segunda-feira, 25 de maio de 2015

NASCAR SPRINT CUP














Carl Edwards vence em Charlotte e se classifica para o Chase da Sprint Cup.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Carl Edwards foi um espécie de azarão das 600 milhas de Charlotte disputada nesse domingo (24/05). Pelo menos pelas 370 voltas  das 400 voltas ninguem acreditaria que Edwards poderia vencer a prova. Martin Truex Jr., Kurt Busch e Denny Hamlin se revezaram na liderança da prova durante a maior parte da corrida, mas com uma estratégia ousada Edwards dominou a corrida nas últimas 62 voltas quando todos os outros competidores entraram nos boxes para troca de pneus e reabastecimento, a ousadia lhe rendeu a primeira vitória da temporada e uma vaga no chase da Sprint Cup. Greg Biffle foi o segundo à 4.7 segundos de Edwards. Dale Earnhardt Jr. ficou em 3° seguido do pole position Matt Kenseth em 4° e Truex fechando o top 5. Ryan Newman, Brad Keselowski, Denny Hamlin, Kevin Harvick e Kurt Busch completaram os 10 primeiros colocados da prova. Kyle Busch que perdeu as 11 primeiras corridas da temporada por causa da lesão que sofreu no inicio do ano, chegou em 11°.  Foi a 300° vitória da Toyota na Nascar. Confira abaixo o resultado completo da 12° etapa da temporada.

NASCAR SPRINT CUP: 12° ETAPA - 600 MILHAS DE CHARLOTTE
1.(#19) Carl Edwards, Toyota - 400 voltas
2.(#16) Greg Biffle, Ford - 400 voltas
3.(#88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 400 voltas
4.(#20) Matt Kenseth, Toyota - 400 voltas
5.(#78) Martin Truex Jr., Chevrolet - 400 voltas
6.(#31) Ryan Newman, Chevrolet - 400 voltas
7.(#2) Brad Keselowski, Ford - 400 voltas
8.(#11) Denny Hamlin, Toyota - 400 voltas
9.(#4) Kevin Harvick, Chevrolet - 400 voltas
10.(#41) Kurt Busch, Chevrolet - 400 voltas
11.(#18) Kyle Busch, Toyota - 400 voltas
12.(#5) Kasey Kahne, Chevrolet - 400 voltas
13.(#22) Joey Logano, Ford - 400 voltas
14.(#27) Paul Menard, Chevrolet - 400 voltas
15.(#24) Jeff Gordon, Chevrolet - 400 voltas
16.(#3) Austin Dillon, Chevrolet - 400 voltas
17.(#43) Aric Almirola, Ford - 399 voltas
18.(#25) Chase Elliott, Chevrolet - 399 voltas
19.(#1) Jamie McMurray, Chevrolet - 399 voltas
20.(#15) Clint Bowyer, Toyota - 399 voltas
21.(#14) Tony Stewart, Chevrolet - 399 voltas
22.(#10) Danica Patrick, Chevrolet - 398 voltas
23.(#13) Casey Mears, Chevrolet - 398 voltas
24.(#9) Sam Hornish Jr., Ford - 398 voltas
25.(#42) Kyle Larson, Chevrolet - 398 voltas
26.(#7) Alex Bowman, Chevrolet - 397 voltas
27.(#6) Trevor Bayne, Ford - 397 voltas
28.(#35) Cole Whitt, Ford - 396 voltas
29.(#47) AJ Allmendinger, Chevrolet - 395 voltas
30.(#95) Michael McDowell, Ford - 394 voltas
31.(#34) Brett Moffitt, Ford - 393 voltas
32.(#46) Michael Annett, Chevrolet - 393 voltas
33.(#38) David Gilliland, Ford - 392 voltas
34.(#83) Matt DiBenedetto, Toyota - 392 voltas
35.(#98) Josh Wise, Ford - 392 voltas
36.(#33) Alex Kennedy, Chevrolet - 389 voltas
37.(#17) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 382 voltas
38.(#23) J.J. Yeley, Toyota - 377 voltas (motor)
39.(#40) Landon Cassill, Chevrolet - 375 voltas
40.(#48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 370 voltas
41.(#55) David Ragan, Toyota - 353 voltas (motor)
42.(#21) Ryan Blaney, Ford - 281 voltas (motor)
43.(#51) Justin Allgaier, Chevrolet - 135 voltas (acidente)
--------------------------------------------------------------------------------------------------Nascar Sprint Cup 2015

