sábado, 25 de abril de 2015

NASCAR XFINITY SERIES




















Denny Hamlin vence com uma superioridade espantosa em Richmond.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Denny Hamlin largou na pole e liderou 248 das 250 voltas nas 250 Milhas de Richmond na noite dessa sexta-feira (24/04). As duas únicas voltas não lideradas por Hamlin na 8° etapa da temporada, foram lideradas por Brian Scott e Elliott Sadler. Foi a primeira vitória de Hamlin na temporada pela Xfinity Series e a 12° de sua carreira. JOey Logano cruzou a linha de chegada em 2° à 3.7 segundos do líder. Regan Smith foi o 3° seguido de Erik Jones, Chase Elliott e Daniel Suarez completando o top 6. Foi a 100° vitória da Toyota na série. O líder do campeonato Ty Dillon terminou a prova na 9° colocação e mantem a liderança por apenas 8 pontos do segundo colocado, Chase Elliott. Chris Buescher que entrou na etapa dividindo a mesma pontuação com o líder terminou apenas na 20° colocação e caiu para a terceira posição, 11 pontos atrás. A próxima etapa acontece no sábado dia 02 de Maio em Talladega. Confira abaixo o resultado final da prova.

NASCAR XFINITY SERIES: 8° ETAPA - 250 MILHAS DE RICHMOND
1.(20) Denny Hamlin, Toyota - 250 voltas
2.(22) Joey Logano, Ford - 250 voltas
3.(7) Regan Smith, Chevrolet - 250 voltas
4.(54) Erik Jones, Toyota - 250 voltas
5.(9) Chase Elliott, Chevrolet - 250 voltas
6.(18) Daniel Suarez, Toyota - 250 voltas
7.(2) Brian Scott, Chevrolet - 250 voltas
8.(33) Austin Dillon, Chevrolet - 250 voltas
9.(3) Ty Dillon, Chevrolet - 249 voltas
10.(01) Landon Cassill, Chevrolet - 249 voltas
11.(62) Brendan Gaughan, Chevrolet - 249 voltas
12.(6) Darrell Wallace Jr., Ford - 249 voltas
13.(42) Brennan Poole, Chevrolet - 249 voltas
14.(51) Jeremy Clements, Chevrolet - 249 voltas
15.(98) Aric Almirola, Ford - 249 voltas
16.(1) Elliott Sadler, Ford - 249 voltas
17.(4) Ross Chastain, Chevrolet - 248 voltas
18.(88) Kevin Harvick, Chevrolet - 248 voltas
19.(28) J.J. Yeley, Toyota - 248 voltas
20.(60) Chris Buescher, Ford - 247 voltas
21.(16) Ryan Reed, Ford - 247 voltas
22.(0) Harrison Rhodes, Chevrolet - 246 voltas
23.(19) Mike Bliss, Toyota - 246 voltas
24.(8) Blake Koch, Toyota - 246 voltas
25.(14) Cale Conley, Toyota - 246 voltas
26.(52) JOey Gase, Chevrolet - 246 voltas
27.(43) Dakoda Armstrong, Ford - 246 voltas
28.(25) Dylan Lupton, Chevrolet - 246 voltas
29.(44) David Starr, Toyota - 245 voltas
30.(55) Brandon Gdovic, Chevrolet - 245 voltas
31.(39) Ryan Sieg, Chevrolet - 244 voltas
32.(97) Peyton Sellers, Chevrolet - 241 voltas
33.(90) Jimmy Weller III, Chevrolet - 240 voltas
34.(15) Carlos Contreras, Chevrolet - 238 voltas
35.(70) Derrike Cope, Chevrolet - 234 voltas
36.(24) Eric McClure, Toyota - 205 voltas (bomba de combustível)
37.(40) Carl Long, Dodge - 43 voltas (freios)
38.(13) Timmy Hill, Toyota - 31 voltas (motor)
39.(74) Mike Harmon, Dodge - 3 voltas (motor)
40.(10) Jeff Green, Toyota - 2 voltas (câmbio)
------------------------------------------------------------------------------------------------Nascar Xfinity Series 2015 

terça-feira, 21 de abril de 2015

FIA WTCC


Citroën continua mandando no WTCC, duas vitórias nesse domingo na etapa do Marrocos.
por Luis Fernando Soares de Almeida

No WTCC nada de novo, mais duas corridas e mais duas vitórias tranquilas dos carros de fábrica da Citroën. Na primeira corrida o argentino e líder do campeonato José Maria Lopez conquistou a vitória, com Ma Qing Hua na segunda colocação e fechando o pódio Sébastien Loeb completaram o pódio exclusivo da Citroën, alias os cinco primeiros colocados foram carros da Citroën. Na segunda corrida o panorama não foi modificado mais 3 carros da Citroën nas três primeiras colocações, dessa vez o vencedor foi Ivan Muller com Sébastien Loeb em segundo e José Maria Lopez em terceiro. Tom Chilton com um Chevrolet Cruze conseguiu ficar na 4° colocação e Gabriele Tarquini com seu Honda Civic chegou em 5°. O herói local, Mehdi Bennani chegou em 4° na primeira corrida e não se deu bem na segunda, ficando apenas na 12° colocação. O dominio da Citroën é absoluto e talvez tenhamos um campeonato já decidido antes mesmo da sua metade, resta saber qual piloto da fábrica sera o campeão. A próxima etapa da categoria acontece daqui duas semanas na Hungria no circuito de Hungaroring. 




















FIA-WTCC: 2° ETAPA - MARROCOS - 1° CORRIDA
1.(#37) José Maria Lopez, Citroën C-Elyséé - 14 voltas
2.(#33) Ma Qing Hua, Citroën C-Elysée - 0.942
3.(#9) Sébastien Loeb, Citroën C-Elyséé - 4.492
4.(#25) Mehdi Bennani, Citroën C-Elysée - 5.405
5.(#68) Yvan Muller, Citroën C-Elysée - 21.617
6.(#18) Tiago Monteiro, Honda Civic - 22.986
7.(#2) Gabriele Tarquini, Honda Civic - 23.410
8.(#5) Norbert Michelisz, HOnda Civic - 24.799
9.(#26) Stefano D'Aste, Chevrolet RML Cruze TC - 26.904
10.(#12) Rob Huff, Lada Vesta - 35.044
11.(#15) James Thompson, Lada Vesta - 45.222
12.(#14) Mikhail Kozlovsky, Lada Vesta - 53.650
13.(#27) John Filippi, Chevrolet RML Cruze TC - 54.397
14.(#3) Tom Chilton, Chevrolet RML Cruze TC - 1:00.552
15.(#7) Hugo Valente, Chevrolet RML Cruze TC - 3 voltas
** Não classificados **
16.(#11) Grégoire Demoustier, Chevrolet RML Cruze TC - 6 voltas
17.(#4) Tom Coronel, Chevrolet Cruze TC - 13 voltas
FIA-WTCC: 2° ETAPA - MARROCOS - 2° CORRIDA
1.(#68) Yvan Muller, Citroën C-Elysée - 14 voltas
2.(#9) Sébastien Loeb, Citroën C-Elysée - 0.552
3.(#37) José Maria Lopez, Citroën C-Elysée - 18.113
4.(#3) Tom Chilton, Chevrolet RML Cruze TC - 22.754
5.(#2) Gabriele Tarquini, Honda Civic - 39.496
6.(#26) Stefano D'Aste, Chevrolet RML Cruze TC - 40.215
7.(#15) James Thompson, LADA Vesta - 54.634
8.(#27) John Filippi, Chevrolet RML Cruze TC - 55.245
9.(#7) Hugo Valente, Chevrolet RML Cruze TC - 56.490
10.(#33) Ma Qing Hua, Citroën C-Elysée - 59.952
11.(#5) NOrbert Michelisz, Honda Civic - 1:07.677
12.(#25) Mehdi Bennani, Citroën C-Elysée - 1:10.653
** Não classificados **
13.(#11) Grégoire Demoustier, Chevrolet RML Cruze TC - 4 voltas
14.(#12) Rob Huff, LADA Vesta - 13 voltas
15.(#18) Tiago Monteiro, Honda Civic - 13 voltas
16.(#4) Tom Coronel, Chevrolet RML Cruze TC - 14 voltas
17.(#14) Mikhail Kozlovskiy, LADA Vesta - 14 voltas
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------FIA WTCC 2015

INDYCAR SERIES


Scott Dixon vence em Long Beach, a terceira etapa da Indy.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Três etapas e três vencedores diferentes, essa é a Fórmula Indy. Nesse domingo Scott Dixon da Chip Ganassi Racing venceu no tradicional circuito de Long Beach, a terceira etapa da temporada. Até então vinha sendo o pior inicio de temporada para Scott Dixon desde 2009, terminando em 15° e 11° nas duas primeiras corridas. Largando na 3° posição ele pressionou bastante Juan Pablo Montoya e Helinho Castroneves na largada e na segunda volta superou Montoya assumindo a vice-liderança da corrida. Na volta No.29 Scott Dixon assumiu a primeira posição quando Helinho Castroneves voltava da sua primeira parada nos boxes. A corrida teve apenas uma única bandeira amarela por quatro voltas. Foi a primeira vitória de Dixon em Long Beach e a sua 36° na carreira, com isso ele assumiu a 5° colocação em vitórias de todos os tempos na Indy, ultrapassou nesse final de semana a Bobby Unser. Foi a 98° vitória da equipe Chip Ganassi na história da categoria. Helinho CAstroneves perdeu um tempo precioso na sua parada nos boxes quando Tony Kanaan entrou para a sua parada, o chefe de mecânicos Travis Law segurou Helinho mais um pouco para evitar o acidente entre os dois brasileiros. Helinho acabou em segundo, 2.2 segundos atras de Dixon. Juan Pablo Montoya da equipe Penske fechou o pódio terminando em 3° seguido de Simon Pagenaud em 4° e Tony Kanaan na 5° colocação fechando o top 5. O atual campeão da categoria Will Power teve um domingo dificil,  ele largou apenas na 18° posição e na sétima volta quando entrava para a sua primeira parada nos boxes durante uma bandeira amarela acabou deixando o carro morrer na entrada dos pits, Power terminou apenas na 20° colocação. A próxima etapa da Indy acontece no próximo dia 26 de Abril no Barber Motorsports Park
INDYCAR: 3° ETAPA - LONG BEACH - FINAL
1.(#9) Scott Dixon, Target Chip Ganassi Racing Chevrolet - 80 voltas
2.(#3) Helio Castroneves, Auto Club of Southern California Chevrolet - 80 voltas
3.(#2) Juan Pablo Montoya, Verizon Team Penske Chevrolet - 80 voltas
4.(#22) Simon Pagenaud, Penske Truck Rental Chevrolet - 80 voltas
5.(#10) Tony Kanaan, NTT Data Chip Ganassi Racing Chevrolet - 80 voltas
6.(#11) Sebastien Bourdais, Team Hydroxycut-KVSH Racing Chevrolet - 80 voltas
7.(#67) Josef Newgarden, Hartman Oil CFH Racing Chevrolet - 80 voltas
8.(#27) Marco Andretti, Snapple Honda - 80 voltas
9.(#26) Carlos Munoz, AndrettiTV Cinsay Honda - 80 voltas
10.(#8) Sebastien Saavedra, AFS Chip Ganassi Racing Chevrolet - 80 voltas
11.(#15) Graham Rahal, Steak'n Shake Honda - 80 voltas
12.(#5) James Hinchcliffe, Arrow/Lucas Oil Schmidt Peterson Honda - 80 voltas
13.(#28) Ryan Hunter-Reay, DHL Honda - 80 voltas
14.(#41) Jack Hawksworth, ABC Supply AJ Foyt Racing Honda - 80 voltas
15.(#83) Charlie Kimball, Novo Nordisk Chip Ganassi Racing Chevrolet - 80 voltas
16.(#98) Gabby Chaves, Bowers & Wilkins/Curb Honda - 80 voltas
17.(#18) Conor Daly, Dale Coyne Racing Honda - 80 voltas
18.(#14) Takuma Sato, ABC Supply AJ Foyt Racing Honda - 80 voltas
19.(#7) James Jakes, Schmidt Peterson Motorsports Honda - 80 voltas
20.(#1) Will Power, Verizon Team Penske Chevrolet - 79 voltas
21.(#19) Francesco Dracone, Dale Coyne Racing Honda - 78 voltas
22.(#20) Luca Filippi, Fuzzy's Vodka CFH Racing Chevrolet - 77 voltas
23.(#4) Stefano Coletti, KV Racing Technology Chevrolet - 69 voltas
-------------------------------------------------------------------------------------------------------IndyCar Series 2015

