domingo, 23 de novembro de 2014

FÓRMULA 1


Lewis Hamilton vence em Abu Dhabi e conquista o seu 2° título da F1.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Lewis Hamilton conqistou o seu 2° título da Fórmula 1 ao vencer agora pouco a última etapa da temporada no circuito de Yas MArina em Abu Dhabi. O pole position Nico Rosberg não largou bem e Hamilton assumiu a primeira posição logo após a largada. Rapidamente Hamilton abriu uma vantagem confortável em relação ao seu companheiro de equipe. Felipe Massa (Williams) fez uma ótima largada e pulou da 4° para a 3° posição superando o seu companheiro de equipe Valtteri Bottas que não largou bem e caiu para a 8° posição. Na 5° volta tivemos várias ultrapassagens Daniel Ricciardo (Red Bull) ultrapassou Adrian Sutil e Kamui Kobayashi na curva No.5, Fernando Alonso tambem superou Kimi Räikkönen. No sexta volta começaram as primeiras trocas de pneus, Alonso foi o primeiro à entrar, voltou para a posta com pneus macios. Sutil tambem. Valtteri Bottas começou a se recuperar da sua péssima largada e deixou para trás Kimi Räikkönen da Ferrari e assumiu a P6. O líder Hamilton entro para a sua primeira troca na 10° volta, ele volta para a pista em terceiro e com pneus macios. Nico Hulkenberg é punido pelo contato com Kevin Magnussen e tem que pagar com uma parada nos boxes. Duas voltas após a parada de Hamilton é a vez de Nico Rosberg, ele volta na P3 atrás de Hamilton, Felipe Massa liderava a prova nesse momento. Felipe Massa entrou para a sua primeira troca de pneus na 14° volta, ele voltou atrás das duas Mercedes em terceiro. Bottas continuou com o seu show particular ele ultrapassou Vettel e na sequência Kevin Magnussen assumindo a oitava posição. O jovem russo Daniil Kvyat da Toro Rosso abandona a corrida na 19° volta, ele encosta o seu carro na zona de segurança da curva No.21. Perto da metade da prova Nico Rosberg começou a ser o mais rápido na pista diminuindo a diferença para o líder Hamilton. A segunda rodada de paradas começou na 22° volta, Magnusse e Vettel foram os primeiros a entrar para troca de pneus, supermacios para Magnussen e macios para Vettel. O dia para Nico Rosberg começou a ficar ruim na volta 25 onde a sua equipe pelo rádio diz que o seu carro começou a perder potência no motor, Hamilton estava à frente dele 7 segundos.  Rosberg relata pelo rádio que a sua unidade de recuperação de energia não esta funcionando, sem o sistema ERS o seu carro perde mais de 150 hp de potência, com isso Massa chega rapidamente e ultrapassa Rosberg na curva cinco assumindo a vice liderança da corrida. Pastor Maldonado da Lotus é o segundo piloto a abandonar a corrida na volta No.28 com o seu carro em chamas. Lewis Hamilton na liderança e com os pneus de seu carro bem desgastados entra para a sua segunda troca na volta No.31, mas uma set de pneus macios e ele retorna para a pista na P3. Rosberg começa a ser ultrapassado por todo mundo, ele termina a corrida apenas na 14° posição, um final de ano melancólico para uma excelente temporada do piloto alemão. Massa entra quando era lider para a sua última troca de pneus, ele volta para a pista em segundo com pneus super macios, na tentativa de alcançar o líder Hamilton que estava com pneus macios e já desgastados. Massa vinha tirando quase que 1 segundo por volta, mas restavam apenas 5 voltas para terminar a corrida. Apesar da ótima pilotagem de Massa, Lewis Hamilton cruza em primeiro lugar e se tornou o primeiro piloto inglês a conquistar 2 títulos na categoria. Massa cruza em 2° à 2.5 segundos de Lewis. Valtteri Bottas da Williams completa o pódio e com isso conquista a terceira colocação do campeonato ficando a frente da Ferrari, um ano excelente para a tradicional equipe de Frank Williams. Com a vitória de hoje Hamilton conquistou a sua 11° da temporada contra 5 de Nico Rosberg e 3 de Daniel Ricciardo da Red Bull. Sem dúvida foi um titulo merecido. Jenson Button que provavelmente fez a sua última corrida pela categoria terminou num honroso 5° lugar. 





















F1: 19° ETAPA - ABU DHABI, FINAL
1.(44) Lewis Hamilton, Mercedes - 55 voltas, 1:39.02.619
2.(19) Felipe Massa, Williams-Mercedes - +2.5s
3.(77) Valtteri Bottas, Williams-Mercedes - +28.8s
4.(3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing-Renault - +37.2s
5.(22) Jenson Button, McLaren-Mercedes - +60.3s
6.(27) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - +62.1s
7.(11) Sergio Perez, Force India-Mercedes - +71.0s
8.(1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - +72.0s
9.(14) Fernando Alonso, Ferrari - +85.8s
10.(7) Kimi Räikkönen, Ferrari - +87.8s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
11.(20) Kevin Magnussen, McLaren-Mercedes - +90.3s
12.(25) Jean-Eric Vergne, Toro Rosso-Renault - +91.9s
13.(8) Romain Grosjean, Lotus-Renalt - +1 volta
14.(6) Nico Rosberg, Mercedes - +1 volta
15.(21) Esteban Gutierrez, Sauber-Ferrari - +1 volta
16.(99) Adrian Sutil, Sauber-Ferrari - +1 volta
17.(46) Will Stevens, Caterham-Renault - +1 volta
18.(10) Kamui Kobayashi, CAterham-Renault - +13 voltas (abandono)
19.(13) Pastor Maldonado, Lotus-Renault - +29 voltas (abandono)
20.(26) Daniil Kvyat, Toro Rosso-Renault - +41 voltas (abandono)
----------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2014

FÓRMULA E


Sam Bird vence a segunda etapa da Fórmula E em Putrajaya na Malásia.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O inglês Sam Bird venceu praticamente de ponta a ponta a segunda etapa da nova categoria do automobilismo mundial a Fórmula E. Os carros elétricos dessa vez mostraram toda a sua beleza e performance nas ruas de Putrajaya na Malásia. Nicolas Prost conquistou a pole position mas perdeu a primeira posição pois foi penalizado com 10 posições no grid de largada por causar um acidente na primeira etapa em Beijing. Oriol Servia que herdou a primeira colocação manteve a ponta na primeira chicane, apesar da forte pressão de Sam Bird. Bird ultrapassou Servia no inicio da corrida e abriu uma boa vantagem na liderança. Prost largou na 11° colocação e com um desempenho sólido ele terminou na 4° posição. Outro piloto que merece destaque foi Jerome D'Ambrosio da equipe Dragon, ele largou na última colocação e terminou a corrida na 5° posição. D'Ambrosio terminou o treino de classificação no Top 3, mas como excedeu o limite de poder utilizado nos motores acabou sendo penalizado. Na volta de abertura Katherine Legge da equipe Amlin Aguri e Michela Cerruti da equipe Trulli se envolveram num acidente obrigando o carro de segurança a entrar na pista. Os brasileiros Nelsinho Piquet e Bruno Senna se envolveram em acidentes e abandonaram a corrida. Bruno Senna perseguia Sebastien Buemi e na última volta cometeu um erro batendo forte contra o muro de proteçao. Piquet foi espremido numa tentativa de ultrapassagem e acabou tocando no muro danificando o seu carro. Bruno Di Grassi da equipe Audi Sport ABT fez uma ótima corrida e chegou em 2°, com isso o brasileiro lidera o campeonato. Completando o pódio veio Sebastién Buemi da equipe EDams Renault. Confira abaixo o resultado completo da 2° etapa da Fórmula E em Putrajaya. A próxima etapa acontece no dia 13 de Dezembro em Punta Del Este no Uruguai.

FÓRMULA E: 2° ETAPA - PUTRAJAYA, MALÁSIA - FINAL
1.(#2) Sam Bird, Virgin Racing - 31 voltas, 51:11.979
2.(#11) Lucas di Grassi, Audi Sport ABT - +4.175s
3.(#9) Sébastien Buemi, e.dams-Renault - +5.739s
4.(#8) Nicolas Prost, e.dams-Renault - +9.552s
5.(#7) Jerome D'Ambrosio, Dragon Racing - +13.722s
6.(#5) Karun Chandhok, Mahindra Racing - +17.158s
7.(#6) Oriol Servia, Dragon Racing - +18.621s
8.(#55) Antonio Felix da Costa, Amlin Aguri - +19.926s
9.(#3) Jaime Alguersuari, Virgin Racing - +20.053s
10.(#66) Daniel Abt, Audi Sport ABT - +45.663s
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
11.(#88) Ho-Pin Tung, China Racing - +55.833s
12.(#30) Stephane Sarrazin, Venturi Racing - +56.626s
13.(#28) Matthew Brabham, Andretti - +1:05.036s
14.(#21) Bruno Senna, Mahindra Racing - +1 volta (acidente)
15.(#27) Franck Montagny, Andretti - +1 volta
16.(#77) Katherine Legge, Amlin Aguri - +3 voltas (acidente)
17.(#10) Jarno Trulli, Trulli Racing - +3 voltas
18.(#99) Nelsinho Piquet, China Racing - abandono
19.(#18) Michela Cerruti, Trulli Racing - acidente
20.(#23) Nick Heidfeld, Venturi Racing - excluido
**Penalizações: Franck Montagny punido com 23 segundos após a corrida por ter causada uma colisão. Katherine Legge punida com 23 segundos após a corrida por ter causado uma colisão e mais 10 posições no grid de largada para a próxima etapa por ter trocado o sistema RESS. Jarno Trulli 23 segundos por ter causado uma colisão. Nick Heidfeld excluido da corrida por não ter trocado de carro nos boxes.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula E 2014

sábado, 22 de novembro de 2014

FÓRMULA 1
















Nico Rosberg conquista a pole da última etapa da temporada em Abu Dhabi.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Lewis Hamilton dominou os primeiros treinos livres do final de semana,mas Nico Rosberg deu a resposta no P3 e no treino que definiu o grid de largada para a última etapa da temporada no Circuito de Yas Marina em Abu Dhabi. Rosberg que necessita reverter uma desvantagem de 17 pontos no campeonato para vencer o título terminou 0.386s à frente de seu companheiro de equipe Lewis Hamilton. No finalzinho do treino a Williams dominou a segunda fila, com Valtteri Bottas largando em 3° e o brasileiro Felipe Massa em 4°. No Q1 Hamilton ficou à frente de Rosberg com 1:41.207 contra 1:41.308 quando todo mundo já optou de saída com os pneus super macios,  o único que chegou próximo dos tempos dos carros da Mercedes foi Felipe Massa com 1:41.475. Os eliminados na primeira parte do treino foram os dois carros da Lotus, os dois da Caterham e Esteban Gtierrez da Sauber-Ferrari. No Q2 a surpresa foi a McLaren de Kevin Magnussen sendo eliminada. Jean-Eric Vergne (Toro Rosso), Sergio Perez e Nico Hulkenberg da Force India e Adrian Sutil da Sauber foram os eliminados. Destaqe para o russo de apenas 19 anos, Daniil Kvyat da Toro Rosso que passou para o Q3, o piloto mostrou que tem talento e será o substituto de Sebastian Vettel na Red Bull em 2015. No Q3 o dominio foi amplo da equipe Mercedes e Nico Rosberg levou a melhor com uma super volta de 1:40.480 contra 1:40.866 de Lewis Hamilton. Os dois únicos pilotos que andaram na casa dos 40 segundos. Hamilton ditará o seu ritmo e não deve se arriscar muito pois não precisa vencer para conquistar o título basta ficar em segundo mesmo com a pontuação dobrada dessa última etapa. A corrida acontece amanhã as 11 horas de Brasília. 

