segunda-feira, 20 de junho de 2016

FORMULA 1



NICO ROSBERG VENCE A PRIMEIRA CORRIDA DA HISTÓRIA NO AZERBAIJÃO.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A expectativa criada em torno do GP do Azerbaijão na cidade de Baku foi enorme, com os vários erros de frenagem nos treinos livres e principalmente pelas duas corridas super acidentadas da GP2. Até no treino de classificação Lewis Hamilton bateu e teve que largar na 10° colocação. Mas a expectativa de uma corrida complicada não se confirmou, na realidade a corrida chegou a ser monótona em sua maior parte. Não tivemos muita disputa e nenhum acidente mais grave. Rosberg largando da pole position fez uma ótima largada liderando na primeira curva e nunca mais foi ameaçado na prova. Lewis Hamilton que largou na 5° fila na P10 teve uma prova coberta de desafios, ele chegou a batalhar pela quarta posição mas acabou a corrida numa consistente P5. Hamilton chegou a ter a sua corrida ameaçada quando teve problemas no Sistema de Recuperação de Energia (ERS), após várias voltas andando mais lento do que a maioria dos carros do pelotão da frente o piloto conseguiu achar o acerto correto que resolveu o problema. Sebastian Vettel da Ferrari cruzou a linha de chegada em 2° seguido do mexicano Sergio Perez da Force India que mais uma vez teve uma excelente corrida e conseguiu o seu segundo pódio consecutivo da temporada. Kimi Räikkönen da Ferrari terinou na P4, Valtteri Bottas (Williams) na P6, à frente das duas Red Bulls de Daniel Ricciardo em 7° e Max Verstappen em 8°. Nico Hulkenberg da Force India chegou em 9° e Felipe Massa da Williams fechou a zona de pontuação em 10°. A próxima etapa da Fórmula 1 acontece daqui dias semanas na Áustria no circuito da Red Bull.

............................................................................................................Formula 1 2016

domingo, 19 de junho de 2016

24 HORAS DE LE MANS LMGTE-PRO


FORD ENTRA PARA A HISTÓRIA DAS 24 HORAS DE LE MANS.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A Ford entrou com tudo na edição desse ano das 24 Horas de Le Mans. Chip Ganassi levou 4 Ford GT para disputar a corrida. O Ford GT #68 de Joey Hand, Dirk Müller e Sebastien Bourdais colocou 1 minuto de vantagem na vitória sobre a Ferrari 488 GTE da Risi Competizione. Pra fechar com chave de ouro ainda conquistou o 3° lugar do pódio com o Ford GT #69 de Ryan Briscoe, Richard Westbrook e Scott Dixon. Na 4° colocação mais um GT da Ford, o de #66 (Team UK) do trio de pilotos Olivier Pla, Stefan Mücke e Billy Johnson. A Ford entra para a história de Le Mans conseguindo a sua primeira vitória na icônica corrida. 

.........................................................................................24 Horas de Le Mans 2016

24 HORAS DE LE MANS LMP2


NA CATEGORIA LMP2 A FRANÇA SAIU VITÓRIOSA COM O ALPINE A460.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Nicolas Lapierre, Stéphane Richelmi e Gustavo Menezes foi o trio de pilotos na categoria LMP2 uma das mais concorridas da 84° edição das 24 Horas de Le Mans disputada nesse domingo (19/06). O pódio foi completado com duas equipes Russas. O carro #36 da equipe Signatech Alpine liderou a corrida à partir das 10 horas de disputa e não saiu mais da liderança até a bandeirada final. O Alpine A460 fabricado pela França e impuslionado pelo motor Nissan cruzou a linha de chegada em 5° na classificação geral. Na 2° colocação veio o carro #26 (Oreca 05-Nissan) do trio de pilotos Roman Rusinov, Will Stevens e René Rast. E fechando o pódio veio o carro #37 da equipe SMP Racing (BR Engineering BR01-Nissan) de Vitaly Petrov, Viktor Shaitar e Kirill Ladygin, um dia de glórias para a Russia numa das corridas mais importantes da temporada. Numa das mais concorridas categorias, foram 23 carros inscritos, apenas 6 não conseguiram completar a prova. O brasileiro Oswaldo Negri Jr. da equipe Michael Shank Racing terminou a prova na P9 no carro #49 que ele dividiu com John Pew e Laurens Vanthoor. Brunno Senna da equipe RGR Sport By Morano cruzou a linha de chegada no Ligier JS P2 #43 na 10° colocação, Senna dividiu o cockpit do carro com o mexicano Ricardo Gonzalez e o português Filipe Albuquerque. Luis Felipe Derani da Extreme Speed Motortports terminou em 16° com o Ligier JS P2 - Nissan #31, Pipo compartilhou o cockpit com o britânico Ryan Dalziel e o canadense C. Cumming. 

