sábado, 27 de maio de 2017

INDY LIGHTS

 O piloto brasileiro Matheus Leist vence em Indianapolis.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Não poderia ser melhor a primeira vitória de Matheus Leist na Indy Lights, nessa sexta-feira (26/05) ele venceu a prova da categoria de acesso a IndyCar Series no lendário Indianapolis Motorspeedway. Leist venceu de ponta a ponta mas teve que resistir aos ataques dos outros pilotos. O brasileiro de apenas 18 anos e campeão da Fórmula 3 Britãnica teve o seu maior adversário ao longo das 40 voltas o piloto do carro No.9 de Aaron Telitz. Na 34° volta Telitz tentou ultrapassar Matheus por fora na curva No.1, os dois carros ficaram lado a lado até a curva No.2 quando o brasileiro prevaleceu. Telitz por um instante perdeu a concentração e foi superado pelo piloto da Andretti Autosport, Dalton Kellett, mas no final ele voltou a superar Kellett e cruzou a linha de chegada na P2 com Kellett na P3. Com a primeira vitória do brasileiro na categoria ele pulou para a 6° colocação na tabela de classificação dos pilotos com 30 pontos atrás do líder Kyle Kaiser. A próxima etapa da Indy Lights acontece entre os dias 23 e 25 de Junho em Road América. Confira abaixo o resultado da corrida que faz parte das categorias de suporte para as 500 Milhas de Indianapolis.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~Indy Lights 2017

FORMULA 1

 Kimi Raikkonen da Ferrari conquista a pole position em Mônaco.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Eliminados no Q1, Esteban Occon (Force India), Lance Stroll (Williams), Jolyon Palmer (Renault), Pascal Wehrlein (Sauber) e Marcus Ericsson (Sauber), o mais rápido foi Max Verstappen (Red Bull) com 1:14.078, seguido das Ferraris de Vettel e Raikkonen. Kimi Raikkonen da Ferrari abriu o Q2 cravando uma volta de 1:12.780.  Sebastian Vettel respondeu com 1:12.885 e depois Verstappen superou Vettel com 1:12.788. Lewis Hamilton quase bateu  a sua Mercedes e foi para os boxes. Vettel voltou a ser o segundo mais rápido no final do Q2, com uma uma volta de 1:12.449. Hamilton com problemas no carro não conseguiu passar para o Q3 pela primeira vez na temporada devido a um acidente com Stoffel Vandorne da McLaren, ele larga na P14 (13° com a penalização do Jenson Button).. Romain Grosjean da Haas foi um dos destaques virando 1:13.203 ficando na P6. Daniil Kvyat (Toro Rosso), Nico Hulkenberg (Renault), Kevin Magnussen (Haas), Lewis Hamilton (Mercedes) e Felipe Massa (Williams) foram eliminados no Q2. Vandoorne apesar de ter batido a sua McLaren no final do Q2, terminou com o sétimo melhor tempo dessa parte do treino. A disputa pela pole no Q3 teve inicio com Carlos Sainz da Toro Rosso que foi o primeiro a abrir volta rápida seguido por Valtteri Bottas da Mercedes. Kimi Raikkonen na sua primeira volta mais rápida bateu o recorde da pista com 1:12.296. Vettel ana sua primeira volta fez 1:13.002, suficiente apenas para a P3. Daniel Riciardo da Red Bull com 1:12.998 garantia a segunda posição no grid. Com pouco mais de 2 minutos para terminar o treino Bottas conseguiu uma excelenete volta e foi o segundo mais rápido com 1:12.559. Kimi Raikkonen selou a pole position no final do treino com uma volta incrivel de 1:12.178. Na utima tentativa de Vettel ele vinha mais rápido no primeiro setor mas um pequeno erro, fez com que ele ficasse na P2 com 1:12.221. Bottas larga na P3 com um tempo de 1:12.223 e Max Verstappen da Red Bull na P4 com 1:12.496. Na terceira fila ficou Daniel Ricciardo da Red Bull na P5 e Carlos Sainz da Toro Rosso na P6. A quarta fila ficou com Sergio Perez da Force India na P7 e Romain Grosjean da Haas na P8. Vandoorne da McLaren larga na P9 e Daniil Kvyat da Toro Rosso na P10. Confira abaixo como ficou o grid de largada para o Grande Prêmio de Mônaco que acontece nesse domingo. 

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~Formula 1 2017

domingo, 21 de maio de 2017

500 MILHAS DE INDIANAPOLIS

Scott Dixon da Chip Ganassi conquista a pole position para as 500 Milhas.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O dia começou com um pequeno atraso para secagem da pista após uma chuva que caiu no inicio da manhã em Indianapolis. Fernando Alonso pela manhã foi o mais rápido entre os nove que disputariam a pole. Logo após o treino livre, a equipe do Espanhol trocou o motor do seu carro, a equipe detectou um pequeno problema no motor após o treino da manhã e resolveu trocar o motor. Antes do Fast 9, foram definidas as posições do grida do 10° até o 32° (confira como ficou abaixo). O "Fast Nine Shootout" começou com Marco Andretti da Andretti Autosport-Honda, Marco teve uma média de 368.758 Kmh. O segundo a entrar na pista foi o brasileiro Tony Kanaan da Chip Ganassi que foi mais rápido do que Andretti, conseguindo uma média de 369.324 Kmh. Logo na sequência veio o bi-campeão de F1 Fernando Alonso da McLaren-Andretti, o espanhol fez um ótimo treino e foi mais rápido do que Andretti e Kanaan, rodando numa média de 370.080 Kmh, a sua maior velocidade até agora em Indianapolis. Will Power da Penske foi o primeiro piloto com motor Chevrolet, mas ele conseguiu apenas 368.320 Kmh o que lhe daria um 4° lugar. O vencedor do ano passado, Alexander Rossi da Andretti Autosport-Honda entrou na pista e superou todo mundo, conseguindo uma média de 370.379 Kmh. JR Hildebrand da Ed Carpenter Racing foi o segundo piloto com motor Chevrolet, ele conseguiu superar apenas Andretti e Kanaan ficando na P6, com uma média de 369.422 Kmh. O tetra campeão Scott Dixon da Chip Ganassi foi o próximo a entrar na pista. O neozolandês simplesmente voou baixo na pista, ele conseguiu uma média de 371.494 Kmh e ficou na P1. Takuma Sato da Andretti Autosport-Honda desafiou o tempo de Dixon mas não conseguiu superar, o japonês conseguiu uma média de 370.216 Kmh, Sato chegou a tocar no muro. O mais rápido do sábado, Ed Carpenter entrou na pista com grandes chances de superar Dixon, mas ele conseguiu uma média de 370.662 Kmh conquistando a P2 no grid de largada. A primeira fila ficou então com Scott Dixon, Ed Carpenter e o vencedor do ano passado Alexander Rossi. Alonso larga na segunda fila na P5, um ótimo treino do espanhol que vem se adaptando muito a categoria. 

INDYCAR SERIES: 500 MILHAS DE INDIANAPOLIS - GRID DE LARGADA
FILA 1
1.(#9) Scott Dixon, Chip Ganassi Racing, Honda - 371.462 Kmh
2.(#20) Ed Carpenter, Ed Carpenter Racing, Chevrolet - 370.662 Kmh
3.(#98) Alexander Rossi, Andretti Autosport, Honda - 370.379 Kmh
FILA 2
4.(#26) Takuma Sato, Andretti Autosport, Honda - 370.184 Kmh
5.(#29) Fernando Alonso, McLaren-Andretti, Honda - 370.080 Kmh
6.(#21) JR Hildebrand, Ed Carpenter Racing, Chevrolet - 369.422 Kmh
FILA 3
7,(#10) Tony Kanaan, Chip Ganassi Racing, Honda - 369.324 Kmh
8.(#27) Marco Andretti, Andretti Autosport, Honda - 368.758 Kmh
9.(#12) Will Power, Team Penske, Chevrolet - 368.320 Kmh
-----------------------------------------------------------------------------------Fast Nine Sootout
FILA 4
10.(#28) Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport, Honda - 370.307 Kmh
11.(#19) Ed Jones, Dale Coyne Racing, Honda - 368.924 Kmh
12.(#16) Oriol Servia, Rahal Letterman Lanigan Racing, Honda - 368.494 Kmh
FILA 5
13.(#7) Mikhail Aleshin, Schmidt Peterson Motorsports, Honda - 368.433 Kmh
14.(#15) Graham Rahal, Rahal Letterman Lanigan Racing, Honda - 368.404 Kmh
15.(#8) Max Chilton, Chip Ganassi Racing, Honda - 368.108 Kmh
FILA 6
16.(#83) Charlie Kimball, Chip Ganassi Racing, Honda - 367.929 Kmh
17.(#5) James Hinchcliffe, Schmidt Peterson Motorsports, Honda - 367.776 Kmh
18.(#22) Juan Pablo Montoya, Team Penske, Chevrolet - 367.304 Kmh
FILA 7
19.(#3) Helio Castroneves, Team Penske, Chevrolet - 367.224 Kmh
20.(#77) Jay Howard, Schmidt Peterson Motorsports, Honda - 367.062 Kmh
21.(#24) Sage Karam, Dreyer & Reinbold Kingdom Racing, Chevrolet - 367.008 Kmh
FILA 8
22.(#2) Josef Newgarden, Team Penske, Chevrolet - 365.601 Kmh
23.(#1) Simon Pagenaud, Team Penske, Chevrolet - 364.948 Kmh
24.(#14) Carlos Munoz, A.J. Foyt Enterprises, Chevrolet - 364.673 Kmh
FILA 9
25.(#88) Gaby Chaves, Harding Racing, Chevrolet - 363.073 Kmh
26.(#4) Conor Daly, A.J. Foyt Enterprises, Chevrolet - 362.302 Kmh
27.(#50) Jack Harvey, Michael Shank Racing, Honda - 361.187 Kmh
FILA 10
28.(#63) Pippa Mann, Dale Coyne Racing, Honda - 360.012 Kmh
29.(#11) Spencer Pigot, Juncos Racing, Chevrolet - 358.483 Kmh
30.(#44) Buddy Lazier, Lazier Partners Racing, Chevrolet - 357.467 Kmh
FILA 11
31.(#17) Sebastian Saavedra, Juncos Racing, Chevrolet - 353.827 Kmh
32.(#40) Zach Veach, Ed Carpenter Racing, Chevrolet - 353.729 Kmh
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~IndyCar Series 2017