F1: 19° ETAPA - YAS MARINA, ABU DHABI - GRID DE LARGADA
1.(6) Nico Rosberg, Mercedes - 1:40.480
2.(44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:40.866
3.(77) Valtteri Bottas, Williams-Mercedes - 1:41.025
4.(19) Felipe Massa, Williams-Mercedes - 1:41.119
5.(3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing-Renault - 1:41.267 **
6.(1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - 1:41.893 **
7.(26) Daniil Kvyat, Toro Rosso-Renault - 1:41.908
8.(22) Jenson Button, McLaren-Mercedes - 1:41.964
9.(7) Kimi Räikkönen, Ferrari - 1:42.236
10.(14) Fernando Alonso, Ferrari - 1:42.866
11.(20) Kevin Magnussen, McLaren-Mercedes - 1:42.198
12.(25) Jean-Eric Vergne, Toro Rosso-Renault - 1:42.207
13.(11) Sergio Perez, Force India-Mercedes - 1:42.239
14.(27) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - 1:42.384
15.(99) Adrian Sutil, Sauber-Ferrari - 1:43.074
16.(8) Romain Grosjean, Lotus-Renault - 1:42.768 *
17.(21) Esteban Gutierrez, Sauber-Ferrari - 1:42.819
18.(13) Pastor Maldonado, Lotus-Renault - 1:42.860
19.(10) Kamui Kobayashi, Caterham-Renault - 1:44.540
20.(46) Will Stevens, Caterham-Renault - 1:45.095
* Romain Grosjean foi punido com 20 posições no grid de largada por troca do 7° motor na temporada.
** Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo foram eliminados do qualifying por irregularidades nas asas dianteiras dos seus carros, isso significa que eles largarão nas duas últimas posições do grid de largada na corrida de amanhã. 
----------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2014

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

FÓRMULA 1
















Lewis Hamilton é o mais rápido nos dois primeiros treinos livres em Abu Dhabi.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O piloto inglês Lewis Hamilton da Mercedes começou o final de semana da última prova da temporada de maneira ideal na briga pelo título entre ele e o seu companheiro de equipe, o alemão Nico Rosberg. Ele fechou os dois primeiros treinos livres como o piloto mais rápido no belíssimo circuito de Yas Marina em Abu Dhabi. Nico Rosberg foi o 2° mais rápido nos dois treinos mostrando que os carros da equipe Mercedes estão em outro patamar. NO P1 o 3° carro mais rápido foi a Ferrari de Fernando Alonso e no P2 Kevin Magnussen da McLaren foi o mais rápido. Essa etapa marca o retorno da equipe Caterham depois que a 'vaquinha' da internet deu certo e permitiu que a equipe tivesse dinheiro para disputar a última etapa da temporada. O brasileiro Felipe Massa da Williams teve um treino fraco, ele terminou apenas na 13° colocação no P1 e no P2 foi o 10° mais rápido, sempre ficando atrás do seu companheiro de equipe Valtteri Bottas (8° e 5°). Nesse sábado (23/11) aconteceu o terceiro treino livre às 8 horas e as 11 horas o treino classificatório que definirá o grid de largada. 

F1: 18° ETAPA - ABU DHABI - FINAL, P1
1.(44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:43.476, 32 voltas
2.(6) Nico Rosberg, Mercedes - +0.133, 1:43.608, 31 voltas
3.(14) Fernando Alonso, Ferrari - +1.708, 1:45.184, 22 voltas
4.(1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - +1.858, 1:45.334, 30 voltas
5.(3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing-Renault - +1.885, 1:45.361, 23 voltas
6.(25) Jean-Eric Vergne, Toro Rosso-Renault - +2.242, 1:45.718, 17 voltas
7.(26) Daniil Kvyat, Toro Rosso-Renault, +2.359, 1:45.835, 32 voltas
8.(77) Valtteri Bottas, Williams-Mercedes - +2.437, 1:45.913, 8 voltas
9.(11) Sergio Perez, Force India-Mercedes - +2.507, 1:45.983, 23 voltas
10.(27) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - +2.554, 1:46.030, 24 voltas
11.(20) Kevin Magnussen, McLaren-Mercedes - +2.573, 1:46.049, 23 voltas
12.(7) Kimi Räikkönen, Ferrari - +2.655, 1:46.131, 23 voltas
13.(19) Felipe Massa, Williams-Mercedes - +3.073, 1:46.549, 7 voltas
14.(21) Esteban Gutierrez, Sauber-Ferrari - +3.080, 1:46.556, 28 voltas
15.(13) Pastor Maldonado, Lotus-Renault - +3.235, 1:46.711, 31 voltas
16.(31) Esteban Ocon, Lotus-Renault - +3.590, 1:47.066, 29 voltas
17.(22) Jenson Button, McLaren-Mercedes - +3.759, 1:47.235, 8 voltas
18.(10) Kamui Kobayashi, Caterham-Renault - +4.495, 1:47.971, 24 voltas
19.(37) Adderly Fong, Sauber-Ferrari - +4.793, 1:48.269, 25 voltas
20.(46) Will Stevens, Caterham-Renault - +7.208, 1:50.684, 14 voltas
F1: 19° ETAPA - ABU DHABI - FINAL - P2
1.(44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:42.113, 35 voltas
2.(6) Nico Rosberg, Mercedes - +0.083, 1:42.196, 37 voltas
3.(20) Kevin Magnussen, McLaren-Mercedes - +0.782, 1:42.895, 37 voltas
4.(1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - +0.846, 1:42.959, 33 voltas
5.(77) Valtteri Bottas, Williams-Mercedes - +0.957, 1:43.070, 34 voltas
6.(3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing-Renault - +1.070, 1:43.183, 32 voltas
7.(7) Kimi Räikkönen, Ferrari - +1.376, 1:43.489, 33 voltas
8.(22) Jenson Button, McLaren-Mercedes - +1.390, 1:43.503, 23 voltas
9.(26) Daniil Kvyat, Toro Rosso-Renault - +1.433, 1:43.546, 38 voltas
10.(19) Felipe Massa, Williams-Mercedes - +1.445, 1:43.558, 34 voltas
11.(11) Sergio Perez, Force India-Mercedes - +1.633, 1:43.746, 37 voltas
12.(13) Pastor Maldonado, Lotus-Renault - +1.892, 1:44.005, 38 voltas
13.(27) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - +1.955, 1:44.068, 32 voltas
14.(25) Jean-Eric Vergne, Toro Rosso-Renault - +2.044, 1:44.157, 39 voltas
15.(21) Esteban Gutierrez, Sauber-Ferrari - +2.203, 1:44.316, 38 voltas
16.(99) Adrian Sutil, Sauber-Ferrari - +2.650, 1:44.763, 37 voltas
17.(8) Romain Grosjean, Lotus-Renault - +2.873, 1:44.986, 35 voltas
18.(10) Kamui Kobayashi, Caterham-Renault - +3.392, 1:45.505, 38 voltas
19.(46) Will Stevens, Caterham-Renault - +4.944, 1:47.057, 34 voltas
20.(14) Fernando Alonso, Ferrari - sem tempo, 2 voltas
------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2014

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

NASCAR SPRINT CUP


Kevin Harvick é o grande campeão da Sprint Cup da Nascar.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O novo formato de playoffs através de eliminações sucessivas dentro das últimas 10 corridas do ano (Chase) foi um verdadeiro sucesso, se levarmos em conta apenas o aspecto emocional da competição. Quem assistiu a corrida desse domingo teve que ter nervos fortes, porque realmente foi emocionante. Os quatro pilotos que disputavam o título na maior parte do tempo estavam sempre entre os 10 primeiros colocados e sempre próximos uns dos outros. Kevin Harvick sempre foi o piloto mais rápido na maioria das corridas do chase e ontem em Homestead, Miami não foi diferente. Harvick acabou vencendo a corrida com uma ótima estratégia de pitstops, quando trocou os 4 pneus na última parada contra apenas 2 de Denny Hamlin. Hamlin não foi páreo para Harvick no final da corrida que ultrapassou facilmente e sofreu uma pequena pressão de Ryan Newman, mas que nunca ameaçou de fato a liderança de Harvick. Merecidamente ele conquista o seu primeiro título da principal categoria da Nascar. Depois da 13° bandeira amarela (detritos na pista) que juntou os pilotos novamente Harvick liderou o pelotão e nas 3 últimas voltas ele não deu chance para ninguem. Kevin Harvick conquistou 5 vitórias na temporada e liderou nada mais nada menos do que 2.137 vooltas ao longo da temporada e conquistou o título com apenas 1 ponto a mais do que Ryan Newman, o 2° colocado.  Em seu primeiro ano na equipe Stewart-Haas Racing, Harvick venceu pela primeira vez em Miami e a 28° vitória de sua carreira para conquistar o título. Os outros dois pilotos que disputavam o título, Denny Hamlin terminou na 7° colocação e Joey Logano após um pit stop desastroso terminou apenas na 16° colocação. Sob bandeira amarela, na volta No. 249, o chefe de equipe Rodney Childers, chamou Harvick para mais uma troca de pneus, mesmo com três carros ficando na pista, oito carros que tambem entraram nos boxes trocaram apenas 2 pneus. Harvick voltou para a pista na 12° colocação. Imediatamente após a relargada Harvick ultrapassou nada mais nada menos do que 6 carros. Com os pneus bem melhores do que Denny Hamlin ele rapidamente chegou no então líder da corrida e ultrapassou com grande facilidade.  Jeff Gordon que largou na pole position, liderou 161 voltas e entrou para troca de pneus na volta No.256 e não incomodou mais ninguem terminando na 10° colocação. Kyle Larson terminou na 13° colocação e foi o vencedor do título de novato do ano (Sunoco Rookie of The Year). O australiano Marcos Ambrose terminou em 27° na sua última corrida pela Nascar Sprint Cup, ele volta no ano que vem para a Australia correr pela equipe de Roger Penske na V8 Australiana.