......................................................................................................24 Horas de Le Mans 2016  

24 HORAS DE LE MANS LMP1


PORSCHE CONSEGUE VITÓRIA DRAMÁTICA NOS ÚLTIMOS MINUTOS EM LE MANS.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Quando a maratona entrou na sua 23° hora de competição o carro #5 da Toyota TS 050 conduzido pelo piloto Kazui Nakajima abriu 20 segundos de vantagem sobre o segundo colocado, o Porsche #2 919 Hybrid de Romain Dumas, Neel Jani e Marc Lieb. As duas últimas paradas nos boxes dos dois carros foram realizados sem nenhum problema, o Porsche entrou na 373° volta apenas para reabastecer sem troca de pneus. Na volta seguinte entrou o Toyota que tambem não trocou os pneus e apenas reabasteceu. O pitstop dos japoneses foi mais de 4 segundos mais rápido restando apenas 30 minutos para terminar a prova, a diferença entre os carros subiu para 30 segundos. A tragédia com o Toyota TS 050 #5 aconteceu de maneira cruel na última volta. Kazui Nakajima diminiu a velocidade abruptamente na reta de chegada antes da volta final, Neel Jani no Porsche 919 Híbrido #2, passou a toda velocidade por ele na última volta e conquistou o bicampeonato para a Porsche. A Toyota perseguia a sua primeira vitória desde que o projeto do seu carro híbrido foi iniciado em 2012, essa sem dúvida foi a mais dolorosa derrota nos últimos anos na categoria LMP1, as lágrimas corriam soltas no boxe da Toyota, enquanto que no boxe da Porsche os pilotos chegaram a cair no chão na comemoração. Apesar da tragédia a Toyota ainda conquistou o segundo lugar no pódio com o carro #6 do trio de pilotos, Mike Conway, Kamui Kobayashi e Stéphane Sarrazin. O brasileiro Lucas Di Grassi junto com Loic Duval e Olivier Panis fecharam o pódio com a terceira colocação para a Audi (#8 Audi R18 Team Joest).

.......................................................................................................24 Horas de Le Mans 2016

sábado, 18 de junho de 2016

FORMULA 1


NICO ROSBERG CONQUISTA A PRIMEIRA POLE POSITION DA HISTÓRIA DE BAKU.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O piloto alemão Nico Rosberg da Mercedes fez história em Baku no Grande Prêmio do Azerbajão. No interessante e desafiante circuito temporário de rua, Rosberg foi o mais rápido e larga na pole position na corrida de amanhã. Sergio Perez da Force India conquistou a 2° posição mas por ter trocado o câmbio de seu carro perde cinco posições no grid de largada. Com isso o australiano Daniel Ricciardo da Red Bull herda a 2° posição e larga ao lado de Rosberg. Sebastian Vettel da Ferrari fez o melhor tempo. No Q3 Lewis Hamilton cometeu um erro e bateu na barreira de proteção e teve a sua suspensão dianteira do lado direito quebrada, com isso ele não marcou tempo e larga na 10° posição. A largada acontece amanhã as 10 hrs de Brasília. Confira na imagem abaixo como ficou o grid de largada.  