NASCAR SPRINT CUP














Matt Kenseth vence em Bristol pela Sprint Cup.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Teve de tudo na corrida de domingo pela Sprint Cup, interrupção por causa da chuva e mais uma corrida decidida na prorrogação. Presenciamos uma batalha épica entre Matt Kenseth e Jimmie Johnson na última vota, Kenseth levou a melhor e cruzou a linha de chegada 0.287 segundos à frente de Johnson vencendo a etapa de Bristol. Kenseth assumiu a liderança da corrida quando Kurt Busch entrou para mais uma troca de pneus durante uma bandeira amarela na volta No.477. Jeff Gordon terminou em 3°, Ricky Stenhouse Jr. em 4° e Ryan Newman em 5°. Danica Patrick terminou na nona colocação quebrando assim o recorde de Janet Guthrie, foi a 6° vez de sua carreira que Patrick conseguiu esse feito. Confira abaixo o resultado final das 500 milhas de Bristol.

NASCAR SPRINT CUP: 8° ETAPA - BRISTOL - FINAL
1.(20) Matt Kenseth, Toyota - 511 voltas
2.(48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 511 voltas
3.(24) Jeff Gordon, Chevrolet - 511 voltas
4.(17) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 511 voltas
5.(31) Ryan Newman, Chevrolet - 511 voltas
6.(14) Tony Stewart, Chevrolet - 511 voltas
7.(42) Kyle Larson, Chevrolet - 511 voltas
8.(51) Justin Allgaier, Chevrolet - 511 voltas
9.(10) Danica Patrick, Chevrolet - 511 voltas
10.(3) Austin Dillon, Chevrolet - 511 voltas
11.(27) Paul Menard, Chevrolet - 511 voltas
12.(15) Clint Bowyer, Toyota - 511 voltas
13.(43) Aric Almirola, Ford - 511 voltas
14.(1) Jamie McMurray, Chevrolet - 511 voltas
15.(41) Kurt Busch, Chevrolet - 510 voltas
16.(88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 509 voltas
17.(55) Brett Moffitt, Toyota - 509 voltas
18.(38) David Gilliland, Ford - 508 voltas
19.(9) Sam Hornish Jr., Ford - 508 voltas
20.(7) Alex Bowman, Chevrolet - 508 voltas
21.(83) Matt DiBenedetto, Toyota - 508 voltas
22.(95) Michael McDowell, Ford - 507 voltas
23.(46) Michael Annett, Chevrolet - 507 voltas
24.(19) Carl Edwards, Toyota - 507 voltas
25.(34) Chris Buescher, Ford - 505 voltas
26.(11) Denny Hamlin, Toyota - 505 voltas
27.(35) Cole Whitt, Ford - 504 voltas
28.(6) Trevor Bayne, Ford - 504 voltas
29.(78) Martin Truex Jr., Chevrolet - 504 voltas
30.(16) Greg Biffle, Ford - 504 voltas
31.(32) Mike Bliss, Ford - 502 voltas
32.(23) J.J. Yeley, Toyota - 496 voltas
33.(33) Alex Kennedy, Chevrolet - 490 voltas
34.(47) AJ Allmendinger, Chevrolet - 489 voltas (acidente)
35.(2) Brad Keselowski, Ford - 489 voltas
36.(13) Casey Mears, Chevrolet - 487 voltas (acidente)
37.(5) Kasey Kahne, Chevrolet - 482 voltas (acidente)
38.(4) Kevin Harvick, Chevrolet - 468 voltas
39.(98) Josh Wise, Ford - 466 voltas (acidente)
40.(22) Joey Logano, Ford - 452 voltas
41.(18) David Ragan, Toyota - 435 voltas
42.(26) Jeb Burton, Toyota - 416 voltas (acidente)
43.(40) Landon Cassill, Chevrolet - 288 voltas (acidente)
--------------------------------------------------------------------------------------------------------Nascar Sprint Cup 2015

FÓRMULA 1


Lewis Hamilton consegue mais uma vitória, dessa vez foi no Bahrain.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O britânico Lewis Hamilton da Mercedes conquistou mais uma vitória nesse domingo no Grande Prêmio do Bahrain. O grande destaque da etapa foi o finlândes Kimi Räikkonen que apostou numa estratégia diferente e se deu muito bem conquistando a segunda colocação da corrida. Sebastian Vettel até a metade da prova tinha garantido a 2° colocação, mas um erro forçou o piloto há uma entrada não programada nos boxes para trocar o bico dianteiro do carro, Vettel terminou a corrida na quinta colocação. Os dois carros da Red Bull Racing terminaram na zona de pontuação, Daniel Ricciardo ficou em sexto e Daniil Kvyat em nono. Nico Rosberg que com pneus médios não conseguiu segurar o assédio de Räikkonen fechou o pódio com a 3° colocação. Hamilton fez uma ótima largada e protegeu a liderança quando chegou na primeira curva, Rosberg perdeu a segunda posição para Vettel e Räikonnen ficando em 4°. O alemão se recuperou na 4° volta ultrapassando Räikkonen e na 9° volta ele superou Vettel voltando para a vice-liderança da prova. Hamilton teve uma primeira parada muito lenta, o que o recolocou na pista ainda na liderança mas muito próximo de Rosberg, mesmo assim Hamilton conseguiu manter a liderança e começou a se distanciar de Rosberg e Vettel. Räikkonen com pneus médios era muito rápido e quando o pelotão da frente entrou para a última parada o finlândes assumiu a liderança da corrida, ele ficou praticamente 7 voltas na pista antes de ir para a sua última parada, colocando pneus macios. Räikkonen voltou para a pista na quarta colocação e rapidamente começou a ser o mais rápido na pista , cerca de 2 segundos mais rápido do que os três primeiros colocados. A sorte de Hamilton é que faltando apenas duas voltas Räikkonen não teria tempo suficiente para superá-lo. Valtteri Bottas da Williams se manteve na 4° colocação com Vettel um segundo atrás dele. Felipe Massa teve um dia terrível, não conseguiu sair com o carro na volta de apresentação o que obrigou o brasileiro a largar dos boxes, ele ainda conseguiu chegar em 10° e conquistar 1 pontinho. Com a vitória Hamilton ampliou a liderança para 27 pontos sobre o novo vice-líder, o seu companheiro de equipe Nico Rosberg. Sebastian Vettel tem agora 65 pontos e esta na terceira colocação, Räikkonen vem em 4°. No campeonato de construtores a Mercedes lidera com folga, 159 pontos contra 109 da Ferrari e 61 pontos da Williams. A próxima etapa da F1 acontece no próxima dia 10 de Maio na Espanha. 

FÓRMULA 1: 4° ETAPA - BAHRAIN - FINAL
1.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 57 voltas
2.(#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - 3.3 segundos
3.(#6) Nico Rosberg, Mercedes - 6.0 segundos
4.(#77) Valtteri Bottas, Williams-Mercedes - 42.9 segundos
5.(#5) Sebastien Vettel, Ferrari - 43.9 segundos
6.(#3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing-Renault - 61.7 segundos
7.(#8) Romain Grosjean, Lotus-Mercedes - 84.7 segundos
8.(#11) Sergio Perez, Force India-Mercedes - 1 volta
9.(#26) Daniil Kvyat, Red Bull Racing-Renault - 1 volta
10.(#19) Felipe Massa, Williams-Mercedes - 1 volta
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
11.(#14) Fernando Alonso, McLaren-Honda - 1 volta
12.(#12) Felipe Nasr, Sauber-Ferrari - 1 volta
13.(#27) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - 1 volta
14.(#9) Marcus Ericsson, Sauber-Ferrari - 1 volta
15.(#13) Pastor Maldonado, Lotus-Mercedes - 1 volta
16.(#28) Will Stevens, Marussia-Ferrari - 2 voltas
17.(#98) Roberto Merhi, Marussia-Ferrari - 3 voltas
** Não terminaram a corrida **
(#33) Max Verstappen, Toro Rosso-Renault - abandono
(#55) Carlos Sainz, Toro Rosso-Renault - abanodno
(#22) Jenson Button, McLaren-Honda - abandono


















-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2015 

terça-feira, 14 de abril de 2015

INDYCAR SERIES


James Hinchcliffe vence prova surpreendente em Nova Orleans.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O novo circuito que recebeu a segunda etapa da temporada da Indy em Nova Orleans foi aprovada pelos pilotos, o traçado é muito interessante e proporcionou várias disputas por posições. A única baixa do circuito é a baixa capacidade de escoamento da água. A chuva veio desde o inicio da prova e a pista estava bem molhada. Apesar das condições desfavoráveis a largada foi tranquila, não tivemos nenhum problema. Uma estratégia ousada da equipe de Hinchcliffe foi a responsável direta pela vitória. A maioria dos pilotos entrou para a troca de pneus na volta No.33 durante uma bandeira amarela, mas Robert Gue, o estrategista de Hinchcliffe deu a ordem para o piloto não entrar para a troca de pneus, com isso ele assumiu a liderança da corrida. O resto da corrida foi muito acidentada com apenas 13 voltas em bandeira verde, isso proporcionou que o piloto vencesse de maneira sensacional com apenas uma única parada nos boxes. Helinho CAstroneves da Penske cruzou a linha de chegada em segundo e não conseguiu pressionar o piloto canadense. A corrida terminou no limite de tempo de 1 hora e 45 minutos e apenas 47 voltas. Foi a 4° vitória de Hinchcliffe em sua carreira e a 5° da equipe Schmidt Peterson Motorsports. O companheiro de equipe de HInchcliffe, James Jakes veio em terceiro seguido de Simona de Silvestro da Andretti Autosport, que fez uma ótima corrida, em 4° e Juan Pablo Montoya tambem da Penske em 5°. Montoya que venceu a prova de abertura em St. Petersburg com a quinta colocação mantem a liderança com 84 pontos, 10 à frente de Castroneves que é o segundo. O australiano Will Power que terminou em 7° na corrida de domingo, mantem a terceira colocação com 70 pontos. Confira abaixo o resultado completo da corrida em Nova Orleans.

