 1:44.071 (19 voltas)
18.(#16) Daniel Ricciardo, STR-Ferrari - 1:44.149 (19 voltas)
19.(#20) Heikki Kovalainen, Caterham-Renault - 1:45.301 (22 voltas)
20.(#24) Timo Glock, Marussia-Cosworth - 1:45.879 (19 voltas)
21.(#25) Charles Pic, Marussia-Cosworth - 1:46.036 (19 voltas)
22.(#21) Vitaly Petrov, Caterham-Renault - 1:46.261 (22 voltas)
23.(#22) Pedro de la Rosa, HRT-Cosworth - 1:46.554 (20 voltas)
24.(#23) Narain Karthikeyan, HRT-Cosoworth - 1:47.032 (22 voltas)

-----------------------------------------------//Fórmula 1 2012

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

FÓRMULA 1
Sebastian Vettel é o mais rápido no 2° treino livre em Abu Dhabi.
Luis Fernando Soares de Almeida

Vettel conseguiu ser mais rápido do que as McLarens de Hamilton e Button que terminaram em 2° e 3° lugares. O terceiro e último treino livre acontece nesse sábado as 8 hrs da manhã.

F-1: 18° ETAPA - ABU DHABI - 2° TREINO
1.(#1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - 1:41.751 (34 voltas)
2.(#2) Lewis Hamilton, McLaren-Mercedes - 1:41.919 (34 voltas)
3.(#3) Jenson Button, McLaren-Mercedes - 1:42.412 (36 voltas)
4.(#2) Mark Webber, Red Bull Racing-Renault - 1:42.466 (21 voltas)
5.(#10) Romain Grosjean, Lotus-Renault - 1:42.500 (34 voltas)
6.(#9) Kimi Räikkönen, Lotus-Renault - 1:42.532 (28 voltas)
7.(#5) Fernando Alonso, Ferrari - 1:42.587 (31 voltas)
8.(#6) Felipe Massa, Ferrari - 1:42.823 (33 voltas)
9.(#18) Pastor Maldonado, Williams-Renault - 1:42.998 (37 voltas)
10.(#15) Sergio Perez, Sauber-Ferrari - 1:43.106 (36 voltas)
11.(#19) Bruno Senna, Williams-Renault - 1:43.191 (34 voltas)
12.(#8) Nico Rosberg, Mercedes - 1:43.200 (36 voltas)
13.(#12) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - 1:43.255 (34 voltas)
14.(#7) Michael Schumacher, Mercedes - 1:43.267 (32 voltas)
15.(#11) Paul di Resta, Force India-Mercedes - 1:43.578 (34 voltas)
16.(#14) Kamui Kobayashi, Sauber-Ferrari - 1:43.689 (32 voltas)
17.(#16) Daniel Ricciardo, STR-Ferrari - 1:44.260 (27 voltas)
18.(#17) Jean-Eric Vergne, STR-Ferrari - 1:45.005 (19 voltas)
19.(#21) Vitaly Petrov, Caterham-Renault - 1:45.245 (36 voltas)
20.(#20) Heikki Kovalainen, Caterham-Renault - 1:45.782 (33 voltas)
21.(#24) Timo Glock, Marussia-Cosworth - 1:46.589 (36 voltas)
22.(#25) Charles Pic, Marussia-Cosworth - 1:46.671 (32 voltas)
23.(#22) Pedro de la Rosa, HRT-Cosworth - 1:46.707 (26 voltas)
24.(#23) Narain Karthikeyan, HRT-Cosworth - 1:47.406 (35 voltas)

---------------------------------------------------------//Fórmula 1 2012
FÓRMULA 1
Lewis Hamilton é o mais rápido no primeiro treino em Abu Dhabi.

Luis Fernando Soares de Almeida

A McLaren dominou a primeira sessão de treinos livres para o Grande Prêmio de Abu Dhabi. Hamilton foi o mais rápido com Jenso Button em segundo e Sebastian Vettel da Red Bull Racing em terceiro. Alonso foi o 4° e Felipe Massa apenas o 11°. A segunda sessão de treinos livres acontece ainda hoje as 11 hrs de Brasília.

F-1: 18° ETAPA - ABU DHABI - 1° TREINO
1.(#4) Lewis Hamilton, McLaren-Mercedes - 1:43.285 (21 voltas)
2.(#3) Jenson Button, McLaren-Mercedes - 1:43.618 (19 voltas)
3.(#1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - 1:44.050 (23 voltas)
4.(#5) Fernando Alonso, Ferrari - 1:44.366 (21 voltas)
5.(#2) Mark Webber, Red Bull Racing - 1:44.542 (22 voltas)
6.(#7) Michael Schumacher, Mercedes - 1:44.694 (23 voltas)
7.(#18) Pastor Maldonado, Williams-Renault - 1:45.115 (26 voltas)
8.(#8) Nico Rosberg, Mercedes - 1:45.194 (19 voltas)
9.(#19) Valtteri Botas, Williams-Renault - 1:45.347 (25 voltas)
10.(#9) Kimi Räikkönen, Lotus-Renault - 1:45.422 (15 voltas)
11.(#6) Felipe Massa, Ferrari - 1:45.567 (24 voltas)
12.(#12) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - 1:45.587 (20 voltas)
13.(#14) Kamui Kobayashi, Sauber-Ferrari - 1:45.722 (20 voltas)
14.(#10) Romain Grosjean, Lotus-Renault - 1:45.743 (20 voltas)
15.(#11) Jules Bianchi, Force India-Mercedes - 1:45.769 (22 voltas)
16.(#15) Sergio Perez, Sauber-Ferrari - 1:45.811 (22 voltas)
17.(#16) Daniel Ricciardo, STR-Ferrari - 1:46.649 (24 voltas)
18.(#17) Jean-Eric Vergne, STR-Ferrari - 1:46.708 (26 voltas)
19.(#20) Heikki Kovalainen, Caterham-Renault - 1:47.418 (23 voltas)
20.(#24) Timo Glock, Marussia-Cosworth - 1:47.891 (21 voltas)
21.(#22) Pedro de la Rosa, HRT-Cosworth - 1:48.354 (22 voltas)
22.(#25) Max Chilton, Marussia-Cosworth - 1:48.887 (22 voltas)
23.(#23) Qing Hua Ma, HRT-Cosworth - 1:50.487 (20 voltas)
24.(#21) Giedo van der Garde, Caterham-Renault - sem tempo (3 voltas)

--------------------------------------------------------------//Fórmula 1 2012