domingo, 27 de agosto de 2017

INDYCAR SERIES

 Josef Newgarden vence em St Louis e se aproxima do título.
por Luis Fernando Soares de Almeida

No retorno do oval Gateway Motorsports Park para a categoria na noite desse sábado tivemos uma corrida muito disputada e que no final brindou o jovem e talentoso piloto da equipe Penske, Josef Newgarden com a vitória. O momento chave da vitória de Newgarden veio na volta 218 das 248 programadas, Newgarden fez uma manobra ousada e ultrapassou o seu companheiro de equipe, o francês Simon Pagenaud e liderou até o final, os dois carros chegaram a se tocar quando estavam entrando na curva 1. Pagenaud chegou a diminuir a velocidade e ficou vulnerável a Scott Dixon que conseguiu ultrapassá-lo ficando na P2. Newgarden cruzou a linha de chegada 0.6 segundos de Scott Dixon da Chip Ganassi Racing. Foi a terceira vitória de Newgarden nas últimas 4 etapas da Indy, o piloto de 26 anos tem agora 31 pontos de vantagem sobre Dixon e restam apenas duas corridas restando na temporada. A corrida desse sábado marcou o retorno da categoria à St. Louis pela primeira vez em 14 anos. Newgarden liderou 170 voltas e conquistou a sua sétima vitória da carreira, dando a equipe Penske a quinta vitória seguida e a nona da temporada. Foi a 196° vitória da equipe Penske na categoria. Cosniderando que Dixon largou na P7, ele fez uma grande corrida e chegando na P2 foi realmente um feito que se deve elogiar já que os carros da Penske com motor Chevrolet se mostraram mais rápidos o final de semana inteiro. O brasileiro Helinho Castroneves chegou a liderar 52 voltas e terminou a corrida na P4. Helinho é o quarto piloto da história da Indy a liderar pelo menos 6 mil voltas na categoria. Conor Daily da equipe AJ Foyt Racing conseguiu a sua melhor classificação final na temporada chegando na P4. A corrida teve um acidente inusitado envolvendo o brasileiro Tony Kanaan da Chip Ganassi, durante a volta de aquecimento antes da largada o brasileiro acabou rodando na curva 2 e bateu no muro, ele ficou três voltas atrás do líder e terminou apenas na P16. No mesmo local onde Kanaan rodou aconteceu um acidente forte após a largada. O pole position Will Power (Team Penske) rodou sozinho e bateu forte no muro, com isso Takuma Sato e Ed Carpenter que vinham atrás se tocaram e o carro de Carpenter se chocou violentamente contra o carro de Power, apesar das imagens do acidente assustarem os pilotos sairam ilesos do acidente. A penúltima etapa da temporada acontece no próximo dia 3 de Setembro em Watkin Glen, confira abaixo o resultado final da prova.
 
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - IndyCar Series 2017

sábado, 26 de agosto de 2017

FORMULA 1

Lewis Hamilton faz história na Fórmula 1 com a pole em Spa.
por Luis Fernando Soares de Almeida

No Q1 Lewis Hamilton da Mercedes foi o mais rápido com uma volta de 1:44.158. Vettel da Ferrari veio logo em seguida e Max Verstappen da Red Bull foi o terceiro. Os primeiros eliminados foram Felipe Massa da Williams, Daniil Kvyat da Toro Rosso , Lance Stroll da Williams, Marcus Ericsson e Pascal Wehrlein da Sauber. Mais um péssimo inicio de final de semana para a equipe Williams. Felipe Massa ainda perde 5 posições no grid de largada por não ter respeitado uma bandeira amarela dupla no treino livre pela manhã, o brasileiro portanto larga na última posição.  Lewis Hamilton foi o primeiro piloto a ir para a pista abrindo o Q2. Na sua primeira volta Hamilton bateu o recorde da pista e foi o mais rápido com uma volta de 1:43.539, com pneus ultramacios. Os eliminados no Q2 foram Fernando Alonso da McLaren, Romain Grosjen e Kevin Magnussen ambos da Haas, Carlos Sainz da Toro Rosso e Stoffel Vandoorne da McLaren. A Renault continua evoluindo e colocou os seus dois carros no Q3. Kimi Räikkonen da Ferrari foi o primeiro piloto a entrar na pista na parte final do treino, o Q3. Hamilton com 1:42.907 em sua primeira volta rápida. Na última volta Hamilton confirmou a sua 68° pole position da carreira com uma volta de 1:42.553, com isso Hamilton iguala ao número de pole positions de Michael Schumacher e tem tudo ainda para superar o alemão. Sebastian Vettel da Ferrari conseguiu uma volta excepcional e larga ao lado de Hamilton na primeira fila. Na segunda fila, Valtteri Bottas (Mercedes) na P3 e Kimi Räikkonen da Ferrari na P4. Confira abaixo como ficou o grid de largada para o Grande Prêmio da Bélgica. 

F1: SPA-FRANCORCHAMPS - GRID DE LARGADA
1.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:42.553 (18 voltas)
2.(#5) Sebastian Vettel, Ferrari - 1:42.795 (13 voltas)
3.(#77) Valtteri Bottas, Mercedes - 1:43.094 (19 voltas)
4.(#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - 1:43.270 (11 voltas)
5.(#33) Max Verstappen, Red Bull - 1:43.380 (12 voltas)
6.(#3) Daniel Ricciardo, Red Bull - 1:43.863 (12 voltas)
7.(#27) Nico Hulkenberg, Renault - 1:44.982 (15 voltas)
8.(#11) Sergio Perez, Force India - 1:44.894 (14 voltas)
9.(#31) Esteban Ocon, Force India - 1:45.006 (14 voltas)
10.(#30) Jolyon Palmer, Renault - 1:44.685 (10 voltas
11.(#14) Fernando Alonso, McLaren - 1:45.090 (11 voltas)
12.(#8) Romain Grosjean, Team Haas - 1:45.133 (12 voltas)
13.(#20) Kevin Magnussen, Team Haas - 1:45.400 (12 voltas)
14.(#55) Carlos Sainz, Toro Rosso - 1:45.374 (12 voltas)
15.(#2) Stoffel Vandoorne, McLaren - 1:45.441 (11 voltas)
16.(#19) Felipe Massa, Williams - 1:45.823 (7 voltas)
17.(#26) Daniil Kvyat, Toro Rosso - 1:46.028 (6 voltas)
18.(#18) Lance Stroll, Williams - 1:46.915 (5 voltas)
19.(#9) Marcus Ericsson, Sauber - 1:47.214 (6 voltas)
20.(#94) Pascal Wehrlein, Sauber - 1:47.679 (6 voltas)
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Fórmula 1 2017 

terça-feira, 22 de agosto de 2017

INDYCAR SERIES



Will Power vence em Pocono e Josef Newgarden segue na liderança.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O brasileiro Tony Kanaan fez uma grande largada pulando da P4 para a P2. Na 4° volta Kanaan superou o japonês Takuma Sato e assumiu a liderança da prova. Takuma Sato apesar de ter sido o mais rápido no treino de classificação, o setup para a corrida não se mostrou satisfatório, ele foi perdendo várias posições logo após a largada. Na 12° volta tivemos uma mudança na liderança, Alexander Rossi da Andretti Autosport superou o brasileiro Tony Kanaan da Chip Ganassi Racing. A primeira bandeira amarela aconteceu na volta 23 quando o mexicano Esteban Gutierrez da equipe Dale Coyne Racing tocou de leve no muro. Todos os pilotos aproveitaram e iniciaram o primeiro ciclo de paradas nos boxes. Rossi manteve a liderança após a primeira parada, e Will Power ganhou a posição de Tony Kanaan nos boxes. Ryan Hunter-Reay que sofreu um acidente fortíssimo no treino de classificação e foi para a corrida com dores no quadril e em seu joelho esquerdo largou na P21 e após a primeira parada já voltou para a pista na P6, um desempenho impressionante. Na 30° volta mais uma mudança na liderança, Scott Dixon da Ganassi superou o seu companheiro de equipe, Kanaan e liderou a prova pela primeira vez. Mas quem brilhou mesmo na corrida foi o australiano Will Power da equipe Penske, vindo lá de trás e com uma volta à menos na corrida no final conquistou a sua segunda vitória consecutiva em Pocono. Power suportou uma forte pressão do seu companheiro de equipe, o líder do campeonato Josef Newgarden e cruzou a linha de chegada 0.5 segundos à frente do jovem e talentoso piloto. Power conquistou a sua 32° da carreira superando Dario Franchitti e Paul Tracy na lista de todos os tempos e agora ocupa a nona posição. Power liderou pela primeira vez na volta 154 e após uma parada super rápida nos boxes ele conseguiu voltar na liderança na volta 177. Com a segunda colocação, Josef Newgarden lidera o campeonato e restam apenas três etapas para o final da temporada. Newgarden tem 18 pontos de vantagem sobre Scott Dixon da Chip Ganassi Racing, Dixon terminou na P6 na corrida de domingo. Helinho Castroneves não teve um carro rápido para lutar pela vitória mas conseguiu ainda chegar na P7 e se manteve na terceira colocação do campeonato. Já no próximo sábado acontece mais uma etapa da Indy em Gateway Motorsports Park. Confira a classificação final da prova de Pocono.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - IndyCar Series 2017

domingo, 20 de agosto de 2017

DTM

 Timo Glock e Mike Rockenfeller vencem em Zandvoort na Holanda.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Na primeira corrida do final de semana em Zandvoort, Timo Glock conquistou a sua primeira vitória da temporada. Os três lugares do pódio foram ocupados por carros da BMW. Além da vitória de Glock, Marco Wittmann ficou na P2 e Maxime Martin na P3. Mattias Ekström e Lucas Auer tiveram problemas cedo na corrida e não conseguiram pontuar. Depois do sucesso da BMW no sábado, três pilotos da Audi conquistaram o pódio na corrida de domingo. Mike Rockenfeller conquistou também a sua primeira vitória da temporada, à frente de Loic Duval, Mattias Ekström e Nico Müller. Para a Mercedes, as coias não sairam como planejadas. Com a primeira vitória da temporada Rockenfeller deu um pulo enorme na tabela, com 110 pontos, ele atualmente está na terceira colocação do campeonato, atrás do vice lider René Rast com 114 e Mattias Ekström que lidera com 128 pontos. Na corrida de domingo, Marco Wittmann da BMW cruzou a linha de chegada em primeiro, mas foi desclassificado da prova por não ter combustível residual suficiente no tanque de seu carro, uma grande decepção para o piloto da BMW, pois ele tinha o potencial de ser o maior pontuador do final de semana. René Rast que entrou como líder da temporada após a corrida de sábado não teve um domingo satisfatório. Numa disputa por posição com o piloto da Mercedes-AMG Maro Engel, ele teve a suspensão traseira de seu carro danificada e após 10 das 37 voltas ele teve que abandonar a corrida. Nas voltas finais, o sueco Mattias Ekström foi muito cuidadoso devido à uma baixa na pressão de um de seus pneus, mesmo assim ele ainda conseguiu chegar na P3 e conquistar os pontos que lhe colocaram de volta na liderança do campeonato. Confira abaixo o resultado final das duas corridas da etapa da Holanda.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - DTM 2017