INDYCAR SERIES: 2° ETAPA - NEW ORLEANS - FINAL
1.(5) James Hinchcliffe, Arrow/Lucas Oil Schmidt Peterson Peterson Honda - 47 voltas
2.(3) Helio Castroneves, Hitachi Team Penske Chevrolet - 47 voltas
3.(7) James Jakes, Schmidt Peterson Motorsports Honda - 47 voltas
4.(25) Simona de Silvestro, Andretti Autosport Honda - 47 voltas
5.(2) Juan Pablo Montoya, Verizon Team Penske Chevrolet - 47 voltas
6.(10) Tony Kanaan, NTT Data Chip Ganassi Racing Chevrolet - 47 voltas
7.(1) Will Power, Verizon Team Penske Chevrolet - 47 voltas
8.(15) Graham Rahal, D-A Lubricant Company Honda - 47 voltas
9.(67) Josef Newgarden, Hartman Oil CFH Racing Chevrolet - 47 voltas
10.(20) Luca Filippi, Fuzzy's Vodka CFH Racing Chevrolet - 47 voltas
11.(9) Scott Dixon, Brita Chip Ganassi Racing Chevrolet - 47 voltas
12.(26) Carlos Munoz, AndrettiTV Cinsay Honda - 47 voltas
13.(27) Marco Andretti, Merchant First Snapple Honda - 47 voltas
14.(83) Charlie Kimball, Novo Nordisk Chip Ganassi Racing Honda - 47 voltas
15.(98) Gabby Chaves, Bowers & Wilkins/Curb HOnda - 46 voltas
16.(18) Carlos Huertas, Dale Coyne Racing Honda - 46 voltas
17.(4) Stefano Coletti, Variable Bore Rams-KVRT Chevrolet - 44 voltas
18.(8) Sage Karam, Big Machine Records Chevrolet - 44 voltas
19.(28) Ryan Hunter-Reay, DHL Andretti Autosport Honda - 43 voltas (acidente)
20.(22) Simon Pagenaud, Penske Truck Rental Chevrolet - 43 voltas (acidente)
21.(11) Sebastien Bourdais, Team Mystic E-Clas-KVSH Racing Chevrolet - 43 voltas (acidente)
22.(14) Takuma Sato, ABC Supply AJ Foyt Racing Honda - 39 voltas (acidente)
23.(19) Francesco Dracone, Dale Coyne Racing Honda - 23 voltas (acidente)
24.(41) Jack Hawksworth, ABC Supply AJ Foyt RAcing Honda - 19 voltas
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------IndyCar Series 2015

domingo, 12 de abril de 2015

WORLD ENDURANCE CHAMPIONSHIP
















Audi vence as 6 Horas de Silverstone na abertura da temporada do FIA WEC.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O trio de pilotos Marcel Fässler, Benoit Tréluyer e Andre Lotterer venceu a etapa de abertura do World Endurance Championship (WEC) nas 6 horas de Silverstone na Inglaterra. Fässler teve a honra de receber a bandeira quadriculada. A corrida foi repleta de disputas e quando faltavam pouco mais de 15 minutos para terminar a maratona automobílistica em Silverstone o Audi R18 e.tron quattro #7 pilotado por Marcel Fässler liderava com uma folga de 72 segundos foi penalizado com um 'stop and go' por não respeitar os limites da pista. A diferença para Neel Jani no Porsche 191 Híbrido caiu para apenas 11 segundos. Mesmo assim Fassler suportou a pressão da Porsche e conquistou a sua primeira vitória na categoria junto com os seus co-pilotos. Sebastien Buemi fechou o pódio da categoria LMP1 no Toyota TS 040 Híbrido #1 chegando na 3° colocação. Lucas Di Grassi fez uma ótima largada e ganhou algumas posições no inicio da corrida, mas ao longo da maratona o Audi 18 e.tron quattro #8 começou a apresentar alguns problemas e terminou 4 voltas atrás na 5° colocação. Mark Webber (Porsche 919 Híbrido) liderou boa parte da corrida mas após problemas o carro ficou apenas na 28° posição na classificação geral (7° na categoria) após abandonar a corrida. Na categoria LMP2 Nick Tandy Oreca05-Nissan da equipe KCMG teve uma grande largada conquistando a liderança mas era muito pressionado desde o inicio pelos dois carros da equipe G-Drive Racing. Sam Bird no Ligier JS-Nissan conquistou a liderança na 6° volta, mas Tandy deu o troco e se manteve na frente mas um furo em seu radiador obrigou o carro a entrar nos boxes e ficar parada por um longo tempo. O carro ainda teve tempo de voltar para a pista e terminar na 5° colocação, logo atrás do novo carro (Strakka-Dome) do trio Nick Leventis, Danny Watts e Jonny Kane. O brasileiro Luis Felipe Derani recebeu a bandeirada na segunda colocação na categoria P2, ele dividiu o cockpit com os pilotos Gustavo Yacaman e Ricardo Gonzalez. Os dois carros da Ligier disputaram a vitória até o final, quem recebeu a quadriculada foi Sam Bird no carro #26. Ryan Dalziel com o HPD ARX 03b-HPD #30 ficou em 3° fechando o pódio da categoria. Na categoria LMGTE Pro a Ferrari F458 Italia #51 de Gianmaria Bruni e Toni Vilander foram os vencedores. A dupla agora tem 6 vitórias na classe Pro na história da WEC. A corrida começou de maneira dramática para Gianmaria Bruni, ele teve que desviar de uma Ligier da OAK Racing na volta de abertura da corrida. O incidente colocou a Ferrari de Bruni no pelotão de trás. A recuperação foi fantástica, eles abriram caminho para uma vitória brilhante sobre o Porsche 911 RSR #91 da equipe Team Manthey de Richard Lietz e Michael Christensen colocando mais de 10 segundos no final da corrida. A outra Ferrari da equipe AF Corse completou o pódio, James Calado e Davide Rigon durante boa parte da corrida travaram uma batalha feroz pela liderança. No inicio da corrida a Aston Martin dominou a corrida com três carros liderando mas não conseguiram manter o mesmo ritmo dos momentos inicias e tiveram que se contentar com o 4°, 5° e 6° lugares na classe.  Na categoria AM pelo menos a Aston Martin se deu bem com o trio de pilotos Pedro Lamy, Mathias Lauda e Paul Dalla Lana no Vantage V8 #98 e acabou vencendo a corrida numa disputa direta com as Ferraris #83 e #72 que terminaram em 2° e 3° respectivamente. Confira abaixo o resultado completo dividido pelas diferentes classes. 





















FIA-WEC: 1° ETAPA - 6 HORAS DE SILVERSTONE - FINAL
CATEGORIA LMP1
1.(#7) M. Fassler, Audi R18 e.tron quattro - 201 voltas
2.(#18) N. Jani, Porsche 919 Hybrid - +4.610
3.(#1) S. Buemi, Toyota TS 040 - Hybrid - +14.816
4.(#2) A. Wurz, Toyota TS 040 - Hybrid - +1 volta
5.(#8) O. Jarvis, Audi R18 e.tron quattro - +4 voltas
27.(#4) C. Klien, CLM P1/01 - AER - +85 voltas
28.(#17) M. Webber, Porsche 919 Hybrid - +157 voltas

CATEGORIA LMP2
6.(#26) S. Bird, Ligier JS P2-Nissan - 185 voltas
7.(#28) L. Derani, Ligier JS P2-Nissan - +1 volta
8.(#30) R. Dalziel, HPD ARX 03B-HPD - +2 voltas
9.(#42) D. Watts, Dome S103-Nissan - +7 voltas
20.(#47) R. Bradley, Oreca 05-Nissan - +18 voltas
24.(#35) E. Maris, Ligier JS P2-Nissan - +20 voltas
25.(#31) D. Brabham, HPD ARX 03B-HPD - +28 voltas
29.(#36) P. Chatin, Alpine A450b-Nissan - +165 voltas

CATEGORIA LMGTE PRO
10.(#51) G. Bruni, Ferrari F458 Italia - 172 voltas
11.(#91) M. Christensen, Porsche 911 RSR - +10.664
12.(#71) D. Rigon, Ferrari F458 Italia - +23.027
13.(#95) N. Thiim, Aston Martin Vantage V8 - +1 volta
14.(#97) S. Mücke, Aston Martin Vantage V8 - +1 volta
15.(#99) A. MacDowall, Aston Martin Vantage V8 - +1 volta
16.(#92) F. Makowiecki, Porsche 911 RSR - +2 voltas

CATEGORIA LMGTE AM
17.(#98) P. Lamy, Aston Martin Vantage V8 - 168 voltas
18.(#83) R. Aguas, Ferrari F458 Italia - +13.712
19.(#72) A. Bertolini, Ferrari F458 Italia - +29.539
21.(#96) S. Hall, Aston Martin Vantage V8 - +2 voltas
22.(#88) K. Bachler, Porsche 911 RSR - +3 voltas
23.(#77) P. Long, Porsche 911 RSR - +3 voltas
26.(#50) P. Ruberti, Chevrolet Corvette C7 - +8 voltas
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------FIA WEC 2015 

NASCAR SPRINT CUP

Jimmie Johnson vence as 500 Milhas do Texas.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Jimmie Johnson continuou o seu domínio recente na Nascar Sprint Cup no Texas Motor Speedway. Nesse sábado a noite (11/04) ele venceu novamente, o hexa-campeão da Sprint Cup, conquistou a liderança na 321° volta e liderou até a 334° volta quando  recebeu a bandeirada final. Kevin Harvick construiu uma perseguição  feroz a JJ, e mesmo que tenha tocado no muro na volta 331 ele ainda conseguiu chegar em 2° lado a lado com Dale Earnhardt Jr. que ficou em terceiro. Joey Logano que venceu a corrida no ano passado chegou em 4° seguido de Brad Keselowski em 5°. Johnson liderou em nove ocasiões e 128 voltas para se tornar o terceiro piloto na temporada à vencer 2 corridas na temporada. Harvick sai do Texas com uma liderança de 25 pontos sobre Joey Logano. Martin Truex é o terceiro com o 9° lugar de ontem. Confira abaixo como foi a corrida de sábado.