INDYCAR SERIES - 500 MILHAS DE INDIANAPOLIS



Juan Pablo Montoya vence as 500 Milhas de Indianapolis de maneira emocionante.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Após muita tensão pelos graves acidentes de Josef Newgarden, Helio Castroneves, Ed Carpenter e James Hinchcliffe ocorridos durante os treinos livres em Indianapolis a direção da Indy resolveu mudar os kits aerodinâmicos para a corrida do último domingo (24/05). Os kits que estavam nos carros impulsionados pelos motores Honda eram bem maiores e tinham mais apêndices aerodinâmicos no aérofolio traseiro, com isso visilvemente os carros da Chevrolet estavam bem mais rápidos. A disputa se limitou entre as duas principais equipes da Indy, a Chip Ganassi Racing e a equipe Penske. A corrida foi sensacional como sempre, no pelotão da frente Scott Dixon e Tony Kanaan da Chip Ganassi travaram uma batalha épica com Simon Pagenaud e Will Power da Penske, esses pilotos se revesavam na liderança da corrida por muitas voltas. Juan Pablo Montoya sofreu um pequeno acidente no incio da corrida com a piloto da Andretti Autosport Simona de Silvestro, uma parte da carenagem do carro de Montoya foi perdida e obrigou o piloto a entrar cedo nos boxes, isso colocou o colombiano de volta na pista na 30° colocação.  Montoya começou a pilotar o seu carro como se estive possuido, foi escalando posições e logo chegou no bloco intermediário. Quando ele chegou na frente e liderou a corrida pela primeira vez ultrapassando o australiano Will Power o público foi ao delírio nas arquibancadas. Montoya, Power, Scott Dixon e o surpreendente Charlie Kimball fizeram uma disputa excpecional pela vitória nas últimas 20 voltas. Por um breve momento parecia que Scott Dixon da Chip Ganassi levaria a vitória, mas Will Power e Simon Pagenaud começaram a se destacar, com Montoya sempre entre os 4 primeiros. Para os brasileiros foi uma corrida apenas regular, Tony Kanaan teve um carro bem rápido mas quando estava entre os cinco primeiros ele perdeu a traseira do carro após uma troca de pneus e bateu forte e abandonou a corrida. Helio Castroneves teve um carro bom até a metade da corrida, mas na parte final o carro perdeu performance e Helinho terminou na 7° colocação. A corrida começou com um acidente logo após a largada na curva No.1 envolvendo os pilotos Sage Karam, Takuma Sato, Ryan Briscoe e James Davison. Karam foi quem sofreu os maiores danos e teve que abandonar a corrida. O segundo acidente da corrida aconteceu na 61° volta, Bryan Clauson bateu forte na curva 4 provocando a segunda bandeira amarela da corrida. Na 112° volta Oriol Servia e Ed Carpenter se chocaram na curva 1 e acabaram no muro, aparentemente Servia não viu que Carpenter estava ultrapassando por dentro na curva, os dois carros acabaram no muro. O acidente mais grave da corrida aconteceu na volta No.175 Sebastian Saavedra e Jack Hawksowrth se enroscaram e bateram no muro, o carro de Saavedra foi atingido violentamente pelo carro No.4 do novato Stefano Coletti da KV Racing Technology. Felizmente nenhum piloto sofreu lesões graves no acidente. Foi a segunda vitória de Montoya em Indianapolis, a primeira aconteceu a 15 anos atrás. Nas últimas voltas Montoya ultrapassou Scott Dixon pela 2° colocação e na curva 4 assumiu a liderança da corrida na volta 197 ultrapassando Will Power. Montoya segurou os ataques de Power pelas últimas três voltas e cruzou a linha de chegada em primeiro 0.1046 segundos à frente do australiano. Charlie Kimball da Chip Ganassi Racing chegou num surpreendente 3° lugar seguido de Scott Dixon em 4° e Graham Rahal, o primeiro piloto com motor Honda, fechando o top 5. O melhor novato foi Gabby Chaves da Bryan Herta Autosport with Curb-Agajanian que chegou num convincente 16° lugar. Foi a 16° vitória da equipe de Roger Penske nas 500 Milhas de Indianapolis. Confira abaixo o resultado final das 500 Milhas.