STOCK CAR

Rubens Barrichello e Ricardo Mauricio vencem em Santa Cruz do Sul.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O final de semana em Santa Cruz do Sul chegou ao fim nesse domingo com duas ótimas corridas pela terceira etapa da Stock Car. Na primeira corrida Rubens Barrichello da equipe Full Time largou na pole position e venceu de ponta a ponta. Rubinho teve um carro dominante e teve uma vitória tranquilo, não foi ameaçado durante os 40 minutos de corrida. Várias batalhas aconteciam pela P2 e demais posições. Marcos Gomes somente no final pressionou Rubinho mas não havia mais tempo, Thiago Camilo completou o pódio da primeira corrida. Na segunda corrida Cacá Bueno largou na pole mas logo foi superado pelo seu companheiro de equipe, Felipe Fraga que tinha um jogo de pneus mais novo. Cacá foi superado por vários pilotos e terminou apenas na P15. Fraga liderou com uma boa vantagem até a janela de pit stops. Mas quando Fraga voltou para a pista ele teve um de seus pneus traseiros furados e mais tarde acabou abandonando a corrida. Antonio Pizzonia fez uma corrida estratégica excelente, ele praticamente não participou da primeira corrida, largando na última colocação isso permitiu que ele cruzasse a liha de chegada na P2. Ricardo Maurício que venceu a corrida tambem teve um desempenho impressionante na segunda prova. Sergio Jimenez e Felipe Lapenna brigaram até o finalzinho da corrid pela última posição do pódio, no final Jimenez prevaleceu. Confira abaixo o resultado das duas corridas. 

STOCK CAR: 3° ETAPA - SANTA CRUZ DO SUL - RACE 1
1.(111) Rubens Barrichello - 30 voltas, 41:54.036
2.(80) Marcos Gomes - +2.152s
3.(21) Thiago Camilo - +9.721s
4.(51) Àtila Abreu - +10.096s
5.(65) Max Wilson - +12.514s
6.(29) Daniel Serra - +16.405s
7.(10) Ricardo Zonta - +16.642s
8.(18) Allam Khodair - +17.411s
9.(88) Felipe Fraga - +17.957s
10.(0) Cacá Bueno - +19.148s
11.(12) Lucas Foresti - +19.811s
12.(70) Diego Nunes - +20.224s
13.(4) Julio Campos - +21.829s
14.(46) Vitor Genz - +22.456s
15.(29) Galid Osman - +33.747s
16.(77) Valdeno Brito - +33.839s
17.(83) Gabriel Casagrande - +34.688s
18.(9) Guga Lima - +35.140s
19.(44) Betinho Valério - +1 volta
20.(90) Ricardo Maurício - +5 voltas
21.(8) Rafael Suzuki - +6 voltas
22.(117) Guilherme Salas - +7 voltas
23.(30) Cesar Ramos - +8 voltas
24.(25) Tuka Rocha - +8 voltas
25.(5) Denis Navarro - +9 voltas
** Não Classificados **
26.(110) Felipe Lapenna
27.(3) Bia Figueiredo
28.(1) Antonio Pizzonia
29.(73) Sergio Jimenez
30.(31) Marcio Campos

STOCK CAR: 3° ETAPA - SANTA CRUZ DO SUL - RACE 2
1.(90) Ricardo Maurício - 28 voltas, 41:43.203s
2.(1) Antonio Pizzonia - +2.928s
3.(7) Sergio Jimenez - +5.612s
4.(110) Felipe Lapenna - +9.669s
5.(25) Tuka Rocha - +11.489s
6.(8) Rafael Suzuki - +11.758s
7.(3) Bia Figueiredo - +11.941s
8.(51) Àtila Abreu - +12.093s
9.(18) Allam Khodair - +12.520s
10.(31) Marcio Campos - +16.183s
11.(30) Cesar Ramos - +17.999s
12.(46) Vitor Genz - +20.171s
13.(21) Thiago Camilo - +21.190s
14.(83) Gabriel Casagrande - +21.862s
15.(0) Cacá Bueno - +23.025s
16.(77) Valdeno Brito - +23.272s
17.(12) Lucas Foresti - +25.389s
18.(29) Daniel Serra - +27.175s
19.(111) Rubens Barrichello - +27.293s
20.(10) Ricardo Zonta - +30.599s
21.(9) Guga Lima - +31.372s
22.(4) Julio Campos - +1 volta
23.(70) Diego Nunes - +5 voltas
** Não Classificados **
24.(88) Felipe Fraga
25.(117) Guilherme Salas
26.(65) Max Wilson
27.(5) Denis Navarro
28.(80) Marcos Gomes
29.(28) Galid Osman
30.(44) Betinho Valério
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~Stock Car 2017

BRASILEIRO DE TURISMO

Luca Milani e Pietro Rimbano são os vencedores em Santa Cruz do Sul.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O final de semana da terceira etapa do campeonato em Santa Cruz do Sul teve duas corridas movimentadas. Na primeira corrida do sábado uma surpresa, o vencedor foi Luca Milani que largou na P5 mas nas primeiras voltas rapidamente assumiu a liderança da corrida. Depois ele teve que segurar a pressão de Gustavo Frigotto e venceu sob bandeira amarela. Logo cedo nesse domingo aconteceu a segunda prova do final de semana, Pietro Rimbano conquistou a vitória.  A segunda corrida teve largada com o carro de segurança na pista devido a um acidente durante a volta de apresentação. Luca Milani pressionou bastante Rimbano para tentar a sua segunda vitória do final de semana mas terminou a corrida na P2, o terceiro colocado foi Gustavo Frigotto que chegou em segundo na corrida de sabado. A próxima etapa do Brasileiro de Turismo acontece em Cascavel no príxmo dia 11 de Junho. 