NASCAR SPRINT CUP: 37° ETAPA - HOMESTEAD, MIAMI - FINAL
1.(4) Kevin Harvick, Chevrolet - 267 voltas
2.(31) Ryan Newman, Chevrolet - 267 voltas
3.(2) Brad Keselowski, Ford - 267 voltas
4.(27) Paul Menard, Chevrolet - 267 voltas
5.(1) Jamie McMurray, Chevrolet - 267 voltas
6.(20) Matt Kenseth, Toyota - 267 voltas
7.(11) Denny Hamlin, Toyota - 267 voltas
8.(15) Clint Bowyer, Toyota - 267 voltas
9.(48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 267 voltas
10.(24) Jeff Gordon, Chevrolet - 267 voltas
11.(41) Kurt Busch, Chevrolet - 267 voltas
12.(5) Kasey Kahne, Chevrolet - 267 voltas
13.(42) Kyle Larson, Chevrolet - 267 voltas
14.(88) Dale Earnhardt Jr, Chevrolet - 267 voltas
15.(51) Justin Allgaier, Chevrolet - 267 voltas
16.(22) Joey Logano, Ford - 267 voltas
17.(78) Martin Truex Jr., Chevrolet - 267 voltas
18.(10) Danica Patrick, Chevrolet - 267 voltas
19.(43) Aric Almirola, Ford - 267 voltas
20.(13) Casey Mears, Chevrolet - 267 voltas
21.(95) Michael McDowell, Ford - 267 voltas
22.(17) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 267 voltas
23.(55) Brian Vickers, Toyota - 267 voltas
24.(36) Reed Sorenson, Chevrolet - 267 voltas
25.(3) Austin Dillon, Chevrolet - 267 voltas
26.(26) Cole Whitt, Toyota - 267 voltas
27.(9) Marcos Ambrose, Ford - 267 voltas
28.(33) Brian Scott, Chevrolet - 267 voltas
29.(40) Landon Cassill, Chevrolet - 267 voltas
30.(34) David Ragan, Ford - 267 voltas
31.(38) David Gilliland, Ford - 267 voltas
32.(98) Josh Wise, Chevrolet - 267 voltas
33.(23) Alex Bowman, Toyota - 264 voltas
34.(99) Carl Edwards, Ford - 263 voltas
35.(7) Michael Annett, Chevrolet - 263 voltas
36.(66) Brett Moffitt, Toyota - 262 voltas
37.(83) J.J. Yeley, Toyota - 254 voltas (Acidente)
38.(32) Blake Koch, Ford - 254 voltas (Acidente)
39.(18) Kyle Busch, Toyota - 246 voltas
40.(47) AJ Allmendinger, Chevrolet - 235 voltas (Acidente)
41.(16) Greg Biffle, Ford - 220 voltas
42.(21) Trevor Bayne, Ford - 204 voltas (Acidente)
43.(14) Tony Stewart, Chevrolet - 182 voltas (Acidente)



















--------------------------------------------------------------------------------------------------------Nascar Sprint Cup 2014

WORLD ENDURANCE CHAMPIONSHIP


Toyota vence as 6 Horas do Bahrain pelo WEC.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Ainda com uma etapa para concluir a temporada nesse final de semana após as 6 Horas do Bahrain já temos os campeões nas categorias LMP1 e LMGTE Pro. Na categoria principal, um drama para a dupla do Toyota TS 040-Hibrido Anthony Davidson e Sebastien Buemi. O carro teve problemas no primeiro quarto da corrida e ficou nada mais nada menos do que 16 voltas parado para a troca do alternador do carro. Mesmo assim da dupla de pilotos conseguiu voltar para a pista e com uma performance convincente conseguiram chegar em 11° e garantiram o titulo da temporada. O outro carro da equipe do trio de pilotos Alexander Würz, Stéphane Sarrazin e Mike Conway cruzou a linha de chegada em primeiro selando o ótimo final de semana da Toyota. A equipe Porsche tambem comemorou a boa corrida no final de semana do Bahrain. O carro #14 da equipe com os pilotos Dumas-Jani-Lieb ficaram em 2° à 50 segundos do vencedor. E fechando o pódio da LMP1 veio o Porsche 911 híbrido #20 de Bernhard-Webber-Hartley. Foi o melhor resultado da Porsche na temporada, inclusive tendo conquistado a pole position e liderado a corrida com os seus dois carros. No campeonato de construtores ainda resta uma chance para a Audi que conquistou 22 pontos na corrida do Bahrain. Na categoria LMP2 tudo sera decidido na etapa do Brasil. Quem venceu no Bahrain foi o carro #47 da equipe KCMG de Matt Howson/Richard Bradley/Alexander Imperatori, foi a 2° vitória do tri na temporada. Quando o carro era conduzido por Bradley dentro da 4° hora da corrida ele assumiiu a liderança com uma bela manobra que valeu a liderança e a vitória. Tivemos uma mudança na liderança do LMP2, agora quem lidera é o trio Olivier Pla/Roman Rusinov/Julien Canal da equipe G-Drive Ligier-Nissan. A equipe russa entra na última etapa com 8 pontos de liderança no campeonato de pilotos e construtores. Na categoria LMGTE Pro tudo definido tambem, o titulo ficou com a dupla de pilotos Gianmaria Bruni e Toni Vilander da equipe AF Corse, eles venceram quatro das primeiras sete corridas e conquistaram pontos suficientes e não podem ser alcançados por ninguem na etapa de Interlagos. 

FIAWEC: 7° ETAPA - 6 HORAS DE BAHRAIN
1.(7) LMP1, A.Wurz/S.Sarrazin/M.Conway, Toyota TS 040-Hybrid - 195 voltas
2.(14) LMP1, R.Dumas/N.Jani/M.Lieb, Porsche 919 Hybrid - +50.460
3.(20) LMP1, T.Bernhard/M.Webber/B.Hartley, Porsche 919 Hybrid - +57.268
4.(2) LMP1, M.Fässler/A.Lotterer/B.Tréluyer, Audi R18 e-tron quattro - +1 volta
5.(1) LMP1, L.Di Grassi/L.Duval/T.Kristensen, Audi R18 e-tron quattro - +2 voltas
6.(13) LMP1, D.Kraihamer/A.Belicchi/F.Leimer, Rebellion R-One Toyota - +7 voltas
7.(12) LMP1, N.Prost/N.Heidfeld/M.Beche, Rebellion R-One Toyota - +13 voltas
8.(47) LMP2, M.Howson/R.Bradley/A.Imperatori, Oreca 03R-Nissan - +14 voltas
9.(37) LMP2, K.Ladygin/V.Shaitar/A.Ladygin, Oreca 03R-Nissan - +17 voltas
10.(35) LMP2, M.Patterson/K.Ihara/D.Cheng, Morgan - Judd - +17 voltas
11.(8) LMP1, A.Davidson/S.Buemi, Toyota TS 040-Hybrid - +18 voltas
12.(26) LMP2, R.Rusinov/O.Pla/J.Canal, Ligier JS P2-Nissan - +18 voltas
13.(51) LMGTE Pro, G.Bruni/T.Vilander, Ferrari F458 Italia - +22 voltas
14.(97) LMGTE Pro, D.Turner/S.Mücke, Aston Martin Vantage V8 - +22 voltas
15.(71) LMGTE Pro, D.Rigon/J.Calado, Ferrari F458 Italia - +22 voltas
16.(91) LMGTE Pro, J.Bergmeister/R.Lietz, Porsche 911 RSR - +22 voltas
17.(92) LMGTE Pro, F.Makowiecki/P.Pilet, Porsche 911 RSR - +23 voltas
18.(95) LMGTE Am, K.Poulsen/D.H-Hansson/N.Thiim, Aston Martin Vantage V8 - +23 voltas
19.(81) LMGTE Am, S.Wyatt/M.Rugolo/A.Bertolini, Ferrari F458 Italia - +24 voltas
20.(98) LMGTE Am, P.Dalla Lana/P.Lamy/C.Nygaard, Aston Martin Vantage V8 - +24 voltas
21.(88) LMGTE Am, C.Ried/K.Bachler/K.Al Qubaisi, Porsche 911 RSR - +25 voltas
22.(90) LMGTE Am, G.Roda/P.Ruberti/M.Cressoni, Ferrari F458 Italia - +25 voltas
23.(61) LMGTE Am, A.Talkanitsa/A.Pier Guidi/J.Segal, Ferrari F458 Italia - +25 voltas
24.(99) LMGTE Pro, A.Macdowall/F.Rees/A.Al Faisal, Aston Martin Vantage V8 - +25 voltas
25.(75) LMGTE Am, F.Perrodo/E.Collard/M.Vaxiviére, Porsche 911 RSR - +25 voltas
26.(27) LMP2, S.Zlobin/N.Minassian/M.Mediani, Oreca 03R-Nissan - +24 voltas
27.(9) LMP1, P.Kaffer/S.Trummer/N.Berthon, CLM `P1/01-AER - abandono





















----------------------------------------------------------------------------------------------------------------FIAWEC 2014

STOCK CAR


Allam Khodair e Sergio Jimenez vencem em Salvador pela Stock.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A penúltima etapa da Stockcar disputada nesse sábado (15/11) em Salvador teve duas corridas muito interessantes. Na primeira o vencedor foi Allam Khodair que declarou que foi a corrida mais dificil que ele disputou em sua carreira. Khodair foi muito pressionado por Felipe Fraga que fez uma ótima corrida, mas uma bandeira amarela deu uma folga para o líder Khodair. Na relargada ele manteve a liderança até o final e conseguiu a sua primeira vitória da temporada. Felipe Fraga chegou em 2° e completando o pódio veio Átila Abreu que ultrapassou Rubens Barrichello na última volta. Na segunda corrida com o grid invertido Rafa Matos era o pole com Sergio Jimenez largando na 2° posição. Logo após a largada Jimenez partiu pra cima de Matos e conquistou a primeira posição de onde não saiu mais até receber a bandeirada quadriculada. Rafa Matos terminou em 2° e Luciano Burti fechou o pódio na terceira colocação. Rubens Barrichello repetiu o resultado da 1° corrida e terminou em 4°, com isso ele segue lider do campeonato com 198 pontos. O campeonato ainda esta em aberto, a última etapa com pontação dobrada acontece no próximo dia 29 de Novembro no Autódromo Internacional de Curitiba. Acompanhe abaixo o resultado completo da Etapa de Salvador (11°).