INDYCAR SERIES: 6° ETAPA - 500 MILHAS DE INDIANAPOLIS
1.(#2) Juan Pablo Montoya, Verizon Team Penske Chevrolet - 200 voltas
2.(#1) Will Power, Verizone Team Penske Chevrolet - 200 voltas
3.(#83) Charlie Kimball, Novo Nordisk Chip Ganassi Racing Chevrolet - 200 voltas
4.(#9) Scott Dixon, Target Chip Ganassi Racing Chevrolet - 200 voltas
5.(#15) Graham Rahal, Steak' Snake Honda - 200 voltas
6.(#27) Marco Andretti, Snapple Andretti Autosport Honda - 200 voltas
7.(#3) Helio CAstroneves, Shell V-Power Nitro+ Team Penske Chevrolet - 200 voltas
8.(#6) JR Hildebrand, Preferred Freezer CFH Racing Chevrolet - 200 voltas
9.(#21) Josef Newgarden, Century 21 CFH Racing Chevrolet - 200 voltas
10.(#22) Simon Pagenaud, Avaya Team Penske Chevrolet - 200 voltas
11.(#11) Sebastien Bourdais, Hydroxycut-HAUS Vaporizer KVSH Chevrolet - 200 voltas
12.(#5) Ryan Briscoe, Arrow/Lucas Oil Schmidt Peterson Honda - 200 voltas
13.(#14) Takuma Sato, ABC Supply AJ Foyt Racing Honda - 200 voltas
14.(#24) Townsend Bell, The Robert Guardian Special Chevrolet - 200 voltas
15.(#28) Ryan Hunter-Reay, DHL Andretti Autosport Honda - 200 voltas
16.(#98) Gabby Chaves, Bowers & Wilkins/Curb Honda - 200 voltas
17.(#48) Alex Tagliani, Alfe Heat-Treating Special Honda - 200 voltas
18.(#7) James Jakes, Schmidt Peterson Motorsports Honda - 200 voltas
19.(#29) Simona de Silvestro, TE Connectivity Honda - 200 voltas
20.(#26) Carlos Munoz, Andretti TV Cinsay Honda - 200 voltas
21.(#25) Justin Wilson, Andretti Autosport Honda - 199 voltas
22.(#63) Pippa Mann, Dale Coyne Racing Honda - 197 voltas
23.(#17) Sebastian Saavedra, AFS Chip Ganassi Racing Chevrolet - 175 voltas (acidente)
24.(#41) Jack Hawksworth, ABC Supply AJ Foyt RAcing Honda - 175 voltas (acidente)
25.(#4) Stefano Coletti, KV Racing Technology Chevrolet - 175 voltas (acidente)
26.(#10) Tony Kanaan, NTT Data Chip Ganassi Racing Chevrolet - 161 voltas (acidente)
27.(#19) James Davison, Dale Coyne Racing Honda - 116 voltas (mecânica)
28.(#18) Tristan Vautier, Dale Coyne Racing Honda - 116 voltas (mecânica)
29.(#32) Oriol Servia, Rahal Letterman Lanigan Racing Honda - 112 voltas (acidente)
30.(#20) Ed Carpenter, Fuzzy's Vodka CFH Racing Chevrolet - 112 voltas (acidente)
31.(#88) Bryan Clauson, Jonathan Byrd's/Cancer Centers of America Chevrolet - 61 voltas (acidente)
32.(#8) Sage Karam, Comfort Revolution/Big Machine Recs. Chevrolet - 0 voltas (acidente)
33.(#43) Conor Daly, Fueled by Bacon Special Honda - 0 voltas (mecânica)
