NASCAR CUP SERIES

Kyle Busch faz história em Bristol.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Primeiro Kyle Busch venceu a prova na quarta-feira da Camping World Truck Series, depois na sexta-feira venceu a etapa da Xfinity, e na noite de sábado Busch venceu tambem na principal categoria da Nascar, a Cup Series, tudo isso no oval de apenas 1/2 milha em Bristol. Kyle Busch conseguiu essa mesma performance na temporada de 2010, portanto ele se tornou o único piloto na história da Nascar a conseguir vencer nas três séries duas vezes. Costurando pelo tráfego nas 79 voltas finais sob bandeira verde Busch mostou muita habilidade em se livrar dos retardatários e cruzar a linha de chegada 1.4 segundos à frente de Erik Jones, candidato a novato do ano. Jones em 2018 será companheiro de Kyle Busch na equipe Joe Gibbs Racing. Quando a parte final sob bandeira verde teve inicio na volta 422, depois da oitava amarela da corrida causada pelo forte acidente de Landon Cassill na curva 1, Erik Jones liderava com Bush e Matt Kenseth atrás dele. Kenseth conquistou a P2 na volta 428, mas Busch deu a resposta rapidamente recuperando a segunda colocação e na 445° volta superou Jones assumindo a ponta da prova. Na mesma volta Kenseth tambem ultrapassou Jones. Com apenas duas etapas restando antes do inicio dos playoffs, Kenseth ainda tem duas esperanças, vencer para conquistar a sua vaga ou manter Erik Jones longe da vitória o que lhe daria uma classificação por pontos. Denny Hamlin terminou em terceiro e a Toyota conquistou as quatro primeiras colocações da prova. Na sua última corrida em Bristol, Dale Earnhardt Jr, largou na P31, teve dificuldades em encontrar uma velocidade ideal para o seu carro e terminou apenas na P23, à três voltas do líder. Confira abaixo o resultado final da prova em Bristol.

NASCAR CUP SERIES: BRISTOL - FINAL
1.(18) Kyle Busch, Toyota - 500 voltas
2.(77) Erik Jones, Toyota - 500 voltas
3.(11) Denny Hamlin, Toyota - 500 voltas
4.(20) Matt Kenseth, Toyota - 500 voltas
5.(41) Kurt Busch, Ford - 500 voltas
6.(31) Ryan Newman, Chevrolet - 500 voltas
7.(6) Trevor Bayne, Ford - 500 voltas
8.(4) Kevin Harvick, Ford - 500 voltas
9.(42) Kyle Larson, Chevrolet - 500 voltas
10.(21) Ryan Blaney, Ford - 500 voltas
11.(48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 500 voltas
12.(1) Jamie McMurray, Chevrolet - 500 voltas
13.(22) Joey Logano, Ford - 500 voltas
14.(17) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 500 voltas
15.(19) Daniel Suarez, Toyota - 500 voltas
16.(27) Paul Menard, Chevrolet - 499 voltas
17.(38) David Ragan, Ford - 499 voltas
18.(24) Chase Elliott, Chevrolet - 499 voltas
19.(14) Clint Bowyer, Ford - 499 voltas
20.(95) Michael McDowell, Chevrolet - 499 voltas
21.(78) Martin Truex Jr., Toyota - 499 voltas
22.(47) AJ Allmendinger, Chevrolet - 498 voltas
23.(88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 497 voltas
24.(5) Kasey Kahne, Chevrolet - 497 voltas
25.(10) Danica Patrick, Ford - 496 voltas
26.(32) Matt Dibenedetto, Ford - 496 voltas
27.(37) Chris Buescher, Chevrolet - 496 voltas
28.(83) Corey Lajoie, Toyota - 495 voltas
29.(2) Brad Keselowski, Ford - 493 voltas
30.(7) JJ Yeley, Chevrolet - 493 voltas
31.(55) Gray Gaulding, Chevrolet - 488 voltas
32.(51) BJ McLeod, Chevrolet - 482 voltas
33.(72) Cole Whitt, Chevrolet - 480 voltas
34.(23) Joey Gase, Toyota - 476 voltas
35.(34) Landon Cassill, Ford - 412 voltas **acidente
36.(13) Ty Dillon, Chevrolet - 394 voltas **acidente
37.(43) Aric Almirola, Ford - 390 voltas **acidente
38.(15) Reed Sorenson, Toyota - 352 voltas **transmissão
39.(3) Austin Dillon, Chevrolet - 230 voltas **acidente
40.(33) Jeffrey Earnhardt, Chevrolet - 225 voltas **acidente
-  - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Monster Energy Cup Series 2017

domingo, 13 de agosto de 2017

BTCC

Jason Plato vence a 19° corrida do ano em Knockhill.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Na corrida de abertura da sétima etapa da temporada em Knockhill Jason Plato da equipe Adrian Flux Subaru Racing venceu com uma pilotagem perfeita. Os quatro primeiros colocados foram carros com tração traseira, além da vitória de Plato, vieram na sequência o seu companheiro de equipe Ash Sutton e os dois BMWs de Colin Turkington e Rob Collard. A batalha se manteve dura durante as 24 voltas da prova, com o quarteto separado dos outros concorrentes por uma diferença maior do que um segundo. Sutton foi o único que realmente ameaçou a liderança de Plato e talvez se tivessemos mais algumas voltas na corrida ele conseguiria ultrapassar o seu companheiro de equipe. O novato Senna Proctor dirigiu brilhantemente e conquistou a P7 com o seu Vauxhall Astra da equipe Power Maxed Racing, foi o melhor resultado para o novato na BTCC até agora. Confira abaixo o resultado final da primeira corrida do final de semana, teremos mais duas corridas disputadas nesse domingo.
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - BTCC 2017

NASCAR XFINITY SERIES

 Sam Hornish Jr. domina a prova da Xfinity em Mid-Ohio.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Sam Hornish Jr. sobreviveu ao grande acidente que aconteceu nas últimas voltas em Mid-Ohio e venceu a sua primeira corrida em mais de um ano de seca. Hornish fez somente a sua terceira corrida pela equipe Penske no Ford no. 22 e liderou 61 das 75 voltas em Mid-Ohio Sports Car. A sua emocionante vitória no circuito de 3.633 quilometros em casa, foi a quinta de sua carreira na Xfinity. As suas outras duas corridas do ano terminaram em acidentes, ambas no Speedway de Iowa. Desde 19 de Junho de 2016 quando ele pilotava para a equipe Joe Gibbs Racing que Hornish Jr. não vencia uma corrida. Daniel Hemric liderou a prova três vezes totalizando apenas 8 voltas e conseguiu igualar a sua melhor marca chegando novamente em segundo. O Chevrolet no. 21 da equipe Richard Childress cruzou a linha de chegada 1.3 segundos atras de Hornish Jr. Matt Tifft, James Daviso e Andy Lally fecharam o top 5, os três pilotos conseguiram os melhores resultados de suas carreiras até agora. A corrida teve dois periodos de paralisação no final devido a duas bandeiras vermelhas. Ambos acidentes aconteceram na curva 1, o primeiro com Matt Bell que saiu da pista e bateu forte destruindo a barreira de proteção de pneus e o segundo no final da corrida envolvendo vários carros. O líder da temporada Elliott Sadler conseguiu superar um incidente na parte inicial da corrida para terminar na P6. Sadler assumiu aliderança da prova na volta 18, mele recebeu um toque do carro de Brennan Poole que fez com que ele saisse da pista e caisse para a última colocação no final do primeiro estágio. Poole tambem se envolveu em outro incidente na volta 51, ele tocou de leve no vencedor do primeiro estágio Blake Koch que rodou na curva 5. Ryan Reed, Jeremy Clements, Spencer Gallagher se envolveram no acidente causando a segunda bandeira vermelha da corrida. Restando apenas 5 voltas para terminar a corrida Brendan Gaughan estava na P5 na última relargada e disputou duramente a liderança com Hornish Jr. que não aliviou e obrigou Gaughan a sair da pista passeando na grama, ele perdeu várias posições e mostrou todo o seu descontentamento com Hornish logo após a quadriculada com um leve toque em seu carro. A próxima etapa acontece na sexta-feira no Speedway de Bristol. 

NASCAR XFINITY: MID-OHIO SPORTS CAR COURSE - FINAL
1.(22) Sam Hornish Jr., Ford - 75 voltas
2.(21) Daniel Hemric, Chevrolet - 75 voltas
3.(19) Matt Tifft, Toyota - 75 voltas
4.(20) JD Davison, Toyota - 75 voltas
5.(07) Andy Lally, Chevrolet - 75 voltas
6.(1) Elliott Sadler, Chevrolet - 75 voltas
7.(62) Brendan Gaughan, Chevrolet - 75 voltas
8.(48) Brennan Poole, Chevrolet - 75 voltas
9.(42) Justin Marks, Chevrolet - 75 voltas
10.(28) Dakoda Armstrong, Toyota - 75 voltas
11.(11) Blake Koch, Chevrolet - 75 voltas
12.(39) Ryan Sieg, Chevrolet - 75 voltas
13.(14) JJ Yeley, Toyota - 75 voltas
14.(33) Brandon Jones, Chevrolet - 75 voltas
15.(4) Ross Chastain, Chevrolet - 75 voltas
16.(46) Anthony Kumpen, Chevrolet - 75 voltas
17.(99) David Starr, Chevrolet - 75 voltas
18.(13) Enrique Baca, Dodge - 75 voltas
19.(5) Michael Annett, Chevrolet - 75 voltas
20.(40) Tim Cowen, Ford - 75 voltas
21.(53) Joey Gase, Chevrolet - 75 voltas
22.(3) Scott Lagasse Jr., Chevrolet - 75 voltas
23.(74) Cody Ware, Dodge - 75 voltas
24.(78) Stephen Young, Chevrolet - 75 voltas
25.(9) William Byron, Chevrolet - 67 voltas **acidente
26.(2) Ben Kennedy, Chevrolet - 67 voltas **acidente
27.(24) Dylan Lupton, Toyota - 67 voltas **acidente
28.(18) Regan Smith, Toyota - 67 voltas **acidente
29.(8) Josh Bilicki, Chevrolet - 67 voltas **acidente
30.(0) Garrett Smithley, Chevrolet - 67 voltas **acidente
31.(7) Justin Allgaier, Chevrolet - 67 voltas **acidente
32.(98) Casey Mears, Ford - 64 voltas **motor
33.(16) Ryan Reed, Ford - 57 voltas **acidente
34.(01) Sheldon Creed, Chevrolet - 56 voltas
35.(00) Cole Custer, Ford - 54 voltas
36.(23) Spencer Gallagher, Chevrolet - 51 voltas **acidente
37.(51) Jeremy Clements, Chevrolet - 51 voltas **acidente
38.(90) Matthew Bell, Chevrolet - 15 voltas **acidente
39.(93) Jeff Green, Chevrolet - 9 voltas **transmissão
40.(89) Morgan Shepherd, Chevrolet - 5 voltas **vibração
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - Nascar Xfinity Series 2017

NASCAR TRUCK SERIES

 Bubba Wallace consegue uma vitória emocionante em Michigan.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Darrell Wallace Jr. no seu retorno para disputar uma prova da Camping World Truck Series da Nascar prevaleceu no final e conquistou uma emocionante vitória. Wallace liderou as 11 voltas finais da prova de 100 voltas segurando a pressão gigantesca de Christopher Bell nas duas últimas voltas. Wallace assumiu a liderança da corrida numa manobra linda e ousada na volta No. 90, ele ultrapassou Christopher Bell e Austin Cindric ao mesmo tempo. Líder do campeonato Bell chegou na P2 seguido de Kyle Busch, Ryan Truex e Austin Cindric completando o top 5. O pole position Matt Crafton chegou na P6. Kyle Busch liderou com tranquilidade os dois primeiros estágios da prova totalizando 47 voltas, mas numa relargada na volta 65 ele acabou sofrendo um dano em seu pneu dianteiro do lado esquerdo devido à um contato com outro truck. O acidente foi iniciado pela disputa de três trucks lado a lado com Wallace e Cody Coughlin. Coughlin levou a pior, o seu carro saiu da pista e bateu violentamente contra o muro de proteção interna do Super Speedway. Confira abaixo o resultado completo da prova. 