................................................................................................................Formula 1 2016

sexta-feira, 17 de junho de 2016

24 HORAS DE LE MANS - GRID

.................................................................................................................24 Horas de Le Mans 2016

segunda-feira, 13 de junho de 2016

INDYCAR SERIES



CORRIDA DO TEXAS É CANCELADA E REMARCADA PARA O DIA 27 DE AGOSTO.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Após três tentativas de inicio da corrida na noite de sábado, a direção da IndyCar Series resolveu remarcar a finalização da corrida para o próximo dia 27 de Agosto. A corrida que inicialmente estava agendada para a noite do sábado (11/06) foi remarcada para domingo cedo devido às chuvas. Finalmente a largada foi dada na tarde de domingo (12/06), mas foram apenas 71 voltas, a chuva voltou e a bandeira vermelha foi acionada. Pelas regras da Indy, a corrida deve ser reiniciada de onde foi interrompida. O único incidente da corrida parcial desse domingo foi um acidente gravíssimo envolvendo os pilotos Conor Dalye e Josef Newgarden. O carro No.18  de Conor Daly rodou na curva No.4 e se chocou fortemente com o carro No. 21 de Josef Newgarden, os dois carros derraparam até a barreira de proteção no muro da parte de fora do oval. Newgarden foi transportado para o Hospital Parkland Memorial  em Dallas, lá foi constatada uma fratura em sua clavícula direita e uma pequena fratura em sua mão dieita de acordo com o Dr. Geoffrey Billows, diretor médico da Indycar. Conor Daly não sofreu nada no acidente. A próxima etapa da Indy acontece em Elkhart Lake nos dias 24-26 de Junho.
....................................................................................................IndyCar Series 2016  

FORMULA 1



LEWIS HAMILTON VENCE NO CANADÁ E PRESSIONA ROSBERG.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Sebastian Vettel da Ferrari fez uma excelente largada, pulando da terceira para a primeira posição na primeira curva, mas a estratégia de duas paradas nos boxes não funcionou e isso lhe custou uma possivel vitória já que o carro de Vettel era muito rápido. Os dois carros da Mercedes não tiveram uma boa largada, Hamilton e Rosberg novamente se estranharam e chegaram a se tocar na primeira curva, melhor para Hamilton que continuou na pista e manteve uma distância boa para o líder Vettel. Nico Rosberg saiu da pista e perdeu várias posições. O líder do campeonato ainda conseguiu se recuperar mas conseguiu apenas um quinto lugar. A diferença entre Rosberg e Lewis Hamilton é agora de apenas 9 pontos, colocando muito emoção para a disputa do título, lembrando que ainda estamos apenas na sétima etapa de um campeonato longo com 21 etapas. Max Verstappen da Red Bull fez mais uma ótima corrida e terminou em 4° resitindo a forte pressão de Rosberg e sua Mercedes. Rosberg tentou um último ataque na última volta e acabou rodando na pista. O pódio foi completado pelo finlândes Valtteri Bottas da Williams-Mercedes que conquistou a seu primeiro 3° lugar da temporada. Rosberg pareceu que fez uma melhor largada do que Hamilton, mas os dois foram superados por Vettel (Ferrari) que tracionou muito melhor e passou os dois carros da Mercedes por fora. Vettel abriu uma boa vantagem mas entrou muito cedo para a primeira troca de pneus, indicando que a estrategia da Ferrari era para duas paradas. Lewis Hamilton e Mercedes foram para apenas uma única parada e deu certo. A Williams tambem fez apenas uma única parada e Valtteri Bottas colheu os frutos conseguiu o terceiro lugar da corrida. A próxima etapa acontece na semana que vem, o Grande Prêmio da Europa que será disputado no magnífico circuito de rua na cidade de Baku no Axerbajão.