-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------IndyCar Series 2015   

domingo, 24 de maio de 2015

FÓRMULA 1


Nico Rosberg vence em Mônaco pela terceira vez consecutiva.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Largando na pole position Lewis Hamilton da Mercedes dominou a corrida completamente desde a sua largada até a volta No.64, quando o carro de segurança entrou na pista para retirar o carro de Max Verstappen na curva Ste. Devote após um acidente. Hamilton liderava com uma diferença de 25 segundos para o segundo colocado, então a sua equipe decidiu que teria tempo suficiente para uma parada a mais do que o planejado. Foi um erro primário que simplesmente custou a vitória de Hamilton na corrida. Hamilton voltou para a pista dessa sua parada extra, na terceira colocação logo atrás da Ferrari de Sebastian Vettel, com Nico Rosberg já na liderança atrás do carro de segurança. Embora tivesse com pneus mais novos do que Vettel e Rosberg, ele não conseguiu superar nem a Ferrari de Vettel e terminou num frustrante terceiro lugar. A Red Bull repetiu o bom desempenho dos treinos e conseguiu a sua melhor corrida da temporada. Daniil Kvyat ficou à frente do mais experiente Daniel Ricciardo, respectivamente em 4° e 5° lugares. Kimi Räikkonen (Ferrari) terminou em 6° seguido de Sergio Perez (Force India) em 7°, Jenson Button (McLaren) em 8°, Felipe Nasr (Sauber) em 9° e fechando a zona de pontuação em 10° veio Carlos Sainz da Toro Rosso. Button conquistou os primeiros pontos para a nova parceria da McLaren com a Honda na temporada. Ninguem entendeu a manobra da equipe Mercedes, mesmo com Vettel sofrendo com pneus duros Hamilton não conseguiu superar o alemão. Com essa ''barbeiragem'' da equipe Mercedes o campeonato ficou mais emocionante, Hamilton lidera agora por apenas 10 pontos sobre o seu companheiro de equipe Nico Rosberg. O chefe da equipe Mercedes Toto Wolff descreveu esse domingo , como o pior de sua vida e pediu desculpas públicas para Lewis Hamilton logo após a corrida. O brasileiro Felipe Nasr da Sauber fez uma ótima corrida e conquistou 2 pontos inesperados para a sua equipe, de acordo com o desempenho nos treinos livres e na classificação foi realmente um resultado inesperado para o brasileiro. Felipe Massa da Williams fez a pior corrida da temporada pela equipe, terminou apenas na 15° colocação, aliás foi um final de semana desastroso para a equipe Williams, Valtteri Bottas terminou apenas na 14° colocação também. Confira abaixo como terminou o Grande Prêmio de Mônaco.

FÓRMULA 1: 6° ETAPA - GRANDE PRÊMIO DE MÔNACO - FINAL
1.(#6) Nico Rosberg, Mercedes - 1:49:18.420 (25)
2.(#5) Sebastian Vettel, Ferrari - +4.4 (18)
3.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - +6.0
4.(#26) Daniil Kvyat, Red Bull Racing - +11.9
5.(#3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing - +13.6
6.(#7) Kimi Räikkönen, Ferrari - +14.3
7.(#11) Sergio Perez, Force India - +15.0
8.(#22) Jenson Button, McLaren - +16.0
9.(#12) Felipe Nasr, Sauber - +23.6
10.(#55) Carlos Sainz, Toro Rosso - +25.0
11.(#27) Nico Hulkenberg, Force India - +26.2
12.(#8) Romain Grosjean, Lotus - +28.4
13.(#9) Marcus Ericsson, Sauber - +31.1
14.(#77) Valtteri Bottas, Williams - +45.7
15.(#19) Felipe Massa, Williams - +1 volta
16.(#98) Roberto Merhi, Marussia - +2 voltas
17.(#28) Will Stevens, Marussia - +2 voltas
**Não classificados**
18.(#33) Max Verstappen, Toro Rosso - acidente
19.(#14) Fernando Alonso, McLaren - abandono
20.(#13) Pastor Maldonado, Lotus - abandono
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2015