BRASILEIRO DE TURISMO: 3° ETAPA - SANTA CRUZ DO SUL CORRIDA 1
1.(177) Luca Milani - 37:35.414s
2.(86) Gustavo Frigotto - +0.473s
3.(7) Giulio Borlenghi - +2.612s
4.(19) Matheus Muniz - +4.333s
5.(17) Pietro Rimbano - +4.684s
6.(77) Raphael Reis - +6.281s
7.(33) Antonio Matiazi - +7.260s
8.(99) Edson Coelho - +7.392s
9.(35) Gabriel Robe - +8.506s
10.(46) Tuca Antoniazzi - +15.682s
11.(117) Gustavo Myasava - +42.518s
12.(23) Marco Cozzi - +1 volta
13.(11) Gaetano di Mauro - +3 voltas
14.(8) Dudu Taurisano - +9 voltas
15.(78) Lucas Peres - +19 voltas

BRASILEIRO DE TURISMO: 3° ETAPA - SANTA CRUZ DO SUL CORRIDA 2
1.(17) Pietro Rimbano - 37:03.663s
2.(177) Luca Milani - +0.587s
3.(66) Gustavo Frigotto - +2.311s
4.(11) Gaetano di Mauro - +9.298s
5.(19) Matheus Muniz - +10.326s
6.(35) Gabriel Robe - +14.089s
7.(7) Giulio Borlenghi - +18.698s
8.(99) Edson Coelho - +19.841s
9.(46) Tuca Antoniazzi - +38.319s
10.(117) Gustavo Myasava - +42.333s
11.(78) Lucas Peres - +1 volta
** Não classificados **
12.(23) Marco Cozzi - +16 voltas
13.(33) Antonio Matiazi - +19 voltas
14.(8) Dudu Taurisano - +19 voltas
15.(77) Raphael Reis - não largou
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~Brasileiro de Turismo 2017

500 MILHAS DE INDIANAPOLIS


Ed Carpenter foi o mais rápido no primeiro dia do Qualifying para as 500 Milhas.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Ed Carpenter mostrou mais uma vez a sua força em Indianapolis, quando todo mundo esperava um carro com motor da Honda na frente, Carpenter no finalzinho do treino fez a melhor média de velocidade e ficou em primeiro no primeiro dia nos treinos de classificação para as 500 Milhas de Indianapolis. Os nove mais rápidos (Fast Nine) que disputarão a pole position foram Ed Carpenter (Chevrolet-230.468 mph), Takuma Sato (Honda-230.382 mph), Scott Dixon (Honda-230.333 mph), JR Hildebrand (Chevrolet-230.205 mph), Alexander Rossi (Honda-230.148 mph), Will Power (Chevrolet-230.072 mph), Fernando Alonso (Honda-230.034 mph), Tony Kanaan (Honda-230.007 mph) e Marco Andretti (Honda-229.924 mph). Helinho Castroneves ficou na P14 e não terá a possibilidade de disputar a pole position que começa as 18 horas desse domingo. Antes disso, teremos a definição do 10° ao 32° colocado. Confira abaixo como ficou o treino de ontem

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~IndyCar Series 2017

sábado, 20 de maio de 2017

BRASILEIRO DE MARCAS

Pedro Boesel vence em Santa Cruz do Sul.
por Luis Fernando Soares de Almeida
foto: Duda Barrios

Abrindo o final de semana da segunda etapa do Brasileiro de Marcas, Pedro Boesel no Chevrolet Cruze No.36 foi o vencedor da primeira corrida do final de semana. O campeão do ano passado, Nonô Figueiredo chegou na P2 e segue líder no campeonato. Nonô vinha na liderança mas uma mancha de óleo na pista fez com que ele derrapasse o seu Chevrolet Cruze, Pedro Boesel não perdeu a oportunidade e assumiu a liderança da corrida. Boesel controlou bem o resto da corrida e cruzou em primeiro, Felipe Tozzo completou o pódio da primeira corrida.. A segunda corrida acontece amanhã as 15:40 com transmissão ao vivo pelo EiMaxx 2. Confira abaixo como terminou a primeira corrida em Santa Cruz do Sul.

BRASILEIRO DE MARCAS: 2° ETAPA - STA. CRUZ DO SUL RACE 1
1.(#36) Pedro Boesel, Chevrolet Cruze - 18 voltas
2.(#11) Nonô Figueiredo, Chevrolet Cruze - +3.133
3.(#57) Felipe Tozzo, Toyota Corolla - +7.686
4.(#85) Enzo Bortoleto, Ford Focus - +8.385
5.(#28) Carlos Souza, Chevrolet Cruze - +12.883
6.(#12) Marcio Basso, Chevrolet Cruze - +1:10.132
7.(#33) Patrick Choate, Renault Fluence - +1:12.666
8.(#6) Roberto Hofig, Ford Focus - +1:26.299
9.(#74) Odair dos Santos, Toyota Corolla - +6 voltas
10.(#43) Vicente Orige, Chevrolet Cruze - +7 voltas
** Não classificados **
11.(#27) Renan Guerra, Chevrolet Cruze
12.(#1) Thiago Marques, Renault Fluence
13.(#21) Elias Azevedo, Toyota Corolla
14.(#3) L.Santos/T.Klein, Toyota Corolla
15.(#66) Enrico Bucci, Ford Focus
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~Brasileiro de Marcas 2017

quinta-feira, 18 de maio de 2017

500 MILHAS DE INDIANAPOLIS

Jay Howard é o mais rápido da semana em dia muito movimentado em Indianapolis.
por Luis Fernando Soares de Almeida

No quarto dia de treinos livres para as 500 Milhas de Indianapolis o britânico Jay Howard da equipe Schmidt Peterson Motorsports não só foi o mais rápido do dia como o mais rápido da semana, ele conseguiu rodar a 226.744 mph (362 Km/h). Foi o dia mais movimentados, em vários momentos tivemos até 21 carros na pista correndo lado a lado em situações de corrida. Fernando Alonso foi o 4° mais rápido do dia e deu 96 voltas no total, ele andou muito bem no meio do trafego intenso e conseguiu boas ultrapassagens e tambem foi ultrapassado, coisa que acontece muito durante a corrida. Os quatro mais rápidos do dia tem seus carros equipados com motores Honda que mostrou superioridade hoje. Amanhã o 5° dia de treinos é um dos mais interessantes, o chamado Fast Friday que vai definir a ordem de entrada no treino classificatório no sábado. Helinho Castroneves da Penske foi o 15° e Tony Kanaan da Chip Ganassi o 24°. Tivemos tambem o primeiro acidente mais grave da semana com Josef Newgarden que rodou sozinho e se chocou violentamente com a lateral do carro contra o muro, o piloto foi avaliado mais tarde no Centro Médico e liberado.

INDY500: TREINOS LIVRES - 4° DIA
1.(#77) Jay Howard, Schmidt Peterson Motorsports, Honda - 226.744 mph
2.(#28) Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport, Honda - 225.826 mph
3.(#27) Marco Andretti, Andretti Autosport, Honda - 225.709 mph
4.(#29) Fernando Alonso, McLaren-Andretti, Honda - 225.619 mph
5.(#2) Josef Newgarden, Team Penske, Chevrolet - 225.455 mph
6.(#24) Sage Karan, Dreyer & Reinbold Kingdom Racing, Chevrolet - 225.185 mph
7.(#83) Charlie Kimbal, Chip Ganassi Racing, Honda - 225.141 mph
8.(#16) Oriol Servia, Rahal Letterman Lanigan Racing, Honda - 224.837 mph
9.(#26) Takuma Sato, Chip Ganassi Racing, Honda - 224.771 mph
10.(#18) Sebastien Bourdais, Dale Coyne Racing, Honda - 224.725 mph
11.(#7) Mikhail Aleshin, Honda - 224.611 mph
12.(#12) Will Power, Team Penske, Chevrolet - 224.563 mph
13.(#98) Alexander Rossi, Andretti Autosport, Honda - 224.503 mph
14.(#22) Juan Pablo Montoya, Team Penske, Chevrolet - 224.471 mph
15.(#3) Helinho Castroneves, Team Penske, Chevrolet - 224.407 mph
16.(#9) Scott Dixon, Chip Ganassi Racing, Honda - 224.388 mph
17.(#15) Graham Rahal, Rahal Letterman Lanigan Racing, Honda - 224.351 mph
18.(#19) Ed Jones, Dale Coyne Racing, Honda - 224.331 mph
19.(#14) Carlos Munoz, A.J. Foyt Enterprises, Chevrolet - 224.291 mph
20.(#20) Ed Carpenter, Ed Carpenter Racing, Chevrolet - 224.051 mph
21.(#8) Max Chilton, Chip Ganassi Racing, Honda - 223.783 mph
22.(#21) JR Hildebrand, Ed Carpenter Racing, Chevrolet - 223.610 mph
23.(#1) Simon Pagenaud, Team Penske, Chevrolet - 223.440 mph
24.(#10) Tony Kanaan, Chip Ganassi Racing, Honda - 223.123 mph
25.(#63) Pippa Mann, Dale Coyne Racing, Honda - 223.048 mph
26.(#5) James Hinchcliffe, Schmidt Peterson Motorsports, Honda - 222.670 mph
27.(#4) Conor Daly, A.J. Foyt Enterprises, Chevrolet - 222.620 mph
28.(#40) Zach Veach, Ed Carpenter Racing, Chevrolet - 222.463 mph
29.(#50) Jack Harvey, Michael Shank Andretti, Honda - 221.279 mph
30.(#88) Gabby Chaves, Harding Racing, Chevrolet - 220.365 mph
31.(#11) Spencer Pigot, Juncos Racing, Chevrolet - 220.204 mph
32.(#17) Sebastian Saavedra, Juncos Racing, Chevrolet - 219.560 mph
33.(#44) Buddy Lazier, Lazier Partners Racing, Chevrolet - 8.494 mph (apenas 1 volta)
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~IndyCar Series 2017

quarta-feira, 17 de maio de 2017

500 MILHAS DE INDIANAPOLIS

Ed Carpenter é o mais rápido no terceiro dia de treinos livres para as 500 milhas.
por Luis Fernando Soares de Almeida

No terceiro dia de treinos livres para as 500 Milhas de Indianapolis o maior inimigo na pista foram os fortes ventos contrários. A maior velocidade atingida no dia de hoje por Ed Carpenter seria apenas o 11° lugar do treino de ontem. Os principais pilotos da equipe Penske não treinaram hoje, apenas Josef Newgarden esteve na pista e foi o 15° mais rápido. Fernando Alonso da McLaren Andretti deu apenas 39 voltas e foi o 4° mais rápido do dia com 219.533 milhas por hora. Amanhã os treinos continuam com o 4° dia. Tony Kanaan foi o único brasileiro no pista, ele conseguiu a P11.