STOCKCAR: 11° ETAPA - SALVADOR - CORRIDA 1
1.Allam Khodair, Full Time Sports - 28 voltas, 42:26.743
2.Felipe Fraga, Vogel Motorsport - +0.736
3.Átila Abreu, Mobil Super Racing - +2.413
4.Rubens Barrichello, Full Time Sports - +2.959
5.Luciano Burti, Vogel Motorsport - +3.596
6.Antonio Pizzonia, Prati-Mico's Racing - +3.982
7.Ricardo Zonta, RZ Motorsport - +4.371
8.Thiago Camilo, Ipiranga-RCM - +5.199
9.Sergio Jimenez, Voxx Racing Team - +5.853
10.Raphael Matos, Hot Car Competições - +7.268
11.Gabriel Casagrande, C2 Team - +7.599
12.Daniel Serra, Red Bull Racing - +8.082
13.Julio Campos, Prati-Mico's Racing - +8.686
14.Nonô Figueiredo, Mobil Super Racing - +9.459
15.Tuka Rocha, RZ Motorsport - +10.131
16.Galid OSman, Ipiranga-RCM - +11.532
17.Diego Nunes, C2 Team - +12.030
18.Max Wilson, Eurofarma RC - +12.467
19.Rafael Suzuki, ProGP - +13.064
20.Vítor Genz, Boettger Competições - +14.644
21.Bia Figueiredo, ProGP - +15.951
22.Beto Cavaleiro, Hanier Racing - +1 volta
23.Fabio Fogaça, Schin Racing Team - +5 voltas
24.Valdeno Brito, Shell Racing - +8 voltas
**Não terminaram a corrida**
25.Ricardo Mauricio, Eurofarma RC
26.Lucas Foresti, RC3 Bassani
27.Marcos Gomes, Schin Racing Team
28.Cacá Bueno, Red Bull Racing Team
29.Popó Bueno, Shell Racing
30.Alceu Feldman, Hanier Racing
31.Felipe Lapenna, Hot Car Competições
32.Denis Navarro, Voxx Racing Team
STOCKCAR: 11° ETAPA - SALVADOR - 2° CORRIDA
1.Sergio Jimenez, Voxx Racing Tema - 16 voltas, 21:21.325
2.Rafa Matos, Hot Car Competições - +1.017
3.Luciano Burti, Vogel Motorsport - +2.358
4.Rubens Barrichello, Full Time Sports - +3.422
5.Átila Abreu, Mobil Super Racing - +12.311
6.Nonô Figueiredo, Mobil Super Racing - +13.930
7.Julio Campos, Prati-Mico's Racing - +14.805
8.Gabriel Casagrande, C2 Team - +15.431
9.DAniel Serra, Red Bull Racing - +15.903
10.Cacá Bueno, Red Bull Raciing - +16.588
11.Max Wilson, Eurofarma RC - +17.080
12.Diego Nunes, C2 Team - +17.459
13.Rafael Suzuki, ProGP - +17.941
14.Fabio Fogaça, Schin Racing Team - +18.435
15.Galid Osman, Ipiranga-RCM - +18.840
16.Ricardo Maurício, Eurofarma RC - +19.111
17.Popó Bueno, Shell Racing - +19.888
18.Thiago Camilo, Ipiranga-RCM - +20.201
19.Bia Figueiredo, ProGP - +26.277
20.Alceu Feldmann, Hanier Racing - +1:08.141
21.Allam Khodair, Full Time Sports - +1 volta
22.Antonio Pizzonia, Prati-Mico's Racing - +1 volta
23.Vítor Genz, Boettger Competições - +2 voltas
24.Beto Cavaleiro, Hanier Racing - +3 voltas
25.Ricardo Zonta, RZ Motorsport - +6 voltas
**Não terminaram a corrida**
26.Tuka Rocha, RZ Motorsport
27.Felipe Fraga, Vogel Motorsport
28.Valdeno Brito, Shell Racing
29.Lucas Foresti, RC3 Bassani
30.Marcos Gomes, Schin Racing Team
31.Felipe Lapenna, Hot Car Competições
32.Denis Navarro, Voxx Racing Team





















----------------------------------------------------------------------------------------------------------------Stockcar 2014

domingo, 9 de novembro de 2014

FÓRMULA 1


Nico Rosberg vence em Interlagos e leva a decisão da temporada para Abu Dhabi.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Nico Rosberg venceu de ponta a ponta em Interlagos e deixou a final da temporada para o Circuito de Yas Marina em Abu Dhabi. Rosberg largou muito bem, manteve a liderança após a largada e na realidade nunca foi ameaçado na corrida apesar do assédio do seu companheiro de equipe Lewis Hamilton na parte final da prova. Até o primeiro round de paradas nos boxes Rosberg liderou com tranquilidade, na segunda parada de Rosberg, Hamilton ficou mais uma volta na pista e isso quase lhe custou a corrida, com os pneus pra lá de desgastados ele acabou saindo da pista rodando na curva No.4, apesar disso ele conseguiu se recuperar voltar para a pista e parar para a segunda troca de pneus. Hamilton pressionou bastante após as duas próximas paradas, chegou a diminuir a diferença para menos de 1 segundo, mas Rosberg com frieza soube segurar a pressão de Hamilton. Para o delírio da torcida brasileira Felipe Massa da Williams fez uma ótima corrida e apesar de uma penalização por excesso de velocidade no pitlane e ter entrado no box da McLaren, o brasileiro conseguiu chegar na 3° colocação, um pódio importante para Felipe que teve uma temporada muito irregular até agora. O companheiro de Massa, o finlândes Valtteri Bottas certamente chegaria na 4° colocação, mas o seu cinto de segurança que prende as pernas do piloto ao banco soltou e ele perdeu muito tempo no reparo desse problema, Bottas terminou apenas na 10° colocação. Jenson Button da McLaren fez uma ótima corrida e participou de várias batalhas por posições na pista, ele terminou num honrroso 4° lugar, à frente de Sebastian Vettel da Reb Bull em 5° e Fernando Alonso da Ferrari em 6°. Kimi Räikkonen da Ferrari chegou em 7° seguido de Nico Hulkenberg (Force India) em 8°, Kevin Magnussen (McLaren) em 9° e completando a zona de pontuação Valtteri Bottas da Williams. Não tivemos nenhum acidente na prova, foi uma corrida bem limpa, os únicos abandonos foram de Daniel Ricciardo com problemas em sua suspensão dianteira e Romain Grosjean da Lotus na volta No.64. O título da temporada será decidido daqui duas semanas em Abu Dhabi numa prova que terá a sua pontuação dobrada, Hamilton tem agora 17 pontos de vantagem e para ele basta um 2° lugar. Rosberg tem a obrigação de vencer a corrida e torcer para que o seu companheiro de equipe não termine em 2°.  





















F1: 18° ETAPA - GP DO BRASIL - INTERLAGOS

1.(#6) Nico Rosberg, Mercedes - 71 voltas (25 pontos)
2.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - +1.4 (18 pontos)
3.(#19) Felipe Massa, Williams-Mercedes - +41.0 (15 pontos)
4.(#22) Jenson Button, McLaren-Mercedes - +48.6 (12 pontos)
5.(#1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing - +51.4 (10 pontos)
6.(#14) Fernando Alonso, Ferrari - +61.9 (8 pontos)
7.(#7) Kimi Räikkönen, Ferrari - +63.7 (6 pontos)
8.(#27) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - +63.9 (4 pontos)
9.(#20) Kevin Magnussen, McLaren-Mercedes - +70.0 (2 pontos)
10.(#77) Valtteri Bottas, Williams-Mercedes - +1 volta (1 ponto)
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
11.(#26) Daniil Kvyat, Toro Rosso-Renault - +1 volta
12.(#13) Pastor Maldonado, Lotus-Renault - +1 volta
13.(#25) Jean-Eric Vergne, Toro Rosso-RRenault - +1 volta
14.(#21) Esteban Gutierrez, Sauber-Ferrari - +1 volta
15.(#11) Sergio Perez, Force India-Mercedes - +1 volta
16.(#99) Adrian SUtil, Sauber-Ferrari - +1 volta
17.(#8) Romain Grosjean, Lotus-Renault - +8 voltas
18.(#3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing-Renault - abandono
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2014

NASCAR NATIONWIDE SERIES


Chase Elliott se torna o mais jovem campeão de toda a história da Nascar.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A corrida desse sábado pela Nationwide da Nascar foi sensacional, Brad Keselowski na última relargada fez uma manobra excepcional ultrapassou Kyle Busch e venceu a corrida, mas o destaque da noite foi o garoto de apenas 18 anos Chase Elliott que chegou na 5° colocação e se tornou o mais jovem campeão de uma série nacional da Nascar.  Elliott, filho de Bill Elliott que já foi campeão de uma temporada da Sprint Cup, entrou na corrida de sábado precisando manter a vantagem de 48 pontos sobre o segundo colocado Regan Smith, ele conseguiu chegando na 5° colocação e conquistando o título ainda com uma etapa faltando para o término da temporada. Chase Elliott chamou atenção da NAscar no ano passado quando conquistou a sua primeira vitória pela Truck Series no Canadá, quando ele fez apenas algumas corridas pela categoria. A sua performance na Truck e em outras corridas de stock-car chamou a atenção de Dale Earnhardt Jr., que fechou um contrato com Elliott para correr a temporada completa com a sua equipe da Nationwide. Ele fez questão de usar o No.9 que fora de seu pai e que fez muito sucesso, conquistando 38 vitórias na principal categoria da Nascar. O pai Bill Elliott começou a sua carreira como fiel seguidor da Ford, o seu filho Chase Elliott já conseguiu um grande feito com o seu Chevrolet. O sucesso veio cedo na Nationwide, na sua 6° corrida apenas pela série ele ultrapassou Kevin Harvick com 16 voltas para terminar a corrida no Texas e liderou à frente de 5 pilotos da Sprint Cup incluindo o seu chefe Dale Jr. para vencer.  Na semana seguinte ele estava de volta ao topo do pódio com mais uma vitória em Darlington. Um acidente em Charlotte custou-lhe a liderança do campeonato que ele recuperou com uma vitória em Julho em Chicago e de lá nunca mais perdeu a liderança do campeonato. A temporada da Nationwide termina na semana que vem no Speedway de Homestead em Miami. Confira abaixo o resultado completo da corrida que deu o título histórico a Chase Elliott.





