NASCAR TRUCK SERIES - LTi PRINTING 200 MICHIGAN - FINAL
1. (#99) Darrell Wallace Jr., Chevrolet - 100 voltas
2. (#4) Christopher Bell, Toyota - 100 voltas
3. (#51) Kyle Busch, Toyota - 100 voltas
4. (#16) Ryan Truex, Toyota - 100 voltas
5. (#19) Austin Cindric, Ford - 100 voltas
6. (#88) Matt Crafton, Toyota - 100 voltas
7. (#18) Noah Gragson, Toyota - 100 voltas
8. (#98) Grant Enfinger, Toyota - 100 voltas
9. (#29) Chase Briscoe, Ford - 100 voltas
10. (#24) Justin Haley, Chevrolet - 100 voltas
11. (#27) Ben Rhodes, Toyota - 100 voltas
12. (#33) Kaz Grala, Chevrolet - 100 voltas
13. (#52) Stewart Friesen, Chevrolet - 100 voltas
14. (#02) Tyler Young, Chevrolet - 100 voltas
15. (#44) Austin Wayne Self, Chevrolet - 100 voltas
16. (#45) TJ Bell, Chevrolet - 99 voltas
17. (#49) Wendell Chavous, Chevrolet - 99 voltas
18. (#21) Johnny Sauter, Chevrolet - 99 voltas
19. (#50) Josh Reaume, Chevrolet - 98 voltas
20. (#6) Norm Benning, Chevrolet - 82 voltas **vibração
21. (#13) Cody Coughlin, Toyota - 65 voltas **acidente
22. (#10) Jennifer Jo Cobb, Chevrolet - 48 voltas **motor
23. (#1) Jordan Anderson, Chevrolet - 33 voltas **motor
24. (#63) BJ McLeod, Chevrolet - 16 voltas **vibração
25. (#36) Camden Murphy, Chevrolet - 12 voltas **elétrica
26. (#0) Ray Ciccarelli, Chevrolet - 11 voltas **bomba de combustível
27. (#57) Mike Senica, Chevrolet - 8 voltas **freios
28. (#83) Todd Peck, Chevrolet - 5 voltas **motor
29. (#8) John Hunter Nemechek, Chevrolet - 4 voltas **acidente
30. (#87) Joe Nemecheck, Chevrolet - 2 voltas **vibração
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Nascar Camping World Truck Series 2017

terça-feira, 8 de agosto de 2017

WEATHERTECH SPORTSCAR

 Chip Ganassi Racing vence em Road America na categoria GTLM.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Confira abaixo como ficou o resultado final nas categorias GT Le Mans e GT Daytona da prova disputada no último domingo em Road America pela WeatherTech Sportscar Championship. Muller e Hand venceram a GTLM com o Ford GT No. 66 da equipe Chip Ganassi Racing. Na categoria Dayton o BMW M6 GT3 de Klingmann e Krohn foi o vencedor.  

WEATHERTECH: ROAD AMERICA FINAL - GTLM/GTD
1.(#66) GTLM - D.Mueller/J.Hand, Ford GT - 69 voltas 
2.(#912) GTLM - L.Vanthoor/G.Bruni, Porsche 911 RSR - 69 voltas
3.(#67) GTLM - R.Briscoe/R.Westbrook, Ford GT - 69 voltas
4.(#3) GTLM - J.Magnussen/A.Garcia, Corvette C7.R - 69 voltas
5.(#4) GTLM - O.Gavin/T.Milner, Corvette C7.R - 69 voltas
6.(#25) GTLM - B.Auberlein/A.Sims, BMW M6 GTLM - 69 voltas
7.(#96) GTD - J.Klingmann/J.Krohn, BMW M6 GT3 - 68 voltas
8.(#73) GTD - P.Lindsey/J.Bergmeister, Porsche 911 GT3 R - 68 voltas
9.(#57) GTD - L.Aschenbach/A.Davis, Audi R8 LMS - 68 voltas
10.(#33) GTD - B.Keating/J.Bleekemolen, Mercedes-AMG GT3 - 68 voltas
11.(#63) GTD - C.Nielsen/A.Balzan, Ferrari 488 GT3 - 68 voltas
12.(#48) GTD - B.Sellers/M.Snow, Lamborghini Huracan GT3 - 67 voltas
13.(#54) GTD - J.Bennett/C.Braun, Porsche 911 GT3 - 67 voltas
14.(#14) GTD - S.Karam/R.Alon, Lexus RCF GT3 - 67 voltas
15.(#50) GTD - C.MacNeil/G.Jeannette, Porsche 911 GT3 - 67 voltas
16.(#15) GTD - J.Hawksworth/S.Pruett, Lexus RCF GT3 - 67 voltas
17.(#24) GTLM - J.Edwards/M.Tomczyk, BMW M6 GTLM - 67 voltas
18.(#28) GTD - D.Morad/M.de Quesada, Porsche 911 GT3 - 66 voltas
19.(#75) GTD - T.Vautier/K.Habul, Mercedes-AMG GT3 - 64 voltas
20.(#16) GTD - J.Mul/C.Lewis, Lamborghini Huracan GT3 - 64 voltas
21.(#911) GTLM - P.Pilet/D.Werner, Porsche 911 RSR - 60 voltas
22.(#86) GTD - J.Segal/O.Negri Jr., Acura NSX GT3 - 55 voltas
23.(#93) GTD - A.Lally/K.Legge, Acura NSX GT3 - 47 voltas
- - - - - - - - - - - - - - - - - WeatherTech Sportscar Championship 2017 

WEATHERTECH SPORTSCAR

O brasileiro Pipo Derani vence em Road America.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Na corrida de domingo com duração de 2 horas e 40 minutos em Road America o brasileiro  Pipo Derani junto com o seu parceiro Johannes van Overbeek quebraram uma sequência de sete vitórias da Cadillac, com o Nissan No. 22 da equipe Tequila Patrón. Derani assumiu a liderança da prova quando Stephen Simpson entrou para uma parada nos boxes no Oreca LM No. 85 da equipe JDC-Miller Motorsports com apenas 25 minutos para terminar a corrida. Derani teve que ainda aguentar a pressão do Cadillac No. 10 Konica Minolta de Jordan Taylor e cruzar a linha de chegada com 2.3 segundos de vantagem. Entretanto a manobra que determinou a vitória do brasileiro veio numa relargada com 40 minutos de prova ainda para terminar. Derani ultrapassou Taylor na curva 1 assumindo a P2, o Oreca de Simpson estava numa estratégia diferente de combustível e seria obrigado a parar mais uma vez, o que aconteceu mais tarde. Foi a terceira vitória de Derani na WeatherTech e a primeira com van Overbeek como parceiro. Os irmãos Taylor com a P2 desse domingo conquistaram o sexto pódio da temporada. Ricky Taylor largou na pole position e junto com o seu irmão mais novo, Jordan Taylor lideraram a primeira hora e 45 minutos antes do ciclo final de pit stops. A equipe Tequila Patrón ESM terminou com dois carros no pódio, além do vencedor o carro No. 2 dos pilotos Ryan Dalziel e Scott Sharp terminaram na P3. Dane Cameron e Eric Curran que venceram as duas últimas corridas em Road America terminaram na P4. Simpson que liderava com um carro da LMP2 teve que fazer uma parada de emergência para reabastecer durante a última bandeira amarela que causou a perda da liderança. A próxima etapa da WeatherTech para protótipos acontece em Laguna Seca no dia 24 de Setembro. 

WEATHERTECH: ROAD AMERICA FINAL
1.(#22) J.van Overbeek/L.Derani, Nissan DPi - 71 voltas, 2:40:35.461
2.(#10) R.Taylor/J.Taylor, Cadillac DPi - +2.356
3.(#2) S.Sharp/R.Dalziel, Nissan DPi - +2.718
4.(#31) D.Cameron/E.Curran, Cadillac Dpi - +5.385
5.(#90) M.Goossens/R.van Der Zande, Ligier LMP2 - +6.999
6.(#5) J.Barbosa/C.Fittipaldi, Cadillac DPi - +9.714
7.(#52) J.Gutierrez/O.Pla, Ligier LMP2 - +11.219
8.(#85) M.Goikhberg/S.Simpson, Oreca LMP2 - +1:37.992
- - - - - - - - - - - - - - - - - WeatherTech Sportscar Championship 2017

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

NASCAR CUP SERIES

Martin Truex Jr. consegue uma vitória emocionante em Watkins Glen.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Na volta 77 Martin Truex Jr deixou Brad Keselowski ultrapassá-lo seguindo as instruções do chefe de equipe Cole Pearn, na volta seguinte ainda seguindo as orientações de Pearn ele tambem deixou Ryan Blaney ultrapassá-lo. Naquele momento da corrida Martin Truex Jr estava economizando combustível acreditando que tanto Keselowski como Blaney seriam obrigados a entrar nos boxes para um ''splash and go''. Aconteceu exatamente como o planejado, Keselowski entrou na volta 87 e Blaney na volta seguinte para o reabastecimento. Truex assumiu a liderança com apenas 2 voltas restando para terminar a corrida e aguentou a forte pressão de Matt Kenseth que necessitava desesperadamente de uma vitória para cruzar a linha de chegada em primeiro. Daniel Suarez terminou na P3 registrando a melhor classificação de sua carreira. O pole position Kyle Busch liderou 20 voltas da corrida e venceu o primeiro estágio, mas uma parada desastrosa nos boxes onde ele perdeu a sua roda dianteiro do lado esquerdo, arruinou as suas chances de vitória. Apesar desse incidente, Buschinho ainda conseguiu abrir caminho e chegar na P10, mas novamente após uma relargada na volta 45, Busch e Keselowski se tocaram na chicane bus stop e ambos sairam da pista. Busch terminou na P7 e Keselowski na P15. A próxima etapa acontece no super oval de Michigan no próximo domingo. Restam ainda 4 provas para definir os 16 pilotos classificados para os Playoffs. 