INDY500: TREINOS LIVRE - 3° DIA
1.(#20) Ed Carpenter, Ed Carpenter Racing, Chevrolet - 222.894 mph
2.(#9) Scott Dixon, Chip Ganassi Racing, Honda - 222.599 mph
3.(#21) JR Hildebrand, Ed Carpenter Racing, Chevrolet - 220.553 mph
4.(#29) Fernando Alonso, McLaren Andretti, Honda - 219.533 mph
5.(#4) Conor Daly, A.J. Foyt Enterprises, Chevrolet - 219.233 mph
6.(#8) Max Chilton, Chip Ganassi Racing, Honda - 218.872 mph
7.(#14) Carlos Munoz, A.J. Foyt Enterprises, Chevrolet - 218.840 mph
8.(#40) Zach Veach, Ed Carpenter Racing, Chevrolet - 218.836 mph
9.(#83) Charlie Kimball, Chip Ganassi Racing, Honda - 218.122 mph
10.(#77) Jay Howard, Schmidt Peterson Motorsports, Honda - 217.299 mph
11.(#10) Tony Kanaan, Chip Ganassi Racing, Honda - 217.057 mph
12.(#15) Graham Rahal, Rahal Letterman Lanigan Racing, Honda - 216.866 mph
13.(#7) Mikhail Aleshin, Schmidt Peterson Motorsports, Honda - 216.844 mph
14.(#5) James Hinchcliffe, Schmidt Peterson Motorsports, Honda - 216.333 mph
15.(#2) Josef Newgarden, Team Penske, Chevrolet - 159.591 mph
16.(#50) Jack Harvey, Michael Shank Racing, Honda - 156.680 mph
17.(#24) Sage Karan, Dreyer & Reinbold Kingdom Racing, Chevrolet - 151.130 mph
18.(#26) Takuma Sato, Andretti Autosport, Honda - 109.878 mph
19.(#98) Alexander Rossi, Andretti Herta Autosport, Honda - 107.319 mph
20.(#27) Marco Andretti, Andretti Autosport, Honda - 102.752 mph
21.(#16) Oriol Servia, Rahal Letterman Lanigan Racing, Honda - 61.301 mph
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~IndyCar Series 2017

terça-feira, 16 de maio de 2017

500 MILHAS DE INDANAPOLIS

Will Power é o mais rápido no segundo dia de treino livre para as 500 Milhas.
por Luis Fernando Soares de Almeida

No segundo dia de treinos livvres para as 500 Milhas de Indanapolis só deu carros com motores Chevrolet. O asutraliano Will Power da equipe Penske foi o mais rápido com uma volta de 224.656 milhas por hora. Helinho Castroneves tambem da Penske veio logo atrás com uma velocidade de 224.287 milhas por hora. O melhor piloto com motor Honda foi Ryan hunter-Reay da equipe Andretti Autosport que o 4° mais rápido. Fernando Alonso deu 76 voltas na pista e foi o 23° mais rápido, hoje foi uma dia importante para ele pois ele se viu em várias situações de corrida. Amanhã acontece o terceiro dia de treinos livres a partir das 13 horas.

IINDY500 - TREINOS LIVRES 2° DIA
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
1.(12) Will Power, Team Penske, Chevrolet - 224.656 mph
2.(3) Helinho Castroneves, Team Penske, Chevrolet - 224.287 mph
3.(88) Gabby Chaves, Harding Racing, Chevrolet - 223.991 mph
4.(28) Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport, Honda - 223.960 mph
5.(24) Sage Karam, Dreyer & Reinbold Racing, Chevrolet - 223.641 mph
6.(26) Takuma Sato, Andretti Autosport, Honda - 223.556 mph
7.(7) Mikhail Aleshin, Schmidt Peterson Motorsports, Honda - 223.471 mph
8.(1) Simon Pagenaud, Team Penske, Chevrolet - 223.420 mph
9.(21) JR Hildebrand, Ed Carpenter Racing, Chevrolet - 223.352 mph
10.(2) Josef Newgarden, Team Penske, Chevrolet - 223.156 mph
11.(20) Ed Carpenter, Ed Carpenter Racing, Chevrolet - 222.842 mph
12.(14) Carlos Munoz, A.J. Foyt Enterprises, Chevrolet - 222.774 mph
(9) Scott Dixon, Chip Ganassi Racing, Honda - 222.550 mph
13.(98) Alexander Rossi, Andretti Herta Autosport, Honda - 222.480 mph
14.(19) Ed Jones, Dale Coyne Racing, Honda - 222.251 mph
15.(18) Sebastien Bourdais, Dale Coyne Racing, Honda - 222.000 mph
16.(10) Tony Kanaan, Chip Ganassi Racing, Honda - 221.959 mph
17.(16) Oriol Servia, Rahal Letterman Lanigan Racing, Honda - 221.921 mph
18.(83) Charlie Kimball, Chip Ganassi Racing, Honda - 221.789 mph
19.(15) Graham Rahal, Rahal Letterman Lanigan Racing, Honda - 221.738 mph
20.(22) Juan Pablo Montoya, Team Penske, Chevrolet - 221.696 mph
21.(40) Zach Veach, Ed Carpenter Racing, Chevrolet - 221.629 mph
22.(8) Max Chilton, Chip Ganassi Racing, Honda - 221.229 mph
23.(29) Fernando Alonso, McLaren-Andretti, Honda - 221.029 mph
24.(27) Marco Andretti, Andretti Autosport, Honda - 221.011 mph
26.(11) Spencer Pigot, Chevrolet - 220.630 mph
27.(17) Sebastian Saavedra, Junco's Racing, Chevrolet - 220.289 mph
28.(4) Conor Daly, A.J. Foyt Enterprises, Chevrolet - 220.283 mph
29.(5) James Hinchcliffe, Schmidt Peterson Motorsports, Honda - 220.131 mph
30.(77) Jay Howard, Schmidt Peterson Motorsports, Honda - 220.123 mph
31.(50) Jack Harvey, Michael Shank Racing, Honda - 218.943 mph
32.(63) Pippa Mann, Dale Coyne Racing, Honda - 217.819 mph
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~IndyCar Series 2017