NASCAR NATIONWIDE: 32° ETAPA - PHOENIX - FINAL

1.(22) Brad Keselowski, Ford - 206 voltas
2.(54) Kyle Busch, Toyota - 206 voltas
3.(11) Elliott Sadler, Toyota - 206 voltas
4.(3) Ty Dillon, Chevrolet - 206 voltas
5.(9) Chase Elliott, Chevrolet - 206 voltas
6.(20) Erik Jones, Toyota - 206 voltas
7.(2) Brian Scott, Chevrolet - 206 voltas
8.(62) Brendan Gaughan, Chevrolet - 206 voltas
9.(6) Trevor Bayne, Ford - 206 voltas
10.(7) Regan Smith, Chevrolet - 206 voltas
11.(51) Jeremy Clements, Chevrolet - 206 voltas
12.(60) Chris Buescher, Ford - 206 voltas
13.(42) Kyle Larson, Chevrolet - 206 voltas
14.(99) James Buescher, Toyota - 206 voltas
15.(31) Dylan Kwasniewski, Chevrolet - 206 voltas
16.(19) Mike Bliss, Toyota - 206 voltas
17.(5) Alex Bowman, Chevrolet - 205 voltas
18.(44) Blake Koch, Toyota - 204 voltas
19.(16) Ryan Reed, Ford - 204 voltas
20.(39) Ryan Sieg, Chevrolet - 204 voltas
21.(43) Dakoda Armstrong, Ford - 204 voltas
22.(29) Kelly Admiral, Toyota - 204 voltas
23.(25) John Wes Townley, Toyota - 203 voltas
24.(40) Matt DiBenedetto, Chevrolet - 203 voltas
25.(84) Chad Boat, Chevrolet - 202 voltas
26.(14) Eric McClure, Toyota = 202 voltas
27.(55) Jamie Dick, Chevrolet - 200 voltas
28.(52) Joey Gase, Chevrolet - 200 voltas
29.(23) MacKena Bell, Chevrolet - 198 voltas
30.(28) J.J. Yeley, Dodge - 154 voltas (Câmbio)
31.(70) Derrike Cope, Chevrolet - 117 vooltas (Freios)
32.(01) Landon Cassill, Chevrolet - 81 voltas (Acidente)
33.(17) Tanner Berryhill, Toyota - 58 voltas (Freios)
34.(10) Jeff Green, Toyota - 51 voltas (Vibração)
35.(74) Mike Wallace, Dodge - 41 voltas (Suspensão)
36.(77) Brennan Newberry, Chevrolet - 34 voltas (Acidente)
37.(89) Morgan Shepherd, Chevrolet - 20 voltas (Freios)
38.(93) T.J. Bell, Dodge - 14 voltas (Vibração)
39.(87) Carl Long, Ford - 10 voltas (Freios)
40.(4) Jeffrey Earnhardt, Chevrolet - 0 voltas (Motor)
------------------------------------------------------------------------------------------------------Nascar Nationwide Series 2014

sábado, 8 de novembro de 2014

NASCAR CAMPING WORLD TRUCK SERIES














Erik Jones conquista a sua 2° vitória da carreira em Phoenix.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Numa corrida encurtada por causa de problemas na iluminação artificial do circuito de Phoenix, Erik Jones após 126 voltas das 150 programadas foi declarado o vencedor da corrida na noite de sexta-feira (07/11). Jones liderou 114 das 126 voltas. Na volta No.124 quando as camionetes estavam sob velocidade máxima veio o apagão de energia  colocando os pilotos em risco e a direção da Nascar resolveu encerrar a corrida. Jones que venceu a mesma corrida no ano passado conquistou a 4° vitória de sua carreira na Truck Series. O líder do campeonato Matt Crafton terminou em 2° e aumentou a liderança para o segundo colocado Ryan Blaney para 25 pontos. Tudo vai ser decidido na semana que vem em Homestead, Miami na última etapa da temporada. A situação de Crafton é muito tranquila, para a corrida de sexta-feira que vem basta que ele termine em 21° ou melhor que conquistará o título da temporada. Confira abaixo o resultado completa da corrida de sexta em Phoenix.

NASCAR CWTS: 21° ETAPA - PHOENIX - FINAL
1.(51) Erik Jones, Toyota - 126 voltas
2.(88) Matt Crafton, Toyota - 126 voltas
3.(00) Cole Custer, Chevrolet - 126 voltas
4.(29) Ryan Blaney, Ford - 126 voltas
5.(32) Ben Rhodes, Chevrolet - 126 voltas
6.(54) Darrell Wallace Jr., Toyota - 126 voltas
7.(8) John Hunter Nemechek, Toyota - 126 voltas
8.(14) Austin Dillon, Chevrolet - 126 voltas
9.(98) Johnny Sauter, Toyota - 126 voltas
10.(19) Tyler Reddick, Ford - 126 voltas
11.(31) Ben Kennedy, Chevrolet - 126 voltas
12.(33) Brandon Jones, Chevrolet - 126 voltas
13.(15) Mason Mingus, Chevrolet - 126 voltas
14.(99) Bryan Silas, Chevrolet - 126 voltas
15.(08) Korbin Forrister, Chevrolet - 126 voltas
16.(9) Brennan Newberry, Chevrolet - 126 voltas
17.(20) Gray Gaulding, Chevrolet - 126 voltas
18.(02) Tyler Young, Chevrolet - 124 voltas
19.(17) Timothy Peters, Toyota - 124 voltas
20.(45) Matt Trifft, Chevrolet - 124 voltas
21.(36) Tyler Tanner, Dodge Ram - 123 voltas
22.(80) Jody Knowles, Ford - 122 voltas
23.(10) Jennifer Jo Cobb, Chevrolet - 119 voltas
24.(50) Jordan Anderson, Chevrolet - 105 voltas (Probl. Elétricos)
25.(13) Jeb Burton, Toyota - 102 voltas
26.(77) German Quiroga Jr., Toyota - 83 voltas
27.(74) Wendell Chavous, Chevrolet - 80 voltas
28.(6) Norm Benning, Chevrolet - 54 voltas (Steering)
29.(35) Akinori Ogata, Toyota - 45 voltas (Câmbio)
30.(21) Joey Coulter, Chevrolet - 38 voltas (Acidente)
31.(23) Spencer Gallagher, Chevrolet - 27 voltas (Acidente)
32.(07) BJ McLeod, Chevrolet - 21 voltas (Eixo)
33.(05) John Wes Townley, Toyota - 1 volta (Acidente)
34.(63) Justin Jennings, Chevrolet - 0 voltas (Acidente)
-------------------------------------------------------------------------------------Nascar Camping World Truck Series 2014 

FÓRMULA 1
















Nico Rosberg confirma o favoritismo e conquista a sua 10° pole position do ano em Interlagos.

por Luis Fernando Soares de Almeida

Deu a lógica, o alemão Nico Rosberg dominou amplamente os treinos livres e confirmou o seu favoritismo hoje a tarde em Interlagos conquistando a sua 10e pole position do ano. Lewis Hamilton tem 7 poles e Daniel Ricciardo da Red Bull tem 1. Os adversários de Rosberg e Hamilton da Mercedes nesse final de semana serão os carros de Felipe Massa e Valtteri Bottas da Williams-Mercedes, que ficaram respectivamente com a 3° e a 4° colocações. Nico Rosberg além de ter sido o mais rápido nos três treinos livres foi o mais rápido em todas as etapas do qualifying. No Q3 conseguiu uma volta de 1:10.023 e conquistou a pole. Lewis Hamilton larga ao lado dele na primeira fila com uma volta de 1:10.056. Na terceira fila temos Jenson Button da McLaren-Mercedes em 5° e Sebastian Vettel da Red Bull em 6°. Na quarta fila Kevin Magnussen da McLaren vem em 7° e Fernando Alonso da Ferrari em 8°. Fechando os dez primeiros colocados largam na 9° posição Daniel Ricciardo da Red Bull e Kimi Räikkönen da Ferrari em 10°. O treino foi disputado por um céu nublado que ficou somente na ameaça de chuva, não choveu nenhum dia ainda em Interlagos e a expectativa de chuva é sempre grande para amanhã. Confira abaixo como ficou o grid de largada da 18° etapa da Fórmula 1. 

F1: 18° ETAPA, GP BRASIL, INTERLAGOS - GRID
1.(#6) Nico Rosberg, Mercedes - 1:10.023 (14 voltas)
2.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:10.056 (14 voltas)
3.(#19) Felipe Massa, Williams-Mercedes - 1:10.247 (17 voltas)
4.(#77) Valtteri Bottas, Williams-Mercedes - 1:10.305 (17 voltas)
5.(#22) Jenson Button, McLaren-Mercedes - 1:10.930 (16 voltas)
6.(#1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - 1:10.938 (19 voltas)
7.(#20) Kevin Magnussen, McLaren-Mercedes - 1:10.969 (16 voltas)
8.(#14) Fernando Alonso, Ferrari - 1:10.977 (18 voltas)
9.(#3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing Renault - 1:11.075 (20 voltas)
10.(#7) Kimi Räikkönen, Ferrari - 1:11.099 (18 voltas)
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
11.(#21) Esteban Gutierrez, Sauber-Ferrari - 1:11.591 (18 voltas)
12.(#27) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - 1:11.976 (14 voltas)
13.(#99) Adrian Sutil, Sauber-Ferrari - 1:12.099 (17 voltas)
14.(#26) Daniil Kvyat, Toro Rosso-Renault - 1:11.423 (9 voltas)
15.(#8) Romain Grosjean, Lotus-Renault - 1:12.037 (8 voltas)
16.(#25) Jean-Eric Vergne, Toro Rosso-Renault - 1:12.040 (10 voltas)
17.(#11) Sergio Perez, Force India-Mercedes - 1:12.076 (9 voltas)
18.(#13) Pastor Maldonado, Lotus-Renault - 1:12.233 (7 voltas)
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2014 

FÓRMULA 1
















Nico Rosberg da Mercedes continua mandando no GP do Brasil em Interlagos.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Nico Rosberg precisou apenas da parte final do terceiro treino livre na manhã desse sábado (08/11) para mostrar que será o piloto a ser batido nesse final de semana. O brasileiro Felipe Massa da Williams-Mercedes fez uma excelente volta de 1:10.875, mas no final o alemão Nico Rosberg cravou o melhor tempo do final de semana em Interlagos até agora, 1:10.446. Lewis Hamilton ficou em 2° com 1:10.560. O treino que define o grid de largada acontece as 14 hotras desse sábado.