NASCAR CUP SERIES: WATKINS GLEN - FINAL
1. (#78) Martin Truex Jr., Toyota - 90 voltas
2. (#20) Matt Kenseth, Toyota - 90 voltas
3. (#19) Daniel Suarez, Toyota - 90 voltas
4. (#11) Denny Hamlin, Toyota - 90 voltas
5. (#14) Clint Bowyer, Ford - 90 voltas
6. (#41) Kurt Busch, Ford - 90 voltas
7. (#18) Kyle Busch, Toyota - 90 voltas
8. (#21) Ryan Blaney, Ford - 90 voltas
9. (#47) AJ Allmendinger, Chevrolet - 90 voltas
10. (#77) Erik Jones, Toyota - 90 voltas
11. (#37) Chris Buescher, Chevrolet - 90 voltas
12. (#95) Michael McDowell, Chevrolet - 90 voltas
13. (#24) Chase Elliott, Chevrolet - 90 voltas
14. (#1) Jamie McMurray, Chevrolet - 90 voltas
15. (#2) Brad Keselowski, Ford - 90 voltas
16. (#5) Kasey Kahne, Chevrolet - 90 voltas
17. (#4) Kevin Harvick, Ford - 90 voltas
18. (#27) Paul Menard, Chevrolet - 90 voltas
19. (#13) Ty Dillon, Chevrolet - 90 voltas
20. (#17) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 90 voltas
21. (#43) Aric Almirola, Ford - 90 voltas
22. (#10) Danica Patrick, Ford - 90 voltas
23. (#42) Kyle Larson, Chevrolet - 90 voltas
24. (#22) Joey Logano, Ford - 90 voltas
25. (#31) Ryan Newman, Chevrolet - 90 voltas
26. (#3) Austin Dillon, Chevrolet - 90 voltas
27. (#38) David Ragan, Ford - 90 voltas
28. (#32) Matt DiBenedetto, Ford - 90 voltas
29. (#48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 90 voltas
30. (#33) Boris Said, Chevrolet - 89 voltas
31. (#15) Gary Klutt, Chevrolet - 89 voltas
32. (#83) Brett Moffitt, Toyota - 89 voltas
33. (#23) Corey Lajoie, Toyota - 89 voltas
34. (#72) Cole Whitt, Chevrolet - 81 voltas
35. (#6) Trevor Bayne, Ford - 80 voltas
36. (#34) Landon Cassill, Ford - 78 voltas
37. (#88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 22 voltas **Motor
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Monster Energy Nascar Cup Series 2017

STOCK CAR



Felipe Fraga e Átila Abreu brilham na primeira corrida no Velo Città.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Pela primeira vez o circuito de Velo Città recebu uma etapa da principal categoria do automobilismo do país. Na primeira corrida, Felipe Fraga da equipe Cimed largou na P3 e venceu a corrida. Fraga ultrapassou Daniel Serra logo após a largada, e assumiu a liderança quando Átila Abreu teve um pneu de seu carro furado. Felipe também deu muita sorte pois ele entrou nos boxes para reabastecer o seu carro no exato momento em que o carro de segurança entrou na pista impossibilitando que outros pilotos entrassem para realizar o reabastecimento e troca de pneus. O companheiro de equipe de Fraga, Cacá Bueno tambem fez uma excelente corrida, largando da P13 ele chegou em segundo. Vítor Genz da equipe Eisenbahn Racing Team completou o pódio chegando na P3. Átila Abreu venceu a segunda corrida de ponta a ponta, com Daniel Serra em segundo e Gabriel Casagrande em terceiro completando o pódio. Com os resultados do final de semana Daniel Serra segue na liderança com 209 pontos seguido por Thiago Camilo com 192 pontos e Átila Abreu agora é o terceiro com 167 pontos. 

STOCK CAR: VELO CITTÀ - CORRIDA 1
1.(#40) Felipe Fraga, Cimed Racing - 25 voltas , 42:11.051
2.(#0) Cacá Bueno, Cimed Racing - +1.856
3.(#46) Vítor Genz, Eisenbahn Racing Team - +3.122
4.(#21) Thiago Camilo, Ipiranga Racig - +4.248
5.(#1) Antonio Pizzonia, Prati-Donaduzzi Racing - +5.367
6.(#28) Galid Osman, Ipiranga Racing - +6.465
7.(#73) Sergio Jimenez, Bardahl Hot Car - +9.158
8.(#29) Daniel Serra, Eurofarma RC - +9.545
9.(#83) Gabriel Casagrande, Vogel Motorsport - +9.855
10.(#51) Átila Abreu, Shell Racing - +10.143
11.(#4) Julio Campos, Prati-Donaduzzi Racing - +10.791
12.(#25) Tuka Rocha, RCM Motorsport - +11.618
13.(#18) Allam Khodair, Full Time Sports - +17.769
14.(#77) Valdeno Brito, Eisenbahn Racing Team - +21.462
15.(#12) Lucas Foresti, Full Time Academy - +21.966
16.(#111) Rubens Barrichello, Full Time Sports - +35.037
17.(#10) Ricardo Zonta, Shell Racing - +36.520
18.(#9) Guga Lima, Bardahl Hot Car - +42.817
19.(#90) Ricardo Mauricio, Eurofarma RC - +53.865
20.(#8) Rafael Suzuki, Cavaleiro Sports - +57.047
21.(#70) Diego Nunes, Hero Motorsport - +1:10.351
22.(#5) Denis Navarro, Cimed Racing Team - +1:11.818
23.(#3) Bia Figueiredo, Full Time Academy - +1:24.102
24.(#188) Beto Monteiro, Scuderia Colon - +1 volta
25.(#117) Guilherme Salas, Vogel Motorsport  - +4 voltas
26.(#30) César Ramos, Blau Motorsport - +10 voltas
27.(#44) Betinho Valério, Hero Motorsport  - +13 voltas
28.(#31) Marcio Campos, Blau Motorsport - +14 voltas
29.(#110) Felipe Lapenna, Cavaleiro Sports - +22 voltas
30.(#65) Max Wilson, RCM Motorsport - +22 voltas
31.(#80) Marcos Gomes, Cimed Racing - +22 voltas
STOCK CAR: VELO CITTÀ - CORRIDA 2
1.(#51) Átila Abreu, Shell Racing - +27 voltas, 42:15.424
2.(#29) Daniel Serra, Eurofarma RC - +0.824
3.(#83) Gabriel Casagrande, Vogel Motorsport - +11.889
4.(#21) Thiago Camilo, Ipiranga Racing - +12.395
5.(#4) Julio Campos, Prati-Donaduzzi Racing - +23.949
6.(#1) Antonio Pizzonia, Prati-Donaduzzi Racing - +26.999
7.(#30) César Ramos, Blau Motorsport - +29.126
8.(#18) Allam Khodair, Full Time Sports - +30.533
9.(#46) Vítor Genz, Eisenbahn Racing Team - +33.224
10.(#0) Cacá Bueno, Cimed Racing - +34.817
11.(#10) Ricardo Zonta, Shell Racing - +35.235
12.(#117) Guilherme Salas, Vogel Motorsport - +40.151
13.(#80) Marcos Gomes, Cimed Racing - +41.821
14.(#25) Tuka Rocha, RCM Motorsport - +42.525
15.(#77) Valdeno Brito, Eisenbahn Racing Team - +43.071
16.(#40) Felipe Fraga, Cimed Racing Team - +43.165
17.(#8) Rafael Suzuki, Cavaleiro Sports - +46.238
18.(#70) Diego Nunes, Hero Motorsport - +47.154
19.(#28) Galid Osman, Ipiranga Racing - +51.838
20.(#188) Beto Monteiro, Scuderia Colon - +52.962
21.(#9) Guga Lima, Bardahl Hot Car - +57.903
22.(#3) Bia Figueiredo, Full Time Academy - +58.904
23.(#12) Lucas Foresti, Full Time Academy - +1:18.573
24.(#90) Ricardo Mauricio, Eurofarma RC - +7 voltas
25.(#31) Marcio Campos, Blau Motorsport - +11 voltas
26.(#73) Sergio Jimenez, Bardahl Hot Car - +18 voltas
27.(#110) Felipe Lapenna, Cavaleiro Sports - +26 voltas
28.(#111) Rubens Barrichello, Full Time Sports - +26 voltas
29.(#5) Denis Navarro, Cimed Racing Team
30.(#44) Betinho Valério, Hero Motorsport
31.(#65) Max Wilson, RCM Motorsport
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Stock Car 2017 

domingo, 6 de agosto de 2017

CONTINENTAL TIRE SPORTSCAR

 Dean Martin e Jack Roush Jr vencem em prova interrompida pela chuva.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Com 40 minutos ainda restando para terminar a corrida a direção da IMSA decidiu trazer os carros para o pit lane e dar a bandeira vermelha devido a tempestade de raios que caia sobre a região do circuito. Apesar das condições climáticas eventualmente terem melhorada não havia mais tempo hábil para se terminar a corrida, decidiu-se então pelo encerramento da prova. Como resultado, na categoria Gran Street (GS) a vitória ficou com o Ford Mustang No. 59 da equipe KohR Motorsports da dupla de pilotos Dean Martin e Jack Roush Jr. Foi a terceira vitória da temporada para a KohR Motorsports. Pela terceira corrida consecutiva Dillon Machavern e Dylan Murcott terminaram na P2 com o Porsche Cayman GT4 MR No. 28. Fechando o pódio ficou a McLaren GT4 No. 69 de Chris Green e Jesse Lazare da Motorsports In Action. A bandeira vermelha acabou substituindo a segunda bandeira amarela da corrida quando o Aston Martin Vantage No. 99 de Charlie Putnam saiu da písta e ficou parada na grama no exato momento em que os carros completavam mais um ciclo de paradas nos boxes. O resultado final da corrida não favoreceu os líderes do campeonato. Trend Hindman e Cameron Cassels terminaram na P8 no Porsche Cayman GT4 No. 12 da equipe Bodymotion Racing, logo após a primeira parada da equipe. Para os vice -líderes do campenato, Paul Holton e Matt Plumb o que começou com um final de semana promissor terminou num total desapontamento antes mesmo do inicio da corrida. Holton conquistou a terceira pole position da temporada no sábado de manhã, mas a McLaren GT4 No. 4 não conseguiu se alinhar no grid antes da corrida e teve que largar na última colocação. Pra piorar, um problema elétrico na volta de aquecimento fez com o carro parasse na pista, eventualmente eles terminaram na P13. Na categoria Street Tuner (ST) Chad McCumbee e Stevan McAleer no Maxda MX5 No. 25 da equipe Freedom Autosport conquistou a sua segunda vitória consecutiva na temporada após vencer em Lime Rock duas semanas atrás. Os companheiros de equipe Freedom, Britt Casey Jr. e Tom Long fizeram a dobradinha com o Mazda MX5 No. 27 chegando na P2. Essa foi a primeira corrida para Tom Long na ST depois de competir com os protótipos da Mazda na WeatherTech. Os líderes do campeonato, Jeff Mosing e Eric Foss terminaram na P3 fechando o pódio da categoria. Os quatro carros líderes da prova já tinham completado o ciclo de paradas para troca de pneus e reabastecimento, antes da bandeira vermelha James Clay no BMW 328i No. 84 tinha liderado a maior parte da corrida. A Continental Tire Challenge segue agora para a Virginia no próximo dia 26 de Agosto. Confira o resultado completo da prova de ontem. 