domingo, 14 de maio de 2017

FORMULA 1

Lewis Hamilton conquista a vitória em Barcelona em corrida movimentada.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Com uma grande estratégia da Mercedes Lewis Hamilton conseguiu superar a Ferrari de Sebastian Vettel e conquistou a sua segunda vitória da temporada. Foi a melhor disputa entre Hamilton e Vettel até agora, uma corrida que teve algumas grandes ultrapassagens, coisa rara de acontecer no cicuito da Catalunia. Na largada Hamilton e Vettel ficaram lado a lado até a primeira curva quando a Ferrari de Vettel prevaleceu e assumiu a liderança da prova. Bottas quase ultrapassou Hamilton mas teve que brecaro seu carro e acabou tocando de leve na Ferrari de Kimi Raikkonen que foi jogado pra cima da Red Bull de Max Verstappen. Com as suspensóes danificadas de seus carros Verstappen da Red Bull e Raikkonen da Ferrari abandonaram. Felipe Massa da Williams tambem se envolveu num acidente com Fernando Alonso da McLaren, ambos continuaram na prova mas conseguiram apenas terminarem na P12 e P13 respectivamente. Vettel liderou até a primeira parada para troca de pneus, ele colocou um jogo novo de pneus macios e voltou para a pista, Hamilton assumiu a liderança onde ficou até a 21° volta quando ele parou e voltou para a pista com pneus de composto médio. Isso colocou Valtteri Bottas na liderança. A equipe Mercedes fez com que o finlândes ficasse ao máximo na pista antes da primeira troca para segurar Vettel que vinha bem mais rápido logo atrás. Na 25° volta por[em Vettel fez uma excelente ultrapassagem sobre o finlãndes e assumiu a ponta da corrida novamente. Hamilton superou Bottas assumindo a P2, a estratégia da Mercedes seria então de apenas duas paradas pois com pneus médios Hamilton poderia ficar mais tempo na pista. A estratégia foi por água abaixo quando na volta No.34 Stoffel Vandoorne colidiu a sua Williams com o seu companheiro de equipe, o brasileiro Felipe Massa. O virtual safety car foi acionado, Vandoorne foi punido com a perda de 3 lugares no grid de largada para a próxima etapa do campeonato. Com isso a Mercedes decidiu chamar Hamilton para mais uma troca, dessa vez para pneus macios, graças ao safety car virtual ele conseguiu voltar logo atrás de Vettel. Na relargada a batalha entre os dois foi feroz, os carros chegaram a se tocar, quem levou vantagem foi Vettel que obrigou a Mercedes de Hamilton a recuar. Seis voltas mais tarde finalmente Hamilton usando o DRS ultrapassou Vettel com facilidade assumindo a ponta da corrida novamente. A Ferrari pensou na possibilidade de uma taerceira parada, mas desistiu porque não daria tempo. Com pneus médios Vettel até conseguiu se aproximar de Hamilton, mas o alemão perdeu muito tempo atras de Massa numa curva crítica da pista e perdeu quase 1.5 segundos, dando uma folga tranquila para Hamilton. Bottas abandonou a prova na 39° volta quando o seu motor quebrou. Daniel Ricciardo conseguiu o seu primeiro pódio da temporada chegando na P3. Foi uma excelente tarde para a equipe Force India com Sergio Perez terminando na P4 e Esteban Occon na P5. Nico Hulkenberg conseguiu uma excelente 6° posição para a Renault. Confira abaixo como acabou a prova. Sebastian Vettel com o segundo lugar ainda lidera o campeonato, apenas 6 pontos à frente de Hamilton, 104 a 98. 


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~Formula 1 2017

INDYCAR SERIES


Will Power vencer o Grande Prêmio de Indianapolis.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O australiano Will Power da equipe Penske teve um final de semana brilhante em Indianapolis, ele dominou os treinos livres, conquistou a pole position e venceu de ponta a ponta a corrida que antecede as 500 Milhas de Indianapolis nesse sábado. Depois de quebrar o recorde da pista na pole position, Power liderou 81 voltas para conquistar a sua 30° vitória da carreira, cruzando a linha de chegada 5.2 segundos à frente de Scott Dixon da Chip Ganassi Racing. Foi a 175° corrida de Power pela Indy e com a vitória ele ultrapassa Helinho Castroneves e Rick Mears e fica na 11° na lista de vencedores de todos os tempos. Foi a 190° vitória da equipe Penske. Ryan Hunter-Reay da Andretti Autosport fez uma ótima corrida e terminou na P3, o seu primeiro pódio de 2017. Simon Pagenaud ficou na P4 seguido por Helinho na P5. Helinho chegou a estar na P2 por um longo periodo mas não manteve o desempenho no final da corrida e com uma estratégia diferente dos outros pilotos, fez o que foi possivel. A próxima etapa acontece daqui duas semanas, a prova mais importante do ano, as 500 Milhas de Indianapolis. 

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~IndyCar Series 2017

NASCAR CUP SERIES

 Martin Truex Jr. vence em Kansas em prova que teve um grande acidente.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Com apenas duas voltas restando para terminar a prova e numa relargada Truex Jr. pulou na frente se livrando dos rivais e cruzou a linha de chegada na primeira posição na 11° etapa da Monster Energy Nascar Cup Series disputada na noite desse sábado em Kansas. Truex liderou o maior número de voltas com 104 das 267 voltas para vencer a nona corrida de sua carreira e pela segunda vez nessa temporada. O vencedor sempre teve o carro mais rápido da prova, em todas as relargadas Truex sempre pulou na frente do pole position Ryan Blaney. Foram 15 bandeiras amarelas, empatando com o recorde da corrida. Brad Keselowski incrivelmente mesmo estando duas voltas atrás do lider, ainda conseguiu se recuperar ao longo da prova e cruza na P2, seguido de Kevin Harvick na P3, Ryan Blaney na P4 e Kyle Busch fechando o Top 5. O líder do campeonato Kyle Larson terminou na P6. Um acidente grave aconteceu na prova quando Joey Logano e Danica Patrick corriam lado a lado pelas curvas 1 e 2, batalhando pela P12, alguma coisa quebrou no carro de Logano e ele perdeu o controle e bateu na traseira do carro de Danica que foi para o muro e se chocou violentamente, o carro de Danica Patrick se incendiou na hora. Aric Almirola que vinha logo atrás, pegou uma mancha de óleo na pista e não conseguiu virar o seu carro para fugir do contato, ele acabou acertando violentamente o carro de Logano. Almiirola levou a pior e foi levado de helicóptero para o Centro Médico da Universidade de Kansas para ficar em observação durante a noite. A corrida ficou parada com bandeira vermelha por 27 minutos, para limpeza da pista e retirada dos escombros. Depois disso Blaney e Truex se revezavam na liderança da prova, mas o carro de Truex estava praticamente imbatível e ele conseguiu prevalecer. Kyle Larson deixa a etapa de Kansas com 44 pontos de vantagem sobre o segundo colocado Martin Truex Jr. Confira o resultado da prova abaixo. 

CUP SERIES: 11° ETAPA - KANSAS SPEEDWAY
1.(#78) Martin Truex Jr., Toyota - 267 voltas
2.(#2) Brad Keselowski, Ford - 267 voltas
3.(#4) Kevin Harvick, Ford - 267 voltas
4.(#21) Ryan Blaney, Ford - 267 voltas
5.(#18) Kyle Busch, Toyota - 267 voltas
6.(#42) Kyle Larson, Chevrolet - 267 voltas
7.(#19) Daniel Suarez, Toyota - 267 voltas
8.(#1) Jamie McMurray, Chevrolet - 267 voltas
9.(#14) Clint Bowyer, Ford - 267 voltas
10.(#6) Trevor Bayne, Ford - 267 voltas
11.(#17) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 267 voltas
12.(#20) Matt Kenseth, Toyota - 267 voltas
13.(#96) Michael McDowell, Chevrolet - 267 voltas
14.(#13) Ty Dillon, Chevrolet - 267 voltas
15.(#8) Kasey Kahne, Chevrolet  - 267 voltas
16.(#3) Austin Dillon, Chevrolet - 267 voltas
17.(#30) David Ragan, Ford - 267 voltas
18.(#37) Chris Buescher, Chevrolet - 267 voltas
19.(#41) Kurt Busch, Ford - 267 voltas
20.(#88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 267 voltas
21.(#34) Landon Cassill, Ford - 267 voltas
22.(#77) Erik Jones, Toyota - 267 voltas
23.(#11) Denny Hamlin, Toyota - 267 voltas
24.(#48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 267 voltas
25.(#15) Reed Sorenson, Chevrolet - 267 voltas
26.(#72) Cole Whitt, Chevrolet - 266 voltas
27.(#83) Corey Lajoie, Toyota - 265 voltas
28.(#91) Timmy Hill, Chevrolet - 259 voltas
29.(#24) Chase Elliott, Chevrolet - 258 voltas
30.(#47) AJ Allmendinger, Chevrolet - 257 voltas
31.(#68) Carl Long, Chevrolet - 256 voltas
32.(#32) Matt DiBenedetto, Ford - 243 voltas
33.(#33) Jeffrey Earnhardt, Chevrolet - 243 voltas
34.(#23) Gray Gaulding, Toyota - 231 voltas
35.(#27) Paul Menard, Chevrolet - 202 voltas *Acidente
36.(#10) Danica Patrick, Ford - 199 voltas *Acidente
37.(#22) Joey Logano, Ford - 199 voltas *Acidente
38.(#43) Aric Almirola, Ford - 199 voltas *Acidente
39.(#55) Derrike Cope, Toyota - 179 voltas *Motor
40.(#31) Ryan Newman, Chevrolet - 154 voltas *Bomba de Óleo
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~Monster Energy Nascar Cup Series 2017

quarta-feira, 10 de maio de 2017

FIA-WEC


A Toyota domina as 6 Horas de Spa-Francorchamps na Bélgica.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Desde 2014 a Toyota nao conseguia as duas primeiras posições do pódio. Isso aconteceu pela última vez na 6 Horas de Xangai na China. Com chuva na parte final da prova Sebastien Buemi segurou a pressão de Kamui Kobayashi e cruzou 1.9 segundos à frente do piloto japonês. Foi a segunda vitória consecutiva da Toyota e com o mesmo carro, o Toyota No.8  do trio de pilotos Sebastien Buemi, Anthony Davidson e Kakuzi Nakajima. Mike Conway e Kamui Kobayashi dividiram o cockpit do segundo carro da Toyota, depois que o companheiro deles Jose Maria Lopez foi descartado da prova por causa de uma lesão em suas costas. O Porsche 919 Hibrido LMP No.2 de Brendon Hartley, Earl Bamber e Timo Bernhard ficou com a P3 com o carro No.1 de Neel Jani, Andre Lotterer e Nick Tandy ficou na P4. 
Na classe LMP2 Alex Lynn, Roman Rusinov e Pierre Thiriet conquistaram a vitória. Na segunda colocação ficou o carro No.31 da Valliante Rebellion do trio Bruno Senna, Nicolas Prost e Julien Canal. 