sábado, 23 de maio de 2015

FÓRMULA 1














Lewis Hamilton conquista a primeira pole position de sua carreira em Mônaco.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A Mercedes conquistou mais uma pole position na temporada nesse domingo em Mônaco, o que virou uma rotina nesse ano, mas o grande destaque do treino ficou por conta da equipe Red Bull Racing. Daniel Ricciardo larga na 4° colocação na segunda fila e Daniil Kvyat em 5° abrindo a terceira fila. NO Q1 Hamilton foi o mais rápido com pneus macios, Rosberg tambem com pneus macios não conseguiu superar o seu companheiro de equipe, lembrando que nas duas últimas temporadas Nico Rosberg conquistou a pole em Mônaco. Felipe Nasr da Sauber, Valtteri Bottas da Williams, Marcus Ericsson da Sauber e os dois carros da Marussia foram eliminados no Q1. Dessa vez tanto Jenson Button como Fernando Alonso conseguiram colocar os carros da McLaren no Q2. Os carros da Williams sempre apresentaram problemas na aerodinâmica e Felipe MAssa no Q2 não consegiu nada além da 14° colocação do grid. Romain Grosjean da Lotus larga na 11°, Jenson Button da McLaren em 12°, Nico HUlkenberg da Force India em 13° e Fernando Alonso da McLaren em 15°. Pastor Maldonado da Lotus fez um ótimo treino passando para o Q3, o piloto venezuelano larga amanhã na 5° fila na 9° posição. Os dois carros da Toro Rosso tambem foram para o Q3. Carlos Sainz que conquistou a 8° colocação perderá cinco posições do grid de largada pois sofreu uma penalização imposta pela FIA. Max Verstappen larga em 10°. Lewis Hamilton com uma volta de 1:15.098 conquistou pela primeira vez em sua carreira a pole position em Mônaco. Nico Rosberg ficou em 2° com 1:15.440. Sebastian Vettel da Ferrari abre a segunda fila largando em 3° com um tempo de 1:15.849. Kimi Räikkonen larga em 6°. A corrida acontece amanhã as 9 horas de Brasilia. Confira abaixo como ficou o grid de largada para a sexta etapa do campeonato.

FÓRMULA 1: 6 ° ETAPA - GRANDE PRÊMIO DE MÔNACO - GRID
1.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:15.098
2.(#6) Nico Rosberg, Mercedes - 1:15.440
3.(#5) Sebastian Vettel, Ferrari - 1:15.849
4.(#3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing - 1:16.041
5.(#26) Daniil Kvyat, Red Bull Racing - 1:16.182
6.(#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - 1:16.427
7.(#11) Sergio Perez, Force India - 1:16.808
8.(#55) Carlos Sainz, Toro Rosso - 1:16.931 **punido com 5 posições
9.(#13) Pastor Maldonado, Lotus - 1:16.946
10.(#33) Max Verstappen, Toro Rosso - 1:16.957
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
11.(#8) Romain Grosjean, Lotus - 1:17.007
12.(#22) Jenson Button, McLaren - 1:17.093
13.(#27) Nico Hulkenberg, Force India - 1:17.193
14.(#19) Felipe Massa, Williams - 1:17.278
15.(#14) Fernando Alonso, McLAren - 1:26.632
16.(#12) Felipe Nasr, Sauber - 1:18.101
17.(#77) Valtteri Bottas, Williams - 1:18.434
18.(#9) Marcus Ericsson, Sauber - 1:18.513
19.(#28) Will Stevens, Marussia - 1:20.655
20.(#98) Robert Merhi, Marussia - 1:20.904
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2015

domingo, 17 de maio de 2015

INDYCAR SERIES - 500 MILHAS DE INDIANAPOLIS


Scott Dixon da Chip Ganassi conquista a pole para as 500 Milhas de Indianapolis.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Num final de semana tumultuado e depois de muita discussão finalmente tivemos a realização do treino que definiu o grid de largada para a 99° edição das 500 Milhas de Indianapolis. Primeiro as chuvas castigaram a região do Indianapolis Motor Speedway depois os graves acidentes de Helio Castroneves, Pippa Mann e hoje cedo de Ed Carpenter, fizeram com que a direção da Indy se reunisse e mudasse algumas configuração dos carros e o formato do treino. A potência dos motores foi limitada para o setup de corrida além de sidepods colocados nas laterais dos carros que diminuiram um pouco a velocidade e depois a mudança do treino para uma única sessão de 4 voltas para cada piloto apenas com o carro titular ou reserva. Logo no inicio do treino Scott Dixon da Chip Ganassi Racing conseguiu uma média de velocidade de 364.934 Km/j e não foi mais batido durante o dia. Isso não deixou de ser uma surpresa pois os carros da Penske dominaram completamente os treinos livres e ficaram sempre no pelotão da frente. Com as mudanças talvez os carros da equipe foram os que mais sentiram as mudanças. Will Power, Simon Pagenaud e Helinho Castroneves que estava entre os maiores favoritos ficaram com o 2°, 3° e 5° lugares respectivamente. Tony Kanaan fez um ótimo treino e larga na segunda fila na 4° colocação. Os motores da Chevrolet dominaram o treino conquistando as cinco primeiras posições no grid de largada. O melhor desempenho de um piloto com motor Honda foi Justin Wilson da Andretti Autosport que larga em 6°. Os 3 últimos pilotos do grid e mais Buddy Lazier partiram então para definir a última fila do grid de largada. Buddy Lazier teve duas tentativas e oito voltas mas tudo ficou como terminou no treino principal. A corrida acontece no próximo domingo.