 .................................................................................................Fórmula 1 2016

terça-feira, 7 de junho de 2016

INDYCAR SERIES


Will Power vence a corrida de domingo em Detroit.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Finalmente o australiano Will Power da Penske conseguiu uma vitória na Indy. Após 19 corridas Power voltou a vencer na segunda corrida do final de semana em Detroit. Depois de um sábado desastroso para o piloto australiano no domingo veio a redenção. No sábado o carro No.12 da equipe Penske perdeu uma roda e acabou apenas na 20° colocação. Na classificação no domingo de manhã ele conquistou a 8° colocação do grid após sofrer uma penalisação por interferência. Na primeira volta após a largada e na curva No.1 James Hinchcliffe (No.5 Arrow Schmidt Peterson Motorsports Honda) e Max Chilton (No.8 Gallagher Chip Ganassi Racing Chevrolet) colidiriam e causaram a primeira bandeira amarela da prova. A relargada aconteceu na quarta volta, vários pilotos entraram nos boxes, entre eles Sebastien Bourdais (No.11 Team Hydroxycut KVSH Racing Chevrolet) que conseguiu uma vitória excelente devido a estratégia. Bourdais teve que parar mais uma vez na volta No.59 diminuindo as suas chances de repetir a mágica da primeira corrida. A segunda bandeira amarela do dia veio na volta No.35 quando o colombiano Juan Pablo Montoya atingiu o muro no curva No.8, ele ainda conseguiu levar o carro até a curva 10, eventualmente ele terminou a corrida na 20° colocação. Vencedor em 3 oportunidades em Belle Isle o brasileiro Helinho Castroneves (No.3 Hitachi Team Penske Chevrolet) ultrapassou Simon Pagenaud e assumiu a liderança na volta No.41 e parecia que conquistaria a primeira vitória da temporada. Mas uma terceira bandeira amarela causada por Jack Hawksworth que parou o seu carro na pista foi crucial para que Helinho perdesse a chance de vitória, o seu carro acabou sendo danificado com os detritos do acidente de Hawksworth, obrigando o brasileiro a fazer uma parada a mais nos boxes, ele ainda acabou na P14. Simon Pagenaud e Will Power eram 5° e 6° colocados na relargada na volta No.52, mas quatro carros que estavam à frente dos dois pilotos teriam ainda que realizar mais uma parada para reabastecimento. Power fez uma ótima ultrapassagem sobre Pagenaud por fora na curva no.3 assumindo a liderança e vencendo a corrida. Power conquistou a sua 26° vitória da carreira na Indy. A próxima etapa da categoria acontece no Texas Motor Speedway. 

................................................................................................IndyCar Series 2016

segunda-feira, 6 de junho de 2016

DTM


Lucas Auer vence a segunda corrida em Lausitzring e a primeira de sua carreira na DTM.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O domingo se transformou na dia das primeiras vitórias na DTM. Nesse domingo (06/06) o jovem piloto austríaco Lucas Auer teve a sua 'premiere' vitória em Lausitzring. No 12° aniversário da equipe Mercedes-AMG Team Mücke, Auer conquistou a primeira pole position na história da equipe e tambem a vitória. Auer teve uma largada excepcional e depois de apenas sete voltas colocou uma margem além de 1 segundo o que não permitia aos adversários que vinham atrás dele utilizar o DRS. Nas 39 voltas da corrida Lucas Auer não cometeu nenhum erro e volta após volta era o mais rápido. Com um trabalho perfeito na parada obrigatória Auer não teve problemas de cruzar em primeiro após 46 voltas de corrida. Mattias Ekström que largou na nona colocação usou a mesma tática utilizada na etapa de Spielber e acabou numa excelente P2. Robert Wickens completou o pódio chegando na terceira colocação apesar dos seus pneus extremamente degradados no final da corrida. A próxima etapa da DTM acontece nos dias 24-26 de Junho em Norisring.