FIA WEC: 6 HORAS DE SPA-FRANCORCHAMPS - FINAL
1.(#8) Buemi/Davidson/Nakajima, Toyota - 173 voltas - 6:00.11.480
2.(#7) Conway/Kobayashi, Toyota - +1.992
3.(#2) Bernhard/Bamber/Hartley, Porsche - +35.283
4.(#1) Jani/Lotterer/Tandy, Porsche - +1:25.438
5.(#9) Sarrazin/Kunimoto/Lapierre, Toyota - +2 voltas
6.(#4) Webb/Kraihamer/Rossiter, Enso CLM-Nismo - +12 voltas
7.(#26) Rusinov/Thiriet/Lynn, ORECA07-Gibson - +13 voltas
8.(#31) Canal/Prost/Senna, ORECA07-Gibson - +13 voltas
9.(#38) Tung/Jarvis/Laurent, ORECA07-Gibson - +13 voltas
10.(#13) Beche/Heinemeier/Piquet Jr., ORECA07-Gibson - +14 voltas
11.(#36) Dumas/Menezes/Rao, Alpine A470-Gibson - +14 voltas
12.(#35) Ragues/Negrão/Panciatici, Alpine A470-Gibson - +15 voltas
13.(#24) Graves/Hirschi/Vergne, ORECA07-Gibson - +15 volras
14.(#25) Gonzalez/Trummer/Petrov, ORECA07-Gibson - +15 voltas
15.(#28) Perrodo/Hanley/Collard, ORECA07-Gibson - +15 voltas
16.(#37) Cheng/Brundle/Gommendy, ORECA07-Gibson - +17 voltas

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~FIA WEC 2017

segunda-feira, 8 de maio de 2017

WEATHERTECH SPORTSCARS

A dupla de irmãos Ricky e JordanTaylor vence mais uma vez na Weathertech.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Os irmãos Jordan e Ricky Taylor conquistaram nesse sábado a sua quarta vitória consecutiva e entraram para a história da WeatherTech SportsCar. É a maior sequência de vitórias na história da categoria e a maior no território americano em competições automotivas desde 2013 quando a dupla Klaus Graf e Lucas Luhr venceram oito corridas consecutivas na extinta American Le Mans Series.
Foi tambem a 11° vitória dos irmãos Taylor na WeatherTech, fazendo deles a dupla de pilotos mais vencedoras da história da categoria.  O Cadillac DPi-V.R No.10 foi dominante o final de semana inteiro. Eles lideraram três dos quatro treinos livres, e no treino de classificação para o grid Ricky Taylor baixou o recorde da pista em 3 segundos conquistando a pole position. Johannes van Overbeek no Nissan DPi No.22 da Tequila Patron ESM foi o que chegou mais próximo do seu tempo ficando 1 segundo e meio abaixo de Taylor. 
Ricky Taylor começou a corrida no cockpit e desde a largada da corrida de 2 horas e 40 minutos, o Cadillac No.10 esteve sempre no controle da prova. A corrida teve um grande acidente na volta de aberturar com os carros da GTLM, depois da relargada Taylor abriu uma considerável vantagem sobre o segundo colocado. Ricky entregou o carro na P1 para o seu irmão mais novo Jordan, com 1 hora decorrida. Jordan nos 45 minutos restantes não teve grandes ameaças e cruzou a linha de chegada com 18 segundos de vantagem sobre o segundo colocado, a dupla Dane Cameron e Eric Curran no Cadillac Dpi-V.R No.31 da equipe Whelen Engineering. Foi o segundo pódio em 4 etapas com três carros da Cadillac ocupando a P1, P2 e P3.  João Barbosa e Christian Fittipaldi tambem num Cadillac DPi-V.R chegou na P3. Essa terceira colocação só foi conquistada quando restavam apenas 10 minutos para terminar a corrida, e o Nissan DPi dirigido por Ryan Dalziel pegou fogo. Dalziel conseguiu levar o carro para uma área segura e sair do carro rapidamente. Com a vitória a dupla do carro No.10 extendeu a liderança na categoria de Protótipos para 22 pontos (141-119) do 2° colocado Barbosa e Fittipaldi.
Na categoria PC (Prototype Challenge) uma temporada perfeita vem se desenhando para a equipe Performance Tech. O ORECA FLM09 da dupla de pilotos James French e Pato O'Ward conquistaram a sua terceira vitória consecutiva em três provas no ano. Stefan Wilson no ORECA FLM09 No.26 da equipe BAR1 Motorsports liderou os primeiros 10 minutos da corrida.  Nessa altura da prova James French ultrapassou assumindo a liderança. Até a metade da prova French liderou, só perdeu a liderança quando passou o cockpit para o seu companheiro o mexicano Pato O'Ward.  Pato voltou para a pista na terceira colocação, mas com uma ótima performance assumiu a P2 na pista e a P1 quando o então líder, Nick Boulle entrou nos boxes para a sua última parada. A vitória foi tranquila com 1 volta de vantagem sobre os demais colocados. A próxima etapa acontece no dia 3 de Junho em Detroit com duração de 1 hora e 40 minutos.

4° ETAPA - TEXAS - FINAL (DP & PC)
1.(#10) Jordan Taylor/Ricky Taylor, Cadillac DPi-V.R - 73 voltas
2.(#31) Dane Cameron/Eric Curran, Cadillac DPi-V.R - 73 voltas
3.(#5) Joao Barbosa/Christian Fittipaldi, Cadillac DPi-V.R - 73 voltas
4.(#85) Misha Goikhberg/Stephen Simpson, ORECA LMP2 - 73 voltas
5.(#22) Johannes van Overbeek/Ed Brown, Nissan DPi - 72 voltas
6.(#38) James French/Pato O'Ward, ORECA FLM09 - 72 voltas
7.(#26) Nicholas Boulle/Stefan Wilson, ORECA FLM09 - 71 voltas
8.(#2) Scott Sharp/Ryan Dalziel, Nissan DPi - 68 voltas
9.(#90) Marc Goossens/Renger van Der Zende, Multimac Riley LMP2 - 63 voltas
10.(#20) Don Yount/Buddy Rice, ORECA FLM09 - 52 voltas
11.(#70) Tom Long/Joel Miller, Mazda DPi - 52 voltas
12.(#52) Marco Bonanomi/Jose Gutierrez, Ligier LMP2 - 43 voltas
13.(#55) Tristan Nunez/Jonathan Bomarito, Mazda DP1 - 27 voltas
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~Weathertch SportsCar Challenge 2017

DTM


Jamie Green vence a segunda corrida em Hockenreimring.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Depois de uma corrida espetacular no sábado na abertura da temporada, no domingo o drama começou quando a chuva veio no estágio inicial da prova.  A chuva foi determinante no resultado final da prova, alguns pilotos se deram bem e outros ficaram totalmente perdidos na estratégia de troca de pneus. De maneira surpreendente nem a chuva e nem a penalisação de 5 segundos para o piloto da Audi foram suficientes para tirar a vitória de Jamie Green. 
Green fez uma ótima largada pulando da P3 para a P2. O carro de segurança entrou logo na primeira volta por causa de um acidente após a largada envolvendo os pilotos Robert Wickens, Nico Müller e Loic Duval. Wickens e Duval abandonaram a prova. Com a nova regra de relargada semelhante a fórmula Indy, ou seja os carros lado a lado, Jamie Green se deu melhor e superou o então líder Timo Glock da BMW. Glöck perdeu três posições caindo para a P4.  Green liderava com Lucas Auer, o vencedor da primeira corrida em segundo e Bruno Spengler na P3. Green mostrou ser um piloto exímio em pista molhada, ele conseguiu abrir rapidamente uma grande distância do segundo colocado Lucas Auer. René Rast e Augusto Farfus se envolveram num acidente, pior para Rast que teve que abandonar a corrida na 4° volta, o brasileiro abandonaria mais tarde. Na volta 18 a pista ficou muito molhada e vários pilotos que ainda estavam com pneus slicks entraram para troca. Marco Wittmann, Gary Paffet e Jamie Green trocaram para pneus de chuva praticamente juntos. Lucas Auer ficou mais uma volta na pista se arriscando muito, mas a ousadia deu certo pois ele voltou para a pista na P2 atrás apenas de Green. Auer exagerou no hairpin e acabou saindo da pista sendo ultrapassado por Gary Paffett (Mercedes) e Marco Wittmann (BMW). Confira abaixo o resultado final da segunda corrida da temporada que promete.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~DTM 2017