F1: 18° ETAPA - GP DO BRASIL, INTERLAGOS - FP3
1.(#6) Nico Rosberg, Mercedes - 1:10.446 (28 voltas)
2.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:10.560 (20 voltas)
3.(#19) Felipe Massa, Williams-Mercedes - 1:10.875 (21 voltas)
4.(#77) Valtteri Bottas, Williams-Mercedes - 1:11.054 (23 voltas)
5.(#3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing-Renault - 1:11.188 (11 voltas)
6.(#22) Jenson Button, McLaren-Mercedes - 1:11.210 (19 voltas)
7.(#7) Kimi Räikkönen, Ferrari - 1:11.316 (15 voltas)
8.(#14) Fernando Alonso, Ferrari - 1:11.399 (8 voltas)
9.(#20) Kevin Magnussen, McLaren-Mercedes - 1:11.499 (19 voltas)
10.(#26) Daniil Kvyat, Toro Rosso-Renault - 1:11.834 (26 voltas)
11.(#1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - 1:11.967 (21 voltas)
12.(#13) Pastor Maldonado, Lotus-Renault - 1:12.069 (29 voltas)
13.(#99) Adrian Sutil, Sauber-Ferrari - 1:12.184 (27 voltas)
14.(#8) Romain Grosjean, Lotus-Renault - 1:12.235 (30 voltas)
15.(#25) Jean-Eric Vergne, Toro Rosso-Renault - 1:12.235 (29 voltas)
16.(#21) Esteban Gutierrez, Sauber-Ferrari - 1:12.286 (24 voltas)
17.(#27) Nico HUlkenberg, Force India-Mercedes - 1:12.324 (17 voltas)
18.(#11) Sergio Perez, Force India-Mercedes - 1:12.942 (25 voltas)
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2014 

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

FÓRMULA 1


Tudo dentro da normalidade no FP1 e FP2 em Interlagos, a Mercedes na frente.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Nico Rosberg da Mercedes foi o mais rápido nessa sexta-feira nos dois treinos livres para a 18° etapa da Fórmula 1 em Interlagos, São Paulo. No primeiro treino na parte da manhã Rosberg cravou uma volta de 1:12.764 e foi o mais rápido, o seu companheiro de equipe e líder do campeonato Lewis Hamilton foi o segundo mais rápido com 1:12.985 e o russo Daniil Kvyar da Toro Rosso fechou o 'pódio' do FP1 com 1:13.723.  O novo asfalto de Interlagos, demorou para dar um grip nos carros. O único acidente do primeiro treino livre aconteceu com o estreante Daniel Juncadella com a Force-India, o novato acabou errando uma frenagem e acabou batendo e danificando o carro. Sergio Perez sequer conseguiu participar do FP2 pois o carro ainda estava sendo reparado. No segundo treino novamente Rosberg foi o mais rápido, seguido de Hamilton e Kimi Räikkönen da Ferrari que teve um ótimo dia em Interlagos. Fernando Alonso ficou em 7° e teve a sua Ferrari incendiada. Os brasileiros Felipe Massa e Felipe Nasr da Williams tiveram um dia produtivo. Nasr que acertou a sua participação no ano que vem como um dos pilotos da equipe Sauber, participou apenas do FP1 ele ficou na 12° colocação. Felipe Massa teve um bom desempenho ficando em 5° no FP1 e em 6° no FP2. O terceiro treino livre acontece nesse sábado (08/11) às 11 horas da manhã e o treino de classificação acontece às 14 horas. 





















F1: 18° ETAPA - INTERLAGOS, SP - FP1
1.(#6) Nico Rosberg, Mercedes - 1:12.764 (30 voltas)
2.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - +0.221, 1:12.985 (32 voltas)
3.(#26) Daniil Kvyat, Toro Rosso-Renault - +0.950, 1:13.723 (39 voltas)
4.(#14) Fernando Alonso, Ferrari - +0.978, 1:13.742 (30 voltas)
5.(#19) Felipe Massa, Williams-Mercedes - +1.047, 1:13.811 (28 voltas)
6.(#38) Max Verstappen, Toro Rosso-Renault - +1.063, 1:13.827 (26 voltas)
7.(#13) Pastor Maldonado, Lotus-Renault - +1:270, 1:14.034 (31 voltas)
8.(#7) Kimi Räikkönen, Ferrari - +1.350, 1:14.114 (32 voltas)
9.(#20) Kevin Magnussen, McLaren-Mercedes - +1.372, 1:14.136 (30 voltas)
10.(#3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing-Renault - +1.433, 1:14.197 (27 voltas)
11.(#99) Adrian Sutil, Sauber-Ferrari - +1.670, 1:14.434 (31 voltas)
12.(#40) Felipe Nasr, Williams-Mercedes - +1.758, 1:14.522 (22 voltas)
13.(#27) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - +1.914, 1:14.678 (33 voltas)
14.(#1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - +2.138, 1:14.902 (24 voltas)
15.(#8) Romain Grosjean, Lotus-Renault - +2.345, 1:15.109 (23 voltas)
16.(#34) Daniel Juncadella, Force India-Mercedes - +3.266, 1:16.030 (17 voltas)
17.(#22) Jenson Button, McLaren-Mercedes - sem tempo (1 volta)
18.(#21) Esteban Gutierrez, Sauber-Ferrari - sem tempo (6 voltas)
F1: 18° ETAPA - INTERLAGOS, SP - FP2
1.(#6) Nico Rosberg, Mercedes - 1:12.123 (36 voltas)
2.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - +0.213, 1:12.336 (36 voltas)
3.(#7) Kimi Räikkönen, Ferrari - +0.573, 1:12.696 (32 voltas)
4.(#3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing-Renault - +0.833, 1:12.956 (24 voltas)
5.(#77) Valtteri Bottas, Williams-Mercedes - +0.912, 1:13.035 (31 voltas)
6.(#19) Felipe Massa, Williams-Mercedes - +0.976, 1:13.099 (27 voltas)
7.(#14) Fernando Alonso, Ferrari - +0.999, 1:13.122 (20 voltas)
8.(#26) Daniil Kyvat, Toro Rosso-Renault - +1.131, 1:13.254 (35 voltas)
9.(#1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - +1.210, 1:13.333 (28 voltas)
10.(#20) Kevin Magnussen, McLaren-Mercedes - +1.356, 1:13.479 (33 voltas)
11.(#13) Pastor Maldonado, Lotus-Renault - +1.374, 1:13.497 (33 voltas)
12.(#8) Romain Grosjean, Lotus-Renault - +1.591, 1:13.714 (37 voltas)
13.(#27) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - +1.759, 1:13.882 (32 voltas)
14.(#21) Esteban Gutierrez, Sauber-Ferrari - +1.779, 1:13.902 (25 voltas)
15.(#99) Adrian Sutil, Sauber-Ferrari - +2.081, 1:14.204 (36 voltas)
16.(#22) Jenson Button, McLaren-Mercedes - +2.086, 1:14.209 (1 volta)
17.(#25) Jean-Eric Vergen, Toro Rosso-Renault - +5.048, 1:17.171 (31 voltas)
18.(#11) Sergio Perez, Force India-Mercedes - sem tempo
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2014 

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

FÓRMULA 1


Lewis Hamilton em Austin e se aproxima do bi-campeonato.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Lewis Hamilton mostrou porque é um dos melhores pilotos em atividade na Fórmula 1 nesse domingo em Austin no Texas. Largando da 2° colocação ele pressionou Nico Rosberg mas não conseguiu ultrapassar o seu companheiro de equipe na largada. Até o primeiro ciclo de paradas nos boxes, o alemão Nico Rosberg (Mercedes) controlou com maestria a corrida. Na volta No.15 Rosberg entrou para a sua primeira parada, Hamilton entrou uma volta mais tarde, voltando ainda atrás de Rosberg. Na 24° volta Lewis Hamilton surpreendeu Rosberg com uma manobra fantástica na curva 12 do Circuito de Austin, Hamilton acreditou na sorte e arriscou tudo deixando para frear o carro no meio da curva, a manobra deu certo e ele assumiu a liderança da corrida. Na parte final da corrida Rosberg começou a diminuir a vantagem de Hamilton mais por conta do tráfego que os dois encontraram na pista do que pela performance mesmo. Foi a 5° vitória seguida de Hamilton e a 10° da temporada e a 32° de sua carreira, colocando ele à frente do recorde de Nigel Mansell que detinha 31 vitórias na carreira. O brasileiro Felipe Massa (Williams) fez uma ótima corrida e se não fosse pelo fraco trabalha da equipe em sua última parada certamente ele terminaria com a última posição do pódio que acabou ficando com o excelente Daniel Ricciardo da Red Bull. Ricciardo teve uma péssima largada e perdeu várias posições, mas se recuperou brilhantemente e conseguiu mais um pódio na temporada. Valtteri Bottas (Williams) conquistou uma tranquila 5° colocação, com Fernando Alonso (Ferrari) em 6°. Sebastian Vettel (Red Bull) que fez quatro paradas para troca de pneus, conseguiu à sua maneira chegar na 7° colocação. Na primeira volta o carro de segurança teve que entrar na pista devido ao acidente entre o mexicano Sergio Perez (Force India) e Adrian Sutil (Sauber) que retirou os dois pilotos da corrida. Uma das quatro paradas de Vettel foi por causa de um furo nos pneus pelos detritos deixados por esse acidente. Perez acabou sendo punido após a corrida, com a perda de posições para o grid de Interlagos no próximo domingo. A corrida teve várias disputas interessantes no bloco intermediário, Romain Grosjean da Lotus, fez uma corrida arrojada e teve várias batalhas interessantes mais precisamente com Jean-Eric Vergne (Toro Rosso) e o seu companheiro de equipe Pastor Maldonado (Lotus). O final e semana para a Force India foi um pesadelo, além do acidente de Perez, Nico Hulkenberg abandonou a corrida cedo com problemas mecânicos. O campeonato apesar de ter apenas 2 pilotos da mesma equipe lutando pelo título esta emocionante. Hamilton tem agora 24 pontos de vantagem sobre Rosberg, restam ainda duas etapas e na última teremos pontos dobrados, ou seja são 75 pontos ainda em disputa. 