NASCAR SPRINT CUP: 7° ETAPA - DUCK COMMANDER 500 TEXAS
1.(#48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 334 voltas
2.(#4) Kevin Harvick, Chevrolet - 334 voltas
3.(#88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 334 voltas
4.(#22) Joey Logano, Ford - 334 voltas
5.(#2) Brad Keselowski, Ford - 334 voltas
6.(#1) Jamie McMurray, Chevrolet - 334 voltas
7.(#24) Jeff Gordon, Chevrolet - 334 voltas
8.(#5) Kasey Kahne, Chevrolet - 334 voltas
9.(#78) Martin Truex Jr., Chevrolet - 334 voltas
10.(#19) Carl Edwards, Toyota - 334 voltas
11.(#11) Denny Hamlin, Toyota - 334 voltas
12.(#31) Ryan Newman, Ford - 334 voltas
13.(#18) David Ragan, Toyota - 334 voltas
14.(#41) Kurt Busch, Chevrolet - 334 voltas
15.(#17) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 334 voltas
16.(#10) Danica Patrick, Chevrolet - 334 voltas
17.(#16) Greg Biffle, Ford - 334 voltas
18.(#6) Trevor Bayne, Ford - 334 voltas
19.(#43) Aric Almirola, Ford - 334 voltas
20.(#3) Austin Dillon, Chevrolet - 334 voltas
21.(#47) AJ Allmendinger, Chevrolet - 334 voltas
22.(#15) Clint Bowyer, Toyota - 334 voltas
23.(#20) Matt Kenseth, Toyota - 334 voltas
24.(#14) Tony Stewart, Chevrolet - 334 voltas
25.(#42) Kyle Larson, Chevrolet - 334 voltas
26.(#9) Sam HOrnish Jr., Ford - 334 voltas
27.(#13) Casey Mears, Chevrolet - 333 voltas
28.(#38) David Gilliland, Ford - 333 voltas
29.(#55) Brett Moffitt, Toyota - 333 voltas
30.(#34) Chris Buescher, Ford - 332 voltas
31.(#95) Michael McDowell, Ford - 332 voltas
32.(#40) Landon CAssill, Chevrolet - 332 voltas
33.(#7) Alex Bowman, Chevrolet - 330 voltas
34.(#83) Matt DiBenedetto, Toyota - 330 voltas
35.(#35) Cole Whitt, Ford - 330 voltas
36.(#32) Mike Bliss, Ford - 328 voltas
37.(#33) Alex Kennedy, Chevrolet - 325 voltas
38.(#98) Josh Wise, Ford - 284 voltas
39.(#51) Justin Allgaier, Chevrolet - 257 voltas (acidente)
40.(#46) Michael Annett, Chevrolet - 246 voltas (acidente)
41.(#27) Paul Menard, Chevrolet - 222 voltas (motor)
42.(#21) Ryan Blaney, Ford - 71 voltas (motor)
43.(#23) J.J. Yeley, Toyota - 13 voltas (motor)
-------------------------------------------------------------------------------------------------------Nascar Sprint Cup 2015

FÓRMULA 1


Lewis Hamilton 'passeia' em Xangai e vence de ponta a ponta.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A largada da terceira etapa da temporada foi limpa, o campeão Lewis Hamilton largou bem e manteve a liderança na primeira curva, seu companheiro de equipe Nico Rosberg tambem fez uma boa largada e se manteve em segundo. Valtteri Bottas da Williams e Kimi Räikkonen superaram Felipe Massa. Räikkonen depois de algumas curvas superou Bottas conquistando a 4° colocação, um excelente começo de prova para o finlândes. Massa tambem superou o seu companheiro de equipe ainda na primeira volta, ficando em 5°. Daniel Ricciardo da Red Bull Racing fez uma largada horrível caindo para o pelotão de trás rapidamente. Na 10° volta Nico Hulkenberg da Force India que já teve problemas antes da largada, relata pelo rádio que perdeu o câmbio do seu carro. O brasileiro Felipe Nasr da SAuber é o primeiro a entrar nos boxes para troca de pneus, ele coloca pneus médios e volta para a pista. Na volta seguinte Pastor Maldonado (Lotus) e Sergio Perez (Force India) tambem entram para a primeira troca de pneus. Na 15° volta Lewis Hamilton faz a sua primeira parada nos boxes, ele continua com os pneus macios e volta na 3° colocação. As posições foram mantidas após a primeira rodada de troca de pneus, Hamilton na liderança com Rosberg, Vettel e Räikkonen atrás dele. O russo Daniil Kvyat da Red Bull é o segundo a abandonar a corrida, com problemas no motor ele encosta o carro na curva 6. Na 20° volta o novato Max Verstappen da Toro Rosso faz uma bela ultrapassagem sobre Felipe Nasr da Sauber assumindo a P9. Na metade da prova as posições do pelotão da frente se estabilizaram. Hamilton manteve uma distância tranquila de Rosberg e Vettel. Vettel disse no rádio que estava no limite de sua pilotagem e não conseguia diminuir a diferença para Rosberg. Na 31° Vettel na P3 entra para a sua segunda troca de pneus, um pit stop perfeito que devolve o piloto para a pista na P4. Rosberg entra na volta seguinte e retorna na frente de Vettel, grande trabalho da equipe Mercedes na parada de Rosberg. Hamilton entra na 34° volta para a sua segunda troca e volta para a pista em 2° atrás de Räikkonen que mudou a sua estratégia mas teria que entrar obrigatoriamente mais uma vez nos boxes para mais uma troca de pneus. Räikkonen não demorou muito, ele entrou na 35° volta e voltou para a pista na P4 atrás de Vettel. Tivemos algumas brigas no pelotão intermediário, mas no bloco da frente nada de novidades, Hamilton liderando com folga, Rosberg, Vettel e Räikkonen. Quando faltavam apenas duas voltas Vertsappen parou na reta de chegada e provocou a entrada do safety-car. Na última volta da corrida o safet-car entrou para os boxes deixando a relargada apenas para a última curva antes da chegada. Lewis Hamilton conquistou uma vitória dominante com Nico Rosberg em segundo, Sebastian Vettel em 3°, Kimi Räikkonen em 4°, Felipe Massa em 5°, Valtteri Bottas em 6°, Romain Grosjean em 7°, Felipe Nasr em 8°, Daniel Ricciardo em 9° e completando a zona de pontuação Marcus Ericsson da Sauber em 10°. Foi a 4° vitória de Hamilton em Xangai, a 2° do ano e a 35° de sua carreira na Fórmula 1. Hamilton com essa vitória aumentou a sua liderança sobre Vettel para 13 pontos de diferença. 

FÓRMULA 1: 3° ETAPA - XANGAI - FINAL
1.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 56 voltas
2.(#6) Nico Rosberg, Mercedes - 0.007s
3.(#5) Sebastian Vettel, Ferrari - 2.009s
4.(#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - 3.008s
5.(#19) Felipe Massa, Williams - 8.005s
6.(#77) Valtteri Bottas, Williams - 9.008s
7.(#8) Romain Grosjean, Lotus - 19.980s
8.(#12) Felipe Nasr, Sauber - 22.006s
9.(#3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing - 32.001s
10.(#9) Marcus Ericsson, Sauber - 1 volta
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
11.(#11) Sergio Perez, Force India - 1 volta
12.(#14) Fernando Alonso, McLaren - 1 volta
13.(#22) Jenson Button, McLaren - 1 volta
14.(#55) Carlos Sainz, Toro Rosso - 1 volta
15.(#28) Will Stevens, Marussia - 2 voltas
16.(#98) Roberto Merhi, Marussia - 2 voltas
17.(#33) Max Verstappen, Toro Rosso - abandono (motor)
18.(#13) Pastor Maldonado, Lotus - abandono (acidente)
19.(#26) Daniil Kvyat, Red Bull Racing - abandono (motor)
20.(#27) Nico Hulkenberg, Force India - abandono (câmbio)
** Jenson Button foi punido após a corrida pela colisão com Pastor Maldonado e perdeu uma posição, chegando portanto em 14°.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2015    

sábado, 11 de abril de 2015

EUROPEAN LE MANS SERIES
















Na abertura da ELMS a equipe Greaves Motorsports vence em Silverstone, mas a vitoria esta sob judice.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A etapa de abertura da Série Européia da Le Mans foi emocionante. Na categoria principal, a LMP2 uma batalha intensa nos 5 minutos finais resultou num resultado que ainda esta sendo analisado pelos fiscais da corrida e ainda não confirmado. O Nissan-Oreca #46 da equipe Thiriet By Tds Racing liderava a corrida com o piloto T Gommendy quando numa disputa pela posição foi tocado pelo Nissan-Gibson #41 da equipe Greaves Motorsports pilotado por Jon Lancaster. Lancaster forçou demais numa curva e deu um leve toque na roda traseira do lado esquerdo do carro de Gommendy que rodou e saiu da pista. Lancaster tambem saiu da pista mas conseguiu voltar em primeiro e cruzou a linha de chegada na liderança da corrida e muito pressionado pelo Nissan-Gibson #38 de Harry Tincknell. Na categoria GTE deu Porsche. O 911 RSR #86 da equipe Golf Racing UK cruzou a linha de chegada na primeira posição com o piloto A Carroll. Duas Ferraris F458 Italia completaram o pódio chegando em 2° e 3°. Na categoria GT Challenge com apenas cinco carros na pista o vencedor foi o BMW Z4 GT3 #59 da equipe francesa TDS Racing. Finalmente na categoria LMP3 o Nissan-Ginetta #3 da equipe britânica Team LNT ficou em primeiro com C. Robertson na pilotagem. A próxima etapa acontece na Itália no circuito de Imola nos dias 16-17 de Maio.  

ELMS 1° ETAPA - 4 HORAS DE SILVERSTONE - FINAL
1.(#41) LMP2, J. Lancaster, 015S-Nissan-Gibson - 118 voltas
2.(#38) LMP2, H. Tincknell, 015S-Nissan-Gibson - 0.370s
3.(#46) LMP2, T. Gommendy, 05-Nissan-Oreca - 20.063s
4.(#40) LMP2, N. Jonsson, JSP2-Judd-Ligier - 1 volta
5.(#33) LMP2, N. Pieter de Bruijn, 03R-Nissan-Oreca - 2 voltas
6.(#45) LMP2, P. Perret, 03-Nissan-Oreca - 4 voltas
7.(#32) LMP2, M. Mediani, 03-Nissan-Oreca - 4 voltas
8.(#86) LMGTE, A. Carroll, Porsche 911 RSR - 8 voltas
9.(#66) LMGTE, S. Tordoff, Ferrari F458 Italia - 9 voltas
10.(#55) LMGTE, M. Griffin, Ferrari F458 Italia - 10 voltas
11.(#52) LMGTE, A. Priaulx, BMW Z4 - 10 voltas
12.(#88) LMGTE, K. Al Qubaisi, Porsche 911 RSR - 10 voltas
13.(#60) LMGTE, A. Rizzoli, Ferrari F458 Italia - 10 voltas
14.(#59) GTC, F. Perera, BMW Z4 GT3 - 10 voltas
15.(#56) LMGTE, A. Perguidi, Ferrari F458 Italia - 11 voltas
16.(#3) LMP3, C. Robertson, Nissan-Ginetta - 11 voltas
17.(#2) LMP3, G. Paletou, Nissan-Ginetta - 12 voltas
18.(#64) GTC, F. Barreiros, Ferrari F458 Italia GT3 - 12 voltas
19.(#34) LMP2, M. Aleshin, 03-Nissan-Oreca - 13 voltas
20.(#7) LMP3, J. Petersen, Nissan-Ginetta - 13 voltas
21.(#15) LMP3, D. Matijosaitis, Nissan-Ginetta - 16 voltas
22.(#85) GTC, D. Brown, Lamborghini Gallardo LP560 GT3 - 26 voltas
23.(#44) LMP2, M. La Rosa, 03-Nissan-Oreca - 26 voltas
24.(#48) LMP2, N. Berthon, 03R-Nissan-Oreca - 35 voltas
25.(#63) GTC, G. Roda, Ferrari F458 Italia GT3 - 51 voltas
26.(#68) GTC, S. Moller, Aston Martin Vantage GT3 - 53 voltas
27.(#29) LMP2, J. Coleman, Nissan-Morgan - 54 voltas
28.(#11) LMP3, A. Craven, Nissan-Ginetta - 66 voltas
29.(#51) LMGTE, P. Mann, Ferrari F458 Italia - 83 voltas
30.(#81) LMGTE, S. Wyatt, Ferrari F458 Italia - 86 voltas
31.(#62) GTC, T. Florh, Ferrari F458 Italia GT3 - 118 voltas
-----------------------------------------------------------------------------------------------------European Le Mans Series 2015    