INDYCAR SERIES: 6° ETAPA - 500 MILHAS DE INDIANAPOLIS - GRID
1.(#9) Scott Dixon, Chip Ganassi Racing - 364.934 Kmh (Chevrolet)
2.(#1) Will Power, Team Penske - 364.275 Kmh (Chevrolet)
3.(#22) Simon Pagenaud, Team Penske - 363.945 Kmh (Chevrolet)
4.(#10) Tony Kanaan, Chip Ganassi Racing - 362.911 Kmh (Chevrolet)
5.(#3) Helio Castroneves, Team Penske - 362.910 Kmh (Chevrolet)
6.(#25) Justin Wilson, Andretti Autosport - 362.551 Kmh (Honda)
7.(#11) Sebastien Bourdais, KVSH Racing - 362.413 Kmh (Chevrolet)
8.(#27) Marco Andretti, Andretti Autosport - 362.406 Kmh (Honda)
9.(#21) Josef Newgarden, CFH Racing - 362.403 Kmh (Chevrolet)
10.(#6) JR Hildebrand, CFH Racing - 362.261 Kmh (Chevrolet)
11.(#26) Carlos Munoz, Andretti Autosport - 362.169 Kmh (Honda)
12.(#20) Ed Carpenter, CFH Racing - 361.914 Kmh (Chevrolet)
13.(#32) Oriol Servia, Rahal Letterman Lanigan Racing - 361.743 Kmh (Honda)
14.(#83) Charlie Kimball, Chip Ganassi Racing - 361.688 Kmh (Chevrolet)
15.(#2) Juan Pablo Montoya, Team Penske - 361.550 Kmh (Chevrolet)
16.(#28) Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport - 361.415 Kmh (Honda)
17.(#15) Graham Rahal, Rahal Letterman Lanigan Racing - 360.959 Kmh (Honda)
18.(#18) Carlos Huertas, Dale Coyne Racing - 360.868 Kmh (Honda)
19.(#29) Simona de Silvestro, Andretti Autosport - 360.232 (Honda)
20.(#7) James Jakes, Schmidt Peterson Motorsports - 360.155 Kmh (Honda)
21.(#19) Tristan Vautier, Dale Coyne Racing - 360.085 Kmh (Honda)
22.(#48) Alex Tagliani, A.J. Foyt Enterprises - 360.045 Kmh (Honda)
23.(#8) Sage Karam, Chip Ganassi Racing - 359.841 Kmh (Chevrolet)
24.(#5) James Hinchcliffe, Schmidt Peterson Motorsports - 359.718 Kmh (Honda)
25.(#43) Conor Daly, Schmidt Peterson Motorsports - 359.659 Kmh (Honda)
26.(#24) Townsend Bell, Dreyer & Reinbold Kingdom Racing - 359.603 Kmh (Chevrolet)
27.(#14) Takuma Sato, A.J. Foyt Enterprises - 359.247 Kmh (Honda)
28.(#63) Pippa Mann, Dale Coyne Racing - 359.051 Kmh (Honda)
29.(#98) Gabby Chaves, Bryan Herta Autosport with Curb-Agajanian - 358.748 Kmh (Honda)
30.(#17) Sebastian Saavedra, Chip Ganassi Racing - 358.719 Kmh (Chevrolet)
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------
31.(#41) Jack Hawksworth, A.J. Foyt Enterprises - 360.071 Kmh (Honda)
32.(#4) Stefano Coletti, KV Racing Technology - 357.275 Kmh (Chevrolet)
33.(#88) Bryan Clauson, KVSH/Jonathan Byrd's Racing - 356.241 Kmh (Chevrolet)
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------IndyCar Series 2015