CTC: 7° ETAPA - ROAD AMERICA - FINAL
1. (#59-GS) Jack Roush Jr./Dean Martin, Ford Mustang - 25 voltas, 2:22.366
2. (#28-GS) Dillon Machavern/Dylan Murcott, Porsche Cayman GT4MR - 25 voltas
3. (#69-GS) Jesse Lazare/Christopher Green, McLaren GT4 - 25 voltas
4. (#57-GS) Matt Bell/Robin Lindell, Camaro GT4.R - 25 voltas
5. (#77-GS) Mathew Keegan/Nico Rondet, McLaren GT4 - 25 voltas
6. (#33-GS) Till Bechtolsheimer/Marc Miller, Porsche Cayman GT4 - 25 voltas
7. (#35-GS) Russell Ward/Damien Faulkner, Porsche Cayman GT4 - 25 voltas
8. (#12-GS) Trent Hindman/Cameron Cassels, Porsche Cayman GT4 - 25 voltas
9. (#21-GS) Moritz Kranz/Gabriele Piana, Porsche Cayman GT4 - 25 voltas
10. (#25-ST) Steven McAleer/Chad McCumbee, Mazda MX-5 - 25 voltas
11. (#27-ST) Tom Long/Britt Casey Jr., Mazda MX-5 - 25 voltas
12. (#56-ST) Jeff Mosing/Eric Foss, Porsche Cayman - 25 voltas
13. (#17-ST) Spencer Pumpelly/Nick Galante, Porsche Cayman - 25 voltas
14. (#73-ST) Derek Jones/Mat Pombo, Mini JCW - 25 voltas
15. (#84-ST) Tyler Cook/James Clay, BMW 328i - 25 voltas
16. (#37-ST) James Vance/Mike LaMarra, Mini JCW - 25 voltas
17. (#52-ST) Nate Norenberg/Chris Miller, Mini JCW - 25 voltas
18. (#31-ST) Drake Kemper/Colin Thompson, Porsche Cayman - 25 voltas
19. (#18-ST) Aurora Straus/Connor Bloum, Porsche Cayman - 25 voltas
20. (#81-ST) Ari Balogh/Greg Liefooghe, BMW 328i - 25 voltas
21. (#65-ST) Justin Piscitell/Tim Probert, Porsche Cayman - 25 voltas
22. (#26-ST) Liam Dwyer/Andrew Carbonell, Mazda MX-5 - 25 voltas
23. (#34-ST) Christopher Stone/Christian Szymczak, Mazda MX-5 - 25 voltas
24. (#68-GS) Kenny Wilden/Rod Randall, McLaren GT4 - 24 voltas
25. (#54-ST) Stephen Simpson/Michael Johnson, BMW 328i - 24 voltas
26. (#44-ST) Owen Trinkler/Sarah Cattaneo, Nissan Altima - 24 voltas
27. (#75-ST) Roy Block/Pierre Kleinubing, Audi S3 - 24 voltas
28. (#3-GS) Craig Lyons/Kris Wilson, Aston Martin Vantage - 22 voltas
29. (#99-GS) Charles Espenlaub/Charlie Putman, Aston Martin Vantage - 22 voltas
30. (#76-GS) Paul Holton/Matt Plumb, McLaren GT4 - 11 voltas
31. (#7-GS) Alan Brynjolfsson/Chris Hall, Ford Mustang - 0 voltas
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Continental Tire Sportscar Challenge 2017

sábado, 5 de agosto de 2017

NASCAR XFINITY SERIES

Kyle Busch vence pela Xfinity em Watkins Glen.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Kyle Busch superou uma penalidade após o estágio 1 da prova e conquistou a sua primeira vitória em Watkins Glen pela Xfinity Series da Nascar nesse sábado. Restando apenas três voltas Buschinho teve uma ótima relargada e teve habilidade para segurar a dupla da equipe Penske, Brad Keselowski e Joey Logano que vinham logo atrás dele. Foi a 4° vitória da temporada e a 90° da carreira na Xfinity. Ele liderou 43 voltas. Busch liderou praticamente o primeiro estágio mas no finalzinho ele acabou rodando na curva 1 e deu a liderança para Brad Keselowski que venceu o primeiro estágio. Entrando para a sua parada sob bandeira amarela após o término do primeiro estágio, Busch foi penalizado por não parar o carro na posição correta. Logano terminou em segundo e Keselowski em terceiro, Justin Allgaier veio na P4 e Paul Menard em 5°. No segundo estágio Paul Menard foi o vencedor aguentando a pressão de Joey Logano. O líder do campeonato, Elliott Sadler terminou na P18 apenas. Na próxima semana a temporada continua em mais um circuito misto, Mid-Ohio. 

NASCAR XFINITY: WATKINS GLEN - FINAL
1. (#18) Kyle Busch, Toyota - 82 voltas
2. (#12) Joey Logano, Ford - 82 voltas
3. (#22) Brad Keselowski, Ford - 82 voltas
4. (#7) Justin Allgaier, Chevrolet - 82 voltas
5. (#2) Paul Menard, Chevrolet - 82 voltas
6. (#41) Kevin Harvick, Ford - 82 voltas
7. (#3) Ty Dillon, Chevrolet - 82 voltas
8. (#20) Erik Jones, Toyota - 82 voltas
9. (#62) Brendan Gaughan, Chevrolet - 82 voltas
10. (#9) William Byron, Chevrolet - 82 voltas
11. (#21) Daniel Hemric, Chevrolet - 82 voltas
12. (#00) Cole Custer, Ford - 82 voltas
13. (#19) Matt Tifft, Toyota - 82 voltas
14. (#33) Brandon Jones, Chevrolet - 82 voltas
15. (#16) Ryan Reed, Ford - 82 voltas
16. (#5) Michael Annett, Chevrolet - 82 voltas
17. (#48) Brennan Poole, Chevrolet - 82 voltas
18. (#1) Elliott Sadler, Chevrolet - 81 voltas
19. (#4) Ross Chastain, Chevrolet - 81 voltas
20. (#24) Dylan Lupton, Toyota - 81 voltas
21. (#28) Dakoda Armstrong, Toyota - 81 voltas
22. (#11) Blake Koch, Chevrolet - 81 voltas
23. (#01) Harrison Rhodes, Chevrolet - 81 voltas
24. (#0) Garrett Smithley, Chevrolet - 81 voltas
25. (#98) Casey Mears, Ford - 80 voltas
26. (#07) Devin Jones, Chevrolet - 80 voltas
27. (#39) Ryan Sieg, Chevrolet - 80 voltas
28. (#8) Josh Bilicki, Chevrolet - 79 voltas
29. (#52) Joey Gase, Chevrolet - 79 voltas
30. (#99) David Starr, Chevrolet - 79 voltas
31. (#40) Enrique Baca, Toyota - 78 voltas
32. (#23) Spencer Gallagher, Chevrolet - 67 voltas
33. (#90) Brian Henderson, Chevrolet - 59 voltas **Ignição
34. (#74) Cody Ware, Dodge - 52 voltas **Embreagem
35. (#51) Jeremy Clements, Chevrolet - 36 voltas **Suspensão
36. (#78) Stephen Young, Chevrolet - 33 voltas **Transmissão
37. (#13) Timmy Hill, Dodge - 27 voltas **Superaquecimento
38. (#93) Jeff Green, Chevrolet - 26 voltas **Chassis
39. (#14) JJ Yeley, Toyota - 16 voltas **Motor
40. (#42) KYle Larson, Chevrolet - 12 voltas **Motor
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - Nascar XFinity Series 2017

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

FORMULA 1

No último dia de testes na Hungria Lando Norris e Robert Kubica surpreendem.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A Fórmula 1 entrou no período de férias, mas as equipes trabalharam bastante nessa semana no circuito de Hungaroring. O polônes Robert Kubica retornou a Fórmula 1 de maneira convincente. Após sofrer um grave acidente numa prova de Rally em 2011 que lesionou severamente o seu braço direito, Kubica foi o quarto piloto mais rápido no último dia de treinos na Hungria. A melhor volta de Kubica foi de 1:18.572 com o Renault, 1.4 segundos mais lento do que Sebastian Vettel que dominou o treino. Em comparação com o tempo de classificação de Jolyon Palmer (1:18.415) ele ficou bem próximo com pneus ultramacios. Todos estavam preocupados com a forma fisica do piloto mas Kubica deu nada mais nada menos do que 142 voltas no circuito, o segundo do dia atrás de Lucas Ghiotto que deu impressionantes 161 voltas na sua estréia pela Williams. O jovem piloto de apenas 17 anos Lando Norris também impressionou na sua estréia pela McLaren, ficando à apenas 0.261 segundos de Vettel sendo o segundo mais rápido do dia. Kimi Räikkonen dividiu o cockpit com Sebastian Vettel, conseguindo ser o terceiro mais rápido em 60 voltas. A Force India utilizou nos testes dois pilotos de categorias diferentes, Lucas Auer da DTM conseguiu o quinto tempo do dia pela manhã antes de entregar o carro para Nikita Mazepin no inicio da tarde. O russo da F3 terminou em nono, atras do líder da GP3 George Russell na Mercedes. Outros jovens pilotos foram vistos na pista como Pierre Gasly na Red Bull, Lucas Ghiotto na Williams, Santino Ferrucci na Haas e o vencedor da prova na F2 no último final de semana, Nobuharu Matsushita fazendo a sua estréia na péssima equipe da Sauber. Confira abaixo o resultado final dos treinos na Hungria.

FÓRMULA 1: TESTES NA HUNGRIA
1. Sebastian Vettel, Ferrari - 1:17.124 (40 voltas)
2. Lando Norris, McLaren - 1:17.385, +0.261 (91 voltas)
3. Kimi Räikkonen, Ferrari - 1:17.842, +0.718 (60 voltas)
4. Robert Kubica, Renault - 1:18.572, +1.448 (142 voltas)
5. Carlos Sainz, Toro Rosso - 1:18.850, +1.762 (68 voltas)
6. Daniil Kvyat, Toro Rosso - 1:19.116, +1.992 (54 voltas)
7. Lucas Auer, Force India - 1:19.242, +2.118 (49 voltas)
8. George Russell, Mercedes - 1:19.391, +2.267 (90 voltas)
9. Nikita Mazepin, Force India - 1:19.692, +2.568 (48 voltas)
10. Pierre Gasly, Red Bull - 1:20.337, +3.213 (107 voltas)
11. Lucas Ghiotto, Williams - 1:20.414, +3.290 (161 voltas)
12. Santino Ferrucci, Team Haas - 1:20.994, +3.870 (116 voltas)
13. Nobuharu Matsushita, Sauber - 1:21.998, +4.874 (121 voltas)
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Formula 1 2017

segunda-feira, 31 de julho de 2017

INDYCAR SERIES

 Josef Newgarden consegue a vitória em Mid-Ohio e é o novo líder do campeonato.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Newgarden se tornou o segundo piloto na temporada a vencer duas corridas seguidas. Nesse domingo de maneira dominante o jovem e talentoso piloto da equipe Penske venceu a corrida e assumiu a liderança da temporada. Newgarden liderou 73 das 90 voltas no circuito de Mid-Ohio (2.258 milhas) e recebeu a bandeira quadriculada com uma vantagem de 5.1 segundos do seu companheiro de equipe, o australiano Will Power. O piloto de apenas 26 anos largou na P2 e fez uma ultrapassagem sensacional na 13° volta sobre o veterano Will Power que largou na pole position. Depois disso Newgarden jamais foi ameaçado por outro piloto, mesmo nas relargadas após bandeiras amarelas. Foi a terceira vitória de Newgarden na temporada e a sexta de sua carreira. O piloto local Graham Rahal (Rahal Letterman Lanigan Racing) completou o pódio chegando na P3. Pela primeira vez na temporada Newgarden lidera o campeonato, sete pontos à frente do brasileiro Helinho Castroneves também da equipe Penske que terminou na P7. Scott Dixon da Chip Ganassi Racing que entrou na corrida como o líder do campeonato terminou na P9 e caiu para a terceira colocação, oito pontos atrás de Newgarden. A única bandeira amarela aconteceu na volta 67 quando Ed Jones (Dale Coyne Racing) rodou e ficou parado na grama na curva 9, mesmo assim Newgarden na relargada não foi ameaçado. A próxima etapa da temporada acontece no dia 20 de Agosto em Pocono. Confira abaixo o resultado oficial da prova.
 