.........................................................................................................DTM 2016 

domingo, 5 de junho de 2016

INDYCAR SERIES


Sebastien Bourdais vence a primeira corrida em Detroit.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Sebastien Bourdais e a equipe KVSH Racing Chevrolet através de uma estratégia perfeita de paradas nos boxes conseguiu surpreender em Detroit na primeiro corrida do final de semana de rodada dupla nesse sábado. A equipe Penske chegou a dominar amplamente a corrida correndo num determinado momento em 1°, 2°, 3° e 4°, pouco depois da metade da prova. A constante possibilidade de chuva manteve as equipes muito ocupadas em suas estratégias de reabastecimento e troca de pneus. Embora a equipe Penske utilizasse estratégias diferentes para os seus pilotos o melhor que eles conseguiram na corrida foi um 3° lugar no pódio com o colombiano Juan Pablo Montoya. Helinho Castroneves foi o 5° e o líder do campeonato, o francês Simon Pagenaud terminou apenas em 13° depois da tentativa de adiar ao máximo a sua parada final para reabastecer, foram mais de 27 voltas na pista, mas não deu certo, Pagenaud ficou sem combustivel na última volta e perdeu várias posições. A estratégia da KVSH foi perfeita, logo no inicio da corrida na volta No.3 a equipe chamou Bourdais para a sua primeira troca de pneus, ele colocou o composto alternativo mais durável do que os pneus regulares. Na 13° sob bandeira amarela Bourdais fez a sua 2° parada,  e novamente na volta No.35, quando ele voltou para a pista na 4° posição. Ele fez a sua parada final na volta No.57, mais tarde do que todos os concorrentes menos do novato Conor Daly. Bourdais saiu do pitlane lado a lado com o então lider Helinho da Penske, mas com muito mais combústivel do que o piloto brasileiro. Bourdais levou a melhor e começou a abrir do brasileiro que teve que entrar mais uma vez nos boxes para um splash and go. Conor Daly que utilizou a mesma estratégia de Bourdais cruzou a linha de chegada em 2°, dois segundos atras de Bourdais. Foi a 35° vitória do francês na Indy, empatando com Bobby Unser na sexta colocação de todos os tempos. Entre os pilotos ativos Bourdais está em segundo atrás apenas de Scott Dixon que tem 39 vitórias. A segunda corrida acontece no domingo (05/06) as 16 horas de Brasília com transmissão ao vivo do canal fechado Bandsports.

......................................................................................................IndyCar Series 2016

DTM


Miguel Molina vence a primeira corrida em Lausitzring.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Na primeira corrida do sábado pela 3° etapa da DTM em Lausitzring o espanhol Miguel Molina (Audi) conquistou a sua segunda vitória da carreira. Molina que largou na pole position perdeu a liderança para Jamie Green na largada. Na 8° volta ele recuperou o primeiro lugar ultrapassando Green na após a longa reta de chegada na primeira curva. Molina cruzou a linha de chegada após 32 voltas pouco mais de 2 segundos à frente de Jamie Green. Robert Wickens surgiu como o principal rival de Green na disputa pela segunda colocação. Depois de uma intensa batalha Wickens ultrapassou Marco Wittmann pela segunda colocação na volta de abertura da corrida. Wittmann chegou muito próximo de Green a cada volta, mesmo com o DRS sendo utilizado, Wittmann além de tentar ultrapassar Green tinha que se defender do assédio dos pilotos que vinham logo atrás dele. As condições para a segunda corrida nesse domingo pode ser mais excitantes porque a BMW que se mostrou ineficiente nos treinos mostrou na corrida de sábado que pode ser um carro forte para lutar pelo pódio.  