domingo, 7 de maio de 2017

V8 SUPERCARS

Scott McLaughlin consegue uma vitória dupla na etapa de Perth.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Scott McLaughlin teve um final de semana em Perth pela quarta etapa da V8 Supercars Australia. O piloto da equipe Shell Ford teve um carro dominante nas duas corridas, no sábado ele venceu com 2 segundos de vantagem sobre o seu companheiro de equipe Fabian Coulthard, Jamie Whincup (Red Bull Holden Racing) fechou o pódio dessa corrida. No domingo ele fechou com chave de ouro, largando da pole position ele liderou todas as voltas da corrida. Não tivemos nenhuma bandeira amarela nessa corrida. Jamie Whincup terminou na P3 nas duas corridas, na de domingo em parte graças a grande largada que ele teve pulando da P6 para a P4 e depois superando Mark Winterbottom durante o primeiro pitstop. Will Davison da TEKNO Woodstock Racing teve um final de semana sólido terminando a corrida de domingo na P5, segurando a pressão de van Gisbergen que terminou na P6 e Fabian Coulthard na P7. James Courtney teve um final de semana complicado e terminou na P22 após ser obrigado a uma parada para reabastecimento nas voltas finais. Confira abaixo o resultado de domingo.

V8 SUPERCARS: 4° ETAPA - RACE 8 - PERTH SUPER SPRINT
1.(#17) Scott McLaughlin, Ford Falcon FG/X - 83 voltas, 1:22.17.6422
2.(#55) Chaz Mostert, Ford Falcon FG/X - 83 voltas
3.(#88) Jamie Whincup, Holden Commodore VF - 83 voltas
4.(#5) Mark Winterbottom, Ford Falcon FG/X - 83 voltas
5.(#19) Will Davison, Holden Commodore VF - 83 voltas
6.(#97) Shane van Gisbergen, Holden Commodore VF - 83 voltas
7.(#12) Fabian Coulthard, Ford Falcon FG/X - 83 voltas
8.(#000) Craig Lowndes, Holden Commodore VF - 83 voltas
9.(#33) Garth Tander, Holden Commodore VF - 83 voltas
10.(#8) Nick Percat, Holden Commodore VF - 83 voltas
11.(#34) James Moffat, Holden Commodore VF - 83 voltas
12.(#6) Cameron Waters, Ford Falcon FG/X - 83 voltas
13.(#56) Jason Bright, Ford Falcon FG/X - 83 voltas
14.(#2) Scott Pye, Holden Commodore VF - 83 voltas
15.(#15) Rick Kelly, Nissan Altima - 83 voltas
16.(#9) David Reynolds, Holden Commodore VF - 83 voltas
17.(#34) Tim Slade, Holden Commodore VF - 83 voltas
18.(#7) Todd Kelly, Nissan Altima - 83 voltas
19.(#23) Michael Caruso, Nissan Altima - 82 voltas
20.(#18) Lee Holdsworth, Holden Commodore VF - 82 voltas
21.(#99) Dale Wood, Holden Commodore VF - 82 voltas
22.(#22) James Courtney, Holden Commodore VF - 82 voltas
23.(#21) Tim Blanchard, Holden Commodore VF - 82 voltas
24.(#78) Simona De Silvestro, Nissan Altima - 82 voltas
25.(#62) Alex Rullo, Holden Commodore VF - 81 voltas
26.(#3) Matthew Brabham, Holden Commodore VF - 80 voltas
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~V8 Supercars 2017

sábado, 6 de maio de 2017

DTM

Lucas Auer da Mercedes abre a temporada com vitória em Hockeinheimring.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Finalmente a espera terminou, nesse sábado tivemos a abertura da temporada da DTM, um dos principais campeonatos de carro de turismo do automobilismo mundial. Pra quem esperou pacientemente valeu a pena, a corrida foi repleta de disputas ferozes entre os pilotos e o final foi emocionante. Lucas Auer da Mercedes largou na pole position e venceu de ponta a ponta. Até a metade da corrida a batalha pela P2 foi simplesmente espetacular. Timo Glock ultrapassou Edoardo Mortara (Mercedes) na primeira curva após a largada e assumiu a terceira colocação. Depois a batalha foi com Gary Paffett, Glock conseguiu superar Paffett na segunda volta assumindo a P2, mas Paffett não se deu por vencido e pressionou bastante Glock. Gary Paffett acabou cometendo um erro na 9° volta o que lhe custou mais uma posição, ele foi superado por Mortara  Auer abriu uma diferença confortável de mais de cinco segundos, Glock começou a ser muito pressionado por Mortara. Mattias Ekstrom piloto da Audi deu uma show particular, ele largou da P17 e ultrapassou 10 carros para chegar na P7 antes do primeira parada nos boxes. Mike Rockenfeller tambem foi outro destaque da Audi, largando no pelotão de trás a sua equipe escolheu uma estratégia arriscada parando logo nas primeiras voltas, ele foi recompensado com a terceira colocação do pódio. Nas voltas finais quando restavam menos de 4 minutos, Timo Glock que tinha economizado nas ativações do DRS colou na traseira da Mercedes de Auer e travou uma batalha emocionante. No hairpin Glock chegou a tocar na traseira do carro de Auer e a partir dai diminui a pressão. Auer conquistou a primeira vitória da temporada para a Mercedes com Timo Glock (BMW) na P2 e Mike Rockenfeller (Audi) na P3. Amanhã as 10 horas acontece a segunda corrida do final de semana com transmissão ao vivo pelo canal por assinatura BAND Sports. Confira abaixo o resultado final da corrida.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~DTM 2017

FORMULA 3 BRASIL

Guilherme Samaia vence as duas provas em Interlagos pela F3 Brasil.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A segunda etapa da temporada da Fórmula 3 Brasil teve a sua primeira corrida disputada nesse sábado de manhã. O piloto da equipe Cesário Fórmula, Guilherme Samaia não teve dificuldades em conquistar a vitória. Ele liderou a prova de ponta a ponta cruzando a linha de chegada 13 segundos à frente do segundo colocado, Giulino Raucci da RDC Motorsport. Completando a o pódio ficou Artur Fortunato da equipe Fortunato Racing. Na segunda corrida no período da tarde Guilherme Samaia ultrapassou na última volta Giulino Raucci e conquistou a sua terceira vitória da temporada. Leo Barbosa fechou o pódio da segunda corrida ficando na P3.

F3 BRASIL: 2° ETAPA - INTERLAGOS - RACE 1
1.(#77) Guilherme Samaia, Cesário Fórmula - 18 voltas (30:10.773)
2.(#112) Giulino Raucci, RDC Motorsport - +13.311
3.(#41) Artur Fortunato, Fortunato Racing - +14.433
4.(#7) Murilo Coletta, Cesário Fórmula - +19.223
5.(#54) Igor Fraga, PropCar Racing - +20.785
6.(#177) Marcel Coletta, Cesário Fórmula - +50.268
7.(#73) Enzo Elias, Hitech Racing - +3 voltas
8.(#12) Cristian Hahn, Cesário Fórmula - +7 voltas
9.(#62) Airton Santos, Kemba Racing - +11 voltas
10.(#119) Pedro Goulart, RDC Motorsport - +11 voltas
11.(#55) Leo Barbosa, PropCar Racing - sem tempo
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~F3 Brasil 2017

quarta-feira, 3 de maio de 2017

INDYCAR SERIES


 Fernando Alonso entra para a história das 500 Milhas de Indianapolis.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Hoje o bi-campeão de Fórmula 1, Fernando Alonso começou a escrever a sua história numa das mais importantes e icônicas pistas do automobilismo mundial. Na parte da manhã Alonso deu as suas primeiras voltas com o seu carro da equipe McLaren-Andretti impulsionado pelo motor Honda no Indianapolis Motorspeedway. Alonso passou com tranquilidade por todas as fases exigidas pela Indy para um novato, o teste ainda esta acontecendo e inclui simulação de bandeiras amarelas, pista molhada, mapa de consumo de combustivel, comandos do volante, pitstops e etc...
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~IndyCar Series 2017

segunda-feira, 1 de maio de 2017

BRITISH GT

Rick Parfitt e Seb Morris herdam a vitória em Rockingham após a penalização da equipe Spirit Of Race SA.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A Ferrari 488 da equipe Spirit Of Race SA da dupla de pilotos Duncan Cameron e Matt Griffin venceu a segunda etapa em Rockingham mas foram penalizados após a corrida e a vitória caiu no colo da equipe Team Parker Racing (Bentley Continental) da dupla Rick Parfitt e Seb Morris. Completando o pódio veio o Aston Martin Vantage da equipe Macmillan AMR dos pilotos James Littlejohn e Jack Mitchell que celebraram o seu primeiro pódio na classe GT3 após duas horas de prova. O momento decisivo que resultou na punição da equipe Spirit Of Race SA foi quando o piloto Duncan Cameron não respeitou os limites da pista algumas vezes de maneira consecutiva, isso resultou numa punição de 5 segundos que jogou os vencedores da prova para a segunda colocação. Na categoria GT4 o Ginetta 55 No.55 da equipe HHC Motorsport foi a vencedora. A McLaren No.100 da equipe Black Bull Garage 59 cruzou em segundo na GT4 e fechando o pódio mais um Ginetta G55 da equipe PMW Expo Racing & Optimum Motorsport. 