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -IndyCar Series 2017

domingo, 30 de julho de 2017

FORMULA E

Lucas Di Grassi conquista o titulo da temporada em Montreal.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Jean-Eric Vergne da equipe Techeetah venceu a segunda corrida da etapa final em Montreal, mas quem fez a festa mesmo foi o brasileiro Lucas Di Grassi que conquistou o título da temporada com a sétima colocação. Após a punição de Sebastien Buemi na prova de ontem a vida do brasileiro ficou bem mais fácil para esse domingo. Di Grassi disputou a super pole mas cometeu um erro e acabou largando na P5. Com 18 pontos de vantagem no campeonato antes da corrida Lucas administrou com tranquilidade essa diferença e bastou terminar a corrida na P7 para se sagrar campeão da segunda temporada da Fórmula E. Felix Rosenqvist da Mahindra Racing chegou em segundo e fechando o pódio da última corrida do ano veio o piloto argentino José Maria Lopez da equipe DS Virgin Racing. Sebastién Buemi da Renault e.Dams largou apenas na 14° posição do grid, teve problemas logo após a largada e acabou caindo para a última colocação. Buemi ainda se recuperou e terminou na P11 mas fora da zona de pontuação. É o segundo título para o Brasil nessa nova categoria que está fazendo realmente muito sucesso. A Mercedes e a Porsche já confirmaram que irão disputar a categoria em breve. Lucas Di Grassi em dois anos de Fórmula E conquistou seis vitórias e chegou 20 vezes a conquistar uma posição no pódio, conquistou ainda 3 pole positions e anotou no total 467 pontos. Di Grassi disputou o título do ano passado contra outro brasileiro, Nelsinho Piquet que acabou se sagrando o primeiro campeão da Fórmula E. 

Fórmula E: 12° Corrida - Montreal
1. (#25) Jean-Eric Vergne, Techeetah - 37 voltas
2. (#19) Felix Rosenqvist, Mahindra Racing - +0.896
3. (#37) Jose Maria Lopez, DS Virgin Racing - +4.468
4. (#2) Sam Bird, DS Virgin Racing - +7.114
5. (#23) Nick Heidfeld, Mahindra Racing - +21.933
6. (#66) Daniel Abt, ABT Schaeffler Audi Sport - +24.444
7. (#11) Lucas Di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport - +24.855
8. (#33) Stephane Sarrazin, Techeetah - +26.038
9. (#7) Jerome D'Ambrosio, Faraday Future Dragon Racing - +28.282
10. (#4) Tom Dillmann, Venturi Formula E - +28.591
11. (#9) Sebastién Buemi, Renault e.Dams - +35.170
12. (#20) Mitch Evans, Panasonic Jaguar Racing - +36.548
13. (#27) Robert Frijns, Andretti Formula E - +36.826
14. (#47) Adam Carroll, Panasonic Jaguar Racing - +36.972
15. (#28) Antonio Felix da Costa, Andretti Formula E - +39.720
16. (#3) Nelsinho Piquet, NEXTEV NIO - +46.751
17. (#88) Oliver Turvey, NEXTEV NIO - +49.116
18. (#5) Maro Engel, Venturi Formula E - +1:33.530
19. (#6) Loic Duval, Faraday Future Dragon Racing - +3 voltas
** Não classificados **
(#8) Nicolas Prost, Renault e.Dams
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - Formula E 2017 

FORMULA 1

 Sebastian Vettel vence com tranquilidade na Hungria e amplia a liderança.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A Mercedes não teve resposta para o desempenho superior da Ferrari. Sebastian Vettel dominou amplamente a corrida da largada até a bandeira quadrículada com muita tranquilidade. Kimi Räikkonen chegou em segundo e Valtteri Bottas da Mercedes em terceiro depois de ganhar a posição de Lewis Hamilton na última volta. Max Verstappen da Red Bull foi penalizado em 10 segundos por ter batido no carro do seu companheiro de equipe Daniel Ricciardo, mas mesmo assim ficou na quinta colocação. Fernando Alonso conquistou o melhor resultado da temporada para a McLaren terminando na P6, ele acabou levando a melhor após uma longa batalha com a Toro Rosso de Carlos Sainz. No inicio da corrida as duas Ferraris sumiram da vista dos outros pilotos, Bottas fez uma ótima largada e pulou para a P3 enquanto que Lewis Hamilton caiu para a P5 ficando atrás de Verstappen. Quando Lewis Hamilton começou a melhorar o seu desempenho com pneus macios a equipe deu a ordem para Bottas deixá-lo ultrapassar. Hamilton começou a diminuir a diferença para Räikkonen. Räikkonen estava mais rápido do que Vettel e chegou a comentar pelo rádio que seria melhor Vettel deixá-lo ultrapassar para que ele não tivesse que lhe dar com a pressão da Mercedes de Hamilton. No final da corrida a equipe Mercedes cumpriu o que prometeu para Bottas, deu a ordem para que Hamilton deixasse ele passar para reconquistar o seu lugar no pódio. A vitória de Vettel aumentou a diferença na tabela de classificação. Vettel tem agora 202 pontos contra 188 de Hamilton, uma diferença de 14 pontos. Valtteri Bottas corre por fora na disputa e está em terceiro com 169 pontos. Com o excelente resultado conquistado por Alonso, a McLaren finalmente supera a equipe Sauber e deixa a lanterna do campeonato. 

F1: Grande Prêmio da Hungria - Final
1. (#5) Sebastian Vettel, Ferrari - 70 voltas, 1:39:46.713 (25 pontos)
2. (#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - +0.908 (18 pontos)
3. (#77) Valtteri Bottas, Mercedes - +12.462 (15 pontos)
4. (#44) Lewis Hamilton, Mercedes - +12.885 (12 pontos)
5. (#33) Max Verstappen, Red Bull - +13.276 (10 pontos)
6. (#14) Fernando Alonso, McLaren - +71.223 (8 pontos)
7. (#55) Carlos Sainz, Toro Rosso - +1 volta (6 pontos)
8. (#11) Sergio Perez, Force India - +1 volta (4 pontos)
9. (#31) Esteban Ocon, Force India -  +1 volta (2 pontos)
10. (#2) Stoffel Vandoorne, McLaren - +1 volta (1 ponto)
11. (#26) Daniil Kvyat, Toro Rosso - +1 volta
12. (#30) Jolyon Palmer, Renault - +1 volta
13. (#20) Kevin Magnussen, Team Haas - +1 volta
14. (#18) Lance Stroll, Williams - +1 volta
15. (#94) Pascal Wehrlein, Sauber - +2 voltas
16. (#9) Marcus Ericsson, Sauber - +2 voltas
17. (#27) Nico Hulkenberg, Renault - abandono
** Não classificados **
(#40) Paul Di Resta, Williams
(#8) Romain Grosjean, Team Haas
(#3) Daniel Ricciardo, Red Bull
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Formula 1 2017

NASCAR XFINITY SERIES

Ryan Preece conquista a sua primeira vitória na Nascar em Iowa.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A história não poderia ter sido melhor para Ryan Preece, contratado para correr apenas duas etapas pela Joe Gibb's Racing, Preece ficou em segundo na sua primeira corrida (New Hampshire) e nesse sábado entrou para a história vencendo a prova de Pocono. Preece aguentou uma enorme pressão de Kyle Benjamin e cruzou a linha de chegada em primeiro. Preece que correu a temporada inteira do ano passado, nessa temporada acertou com a JGR apenas duas corridas. Preece conquistou a sua primeira pole da carreira no sábado com uma média de velocidade de 130.857 mph. No primeiro estágio da corrida Preece venceu de ponta a ponta com um carro muito veloz e dominante. No segundo estágio durante uma parada ele voltou para a pista na sexta colocação, mas rapidamente ele já estava lutando pela primeira posição. Justin Allgaier suportou a pressão dele e venceu o segundo estágio. Com 80 voltas para terminar a corrida os pilotos enfrentaram um dilema quando Spencer Gallagher acertou o muro e causou mais uma bandeira amarela. Todo os pilotos da frente entraram para mais uma troca de pneus e reabastecimento, apenas Justin Allgaier ficou na pista. A estratégia de Allgaier não deu certo, depois da relargada ele caiu de primeiro para sétimo e depois para a 15° colocação.  O líder do campeonato, Elliott Sadler esteve próximo do pelotão de frente a maior parte da prova, mas acabou na P12. Ele ainda mantem a liderança com 54 pontos à frente de William Byron que terminou na P9. 