FÓRMULA 1














Lewis Hamilton conquista a terceira pole consecutiva da temporada em Xangai.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Na primeira parte do treino, o chamado Q1 mais uma vez os carros da McLaren decepcionaram e Fernando Alonso junto com Jenson Button e mais os carros da Marussia e Nico Hulkenberg da Force India foram eliminados. Lewis Hamilton foi o mais rápido no Q2 com uma volta de 1:36.423 seguido pelo seu companheiro de equipe Nico Rosberg com 1:36.747. Além das Mercedes o único piloto que conseguiu andar na casa do 1 e 36 foi Sebastian Vettel da Ferrari com 1:36. 957. Os eliminados no Q2 foram PAstor Maldonado da Lotus (11°), Daniil Kvyat da Red Bull Racing (12°), Max Verstappen da Toro Rosso (13°), Carlos Sainz da Toro Rosso (14°) e Sergio Perez da Force India (15°). Destaque para os dois carros da Sauber que passaram para o Q3, Felipe Nasr com o 8° tempo e Marcus Ericsson com o 10°. Felipe Massa da Williams fez o 5° melhor tempo no Q2 com Valtteri Bottas (Williams) logo atrás dele. Destaque tambem para Romain Grosjean da Lotus que ficou em 9°. O primeiro a marcar uma volta rápida no Q3 foi o finlândes Valtteri Bottas, ele cravou 1:37.903. Hamilton na sua primeira tentativa colocou 1:35.782, o melhor tempo do final de semana até entãoe suficiente para garantir mais uma pole position na temporada. Rosberg com 1:36.062 foi o 2° mais rápido com Felipe Massa em 3° com 1:37.365. Os dois carros da Sauber e Daniel Ricciardo da Red Bull sairam dos boxes apenas para uma única tentativa no Q3. Rosberg melhorou o seu tempo com 1:35.824 mas suficiente apenas para a 2° colocação. Sebastian Vettel da Ferrari conseguiu na sua última volta pular da 5° para a 3° colocação, deixando Felipe Massa da Williams em 4°, Valtteri Bottas da Williams em 5°. Kimi Räikkonen da Ferrari larga em 6° com Daniel Ricciardo da Red Bull em 7°, Romain Grosjean da Lotus em 8°, Felipe Nasr e Marcus Ericsson da Sauber respecativamente em 9° e 10°. A largada da corrida acontece na madrugada desse domingo. 

FÓRMULA 1: 3° ETAPA - XANGAI - GRID DE LARGADA
1.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:35.782
2.(#6) Nico Rosberg, Mercedes - 1:35.824
3.(#5) Sebastian Vettel, Ferrari - 1:36.687
4.(#19) Felipe Massa, Williams - 1:36.954
5.(#77) Valtteri Bottas, Williams - 1:37.143
6.(#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - 1:37.232
7.(#3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing - 1:37.540
8.(#8) Romain Grosjean, Lotus - 1:37.905
9.(#12) Felipe Nasr, Sauber - 1:38.067
10.(#9) Marcus Ericsson, Suber - 1:38.158
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
11.(#13) Pastor Maldonado, Lotus - 1:38.134  
12.(#26) Daniil Kvyat, Red Bull Racing - 1:38.209
13.(#33) Max Verstappen, Toro Rosso - 1:38.393
14.(#55) Carlos Sainz, Toro Rosso - 1:38.538
15.(#11) Sergio Perez, Force India - 1:39.290
16.(#27) Nico Hulkenberg, Force India - 1:39.216
17.(#22) Jenson Button, McLaren - 1:39.276
18.(#14) Fernando Alonso, McLaren - 1:39.280
19.(#28) Will Stevens, Marussia - 1:42.091
20.(#98) Roberto Merhi, Marussia - 1:42.842
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2015

sexta-feira, 10 de abril de 2015

FÓRMULA 1


A Mercedes domina os dois primeiros treinos livres em Xanghai.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Nos dois primeiros treinos em Xanghai na China a Mercedes dominou e determinou o ritmo dos treinos com o campeão Lewis Hamilton. No P1 o dominio foi amplo, os carros da Mercedes foram os únicos a andar na casa de 1 e 39. Hamilton foi o primeiro com 1:39.033 e Nico Rosberg o segundo com 1:39.574. Sebastian Vettel da Ferrari ficou 1.124 segundos abaixo do tempo de Hamilton em terceiro. O brasileiro Felipe Nasr da Sauber ficou em 5° e Felipe Massa da Williams em 10°. No segundo treino a vida da Mercedes ficou mais dificil, Hamilton continuou dominando e com 1:37.219 foi o mais rápido. A Ferrari chegou mais perto ainda dessa vez com o finlândes Kimi Räikkonen que ficou à apenas 0.443 segundos em 2°. Daniel Ricciardo da Red Bull Racing ficou em terceiro. Na curva 14 Felipe Massa chegou a tocar no muro com a sua asa dianteira e o treino foi parado por 51 minutos. Massa ficou apenas na 17° colocação e Felipe Nasr da Sauber fez o 8° melhor tempo. A McLaren mostrou uma evolução principalmente com o britânico Jenson Button que conseguiu o 13° e o 10° tempo nos treinos. O terceiro treino livre acontece na madrugada de sábado à 1 hora da manha e três horas mais tarde acontece o treino que definirá o grid de largada. O Canal Sport TV anuncia a transmissão de todos os treinos ao vivo. 

FÓRMULA 1: 3° ETAPA - XANGHAI - P1
1.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:39.033 (21 voltas)
2.(#6) Nico Rosberg, Mercedes - 1:39.574, +0.541
3.(#5) Sebastian Vettel, Ferrari - 1:40.157, +1.124
4.(#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - 1:40.661, +1.628
5.(#12) Felipe Nasr, Sauber - 1:41.012, +1.979
6.(#3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing - 1:41.029, +1.996
7.(#26) Daniil Kvyat, Red Bull Racing - 1:41.097, +2.064
8.(#55) Carlos Sainz, Toro Rosso - 1:41.112,+2.079
9.(#77) Valtteri Bottas, Williams - 1:41.303, +2.270
10.(#19) Felipe Massa, Williams - 1:41.304, +2.271
11.(#13) Pastor Maldonado, Lotus - 1:41.335,+2.302
12.(#33) Max Verstappen, Toro Rosso - 1:41.575, +2.542
13.(#22) Jenson Button, McLaren - 1:41.845, +2.812
14.(#9) Marcus Ericsson, Sauber - 1:41.918, +2.885
15.(#30) Jolyon Palmer, Lotus - 1:41.967, +2.934
16.(#11) Sergio Perez, Force India - 1:42.141, +3.108
17.(#14) Fernando Alonso, McLaren - 1:42.161, +3.128
18.(#27) Nico Hulkenberg, Force India - 1:42.184, +3.151
19.(#28) Will Stevens, Marussia - 1:45.379, +6.346
20.(#98) Roberto Merhi, MArussia - 1:46.443, +7.410
FÓRMULA 1: 3° ETAPA - CANGHAI - P2
1.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:37.219 (32 voltas)
2.(#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - 1:37.662, +0.443
3.(#3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing - 1:38.311, +1.092
4.(#5) Sebastian Vettel, Ferrari - 1:38.339, +1.120
5.(#6) Nico Rosberg, Mercedes - 1:38.399, +1.180
6.(#26) Daniil Kvyat, Red Bull Racing - 1:38.737, +1.518
7.(#77) Valtteri Bottas, Williams - 1:38.850, +1.631
8.(#12) Felipe Nasr, Sauber - 1:39.032, +1.813
9.(#8) Romain Grosjean, Lotus - 1:39.142, +1:923
10.(#22) Jenson Button, McLaren - 1:39.275, +2.056
11.(#13) Pastor Maldonado, Lotus - 1:39.444, +2.225
12.(#14) Fernando Alonso, McLaren - 1:39.743, +2.524
13.(#9) Marcus Ericsson, Sauber - 1:39.751, +2.532
14.(#33) Max Verstappen, Toro Rosso - 1:39.894, +2.675
15.(#55) Carlos Sainz, Toro Rosso - 1:39.971, +2.752
16.(#27) Nico Hulkenberg, Force India - 1:40.151, +2.932
17.(#19) Felipe Massa, Williams - 1:40.423, +3.204
18.(#11) Sergio Perez, Force India - 1:40.868, +3.649
19.(#98) Roberto Merhi, Marussia - 1:42.973, +5.754
20.(#28) Will Stevens, Marussia - 1:44.564, +7.345
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2015

segunda-feira, 6 de abril de 2015

BRITISH GT
















Gary Eastwood e Adam Carroll da equipe FF Corse vence na abertura do British GT.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Eastwood e Carroll com uma Ferrari 458 Italia venceu a etapa de abertura no circuito de Oulton Park no campeonato Inglês de Gran Turismo. A corrida foi repleta de disputas, a dupla vencedora teve que resistir aos ataques dos carros da Oman Racing e Triple Eight Racing. Na segunda corrida deu Aston MArtin Vantage da equipe Beechdean AMR, com uma Ginetta GT3 da equipe Team LNT em 2° e fechando o pódio um BMW Z4 GT3 da equipe Barwell/Ecurie Ecosse. Nada mais nada menos do que 43 carros alinharam no grid de largada mostrando o sucesso da categoria. Confira abaixo o resultado das duas corridas pelo nome das equipes e dos carros.