BRITISH GT - 2° ETAPA - ROCKINGHAM - FINAL
1.(#31) GT3 - Team Parker Racing, Bentley Continental - 2:00:31.111, 83 voltas
2.(#21) GT3 - Spirit Of Race SA, Ferrari 488  - +0.948
3.(#24) GT3 - Macmillan AMR, Aston Martin Vantage - +7.865
4.(#33) GT3 - Barwell Motorsport, Lamborghini Huracan - +7.970
5.(# 6) GT3 - Barwell Motorsport, Lamborghini Huracan - +8.290
6.(#30) GT3 - AmDtuning com with Cobra Exhausts, Mercedes AMG - +9.307
7.(#11) GT3 - TF Sport, Aston Martin Vantage - +13.202
8.(#  1) GT3 - TF Sport, Aston Martin Vantage - +14.554
9.(#  7) GT3 - Team Parker Racing, Bentley Continental - +1 volta
10.(#88) GT3 - Team ABBA with Rollcentre Racing, Mercedes AMG - +1 volta
11.(#55) GT4 - HHC Motorsport, Ginetta G55 - +4 voltas
12.(#100) GT4 - Black Bull Garage 59, McLaren 570S - +4 voltas
13.(#501) GT4 - PMW Expo Racing/Optimum Motorsport, Ginetta G55 - +4 voltas
14.(#59) GT4 - Black Bull Garage 59, McLaren 570S - +4 voltas
15.(#62) GT4 - Academy Motorsport, Aston Martin Vantage - +4 voltas
16.(#51) GT4 - Lanan Racing, Ginetta G55 - +4 voltas
17.(#56) GT4 - Tolman Motorsport, McLaren 570S - +5 voltas
18.(#66) GT4 - Team Parker Racing, Pporsche Cayman - +5 voltas
19.(#14) GT4 - In2Racing, McLaren 570S - +5 voltas
20.(#53) GT4 - UltraTek Racing Team RJN, Nissan 370Z - +5 voltas
21.(#42) GT4 - Macmillan AMR, Aston Martin Vantage - +5 voltas
22.(#54) GT4 - UltraTek Racing Team RJN, Nissan 370Z - +6 voltas
23.(#69) GT3 - Century Motorsport, Ginetta G55 - +6 voltas
24.(#111) GT4 - Century Motorsport, Ginetta G55 - +7 voltas
25.(#43) GT4 - Century Motorsport, Ginetta G55 - +11 voltas
26.(#19) GT3 - Century Motorsport, Ginetta G55 - +15 voltas
27.(#63) GT4 - Autoaid/RCIB Insurance Racing - +22 voltas
28.(#36) GT4 - Autoaid/RCIB Insurance Racing - +22 voltas
**Não classificados**
(#72) GT4 - Track-Club, McLaren 570S - +81 voltas
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~British GT 2017 

NASCAR CUP SERIES

Joey Logano vence as 400 Milhas de Richmond, a sua primeira vitória da temporada.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Logano largou no pelotão de trás em Richmond e demorou a tarde inteira para construir a sua vitória fantástica na tarde desse domingo pela 9° etapa da Monster Energy Nascar Cup Series. Logano teve que largar na última colocação porque trocou a transmissão do seu carro após o treino de classificação no sábado. Logano liderou a prova pela primeira vez na volta no.384, depois de uma relargada ele estava atras de seis carros que tinham pneus mais velhos do que Logano. Com pneus novos Logano não teve dificuldades em superar os carros que estavam a frente dele e assumiu a liderança da corrida ultrapassando Kyle Larson com apenas 16 voltas restando. Brad Keselowski tinha um carro mais rápido e liderou 110 vl/oltas, mas teve uma grande dificuldade para ultrapassar os retardatários depois do última relargada. Logano cruzou a linha de chegada em primeiro com três carros de vantagem sobre o segundo colocado Brad Keselowski. O jovem piloto de 26 anos de Connecticut venceu a sua 18° corrida em 300 provas na série principal da Nascar. Foi a primeira vitória de Logano na temporada e a sua segunda em Richmond. Logano e Keselowski se mantiveram na pista durante a penúltima bandeira amarela na volta No.367 e ficaram vulneráveis ao Toyota de Denny Hamlin e Kyle Busch. Na 378° volta Logano entrou para mais uma troca de pneus e reabastecimento, Kyle Larson, Ricky Stenhouse Jr., Chris Buescher, Martin Truex Jr, David Ragan e Cole Whitt ficaram na pista. Kyle Busch foi penalizado por passar em cima da linha delimitadora no pitlane e voltou para a pista na última colocação. O piloto local Denny Hamlin ficou na P3 com Ricky Stenhouse Jr. na P4 e Kevin Harvick fechando o top 5. O primeiro maior acidente da prova aconteceu tarde quando Dale Earnhardt Jr. e Jimmie Johnson ambos da Hendrick Motorsports colidiram causando um grande dano ao carro de Junior, Johnson terminou na P11 e Dale na P30. A 10° etapa da temporada acontece na semana que vem em Talladega. Confira abaixo o resultado completo da prova em Richmond.

NASCAR CUP SERIES: 9° ETAPA - 400 MILHAS DE RICHMOND - FINAL
1.(#22) Joey Logano, Ford - 400 voltas
2.(#2) Brad Keselowski, Ford - 400 voltas
3.(#11) Denny Hamlin, Toyota - 400 voltas
4.(#17) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 400 voltas
5.(#4) Kevin Harvick, Ford - 400 voltas
6.(#1) Jamie McMurray, Chevrolet - 400 voltas
7.(#31) Ryan Newman, Chevrolet - 400 voltas
8.(#41) Kurt Busch, Ford - 400 voltas
9.(#43) Aric Almirola, Ford - 400 voltas
10.(#78) Martin Truex Jr., Toyota - 400 voltas
11.(#48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 400 voltas
12.(#19) Daniel Suarez, Toyota - 400 voltas
13.(#6) Trevor Bayne, Ford - 400 voltas
14.(#42) Kyle Larson, Chevrolet - 400 voltas
15.(#14) Clint Bowyer, Ford - 400 voltas
16.(#18) Kyle Busch, Toyota - 400 voltas
17.(#37) Chris Buescher, Chevrolet - 400 voltas
18.(#10) Danica Patrick, Ford - 400 voltas
19.(#38) David Ragan, Ford - 400 voltas
20.(#3) Austin Dillon, Chevrolet - 400 voltas
21.(#34) Landon Cassill, Ford - 400 voltas
22.(#5) Kasey Kahne, Chevrolet - 400 voltas
23.(#20) Matt Kenseth, Toyota - 400 voltas
24.(#24) Chase Elliott, Chevrolet - 400 voltas
25.(#27) Paul Menard, Chevrolet - 400 voltas
26.(#13) Ty Dillon, Chevrolet - 400 voltas
27.(#72) Cole Whitt, Chevrolet - 400 voltas
28.(#32) Matt DiBenedetto, Ford -400 voltas
29.(#95) Michael McDowell, Chevrolet - 399 voltas
30.(#88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 398 voltas
31.(#23) Gray Gaulding, Toyota - 398 voltas
32.(#83) Corey Lajoie, Toyota - 396 voltas
33.(#15) Reed Sorenson, Chevrolet - 395 voltas
34.(#51) Timmy Hill, Chevrolet - 393 voltas
35.(#33) Jeffrey Earnhardt, Chevrolet - 392 voltas
36.(#21) Ryan Blaney, Ford - 378 voltas (acidente)
37.(#47) AJ Allmendinger, Chevrolet - 333 voltas
38.(#77) Erik Jones, Toyota - 4 voltas (acidente)
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~Monster Energy Nascar Cup Series 2017