FÓRMULA 1: 17° ETAPA - AUSTIN, TEXAS - FINAL
1.(44) Lewis Hamilton, Mercedes - 56 voltas, 1:40:04.785 (25 pontos)
2.(6) Nico Rosberg, Mercedes - +4.3 (18 pontos)
3.(3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing-Renault - +25.5 (15 pontos)
4.(19) Felipe Massa, Williams-Mercedes - +26.9 (12 pontos)
5.(77) Valtteri Bottas, Williams-Mercedes - +30.9 (10 pontos)
6.(14) Fernando Alonso, Ferrari - +95.2 (8 pontos)
7.(1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - +95.7 (6 pontos)
8.(20) Kevin Magnussen, McLaren-Mercedes - +100.68 (4 pontos)
9.(13) Pastor Maldonado, Lotus-Renault - +107.87 (2 pontos)
10.(25) Jean-Eric Vergne, Toro Rosso-Renault - +108.86 (1 ponto)
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------
11.(8) Romain Grosjean, Lotus-Renault - +1 volta
12.(22) Jenson Button, McLaren-Mercedes - +1 volta
13.(7) Kimi Räikkönen, Ferrari - +1 volta
14.(21) Esteban Gutierrez, Sauber-Ferrari - +1 volta
15.(26) Daniil Kvyat, Toro Rosso-Renault - +1 volta
**Não classificados**
(27) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - motor
(11) Sergio Perez, Force India-Mercedes - Acidente
(99) Adrian Sutil, Sauber-Ferrari - Acidente
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2014

STOCK CAR


Júlio Campos e Antonio Pizzonia foram os vencedores em Tarumã pela Stock Car.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O destaque da rodada dupla pela 10° etapa da Stock Car foi Júlio Campos que na primeira corrida conquistou a sua primeira vitória na categoria principal. A chuva castigou demais a região do Autódromo e a primeira corrida teve que ser adiada por 5 horas, a pista estava totalmente impraticável. Mesmo com a melhora da pista a largada foi realizada com o carro de segurança na pista. Júlio Campos que largou na 8° colocação deu um show e mesmo depois que a pista começou a secar ele continuou na pista com os pneus de chuva e se deu bem. O pódio foi completado por Allam Khodair em 2° e Ricardo Maurício em 3°. Thiago Camilo terminou em 5° e Rubens Barrichello na 9° colocação. Antonio Pizzonia que chegou em 10° na primeira corrida largou na segunda na pole position e venceu de ponta a ponta. Rubinho terminou em 2° e Ricardo Zonta fechou o pódio em terceiro. Após o final de semana Rubens Barrichello assumiu a liderança do campeonato com 170 pontos, Thiago Camilo esta na vice-liderança com 161,5, uma campeonato emocionante em sua parte final.     


















STOCK CAR: 10° ETAPA - TARUMÃ - CORRIDA 1
1.Júlio Campos, Peugeot - 32 voltas, 42:04.277
2.Allam Khodair, Chevrolet - +4.456
3.Ricardo Maurício, Chevrolet - +5.451
4.Valdeno Brito, Chevrolet - +6.060
5.Thiago Camilo, Chevrolet - +9.444
6.Ricardo Zonta, Chevrolet - +13.243
7.Max Wilson, Chevrolet - +16.156
8.Luciano Burti, Chevrolet - +21.481
9.Rubens Barrichello, Chevrolet - +22.856
10.Antonio Pizzonia, Peugeot - +23.146
11.Gabriel Casagrande, Chevrolet - +23.256
12.Vitor Genz, Peugeot - +23.834
13.Sergio Jimenez, Peugeot - +25.674
14.Cacá Bueno, Chevrolet - +25.983
15.Rafa Matos, Chevrolet - +29.247
16.Rafael Suzuki, Chevrolet - +41.309
17.Daniel Serra, Chevrolet - +42.460
18.Popó Bueno, Chevrolet - +43.547
19.Átila Abreu, Chevrolet - +47.063
20.Diego Nunes, Chevrolet - +49.658
21.Nonô Figueiredo, Chevrolet - +51.108
22.Marcos Gomes, Peugeot - +52.065
23.Galid Osman, Chevrolet - +55.129
24.Fábio Fogaça, Peugeot - +1:10.471
25.Felipe Lapenna, Chevrolet - +1:11.007
26.Alceu Feldmann, Peugeot - +1 volta
27.Bia Figueiredo, Chevrolet - +1 volta
28.Felipe Gama, Peugeot - +1 volta
29.Lucas Foresti, Peugeot - +1 volta
30.Felipe Tozzo, Peugeot - +1 volta
31.Beto Cavaleiro, Peugeot - +1 volta
32.Felipe Fraga, Chevrolet - +7 voltas
33.Tuka Rocha, Chevrolet - +15 voltas
34.Denis Navarro, Peugeot - +20 voltas
STOCK CAR: 10° ETAPA - TARUMÃ - CORRIDA 2
1.Antonio Pizzonia (Prati-Mico's Racing) - 14 voltas, 21min41s702
2.Rubens Barrichello (Full Time Sports) - +1.917
3.Ricardo Zonta (RZ Motorsport) - +2.546
4.Cacá Bueno (Red Bull Racing) - +2.904
5.Marcos Gomes (Schin Racing Team) - +3.769
6.Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) - +4.309
7.Átila Abreu (Mobil Super Racing) - +4.361
8.Rafa Matos (Hot Car Competições) - +7.002
9.Valdeno Brito (Shell Racing) - +20.800
10.Nonô Figueiredo (Mobil Super Racing) - +23.935
11.Max Wilson (Eurofarma RC) - +24.455
12.Julio Campos (Prati-Mico's Racing) - +25.475
13.Galid Osman (Ipiranga-RCM) - +26.024
14.Bia Figueiredo (ProGP) - +30.842
15.Beto Cavaleiro (Hanier Racing) - +34.582
16.Vitor Genz (Boettger Competições) - +46.768
17.Popó Bueno (Shell Racing) - +1:12.620
18.Rafael Suzuki (ProGP) - +1 Volta
19.Allam Khodair (Full Time Sports) - +1 Volta
20.Ricardo Maruício (Eurofarma RC) - +2 Voltas
21.Denis Navarro (Voxx Racing Team) - +3 Voltas
22.Felipe Lapenna (Hot Car Competições) - +4 Voltas
23.Alceu Feldmann (Hanier Racing) - +4 Voltas
24.Sérgio Jimenez (Voxx Racing Team) - +4 Voltas
25.Lucas Foresti (RC3 Bassani) - +4 Voltas
26.Felipe Gama (RC3 Bassani) - +4 Voltas
27.Daniel Serra (Red Bull Racing) - +5 Voltas
28.Felipe Tozzo (Boettger Competições) - +8 Voltas
29.Fábio Fogaça (Schin Racing Team) - +8 Voltas
30.Tuka Rocha (RZ Motorsport) - +8 Voltas
31.Luciano Burti (Vogel Motorsport) - +9 Voltas
32.Diego Nunes (C2 Team) - +13 Voltas
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------Stock Car 2014 

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

NASCAR SPRINT CUP















Dale Earnhardt Jr. vence em Martinsville pela Sprint Cup.

por Luis Fernando Soares de Almeida

Dale Earnhardt Jr., roubou a vitória nesse domingo dos pilotos que ainda disputam o título da temporada. Com apenas 4 voltas para terminar a corrida Earnhardt Jr., ultrapassou Tony Stewart e suportou a pressão de Jeff Gordon nas duas últimas voltas vencendo por 0.344 segundos. Gordon com a 2° colocação lidera o round de eliminação do Chase.  Atrás dos companheiros da equipe Hendrick Earnhardt e Gordon, Ryan Newman veio em 3°, conseguindo terminar pela 5° vez seguida no Top 10 e é o vice-líder na tabela de classificação, apesar de não ter nenhuma vitória na temporada. Tony Stewart terminou em 4° e Joey Logano em 5°, o seu sexto top 5 resultado em sete corridas do Chase nesse ano. Kevin Harvick e Brad Keselowski tiveram problemas na prova, na volta No.228, o carro de Matt Kenseth perdeu uma roda na curva 1, rodou e levou o carro de Kevin Harvick para o muro. Depois de ficar muito tempo na garagem, Harvick voltou e terminou na 33°, 43 voltas atrás do líder. As próximas duas corridas, Texas e Phoenix definirão as 4 pilotos que disputarão o título em Homestead em Miami. Brad Keselowski terminou apenas na 31° colocação, e esta atrás de Gordon 31 pontos. Na próxima corrida Keselowski e Harvick entram praticamente com a obrigação de vencer para continuarem ainda na luta. 