-----------------------------------------------------------------------------DTM 2016

WEATHERTECH SPORTSCAR


Na principal categoria a vitória ficou com os irmãos Taylor.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Na categoria de protótipos daytona a vitória ficou com o Corvette Daytona Prototype No.10 dos irmãos Ricky e Jordan Taylor. O brasileiro Christian Fittipaldi que largou na pole position dominou a corrida até a troca de pilotos. Foram 26 voltas na liderança até a parada. João Barbosa assumiu o carro e voltou ainda na primeira colocação sob bandeira amarela. A relargada da corrida foi sob um intenso tráfico de carros, Jordan Taylor então na segunda colocação aproveitou a oportunidade e brilhantemente ultrapassou três carros para assumir a liderança. Barbosa ficou preso e Jordan Taylor foi mais eficiente na negociação com os retardatários. O Corvette No.10 Konica Minolta de Taylor passou então a abrir uma grande vantagem sobre Barbosa que sempre tinha dificuldades de se livras dos carros da Protótipo Challenge e dos GT Daytonas. Foi a terceira vitória em 4 anos dos irmãos Taylor mostrando um incrivel domínio no belíssimo circuito de Belle Isle-Park. Taylor recebeu a bandeira quadriculada 1.7 segundos à frente de Barbosa dando aos irmãos a segunda vitória da temporada e a sexta na WeatherTech. Com a vitória Ricky e Jordan Taylor estão empatados na primeira colocação do campeonato com Fittipaldi e Barbosa com 151 pontos. Jonathan Bomarito e Tristan Nunez completaram o pódio no Protótipo Mazda No.55 Castrol/ModSpace, foi o primeiro pódio da Mazda na categoria. A corrida sofreu uma reviravolta na 14° volta quando Marc Goossens que estava em 3° perdeu o seu aerofólio traseiro na curva 7, com isso ele perdeu downforce e na curva 12 ele entrou bem rápido perdeu o controle do seu Corvette DP e bateu forte na barreira de proteção de pneus, Eric Curran que vinha logo atrás dele bateu forte danificando a suspensão dianteir do seu carro. Curran e Dane Cameron após reparos em seu carro ainda voltaram para a corrida terminando na 6° colocação e conquistando pontos importantes para o campeonato. O brasileiro Ozz Negri chegou em 5° após a sua companheira de cockpit Katherine Legge ter problemas na suspensão. A próxima etapa acontece no dia 03 de Julho em Watkins Glen.


















---------------------------------------------------------------------WeatherTech Sportscar 2016   

WEATHERTECH SPORTSCAR

GRANDE VITÓRIA DA DODGE EM DETROIT PELO WEATHERTECH.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A dupla de pilotos Ben Keating e Jeroen Bleekemolen venceram a primeira corrida da temporada no Dodge Viper GT3-R No.33 da equipe ViperExchamge.com/Gas Monkey Garage em Detroit nesse sábado pela 5° etapa do WeatherTech Sporstcar Championship. Depois de se classificar em 6° no treino que definiu o grid de largada da categoria GT Daytona na sexta-feira (03/06), Keating fez a sua primeira aparição entre os cinco primeiros colocados depois de meia hora da corrida programada para 1 hora e 40 minutos. Durante parada para troca de pilotos Bleekemolen voltou para a pista na segunda colocação atrás apenas do carro No.96 da equipe aFe Power/Spectra Resources/United Steel/Valspar Paint, o BMW M6 GT3 de Jens Klingmann. Klingmann atrasou muito a sua entrada nos boxes e não conseguiu abrir uma distância suficiente para o Dodge Viper de Bleekemolen que assumiu a liderança da corrida quando Klingmann entrou para a sua parada nos boxes. Bleekemolen não teve vida fácil e foi muito pressionado pelo Porsche 911 GT3 R No.73 da equipe Park Place Porsche/Justice Brothers Inc. de Joerg Bergmeister e a Ferrari 488 GT3 da equipe Scuderia Corsa pilotada por Alessandro Balzan. Bleekemolen cruzou a linha de chegada 2.4 segundos à frente de Bergmeister para conquistar a sua primeira vitória desde o Circuito das Americas em Setembro do ano passado, foi a 18° vitória da carreira do piloto holandês (5 na WeatherTech Championship e 13 na extinta American Le Mans Series) e a 8° de Keating (seis na WeatherTech e duas na ALMS). Bergmeister e Patrick Lindsey terminaram em 2° com o Porsche No.73 seguido da Ferrari 488 de Balzan e sua parceira Christina Nielsen. Balzan e Nielsen entraram nessa etapa com seis pontos na liderança na classe GTD e com o 3° lugar de ontem aumentaram a diferença para 12 pontos da dupla Mario Farnbacher e Alex Riberas que terminaram em 4° ontem.
.......................................................................................WeatherTech Sportscar 2016