NASCAR XFINITY SERIES: IOWA - FINAL
1. (#20) Ryan Preece, Toyota - 254 voltas
2. (#18) Kyle Benjamin, Toyota - 254 voltas
3. (#3) Brian Scott, Chevrolet - 254 voltas
4. (#48) Brennan Poole, Chevrolet - 254 voltas
5. (#00) Cole Custer, Ford - 254 voltas
6. (#14) JJ Yeley, Toyota - 254 voltas
7. (#21) Daniel Hemric, Chevrolet - 254 voltas
8. (#11) Blake Koch, Chevrolet - 254 voltas
9. (#9) William Byron, Chevrolet - 254 voltas
10. (#33) Brandon Jones, Chevrolet - 254 voltas
11. (#96) Brett Moffitt, Chevrolet - 254 voltas
12. (#1) Elliott Sadler, Chevrolet - 254 voltas
13. (#62) Brendan Gaughan, Chevrolet - 254 voltas
14. (#39) Ryan Sieg, Chevrolet - 254 voltas
15. (#01) Harrison Rhodes, Chevrolet - 254 voltas
16. (#60) Ty Majeski, Ford - 254 voltas
17. (#28) Dakoda Armstrong, Toyota - 254 voltas
18. (#4) Ross Chastain, Chevrolet - 254 voltas
19. (#19) Matt Tifft, Toyota - 253 voltas
20. (#7) Justin Allgaier, Chevrolet - 252 voltas
21. (#16) Ryan Reed, Ford - 252 voltas
22. (#8) BJ McLeod, Chevrolet - 252 voltas
23. (#2) Ben Kennedy, Chevrolet - 251 voltas
24. (#52) Joey Gase, Chevrolet - 249 voltas
25. (#24) Dylan Lupton, Toyota - 249 voltas
26. (#99) David Starr, Chevrolet - 249 voltas
27. (#78) Tommy Joe Martins, Chevrolet - 249 voltas
28. (#51) Jeremy Clements, Chevrolet - 249 voltas
29. (#90) Brandon Brown, Chevrolet - 248 voltas
30. (#07) Ray Black Jr., Chevrolet - 247 voltas
31. (#74) Mike Harmon, Dodge - 243 voltas
32. (#40) Stan Mullis, Chevrolet - 241 voltas
33. (#5) Michael Annett, Chevrolet - 233 voltas
34. (#22) Sam Hornish Jr., Ford - 229 voltas **acidente
35. (#0) Garrett Smithley, Chevrolet - 218 voltas **acidente
36. (#42) Tyler Reddick, Chevrolet - 218 voltas
37. (#23) Spencer Gallagher, Chevrolet - 170 voltas **acidente
38. (#89) Morgan Shepherd, Chevrolet - 46 voltas **handling
39. (#15) Reed Sorenson, Chevrolet - 9 voltas **transmissão
40. (#93) Jeff Green, Chevrolet - 3 voltas **vibração
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - Nascar Xfinity Series 2017

FORMULA E



Lucas Di Grassi vence em Montreal e fica muito próximo do título.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O brasileiro fez uma corrida perfeita na prova inaugural em Montreal no Hydro-Quebec Montreal ePrix, a última etapa da temporada. Largando da pole position Di Grassi entrou nessa prova 10 pontos atras do líder do campeonato Sebastién Buemi. Com os três pontos conquistados com a pole position a diferença caiu para sete pontos. Como Buemi bateu forte no treino livre e teve que trocar a bateria do seu carro, ele perdeu 10 posições no grid de largada e teve que largar na P12. Buemi largou muito mal chegou a tocar o seu carro no carro de Robert Frijns e caiu para a P16. Enquanto Lucas liderava com tranquilidade Buemi fazia uma grande corrida de recuperação ganhando várias posições e chegando na P10  na metade da prova. Nick Heidfeld da Mahindra Racing e Loic Duval da Faraday Future Dragon Racing se chocaram quando Heidfeld tentou ultrapassar Duval. Heidfels se deu mal pois a suspensão dianteira do seu carro quebrou e ele ficou parado na pista obrigando a entrada do carro de segurança. Como a janela de trocas obrigatórias dos carros já estava aberta, alguns pilotos optaram por entrarem para as trocas sob bandeira amarela. O companheiro de equipe do brasileiro Daniel Abt entrou na frente de Buemi que pressionou bastante o piloto alemão. Na saída Buemi saiu na frente e Abt quase bateu o seu carro na traseira do carro de Buemi quando eles saiam dos boxes. Felix Rosenqvist fez uma parada muito lenta custando-lhe o terceiro lugar que ficou para o piloto da Techeetah Jean-Eric Vergne. Vergne ainda superou o seu companheiro de equipe Stephane Sarrazin e assumiu a P2, Lucas estava tranquilo na frente com confortáveis seis segundos de vantagem. Infelizmente para o brasileiro essa diferença desapareceu quando o piloto argentino Jose Maria Lopez forçou demais o seu carro numa curva rodou e bateu contra o muro, trazendo mais uma bandeira amarela para a prova. Na relargada Lucas usou o Fan Boost e não permitiu que Vergen ultrapassasse. Vergne até diminuiu a diferença mas não conseguiu em nenhum momento ultrapassar o brasileiro que cruzou a linha de chegada em primeiro e conquistou 28 pontos importantíssimos para a disputa do titulo. Foi apenas a segunda vitória de Lucas na temporada que agora entra nessa última corrida de domingo como líder do campeonato. Buemi fez uma corrida épica, ele chegou a disputar lado a lado com Sarrazin uma vaga no pódio na última vaga, mas teve que se contentar com a P4. Infelizmente após a prova a direção da FIA constatou que o seu segundo carro estava mais leve do que o permitido e ele simplesmente foi eliminado da prova. Com isso as chances de título para o brasileiro aumentaram bastante, Lucas tem agora 18 pontos de vantagem sobre Buemi, ele nem precisa vencer a corrida. Teremos 29 pontos em jogo, mas para o brasileiro basta uma boa colocação no pelotão de frente para a conquista do título. A corrida acontece nesse domingo as 16 horas com transmissão ao vivo pelo canal Fox Sports.

Fórmula E: Hydro-Quebec Montreal ePrix - Corrida 1
1 Lucas di Grassi, Abt Schaeffler Audi Sport 56’55:592
2 Jean-Eric Vergne, TECHEETAH +0.350
3 Stephane Sarrazin, TECHEETAH +7.869
4 Daniel Abt, Abt Schaeffler Audi Sport +8.592
5 Sam Bird, DS Virgin Racing +8.913
6 Nico Prost, Renault e.dams +10.058
7 Mitch Evans, Panasonic Jaguar Racing +10.457
8 Robin Frijns, Andretti +15.836
9 Felix Rosenqvist, Mahindra +16.764
10 Tom Dillmann, Venturi +19.320
11 Jerome D’Ambrosio, Faraday Future Dragon Racing +20.229
12 Maro Engel, Venturi +22.314
13 Nelson Piquet Jr, NextEV NIO +23.145
14 Antonio Felix da Costa, Andretti +34.786
15 Oliver Turvey, NextEV NIO +46.996
16 Adam Carroll, Panasonic Jaguar Racing +49.612
**Abandono- Loic Duval, Faraday Future Dragon Racing 26 laps
**Abandono- Jose Maria Lopez, DS Virgin Racing 23 laps
**Abandono- Nick Heidfeld, Mahindra 13 laps
**Desclassificado- Sebastien Buemi, Renault e.dams
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - Formula E 2017

sábado, 29 de julho de 2017

FORMULA 1




Sebastian Vettel conquista a sua 48° pole da carreira na Hungria
por Luis Fernando Soares de Almeida

No Q1 Sebastian Vettel da Ferrari fez a melhor volta com 1:17.244, seguido de Max Verstappen da Red Bull e Kimi Räikkonen da Ferrari. Os eliminados na primeira parte do treino foram Lance Stroll da Williams (P17), Kevin Magnussen da Haas (P16), Marcus Ericsson (P18) e Pascal Wehrlein da (P20) Sauber e Paul Di Resta da Williams na P19. Di Resta está substituindo o brasileiro Felipe Massa que contraiu alguma doença e não vai participar da corrida. Na segunda parte do treino, o Q2, Lewis Hamilton da Mercedes pela primeira vez no final de semana foi o mais rápido e com um novo recorde da pista 1:16.693, Vettel foi o segundo e Verstappen o terceiro. Os eliminados no Q2 foram Jolyon Palmer da Renault (P11), Esteban Ocon da Force India (P12), Daniil Kvyat da Toro Rosso (P13), Sergio Perez da Force India (P14) e Romain Grosjean da Haas (P15). Vettel abriu o Q3 com uma volta de 1:16.276 quebrando mais uma vez o recorde da pista. Bottas marcou o segundo tempo com 1:16.631 e Ricciardo da Red Bull o terceiro com 1:16.876. Verstappen na sua primeira tentativa pulou para a P3 com uma volta de 1:16.797. Com pouco mais de 3 minutos para terminar o treino Hamilton saiu dos boxes e foi para a sua última tentativa para conquistar a pole. Hamilton abriu a sua volta rápida e reclamou pelo rádio com a sua equipe que o carro tinha muita vibração. Na primeira tentativa ele pulou para a P3 com 1:16.693. Bottas melhorou o seu tempo pulando para a P2. Vettel não melhorou o seu tempo mas a primeira volta no Q3 foi suficiente para garantir mais uma pole position. Kimi Räikkonen com uma excelente volta de 1:16.444 garantiu a sua posição na primeira fila na P2. Confira abaixo como ficou o grid de largada para o GP da Hungria. 

F1: Grande Prêmio da Hungria - Grid de Largada
------------------------------------------------------Q3
1. (#5) Sebastian Vettel, Ferrari - 1:16.276
2. (#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - 1:16.444
3. (#77) Valtteri Bottas, Mercedes - 1:16.530
4. (#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:16.693
5. (#33) Max Verstappen, Red Bull - 1:16.797
6. (#3) Daniel Ricciardo, Red Bull - 1:16.818
7. (#27) Nico Hulkenberg, Renault - 1:17.468
8. (#14) Fernando Alonso, McLaren - 1:17.549
9. (#2) Stoffel Vandoorne, McLaren - 1:17.894
10. (#55) Carlos Sainz, Toro Rosso - 1:18.311
------------------------------------------------------Q2
11. (#30) Jolyon Palmer, Renault - 1:18.415
12. (#31) Esteban Ocon, Force India - 1:18.495
13. (#26) Daniil Kvyat, Toro Rosso - 1:18.538
14. (#11) Sergio Perez, Force India - 1:18.639
15. (#8) Romain Grosjean, Team Haas - 1:18.771
-------------------------------------------------------Q1
16. (#20) Kevin Magnussen, Tem Haas - 1:19.095
17. (#18) Lance Stroll, Williams - 1:19.102
18. (#94) Pascal Wehrlein, Sauber - 1:19.839
19. (#40) Paul Di Resta, Williams - 1:19.868
20. (#9) Marcus Ericsson, Sauber - 1:19.972
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - Formula 1 2017

SUPERCARS AUSTRÁLIA

Scott McLaughlin vence em Coates Hire Ipswich.
por Luis Fernando Soares de Almeida

McLaughlin conquistou a sua sexta vitória da temporada em Coates Hire e aumentou a sua liderança no campeonato. O pole position McLaughlin não deve vida fácil na corrida, logo após a largada ele foi superado na curva 1 para Craig Lowndes. Não demorou mais do que três voltas para Scott McLaughlin reassumir a liderança ultrapassando Lowndes que entrou para a troca de pneus na volta seguinte. Essa parada mais cedo de Lowndes fez com que ele reassumisse a liderança novamente quando McLaughlin entrou para a sua troca na volta 7. Seis voltas mais tarde McLaughlin que teve o carro mais rápido do dia ultrapassou novamente Lowndes assumindo a ponta da corrida e de lá não saiu mais. A diferença no campeonato agora para o segundo colocado, Jamie Whincup é de 111 pontos. O desgaste acentuado dos pneus nessa pista fez com a estratégias de paradas nox boxes fosse crucial, quem parou muito cedo foi obrigado a suportar esse desgaste no final da prova. Lowndes caiu para a P5 deixando Chaz Mostert cruzar a linha de chegada na P2. Shane van Gisbergen que parou mais tarde e teve um melhor jogo de pneus no final foi recompensado com o terceiro lugar no pódio. Jamie Whincup que sofreu uma penalização e largou na 14° colocação, teve ainda uma parada desastrosa nos boxes e terminou a corrida apenas na P20. A segunda corrida acontece nesse domingo. Confira abaixo o resultado da 15° prova da temporada.