BRITISH GT: 1° ETAPA - OULTON PARK - 1° CORRIDA
1.(#18) GT3, FF CORSE, FERRARI 458 ITALIA - 1:10.09.819
2.(#6) GT3, OMAN RACING TEAM, ASTON MARTIN VANTAGE GT3 - +1.089
3.(#888) GT3, TRIPLE EIGHT RACING, BMW Z4 - +2.379
4.(#4) GT3, OMAN RACING TEAM, ASTON MARTIN VANTAGE - +14.383
5.(#21) GT3, ROSSO VERDE, FERRARI 458 ITALIA - +20.614
6.(#1) GT3, BARWELL/ECURIE ECOSSE, BMW Z4 - +26.464
7.(#32) GT3, TEAM LNT, GINETTA GT3 - +26.715
8.(#27) GT3, TF SPORT, ASTON MARTIN VANTAGE - +28.319
9.(#44) GT3, TEAM LNT, GINETTA GT3 - +47.320
10.(#2) GT3, OMAN RACING TEAM, ASTON MARTIN VANTAGE - +1:32.500
11.(#50) GT4, PROFESSIONAL MS WORLD EXPO/OPTIMUM, G55 GINETTA - +1 VOLTA
12.(#407) GT4, BEECHDEAN AMR, ASTON MARTIN - +1 VOLTA
13.(#71) GT4, QUANTAMATIC RACING, ASTON MARTIN - +1 VOLTA
14.(#49) GT4, AMDTUNING.COM, PORSCHE 911 - +1 VOLTA
15.(#43) GT4, CENTURY MOTORSPORT, G55 GINETTA - +1 VOLTA
16.(#77) GT4, OZ YUSUF/ISSY RACING, LOTUS EVORA - +1 VOLTA
17.(#56) GT4, TOLMAN MOTORSPORT, G55 GINETTA - +1 VOLTA
18.(#47) GT4, JWB MOTORSPORT, ASTON MARTIN - +2 VOLTAS
19.(#62) GT4, ACADEMY MOTORSPORT, ASTON MARTIN - +2 VOLTAS
20.(#46) GT4, TWISTED TEAM PARKER, G55 GINETTA - +2 VOLTAS
21.(#54) GT4, STRATTON MOTORSPORT ULTRATEK, LOTUS EVORA - +2 VOLTAS
22.(#53) GT4, STRATTON MOTORSPORT ULTRATEK, LOTUS EVORA - +2 VOLTAS
23.(#51) GT4, STRATTON MOTORSPORT ULTRATEK, ASTON MARTIN - +3 VOLTAS
24.(#48) GT4, FOX MOTORSPORT, G55 GINETTA - +3 VOLTAS
25.(#61) GT4, ACADEMY MOTORSPORT, ASTON MARTIN - +5 VOLTAS
26.(#22) GT3, PRECI-SPARK, MERCEDES AMG - +6 VOLTAS
27.(#86) INV, GPRM, TOYOTA GT86 - +21 VOLTAS
**Não classificados**
--(#17) GT3, TF SPORT, ASTON MARTIN VANTAGE - +18 VOLTAS
--(#30) GT3, RAM RACING, MERCEDES AMG - +18 VOLTAS
--(#63) GT3, BARWELL/TEAM RUSSIA, BMW Z4 - +18 VOLTAS
--(#7) GT3, BEECHDEAN AMR, ASTON MARTIN VANTAGE - +19 VOLTAS
--(#10) GT3, VONRYAN RACING, MCLAREN 650S - +24 VOLTAS
--(#11) GT3, 22GT RACING, ASTON MARTIN VANTAGE - +29 VOLTAS
--(#12) GT3, VONRYAN RACING, MCLAREN 650S - NÃO LARGOU
BRITISH GT: 1° ETAPA - OULTON PARK - 2° CORRIDA
1.(#7) GT3, BEECHDEAN AMR, ASTON MARTIN VANTAGE - 1:01.03.228
2.(#32) GT3, TEAM LNT, GINETTA GT3 - +12.929
3.(#1) GT3, BARWELL/ECURIE ECOSSE, BMW Z4 - +13.966
4.(#6) GT3, OMAN RACING TEAM, ASTON MARTIN VANTAGE - +14.079
5.(#888) GT3, TRIPLE EIGHT RACING, BMW Z4 - +19.027
6.(#18) GT3, FF CORSE, FERRARI 458 ITALIA - +40.009
7.(#11) GT3, 22GT RACING, ASTON MARTIN VANTAGE - +42.381
8.(#30) GT3, RAM RACING, MERCEDES AMG - +42.706
9.(#10) GT3, VONRYAN RACING, MCLAREN 650S - +49.252
10.(#4) GT3, OMAN RACING TEAM, ASTON MARTIN VANTAGE - +1:11.500
11.(#21) GT3, ROSSO VERDE, FERRARI 458 ITALIA - +2 VOLTAS
12.(#77) GT4, OZ YUSUF/ISSY RACING, LOTUS EVORA - +2 VOLTAS
13.(#407) GT4, BEECHDEAN AMR, ASTON MARTIN CHALLENGE - +2 VOLTAS
14.(#50) GT4, PROFESSIONAL MS WORLD EXPO/OPTIMUM, G55 GINETTA - +2 VOLTAS
15.(#48) GT4, FOX MOTORSPORT, G55 GINETTA - +2 VOLTAS
16.(#56) GT4, TOLMAN MOTORSPORT, G55 GINETTA - +2 VOLTAS
17.(#71) GT4, QUANTAMATIC RACING, ASTON MARTIN CHALLENGE - +2 VOLTAS
18.(#46) GT4, TWISTED TEAM PARKER, G55 GINETTA - +3 VOLTAS
19.(#62) GT4, ACADEMY MOTORSPORT, ASTON MARTIN CHALLENGE - +3 VOLTAS
20.(#47) GT4, JWB MOTORSPORT, ASTON MARTIN CHALLENGE - +3 VOLTAAS
21.(#54) GT4, STRATTON MOTORSPORT ULTRATEK, LOTUS EVORA - +3 VOLTAS
22.(#53) GT4, STRATTON MOTORSPORT ULTRATEK, LOTUS EVORA - +4 VOLTAS
23.(#43) GT4, CENTURY MOTORSPORT, G55 GINETTA - +5 VOLTAS
24.(#51) GT4, STRATTON MOTORSPORT ULTRATEK, ASTON MARTIN CHALLENGE - +6 VOLTAS
25.(#27) GT3, TF SPORT, ASTON MARTIN VANTAGE - +7 VOLTAS
26.(#2) GT3, OMAN RACING TEAM, ASTON MARTIN VANTAGE - +10 VOLTAS
27.(#61) GT4, ACADEMY MOTORSPORT, ASTON MARTIN CHALLENGE - +11 VOLTAS
28.(#86) INV, GPRM, TOYOTA GT86 - +19 VOLTAS
** Não classificados **
--(#44) GT3, TEAM LNT, GINETTA - ABANDONO
--(#63) GT3, BARWELL/TEAM RUSSIA, BMW Z4 - ABANDONO
--(#22) GT3, PRECI-SPARK, MERCEDES AMG - ABANDONO
--(#49) GT4, AMDTUNING.COM, PORSCHE 911 - ABANDONO
--------------------------------------------------------------------------------------------British GT 2015

BLANCPAIN GT SERIES


Equipe brasileira consegue a sua primeira vitória no Blancpain GT Series sem pilotos brasileiros.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Na primeira corrida do ano (conhecida como Qualifying Race) que abriu a temporada da GT Series em Nogaro na França, o Audi #3 da equipe Belgian Audi Club Team WRT, dos pilotos Stéphane Ortelli e Stéphane Richelmi venceram. Eles lideraram a maior parte da corrida, e tiveram sempre a companhia próxima do carro #77 da equipe brasileira que ironicamente não utilizou pilotos brasileiros nessa primeira etapa, Maxime Martin e Dirk Müller fizeram um ótimo trabalho e cruzaram a linha de chegada na 2° colocação. Em terceiro fechando o pódio da primeira corrida veio outro carro da equipe Belgian Audi Club Team WRT da dupla Enzo Ide e Christopher Mies. Na categoria Pro-AM a vitória ficou com o Mercedes-Benz #70 da equipe Russian Team Mercedes de Alexey Karachev e Bernd Schneider.  Na segunda corrida a equipe brasileira entrou para a história conseguindo a sua primeira vitória na categoria. Maxime Martin e Dirk Müller levaram o BMW Z4 #77 da equipe BMW Sports Trophy Team Brasil para a sua primeira vitória. Nos últimos 20 minutos da corrida Stéphane Ortelli da Belgian Audi pressionou bastante mas não conseguiu ultrapassar o carro da equipe brasileira. O terceiro lugar foi conquistado novamente pelo Audi  de Enzo Ide e Christopher Mies. O outro carro da equipe brasileiro com a dupla de pilotos Rodrigo e Ricardo Sperafico chegou em 9° na primeira corrida e na 10° colocação na segunda. Confira abaixo os resultados completos das duas corridas. 

BLANCPAIN GT SERIES: 1° ETAPA - NOGARO - QUALIFYING RACE
1.(#3) Stephane Richelmi/Stephane Ortelli, Audi R8 LMS Ultra - 1:27.958 (39 voltas)
2.(#77) Maxime Martin/Dirk Müller, BMW Z4 - +0.552
3.(#2) Christopher Mies/Enzo Ide, Audi R8 LMS Ultra - +12.852
4.(#333) Marco Seefried/Norbert Siedler, Ferrari 458 Italia - +21.482
5.(#70) Bernd Schneider/Alexei Karachev, Mercedes SLS AMG GT3 - +21.598
6.(#75) Marco Bonanomi/Filip Salaquarda, Audi R8 LMS Ultra - +22.482
7.(#74) Anders Fjordbach/Thomas Fjordbach, Audi R8 LMS Ultra - +23.611
8.(#84) Vincent Abril/Maximilian Buhk, Bentley Continental GT3 - +24.081
9.(#0) Ricardo Sperafico/Rodrigo Sperafico, BMW Z4 - +24.663
10.(#911) Marcel Wagner/Martin Regginger, Porsche 997 GT3 R - +30.604
11.(#4) James Nash/Frank Stippler, Audi R8 LMS Ultra - +53.876
12.(#55) Rob Bell/Kevin Estre, McLaren 650 S GT3 - +43.642
13.(#54) Philipp Wlazik/Yoshinaru Mori, McLaren 650 S GT3 - +25.681
14.(#71) Alexey Vasilyev/Christophe Bouchut, Mercedes SLS AMG GT3 - +20.879
**Não terminaram a prova**
(#88) Albert von Thurn und Taxis/Nick Catsburg, Lamborghini Gallardo LP 560 - acidente
(#73) Sean Walkinshaw/Craig Dolby, Nissan GTR Nismo GT3 - acidente
(#6) Niki Mayr-Melnhof/Markus Winkelhock, Audi R8 LMS Ultra - abandono
(#83) Olivier Lombard/Jules Szymkowiak, Bentley Continental GT3 - abandono

BLANCPAIN GT SERIES: 1° ETAPA - NOGARO - MAIN RACE
1.(#77) Maxime Martin/Dirk Müller, BMW Z4 - 1:27.308
2.(#3) Stephane Richelmi/Stephane Ortelli, Audi R8 LMS Ultra - 1:27.439
3.(#2) Christopher Mies/Enzo Ide, Audi R8 LMS Ultra - 1:27.614
4.(#84) Vincent Abril/Maximilian Buhk, Bentley Continental GT3 - 1:27.423
5.(#333) Marco Seefried/Norbert Siedler, Ferrari 458 Italia - 1:27.925
6.(#4) James Nash/Frank Stippler, Audi R8 LMS Ultra - 1:27.359
7.(#75) Marco Bonanomi/Fillip Salaquarda, Audi R8 LMS Ultra - 1:27.928
8.(#6) Niki Mayr-Melnhof/Markus Winkelhock, Audi R8 LMS Ultra - 1:27.266
9.(#71) Alexey Vasilyev/Christophe Bouchut, Mercedes SLS AMG GT3 - 1:27.409
10.(#0) Ricardo Sperafico/Rodrigo Sperafico, BMW Z4 - 1:28.263
11.(#70) Bernd Schneider/Alexei Karachev, Mercedes SLS AMG GT3 - 1:28.080
12.(#74) Anders Fjordbach/Thomas Fjordbach, Audi R8 LMS Ultra - 1:28.844
13.(#55) Rob Bell/Kevin Estre, McLaren 650 S GT3 - 1:27.953
14.(#83) Olivier Lombard/Jules Szymkowiak, Bentley Continental GT3 - 1:28.237
15.(#73) Sean Walkinshaw/Craig Dolby, Nissan GT-R Nismo GT3 - 1:27.739
16.(#911) Marcel Wagner/Martin Ragginger, Porsche 997 GT3 R - 1:27.827
17.(#88) Albert von Thurn und Taxis/Nick Catsburg, Lamborghini Gallardo LP 560-4 R-EX - 1:28.378
18.(#54) Phillipp Wlazik/Yoshiharu Mori, McLaren 650 S GT3 - 1:29.185
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Blancpain GT Series 2015