segunda-feira, 30 de maio de 2016

INDYCAR SERIES


ALEXANDER ROSSI ENTRA PARA A HISTÓRIA DE INDIANAPOLIS.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O novato Alexander Rossi escreveu o seu nome no livro de recordes das 500 Milhas de Indianapolis de maneira dramática na tarde desse domingo durante a edição da 100° 500 Milhas de Indianapolis. Rossi praticamente sem combústivel cruzou a linha de chegada 4 segundos à frente do seu companheiro de equipe, o colombiano Carlos Munoz e venceu a sua primeira corrida da categoria, e que vitória especial!! Rossi é o primeiro novato a vencer as 500 Milhas desde 2001 quando o brasileiro Helinho Castroneves então novato venceu a corrida. Rossi no carro No.98 NAPA Auto Parts/Curb impulsionado pelo motor Honda herdou a liderança na volta No.197 das 200 programadas para a corrida, quando quase todos os pilotos tiveram que entrar para um 'splash' de combústivel nas últimas voltas. O piloto natural da Califórnia de maneira dramática conseguiu cruzar a linha de chegada, na última volta ele fez um volta com uma velocidade média de 179.784 mph, simplesmente 40 mph à menos do que o segundo colocado Carlos Munoz. O pelotão da frente entrou para a última troca de pneus e reabastecimento na volta No.164. Mas no lendário oval um tanque é suficiente para cerca de 30 voltas acelerando tudo, o que obrigaria todo mundo a entrar novamente para um reabastecimento rápido. Rossi conseguiu 36 voltas com um tanque economizando muito nas últimas voltas quando todos entraram para um 'splash and go'. Josef Newgarden terminou em 3° seguido do brasileiro Tony Kanaan em 4°, Charlie Kimball em 5°, JR Hildebrand em 6°, o pole position James Hinchcliffe em 7°, Scott Dixon em 8°, Sebastian Bourdais em 9° e Will Power fechando os dez primeiros colocados. O líder do campeonato Simon Pagenaud viu o seu recorde de vitórias seguidas ser quebrado, ele terminou apenas na 19° colocação. O vencedor da edição de 2014, Ryan Hunter-Reay estava com um carro muito rápido, ele liderou o maior número de voltas (52) mas se envolveu num acidente dentro do pitlane que lhe custou a chance de vitória. Quando Twonsend Bell saia da sua parada ele provavelmente não viu o carro de Helinho Castroneves, com isso ele bateu no carro do brasileiro e rodou levando junto o carro da Andretti Autosport pilotado por Hunter-Reay. O vencedor do ano passado, o colombiano Juan Pablo Montoya da Penske, saiu cedo da corrida, ele rodou sozinho na curva 2 e bateu forte no muro abandonando a corrida, isso na volta No.64. Foi uma bela corrida e especial, um recorde de público, cerca de 350 mil pessoas abarrotaram o autódromo para essa 100° e histórica corrida.

...............................................................................................IndyCar Series 2016 