NASCAR: 33° ETAPA - MARTINSVILLE - FINAL
1.(88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 500 voltas
2.(24) Jeff Gordon, Chevrolet - 500 voltas
3.(31) Ryan Newman, Chevrolet - 500 voltas
4.(14) Tony Stewart, Chevrolet - 500 voltas
5.(22) Joey Logano, Ford - 500 voltas
6.(20) Matt Kenseth, Toyota - 500 voltas
7.(15) Clint Bowyer, Toyota - 500 voltas
8.(11) Denny Hamlin, Toyota - 500 voltas
9.(47) AJ Allmendinger, Chevrolet - 500 voltas
10.(34) David Ragan, Ford - 500 voltas
11.(18) Kyle Busch, Toyota - 500 voltas
12.(3) Austin Dillon, Chevrolet - 500 voltas
13.(16) Greg Biffle, Ford - 500 voltas
14.(27) Paul Menard, Chevrolet - 500 voltas
15.(17) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 500 voltas
16.(1) Jamie McMurray, Chevrolet - 500 voltas
17.(51) Justin Allgaier, Chevrolet - 500 voltas
18.(26) Cole Whitt, Toyota - 500 voltas
19.(40) Landon Cassill, Chevrolet - 500 voltas
20.(99) Carl Edwards, Ford - 500 voltas
21.(43) Aric Almirola, Ford - 500 voltas
22.(38) David Gilliland, Ford - 500 voltas
23.(9) Marcos Ambrose, Ford - 499 voltas
24.(7) Michael Annett, Chevrolet - 499 voltas
25.(98) Josh Wise, Chevrolet - 499 voltas
26.(66) Mike Wallace, Toyota - 499 voltas
27.(55) Brian Vickers, Toyota - 496 voltas
28.(32) Kyle Fowler, Ford - 491 voltas
29.(23) Alex Bowman, Toyota - 490 voltas
30.(42) Kyle Larson, Chevrolet - 487 voltas (Acidente)
31.(2) Brad Keselowski, Ford - 472 voltas
32.(48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 459 voltas
33.(4) Kevin Harvick, Chevrolet - 457 voltas
34.(10) Danica Patrick, Chevrolet - 451 voltas (Acidente)
35.(36) Reed Sorenson, Chevrolet - 442 voltas
36.(41) Kurt Busch, Chevrolet - 438 voltas
37.(13) Casey Mears, Chevrolet - 436 voltas (Acidente)
38.(78) Martin Truex Jr., Chevrolet - 436 voltas (Acidente)
39.(83) J.J. Yeley, Toyota - 436 voltas
40.(5) Kasey Kahne, Chevrolet - 403 voltas (Acidente)
41.(33) Travis Kvapil, Chevrolet - 280 voltas (Motor)
42.(44) Timmy Hill, Chevrolet - 30 voltas (Freios)
43.(93) Clay Rogers, Toyota - 25 voltas (Super aquecimento)
-------------------------------------------------------------------------------------------------Nascar Sprint Cup 2014

domingo, 26 de outubro de 2014

FIA WTCC














O argentino José Maria López é o campeão do WTCC da FIA em Suzuka.

por Luis Fernando Soares de Almeida

Na madrugada de sábado para domingo na primeira corrida do final de semana do WTCC em Suzuka no Japão, o piloto argentino José María López correndo pela equipe de fabrica da Citroën conquistou a vitória e o título da temporada 2014 da categoria. López teve uma temporada fantástica vencendo nada mais nada menos do que nove corridas, igualando o recorde de maior número de vitórias numa única temporada que pertence a Yvan Müller em 2012. López largando da pole position manteve a calma e liderou a corrida de ponta a ponta não dando chances para ninguem, selou a vitória e o título. O seu único rival, o companheiro de equipe Yvan Müller foi o seu 'escudeiro' durante seis voltas mas sofreu um furo em um de seus pneus e foi obrigado a entrar nos boxes para troca de pneus. A grande batalha da corrida foi pelo 2° lugar entre dois Chevrolet Cruze, Chilton e Hugo Valente, no final prevaleceu Chilton seguido de Sébastien Loeb, Norbert Michelisz apenas na penúltima volta. Toda a equipe do piloto argentino López estavam vestindo uniforme da seleção argentina no final da corrida em homenagem ao piloto. Na segunda corrida do domingo o vencedor foi Gabriele Tarquini com uma carro da casa, o Honda Civic, em 2° veio Dusan Borkovic (Chevrolet Cruze) e fechando o pódio inusitado Norbert Michelisz (Honda Civic). Tom Coronel foi o 4° conseguindo manter os três carros da Citroën atrás deles. 

FIA-WTCC: JAPÃO, SUZUKA - CORRIDA 1
1.(37) José María López, Citroën C-Elysee - 23:54.353, 11 voltas
2.(3) Tom Chilton, Chevrolet RML Cruze - +8.473
3.(9) Sebastien Loeb, Citroën C-Elysee - +9.693
4.(5) Norbert Michelisz, Honda Civic - +10.414
5.(7) Hugo Valente, Chevrolet RML Cruze - +12.153
6.(2) Gabriele Tarquini, Honda Civic - +12.707
7.(4) Tom Coronel, Chevrolet RML Cruze - +13.514
8.(98) Dusan Borkovic, Chevrolet RML Cruze - +14.340
9.(18) Tiago Monteiro, Honda Civic - +16.507
10.(10) Gianni Morbidelli, Chevrolet RML Cruze - +17.846
11.(25) Mahdi Bennani, Honda Civic - +20.907
12.(12) Rob Huff, Lada Granta 1.6T - +21.696
13.(11) James Thompson, Lada Granta 1.6T - +22.802
14.(14) Mikhail Kozlovskiy, Lada Granta 1.6T - +32.602
15.(6) Franz Engstler, BMW E90 320 TC - +1:16.593
16.(27) John Filippi, SEAT Leon WTCC - +1:19.083
17.(19) Henry Kwong, SEAT Leon WTCC - +2:15.944
**Não Classificados**
(1) Yvan Müller, Citroën C-Elysee - 7 voltas (abandono)
(77) Rene Munnich, Chevrolet RML Cruze - 7 voltas (abandono)
(26) Filipe De Souza, BMW E90 320 TC - 2 voltas (abandono)
--------------------------------------------------------------------------------------------------FIA-WTCC 2014

sábado, 25 de outubro de 2014

NASCAR CAMPING WORLD TRUCK SERIES

Darrell Wallace Jr. vence em Martinsville pelaTruck Series da Nascar.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Bubba Wallace, como é conhecido Darrell Wallace Jr, conquistou a sua terceira vitória da temporada nesse sábado em corrida que terminou agora pouco no oval de Martinsville, com isso Bubba Wallace diminuiu bastante a diferença para o segundo colocado do campeonato Ryan Blaney. Após 1 ano da sua primeira vitória na Nascar, justamente em Martinsville Wallace Jr. repetiu a dose na tarde desse sábado (25/10). Foi a terceira vitória da temporada de Wallace Jr. Ele liderou a prova por 97 voltas no seu truck da Toyota No.34, que estava com um esquema de pintura homenageando o ex-piloto Wendell Scott que entrou para o Hall da Fama da Nascar. Atrás de Wallace, vieram Timothy Peters em 2°, Matt Crafton em 3°, seu companheiro de equipe Erik Jones em 4° e Ryan Blaney em 5°.  Faltando 50 voltas para terminar a corrida tivemos uma bandeira vermelha devido ao acidente de John Wes Townley com Brandon Jones que bloquearam a pista após a batida entre os dois. Matt Crafton ainda lidera com 18 pontos de vantagem sobre Ryan Blaney. Darrell Wallace Jr., esta à apenas 4 pontos de Blaney. Restam ainda três etapas, na semana que vem na sexta-feira eles correm no Texas.
-----------------------------------------------------------------------------------------------Nascar Camping World Truck Series 2014

V8 SUPERCARS AUSTRÁLIA














Em Surfer's Paradise Shane van Gisbergen e Jonathon Webb foi a dupla vencedora.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Foi disputada nesse sábado (25/10) a 31° corrida da temporada da V8 Australiana, as 600 Milhas (Castrol EDGE Gold Coast) no circuito de Surfer´s Paradise. Shane van Gisbergen e Jonathon Webb da equipe Team TEKNO V.I.P. Petfoods foi a dupla vencedora. Em segundo lugar veio a dupla do campeão Jamie Whincup e Paul Dumbrell da equipe Red Bull Australia e fechando o pódio veio Tim Slade e Tony D'Alberto da equipe Supercheap Auto Racing. A corrida teve uma grande polêmica na sua última volta quando Mark Winterbottom forçou uma ultrapassagem sobre Tim Slade mas foi desqualificado do 3° lugar por conduta anti-desportiva. Olhando a decisão pela TV, nós da Racing Magic achammos absurda a decisão, a manobra de Winterbottom foi limpa, deu apenas um ligeiro toque na traseira do carro de Slade, o que é mais do aceitável e normal em corridas de carros de turismo. Foi uma vitória merecida para van Gisbergen que quase venceu em Bathurst 13 dias atrás, a estratégia de sua equipe foi perfeita e com um carro eficiente e rápido conquistou a vitória. Confira abaixo o resultado da corrida.

V8 SUPERCARS: 31° CORRIDA - CASTROL EDGE GOLD COAST FINAL
1.(97) Shane van Gisbergen/Jonathon Webb, Team TEKNO VIP Petfoods - 102 voltas
2.(1) Jamie Whincup/Paul Dumbrell, Red Bull Racing Australia - 102 voltas
3.(47) Tim Slade/Tony D'Alberto, Supercheap Auto Racing - 102 voltas
4.(5) Mark Winterbottom/Steve Owen, Ford Pepsi Max Crew - 102 voltas
5.(36) Michael Caruso/Dean Fiore, Norton Hornets - 102 voltas
6.(6) Chaz Mostert/Paul Morris, Ford Pepsi Max Crew - 102 voltas
7.(33) Scott McLaughlin/Alexandre Premat, Valvoline Racing GRM - 102 voltas
8.(16) Scott Pye/Ash Walsh, Wilson Security Racing - 102 voltas
9.(23) Russell Ingall/Tim Blanchard, Repair M. Racing - 102 voltas
10.(2) Garth Tander/Warren Luff, Holden Racing Team - 101 voltas
11.(14) Fabian Coulthard/Luke Youlden, Lockwood Racing - 101 voltas
12.(4) Lee Holdsworth/Craig Baird, Erebus Motorsport V8 - 101 voltas
13.(34) Robert Dahlgren/Greg Ritter, Valvoline Racing GRM - 101 voltas
14.(360) James Moffat/Taz Douglas, Norton Hornets - 101 voltas
15.(21) Dale Wood/Chris Pither, Team Advam/GB - 100 voltas
16.(8) Jason Bright/Andrew Jones, Team BOC - 99 voltas
17.(17) David Wall/Steven Johnson, Wilson Security Racing - 99 voltas
18.(888) Craig Lowndes/Steve Richards, Red Bull Racing Australia - 98 voltas
19.(222) Nick Percat/Oliver Gavin, HHA Racing - 97 voltas
20.(15) Rick Kelly/David Russell, Jack Daniel's Racing - 86 voltas
21.(9) Will Davison/Alex Davison, Erebus Motorsport V8 - 83 voltas
22.(7) Todd Kelly/Alex Buncombe, Jack Daniel's Racing - abandono
23.(55) David Reynolds/Dean Canto, The Bottle-O Racing Team - abandono
24.(18) Cameron Waters, Team JEDL-WEN - abandono
25.(22) James Courtney, Holden Racing Team - abandono
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------V8 Supercars 2014