STOCK CAR


Cacá Bueno e Tuka Rocha vencem em Ribeirão Preto pela Stock Car.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Num final de semana chuvoso em Ribeirão Preto, a segunda etapa da Stock Car teve momentos de belas disputas e reviravoltas na pista e nos bastidores. Cacá Bueno que largou na 8° posição teve um ótimo desempenho na primeira corrida do final de semana e venceu pela primeira vez no circuito temporário de rua em Ribeirão Preto. Debaixo de uma chuva fina e constante a corrida até que foi tranquila em termos de acidente, apenas Felipe Fraga bateu foret contra a barreira de proteção. Um momento confuso da corrida foi quando Cacá Bueno cruzou a linha de chegada em primeiro com Marcos Gomes logo atrás dele, mas ambos os pilotos não receberam a bandeira quadriculada e confusos ainda disputaram a posição por mais uma volta. O erro da organização da prova foi lamentável. Julio Campos da Prati-Donaduzzi completou o pódio da primeira corrida. Na segunda corrida, mais polêmica. Como o asfalto do circuito secou bastante com o final da chuva vários pilotos entraram nos boxes para troca de pneus, mas após muita discussão a direção de prova acabou eliminando esses pilotos da primeira corrida, todos os pontos conquistados foram perdidos, já que o regulamento não permite nenhuma troca de pneus após o final da prova. Na segunda corrida Vitor Genz largou na pole e manteve a primeira posição durante boa parte da corrida heróicamente, já que ele estava com pneus para chuva numa pista completamente seca. Um forte acidente aconteceu no inicio da 2° corrida, Rafa Matos perdeu o ponto de frenagem e bateu forte na traseira do carro do seu companheiro de equipe Felipe Lapenna. Tuka Rocha com pneus para pista seca começou a ultrapassar todo mundo e chegou rapidamente na liderança da corrida e abriu uma boa diferença do segundo colocado. Rocha cruzou a linha de chegada pouco mais de 1 segundo à frente de Sérgio Jimenez, foi a primeira vitória de Tuka Rocha na Stock Car. Átila Abreu fechou o pódio da segunda corrida. A próxima etapa acontece no dia 26 de Abril no Velopark. 




















STOCK CAR: 2° ETAPA - RIBEIRÃO PRETO - 1° CORRIDA
1.(#0) Cacá Bueno, Red Bull Racing - 49:43.932
2.(#80) Marcos Gomes, Voxx Racing -  49:45.409
3.(#4) Julio Campos, Prati-Donaduzzi - 49:53.267
4.(#21) Thiago Camilo, Ipiranga-RCM - 49.57.459
5.(#28) Galid Osman, Ipiranga-RCM - 50:12.345
6.(#111) Rubens Barrichello, Full Time Sports - 50:13.718
7.(#18) Allam Khodair, Full Time Sports - 50:14.628
8.(#46) Vitor Genz, Boettger Competições - 50:15.085
9.(#70) Diego Nunes, Vogel Motorsport - 50:20.830
10.(#1) Antonio Pizzonia, Prati-Donaduzzi - 50:25.798
11.(#73) Sergio Jimenez, C2 Team - 50:47.713
12.(#25) Tuka Rocha, União Química Racing - 51:10.753
13.(#8) Rafael Suzuki, RZ Motorsport - 50:05.492
14.(#110) Felipe Lapenna, Schin Racing Team - 50:11.712
15.(#2) Rafa Matos, Schin Racing Team - 50:38.082
16.(#51) Àtila Abreu, AMG Motorsport - 50:51.030
17.(#3) Bia Figueiredo, União Química Racing - 50:53.401
18.(#14) Luciano Burti, RZ Motorsport - 50:54.124
19.(#26) Raphael Abbate, Hot Car Competições - 50:37.973
20.(#72) Fabio Fogaça, Hot Car Competições - 50:21.681
21.(#5) Denis Navarro, Vogel Motorsport - 50:39.662
22.(#12) Lucas Foresti, AMG Motorsport - 32:45.965
23.(#11) César Ramos, Cavaleiro Racing Sports - 33:06.837
24.(#29) Daniel Serra, Red BUll Racing - 26:25.091
25.(#10) Ricardo Zonta, Shell Racing - 50:34.225
26.(#74) Popó Bueno, Cavaleiro Racing Sports - 50:28.533
27.(#65) Max Wilson, Eurofarma RC - eliminado por trocar pneus
28.(#90) Ricardo Maurício, Eurofarma RC - eliminado por tocar pneus
29.(#77) Valdeno Brito, Shell Racing - eliminado
30.(#83) Gabriel Casagrande, C2 Team - bandeira preta
31.(#88) Felipe Fraga, Voxx Racing - acidente
STOCK CAR: 2° ETAPA - RIBEIRÃO PRETO - 2° CORRIDA
1.(#25) Tuka Rocha, União Química Racing - 30:22.214
2.(#73) Sérgio Jimenez, C2 Team - 30:23.437
3.(#51) Átila Abreu, AMG Motorsport - 30:24.256
4.(#5) Denis Navarro, Vogel Motorsport - 30:31.120
5.(#14) Luciano Burti, RZ Motorsport - 30:33.524
6.(#111) Rubens Barrichello, Full Time Sports - 30:37.910
7.(#46) Vitor Genz, Boettger Competições - 30:38.001
8.(#4) Julio Campos, Prati-Donaduzzi - 30:38.749
9.(#1) Antonio Pizzonia, Prati-Donaduzzi - 30:39.253
10.(#80) Marcos Gomes, Voxx Racing - 30:39.544
11.(#83) Gabriel Casagrande, C2 Team - 30:39.957
12.(#8) Rafael Suzuki, RZ Motorsport - 30;40.076
13.(#18) Allam Khodair, Full Time Sports - 30:42.477
14.(#28) Galid Osman, Ipiranga-RCM - 31:04.603
15.(#70) Diego Nunes, Vogel Motorsport - 30:42.602
16.(#21) Thiago Camilo, Ipiranga-RCM - 30:42.835
17.(#26) Raphael Abbate, Hot Car Competições - 28:14.081
18.(#11) Cesar Ramos, Cavaleiro Racing Sports - 17:25.589
19.(#0) Cacá Bueno, Red Bull Racing - 17:25.868
20.(#10) Ricardo Zonta, Shell Racing - 11:21.094
21.(#72) Fábio Fogaça, Hot Car Competições - 11:21.115
22.(#65) Max Wilson, Eurofarma RC - 11:21.672
23.(#90) Ricardo Maurício, Eurofarma RC - 11:22.186
24.(#74) Popó Bueno, Cavaleiro Racing Sports - 11:22.797
25.(#77) Valdeno Brito, Shell Racing - acidente
26.(#12) Lucas Foresti, AMG Motorsport - 11:35.450
27.(#110) Felipe Lapenna, Schin Racing Team - acidente
28.(#2) Rafa Matos, Schin Racing Team - acidente
29.(#29) Daniel Serra, Red Bull Racing - abandono
30.(#88) Felipe Fraga, Voxx Racing - não largou
31.(#3) Bia Figueiredo, União Química Racing - não largou


















----------------------------------------------------------------------------------------------------------------Stock Car 2015

domingo, 5 de abril de 2015

BRITISH TOURING CAR CHAMPIONSHIP (BTCC)
















BMW e Honda saem na frente na abertura da BTCC em Brands Hatch.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Na primeira corrida que abriu a temporada do campeonato de turismo da Inglaterra, Robert Collard com o seu BMW 125i M Sport venceu de maneira emocionante cruzando a linha de chegada à frente de Aron Smith (Volkswagen CC) apenas 0.411 segundos. Na segunda e terceira corridas do final de semana só deu Honda Civic Type R com as vitórias de Gordon Shedden e do campeão Matt Neal. Confira abaixo o resultado das três primeiras corridas da temporada. 