domingo, 29 de maio de 2016

FORMULA 1


Com estratégia perfeita Lewis Hamilton vence em Mônaco.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Debaixo de muita chuva em grande parte da corrida, o tri-campeão Lewis Hamilton da Mercedes conseguiu uma vitória devido à uma ótima estratégia da sua equipe. A largada aconteceu com o carro de segurança na pista por causa da chuva. O carro de segurança deixou a pista a 8° volta e finalmente tivemos a largada da 6° etapa da temporada. Daniel Ricciardo da Red Bull manteve com facilidade a liderança após a largada, Kevin Magnussen da Renault entrou para a sua primeira troca de pneus, ele foi o primeiro piloto a trocar por pneus intermediários, uma atitude ousada. Jolyon Palmer da Renault bateu forte na reta de chegada, ele perdeu o controle do seu carro após passar por uma faixa branca pintada o asfalto e bateu forte no guard-rail. O carro de segurança virtual foi acionado. Jenson Button (McLaren), Felipe Nasr (Sauber) e Daniil Kvyat (Toro Rosso) tambem entram para troca por pneus intermediários. Ricciardo era praticamente dois segundos mais rápido do que o segundo colocado Nico Rosberg (Mercedes), Lewis Hamilton em terceiro e com um desempenho bem superior começou a pressionar demais Rosberg. Na 11° volta Kimi Räikkönen (Ferrari) perdeu o ponto de frenagem no hairpin e bateu de frente danificando a sua asa dianteira que ficou presa debaixo de seu carro, mesmo assim o piloto finlândes tentou prosseguir na corrida, azar de Romain Grosjean (Haas) que tentou ultrapassa-lo por fora mas ficou preso pois Räikkönen não conseguiu virar a sua Ferrari. Na 13° volta a vantagem de Ricciardo sobre Rosberg estava próxima dos 10 segundos. Vettel entrou para a sua primeira troca na volta No.14, ele voltou para a pista com pneus intermediários. Na 16° volta na subida do Cassino ficou nítido que Nico Rosberg que não tinha um ritmo bom de corria permitiu a ultrapassagem de Lewis Hamilton que era bem mais rápido do que o seu companheiro. Rapidamente Hamilton começou a fazer voltas rápidas e diminuir a diferença para Ricciardo da Red Bull. Nico Rosberg entrou para a sua primeiro troca de pneus na 21° volta, ele fez uma boa parada e voltou em 5° e com pneus intermediários. Na Rascasse Kevin Magnussen (Renault) e Daniil Kvat (Toro Rosso) bateram e causaram mais um carro de segurança virtual.

 O líder Daniel Ricciardo finalmente entra para a sua troca de pneus na volta No.24, ele volta para a pista em 2° com pneus intermediários, Hamilton fica na pista e assume a liderança da prova. Hamilton arriscou tudo e se deu muito bem ele ficou na pista por mais 12 voltas, ou seja foram 31 voltas com pneus para chuva pesada, quando a pista já estava seca o suficiente ele entrou na 32° volta e trocou pelos novos pneus ultra macios e voltou para a pista em 2°, como isso ele faria apenas essa única troca de pneus enquanto que os outros ainda teriam que colocar pneus para pista seca. Na volta 32 a corrida foi definida pelo péssimo trabalho do pitcrew da Red Bull. Daniel Ricciardo entrou par a sua troca final, mas incrivelmente a sua equipe não tinha os pneus prontos para a troca, a demora proporcionou que Hamilton superasse Ricciardo que voltou logo atrás do piloto britânico. Apesar de Ricciardo ter pneus super-macios que em teoria durariam mais do que os ultra macios de Hamilton na pista não foi isso que se viu. Surpreendentemente após 10 voltas os pneus ultra macios de Hamilton se mostraram mais eficientes do que os super macios de Ricciardo. Serio Perez (Force India) vinha em terceiro com pneus macios (amarelos) e atrás dele Sebastian Vettel da Ferrari tambem com pneus macios, os dois pilotos não entrariam mais para troca de pneus. Ricciardo teve o seu melhor momento na 34° volta quando ele foi pra cima de Hamilton na chicane após o tunel o que obrigou a Hamilton cortar a chicane um pouquinho, os fiscais da FIA resolveram que foi um lance de corrida e não puniram Hamilton. Max Verstappen (Red Bull) se perdeu na Massanet e bateu forte no muro de proteção, era fim de corrida para Mad Max. Hamilton na parte final da corrida e com um risco real de chuva começou a abrir vantagem sobre Ricciardo. Hamilton recebeu a quadriculada com 7 segundos de vantagem sobre Ricciardo, foi a primeira vitória da temporada e a sua segunda no principado de Mônaco. Confira na imagem abaixo o resultado completo da corrida.
 
......................................................................................................Formula 1 2016