Supercars: 15° Corrida - Coates Hire Ipswich - Final
1. (#17) Scott McLaughlin, Ford Falcon FG/X - 39 voltas
2. (#55) Chaz Mostert, Ford Falcon FG/X - 39 voltas
3. (#97) Shane van Gisbergen, Holden Commodore VF - 39 voltas
4. (#14) Tim Salde, Holden Commodore VF - 39 voltas
5. (#888) Craig Lowndes, Holden Commodore VF - 39 voltas
6. (#12) Fabian Coulthard, Ford Falcon FG/X - 39 voltas
7. (#8) Nick Percat, Holden Commodore VF - 39 voltas
8. (#15) Rick Kelly, Nissan Altima - 39 voltas
9. (#5) Mark Winterbottom, Ford Falcon FG/X - 39 voltas
10. (#9) David Reynolds, Holden Commodore VF - 39 voltas
11. (#33) Garth Tander, Holden Commodore VF - 39 voltas
12. (#18) Lee Holdsworth, Holden Commodore VF - 39 voltas
13. (#2) Scott Pye, Holden Commodore VF - 39 voltas
14. (#22) James Courtney, Holden Commodore VF - 39 voltas
15. (#23) Michael Caruso, Nissan Altima - 39 voltas
16. (#6) Cameron Waters, Ford Falcon FG/X - 39 voltas
17. (#19) Will Davison, Holden Commodore VF - 39 voltas
18. (#7) Todd Kelly, Nissan Altima - 39 voltas
19. (#28) Jack Le Brocq, Nissan Altima - 39 voltas
20. (#88) Jamie Whincup, Holden Commodore VF - 39 voltas
21. (#21) Tim Blanchard, Holden Commodore VF - 39 voltas
22. (#35) Todd Hazelwood, Holden Commodore VF - 39 voltas
23. (#99) Dale Wood, Holden Commodore VF - 39 voltas
24. (#31) James Golding, Holden Commodore VF - 39 voltas
25. (#26) Shae Davies, Nissan Altima - 39 voltas
26. (#3) Alex Davison, Holden Commodore VF - 39 voltas
27. (#78) Simona De Silvestro, Nissan Altima - 37 voltas
28. (#34) James Moffat, Holden Commodore VF - 31 voltas
** Não classificados **
(#56) Jason Bright, Ford Falcon FG/X - 0 voltas
(#62) Alex Rullo, Holden Commodore VF - 0 voltas
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -  Supercars 2017

FORMULA 1

Sebastian Vettel da Ferrari reage na Hungria e fica em primeiro.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Após os dois primeiros treinos livres de dominio absoluto da Red Bull do australiano Daniel Ricciardo, hoje cedo no terceiro treino livre a Ferrari dominou. Sebastian Vettel bateu o recorde da pista com uma volta de 1:17.017. Kimi Räikkonen (1:17.492) ficou em segundo e Valtteri Bottas (1:17.914) da Mercedes na P3. Outros destaques do treino foram o desempenho dos dois carros da McLaren e da Renault. Vandoorne ficou na P6 e Alonso na P9 enquanto que Hulkenberg ficou na P7 e Palmer na P10. O treino que define o grid de largada acontece ainda hoje as 9:00 horas de Brasília. 

F1: Grande Prêmio da Hungria - FP3 - Final
1. (#5) Sebastian Vettel, Ferrari - 1:17.017
2. (#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - 1:17.492
3. (#77) Valtteri Bottas, Mercedes - 1:17.914
4. (#33) Max Verstappen, Red Bull - 1:18.194
5. (#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:18.434
6. (#2) Stoffel Vandoorne, McLaren - 1:18.638
7. (#27) Nico Hulkenberg, Renault - 1:18.699
8. (#3) Daniel Ricciardo, Red Bull - 1:18.714
9. (#14) Fernando Alonso, McLaren - 1:18.884
10. (#30) Jolyon Palmer, Renault - 1:18.956
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
11. (#55) Carlos Sainz, Toro Rosso - 1:19.300
12. (#31) Esteban Ocon, Force India -1:19.352
13. (#26) Daniil Kvyat, Toro Rosso - 1:19.455
14. (#11) Sergio Perez, Force India - 1:19.609
15. (#8) Romain Grosjean, Team Haas - 1:19.622
16. (#20) Kevin Magnussen, Team Haas - 1:19.895
17. (#19) Felipe Massa, Williams - 1:20.255
18. (#18) Lance Stroll, Williams - 1:20.379
19. (#94) Pascal Wehrlein, Sauber - 1:20.446
20. (#9) Marcus Ericsson, Sauber - 1:20.748
- - - - - - - - - - - - - - - - - - Formula 1 2017

sexta-feira, 28 de julho de 2017

FORMULA 1

Red Bull domina os dois primeiros treinos livres na Hungria.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O australiano Daniel Ricciardo da Red Bull foi o mais rápido nos dois primeiros treinos livres para o Grande Prêmio da Hungria nessa sexta (28/07). Confira abaixo o resultado completo dos dois treinos. A Ferrari foi o maior adversário da Red Bull de Ricciardo, Kimi Räikkonen foi P2 no primeiro treino e Vettel foi o P2 no segundo. 

F1: GP DA HUNGRIA - FP1
1. (#3) Daniel Ricciardo, Red Bull Tag Heuer - 1:18.486
2. (#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - 1:18.720
3. (#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:18.858
4. (#33) Max Verstappen, Red Bull Tag Heuer - 1:19.162
5. (#77) Valtteri Bottas, Mercedes - 1:19.248
6. (#5) Sebastian Vettel, Ferrari - 1:19.563
7. (#14) Fernando Alonso, McLaren Honda - 1:19.987
8. (#2) Stoffel Vandoorne, McLaren Honda - 1:20.005
9. (#27) Nico Hulkenberg, Renault - 1:20.150
10. (#30) Jolyon Palmer, Renault - 1:20.461
11. (#19) Felipe Massa, Williams Mercedes - 1:20.540
12. (#11) Sergio Perez, Force India Mercedes - 1:20.574
13. (#26) Daniil Kvyat, Toro Rosso - 1:20.780
14. (#55) Carlos Sainz, Toro Rosso - 1:20.917
15. (#18) Lance Stroll, Williams Mercedes - 1:20.974
16. (#8) Romain Grosjean, Team Haas Ferrari - 1:21.313
17. (#34) Alfonso Celis, Force India Mercedes - 1:21.602
18. (#9) Marcus Ericsson, Sauber Ferrari - 1:21.785
19. (#50) Antonio Giovinazzi, Team Haas Ferrari - 1:22.251
20. (#94) Pascal Wehrlein, Sauber Ferrari - 1:22.490
F1: GP DA HUNGRIA - FP2
1. (#3) Daniel Ricciardo, Red Bull Tag Heuer - 1:18.455
2. (#5) Sebastian Vettel, Ferrari - 1:18.638
3. (#77) Valtteri Bottas, Mercedes - 1:18.656
4. (#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - 1:18.755
5. (#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:18.779
6. (#33) Max Verstappen, Red Bull Tag Heuer - 1:18.951
7. (#27) Nico Hulkenberg, Renault - 1:19.714
8. (#14) Fernando Alonso, McLaren Honda - 1:19.815
9. (#55) Carlos Sainz, Toro Rosso - 1:19.834
10. (#2) Stoffel Vandoorne, McLaren Honda - 1:19.909
11. (#31) Esteban Ocon, Force India Mercedes - 1:20.126
12. (#11) Sergio Perez, Force India Mercedes - 1:20.266
13. (#26) Daniil Kvyat, Toro Rosso - 1:20.577
14. (#18) Lance Stroll, Williams Mercedes - 1:20.791
15. (#19) Felipe Massa, Williams Mercedes - 1:20.869
16. (#30) Jolyon Palmer, Renault - 1:21.175
17. (#20) Kevin Magnussen, Team Haas Ferrari - 1:21.345
18. (#8) Romain Grosjean, Team Haas Ferrari - 1:21.504
19. (#9) Marcus Ericsson, Sauber Ferrari - 1:21.559
20. (#94) Pascal Wehrlein, Sauber Ferrari - 1:21.722
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~Formula 1 2017

quarta-feira, 26 de julho de 2017

WEATHERTECH SPORSTCAR

 Porsche domina a prova da Weathertech em Lime Rock.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Os dois carros da equipe Porsche GT vieram de uma prova forte nas 24 Horas de Le Mans, e os dois carros chegaram nas duas primeiras posições na prova duas horas e quarenta minutos de sábado em Lime Rock pela WeatherTech Sportscar. Apenas as duas categorias de GT correram nesse sábado, a GTLe Mans (GTLM) e a GT Daytona (GTD). Patrick Pilet cruzou a linha de chegada com uma vantagem de 14.5 segundos à frente de Laurens Vanthoor no Porsche no.912 que Gianmaria Bruni dirigiu largando da pole position. Foi a primeira vitória do novo e revolucionário Porsche 911 RSR o primeiro da história da fábrica configurado com o motor posicionado à frente do eixo traseiro. O Porsche no.911 sempre esteve entre os três primeiros colocados ao longo da corrida. Werner largou na P3, mas logo na largada pulou para a segunda posição e ficou atrás de Bruni durante os primeiros 49 minutos de prova quando assumiu a liderança da corrida quando Bruni entrou para a sua primeira parada. Duas voltas mais tarde foi a vez de Werner parar para a troca de pneus, ele voltou para a pista na P3. Patrick Pilet assumiu a liderança pela primeira vez com 1 hora e 17 minutos de prova quando o primeiro ciclo de pit stops foram completados. Pilet perdeu a liderança quando ele entrou para a sua segunda parada nos boxes, mas recuperou a liderança quando Antonio Garcia fez a sua parada com o Corvette C7.R No.3 da equipe Corvette Racing. A partir dai ele não foi mais ameaçado e venceu com tranquilidade. Foi a nona vitória de Werner na história da IMSA, incluindo as conquistadas na GRAND-AM Rolex Sports Car Series e American Le Mans Series, e a terceira na WeatherTech. Depois de passar várias temporadas com a equipe RLL (BMW) ele se junto a equipe Porsche GT Team nessa temporada. Foi a primeira vitória da equipe Porsche GT desde Setembro do ano passado quando venceram no Circuito das Américas. No final da prova tivemos uma batalha incrivel pela terceira colocação do pódio entre Martin Tomczyk no BMW M6 No.24 da equipe RLL e Antonio Garcia no Corvette. No final por uma pequena margem a BMW levou a melhor. Ryan Briscoe e Richard Westbrook no Ford GT No.67 da equipe Chip Ganassi completaram o top 5 da corrida. A próxima etapa da WeatherTech Sportscar acontece no Circuito Road America em Elkhart Lake no dia seis de agosto, será mais uma corrida de 2 horas e 40 minutos com as quatro classes disponíveis na pista. 
~~~~~~~~~~~~~~~~WeatherTech Sporscar 2017