BTCC: 1° ETAPA - BRANDS HATCH INDY - 1° CORRIDA
1.(#6) Robert Collard, BMW 125i M Sport - 24 voltas
2.(#40) Aron Smith, Volkswagen CC - +0.411
3.(#99) Jason Plato, Volkswagen CC - +0.884
4.(#31) Jack Goff, MG6 GT - +5.464
5.(#1) Colin Turkington, Volkswagen CC - +5.726
6.(#52) Gordon Shedden, Honda Civic Type R - +5.819
7.(#77) Andrew Jordan, MG6 GT - +7.127
8.(#25) Matt Neal, Honda Civi Type R - +8.668
9.(#111) Andy Priaulx, BMW 125i M Sport - +9.974
10.(#80) Tom Ingram, Toyota Avensis - +11.260
11.(#33) Adam Morgan, Mercedes-Benz A-Class - +12.763
12.(#16) Aiden Moffat, Mercedes-Benz A-Class - +21.151
13.(#66) Josh Cook, Chevrolet Cruze 5dr - +23.396
14.(#101) Rob Austin, Audi A4 - +25.613
15.(#7) Sam Tordoff, BMW 125i M Sport - +27.329
16.(#30) Martin Depper, Honda Civic - +27.816
17.(#17) Dabe Newsham, Chevrolet Cruze 5dr - +28.630
18.(#54) Hunter Abbott, Audi A4 - +29.864
19.(#55) Jeff Smith, Honda Civic - +30.229
20.(#11) Simon Belcher, Toyota Avensis - +35.200
21.(#21) Mike Bushell, Ford Focus ST MK.III - +36.307
22.(#39) Warren Scott, Volkswagen CC - +44.622
23.(#14) Alex Martin, Ford Focus ST MK.III - +44.804
24.(#23) Kieran Gallagher, Toyota Avensis - +45.991
25.(#95) Stewart Lines, Toyota Avensis - +47.425
**Não terminaram a corrida**
(#22) Derek Palmer, Infiniti Q50 - abandono 14° volta
BTCC: 1° ETAPA - BRANDS HATCH INDY - 2° CORRIDA
1.(#52) Gordon Shedden, Honda Civic Type R - 24 voltas
2.(#111) Andy Priaulx, BMW 125i M Sport - +0.040
3.(#1) Colin Turkington, Volkswagen CC - +1.131
4.(#33) Adam Morgan, Mercedes-Benz A-Class - +4.646
5.(#77) Andrew Jordan, MG6 GT - +5.229
6.(#80) Tom Ingram, Toyota Avensis - +5.566
7.(#7) Sam Tordoff, BMW 125i M Sport - +8.365
8.(#25) Matt Neal, Honda Civic Type R - +9.176
9.(#31) Jack Goff, MG6 GT - +9.653
10.(#101) Rob Austin, Audi A4 - +12.926
11.(#54) Hunter Abbott, Audi A4 - +13.275
12.(#40) Aron Smith, Volkswagen CC - +13.733
13.(#16) Aiden Moffat, Mercedes-Benz A-Class - +13.866
14.(#66) Josh Cook, Chevrolet Cruze 5dr - +17.025
15.(#17) Dave Newsham, Chevrolet Cruze 5dr - +21.380
16.(#6) Robert Collard, BMW 125i M Sport - +21.789
17.(#21) Mike Bushell, Ford Focus ST MK.III - +30.269
18.(#14) Alex Martin, Ford Focus ST MK.III - +31.497
19.(#11) Simon Belcher, Toyota Avensis - +37.599
20.(#22) Derek Palmer, Infiniti Q50 - +1 volta
21.(#95) Stewart Lines, Toyota Avensis - +1 volta
22.(#23) Kieran Gallagher, Toyota Avensis - +1 volta
23.(#55) Jeff Smith, Honda Civic - +2 voltas
**Não terminaram a corrida**
(#99) Jason Plato, Volkswagen CC - +4 voltas
(#39) Warren Scott, Volkswagen CC - +22 voltas
(#30) Martin Depper, Honda Civic - +23 voltas
BTCC: 1° ETAPA - BRANDS HATCH INDY - 3° CORRIDA
1.(#25) Matt Neal, Honda Civic Type R - 27 voltas
2.(#31) Jack Goff, MG6 GT - +0.196
3.(#40) Aron Smith, Volkswagen CC - +1.706
4.(#7) Sam Tordoff, BMW 125i M Sport - +4.553
5.(#101) Rob Austin, Audi A4 - +4.719
6.(#80) Tom Ingram, Toyota Avensis - +5.662
7.(#33) Adam Morgan, Mercedes-Benz A-Class - +7.537
8.(#111) Andy Priaulx, BMW 125i M Sport - +8.825
9.(#17) Dave Newsham, Chevrolet Cruze 5dr - +8.909
10.(#54) Hunter Abbott, Audi A4 - +9.157
11.(#21) Mike Bushell, Ford Focus ST MK.III - +11.771
12.(#1) Colin Turkington, Volkswagen CC - +17.558
13.(#30) Martin Depper, Honda Civic - +21.188
14.(#55) Jeff Smith, Honda Civic - +21.847
15.(#11) Simon Belcher, Toyota Avensis - +24.415
16.(#99) Jason Plato, Volkswagen CC - +30.122
17.(#95) Stewart Lines, Toyota Avensis - +34.892
18.(#22) Derek Palmer, Infiniti Q50 - +38.336
19.(#77) Andrew Jordan, MG6 GT - +1 volta
20.(#23) Kieran Gallagher, Toyota Avensis - +1 volta
**Não terminaram a corrida**
(#14) Alex Martin, Ford Focus ST MK.III - +6 voltas
(#52) Gordon Shedden, Honda Civic Type R - +7 voltas
(#16) Aiden Moffat, Mercedes-Benz A-Class - +23 voltas
(#39) Warren Scott, Volkswagen CC - +24 voltas
(#66) Josh Cook, Chevrolet Cruze 5dr - +25 voltas
(#6) Robert Collard, BMW 125i M Sport - +27 voltas
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------BTCC 2015 

FÓRMULA E


Nelsinho Piquet conquista vitória brilhante em Long Beach.
Luis Fernando Soares de Almeida

No sábado (04/4) a tarde aconteceu em Long Beach a 6° etapa da Fórmula E. A corrida foi emocionante para Nelsinho Piquet que conquistou a sua primeira vitória na categoria. Essa vitoria foi muito especial, já que o pai Nelson Piquet conquistou a sua primeira vitória na Fórmula 1 exatamente em Long Beach 25 anos atrás. Mais de 20 mil pessoas estiveram presentes no circuito paradísiaco de Long Beach, e o espetáculo foi muito bom, foi a sexta etapa com um vencedor diferente mostrando o equilibrio da categoria. Em Beijing Lucas Di Grassi venceu, em Putrajaya Sam Bird, em Punta del Este Sebastien Buemi, em Buenos Aires Antonio Félix Da Costa e Nicolas Prost em Miami.  Nelsinho venceu praticamente de ponta a ponta, largando da 2° posição logo na primeira curva ele ultrapassou o pole position Daniel Abt e conseguiu manter uma distância pequena mas confortável até o final da prova. Na primeira metada da corrida , a prova foi interrompida por duas vezes, a primeira quando Scott Speed sofreu um acidente na curva No.2 e a segunda quando Charles Pic e Jarno Trulli se chocaram causando mais uma entrada do carro de segurança. A parada para as trocas dos carros aconteceu mais tarde do que o normal, por causa das duas bandeiras amarelas. Jean-Eric Vergne da Andretti Autosport  conseguiu conquistar duas posições na pista ficando em segundo, mas nunca de fato conseguiu ameaçar a primeira posição de Nelsinho Piquet. O brasileiro Lucas di Grassi da Audi Sport ABT chegou em 3° conquistando a última posição do pódio. Bruno Senna da Mahindra Racing finalmente conseguiu uma boa colocação chegando na quinta colocação. A próxima etapa aconteceu no lendário Circuito de Mônaco no dia 09 de Maio. Confira abaixo o resultado completo da etapa de Long Beach.

FÓRMULA E: 6° ETAPA - LONG BEACH - FINAL
1.(#99) Nelsinho Piquet, China Racing - 46:01.971 (39 voltas)
2.(#27) Jean-Eric Vergne, Andretti Autosport - +1.705
3.(#11) Lucas di Grassi, Audi Sport ABT - +2.994
4.(#9) Sébastien Buemi, edams-Renault - +3.518
5.(#21) Bruno Senna, Mahindra Racing - +8.844
6.(#7) Jerome d'Ambrosio, Dragon Racing - +13.460
7.(#55) Antonio Felix da Costa, Amlin Aguri - +16.171
8.(#3) Jaime Alguersuari, Virgin RAcing - +17.975
9.(#6) Loic Duval, Dragon Racing - +18.436
10.(#30) Stephane Sarrazin, Venturi - +20.418
11.(#23) Nick Heidfeld, Venturi - +21.326
12.(#5) Karun Chandhok, Mahindra Racing - +32.917
13.(#18) Vitantonio Liuzzi, Trulli Racing - +38.592
14.(#8) Nicolas Prost, e.dams-Renault - +42.375
15.(#66) Daniel Abt, Audi Sport ABT - +44.361
16.(#88) Charles Pic, China Racing - +58.125
17.(#77) Salvador Duran, Amlin Aguri - +12 voltas
18.(#2) Sam Bird, Virgin Racing - +17 voltas
19.(#10) Jarno Trulli, Trulli - 32 voltas
20.(#28) Scott Speed, Andretti Autosport - 36 voltas
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula E 2015

segunda-feira, 30 de março de 2015

INDYCAR SERIES


Juan Pablo Montoya vence de maneira brilhante em St. Petersburg na abertura da temporada da Indy. 
por Luis Fernando Soares de Almeida

A abertura da temporada 2015 da Fòrmula Indy aconteceu nesse domingo (29/03) no belíssimo circuito de rua de St. Petersburg, a corrida foi repleta de batalhas entre os pilotos e muita disputa ao longo das 110 voltas. Os carros novos que parecem mais tanques de guerra, com seus mais de 100 apêndices aerodinâmicos, assustam numa primeira olhada, mas depois de um certo tempo você se acostuma e começa a achar interessante o desenho das carrocerias. De fato, toda aquela estrutura extra nas carrocerias se mostraram super eficientes, no sábado Will Power já tinha batido o recorde da pista e os carros estão muito rápidos na pista. Os carros da Penske confirmaram o favoritismo apresentado durante os treinos, e nas 5 primeiras colocações 4 carros eram da equipe Team Penske. Juan Pablo Montoya começou o ano de maneira brilhante, ele largou na 4° posição e acabou vencendo resistindo à um ataque forte de Will Power nas últimas voltas. O australiano Power forçou tanto que chegou a tocar na traseira do carro de Montoya que não sofreu nada, o carro #1 de Will Power perdeu uma parte da asa dianteira do lado direito mas não comprometeu o desempenho do carro. Will Power liderou 75 voltas da corrida e parecia que não teria adversários, mas Montoya acabou se dando melhor liderou 27 voltas e cruzou a linha de chegada em primeiro. O brasileiro Tony Kanaan da Chip Ganassi foi o 'penetra' da festa da Penske e conseguiu o 3° lugar do pódio. Helinho Castroneves veio logo atrás dele ficando em 4° seguido de Simon Pagenaud, Ryan Hunter-Reay, Jack Hawksworth, Luca Filippi e Marco Andretti fechando o top 10 da corrida. A próxima etapa da Indy acontece no dia 12 de Abril no Motorsports Park.

INDYCAR SERIES: 1° ETAPA - ST. PETERSBURG, FINAL
1.(#2) Juan Pablo Montoya, Verizon Chevrolet - 110 voltas
2.(#1) Will Power, Verizon Chevrolet - 110 voltas
3.(#10) Tony Kanaan, NTT Data Chip Ganassi Chevrolet - 110 voltas
4.(#3) Helinho Castroneves, Hitachi Chevrolet - 110 voltas
5.(#22) Simon Pagenaud, Penske Truck Rental Chevrolet - 110 voltas
6.(#11) Sebastien Bourdais, Team Hydrox-KVSH Racing Chevrolet - 110 voltas
7.(#28) Ryan Hunter-Reay, DHL Honda - 110 voltas
8.(#41) Jack Hawksworth, ABC Supply A.J. Foyt Racing Honda - 110 voltas
9.(#20) Luca Filippi, Fuzzy's Vodka CFH Racing Chevrolet - 110 voltas
10.(#27) Marco Andretti, Snapple Honda - 110 voltas
11.(#15) Graham Rahal, Mi-Jack Honda - 110 voltas
12.(#67) Josef Newgarden, Hartman Oil CFH Racing Chevrolet - 110 voltas
13.(#14) Takuma Sato, ABC Supply A.J. Foyt Racing Honda - 110 voltas
14.(#26) Carlos Munoz, AndrettiTV Honda - 110 voltas
15.(#9) Scott Dixon, Target Chip Ganassi Racing Chevrolet - 110 voltas
16.(#5) James Hinchcliffe, Arrow/Lucas Oil Schmidt Peterson Honda - 110 voltas
17.(#98) Gabby Chaves, Bowers & Wilkins Curb Honda - 110 voltas
18.(#25) Simona de Silvestro, Andretti Autosport Honda - 110 voltas
19.(#8) Sage Karam, GE LED Chip Ganassi Racing Chevrolet - 109 voltas
20.(#4) Stefano Coletti, KV Racing Technology Chevrolet - 109 voltas
21.(#83) Charlie Kimball, Novo Nordisk Chip Ganassi Racing Chevrolet - 109 voltas
22.(#7) James Jakes, Schmidt Peterson Motorsports Honda - 100 voltas
23.(#19) Francesco Dracone, Dale Coyne Racing Honda - 70 voltas (mecanica)
24.(#18) Carlos Huertas, Dale Coyne Racing Honda - 19 voltas (mecânica)
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------IndyCar Series 2015