sábado, 16 de maio de 2015

FIA WTCC

  José Maria Lopez e Yvan Müller vencem em Nürburgring Nordschleife pelo WTCC.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Na primeira corrida da 4° etapa do WTCC nesse final de semana na Alemanha, o argentino José Maria Lopez fez história se tornando o primeiro piloto desde Jacky Ickx e Jochen Mass em 1983, a vencer uma corrida no lendário circuito de Nürburgring Nordschleife. López que largou da pole dominou totalmente a primeira corrida. Hugo Valente que largou na primeira fila acabou sofrendo um acidente na segunda volta abandonando a corrida. O super campeçao de Rally Sébastien Loeb (Citroën) perseguiu Lopez durante a corrida inteira consolidando a segunda colocação e Yvan Müller fechou o pódio da primeira corrida com mais um Citroën C-Elysée. Na segunda corrida a Citroën continuou comandando a festa Yvan Mùller venceu e José Maria López chegou em segundo. O terceiro lugar ficou com o 'penetra' Tiago Monteiro com o seu Honda Civic. O final da corrida foi dramático, o argentino López cruzou a linha de chegada à 0.173 segundos atrás de Müller e resistiu à uma pressão enorme do Honda Civic de TIago Monteiro que chegou em terceiro. O campeonato desse ano repetindo o que aconteceu no ano passado já tem um campeão dos construtores, a Citroën, resta saber qual dos piloto da fábrica francesa ficará com o título. Após essa etapa o argentino José Maria López (177 pontos) abriu 50 pontos de vantagem sobre o 2° colocado, o seu companheiro de equipe Sébastien Loeb que tem 127 pontos, em terceiro vem Yvan Müller com 126 pontos. A próxima etapa do WTCC acontece no dia 07 de Junho na Russia. 

WTCC: 4° ETAPA - ALEMANHA - CORRIDA 1
1.(#37) José Maria López, Citroën C-Elysée - 3 voltas
2.(#9) Sébastien Loeb, Citroën C-Elysée - +4.930
3.(#68) Yvan Müller, Citroën C-Elysée - +8.759
4.(#5) NOrbert Michelisz, Honda Civic - +9.918
5.(#33) Qing Hua Ma, Citroën C-Elysée - +10.516
6.(#2) Gabriele Tarquini, Honda Civic - +10.789
7.(#25) Mehdi Bennani, Citroën C-Elysée - +11.389
8.(#26) Stefano D'Aste, Chevrolet RML Cruze - +12.755
9.(#3) Tom Chilton, Chevrolet RML Cruze - +21.910
10.(#8) Sabine Schmitz, Chevrolet RML Cruze - +35.348
11.(#46) Jaap van Lagen, Lada Vesta - +35.726
12.(#27) John Filippi, Chevrolet RML Cruze - +36.572
13.(#11) Grégoire Demoustier, Chevrolet RML Cruze - +47.474
14.(#18) Tiago Monteiro, Honda Civic - +2 voltas
15.(#7) Hugo Valente, Chevrolet RML Cruze - +1 volta
16.(#4) Tom Coronel, Chevrolet RML Cruze - +11:12.918
17.(#12) Rob Huff, Lada Vesta - não largou
WTCC: 4° ETAPA - ALEMANHA - CORRIDA 2
1.(#68) Yvan Muller, Citroën C-Elysée - 3 voltas
2.(#37) José Maria Lopez, Citroën C-Elysée - +0.173
3.(#18) Tiago Monteiro, Honda Civic - +0.539
4.(#2) Gabriele Tarquini, Honda Civic - +0.694
5.(#9) Sébastien Loeb, Citroën C-Elysée - +3.402
6.(#25) Mehdi Bennani, Citroën C-Elysée - +4.062
7.(#12) Rob Hhuff, Lada Vesta - +5.365
8.(#4) Tom Coronel, Chevrolet RML Cruze - +8.865
9.(#46) Jaap Van Lagen, Lada Vesta - +10.000
10.(#27) John Filippi, Chevrolet RML Cruze - +18.077
11.(#8) Sabine Schmitz, Chevrolet RML Cruze - +32.768
12.(#11) Grégoire Demoustier, Chevrolet RML Cruze - +33.311
13.(#33) Qing Hua Ma, Citroën C-Elysée - +2 voltas
14.(#26) Stefano D'Aste, Chevrolet RML Cruze - +1 volta
15.(#5) NOrbert Michelisz, Honda Civic - 0 voltas

-------------------------------------------------------------------------------------------FIAWTCC 2015

sexta-feira, 15 de maio de 2015

INDYCAR SERIES - 500 MILHAS DE INDIANAPOLIS

Confira abaixo a ordem de entrada dos pilotos na pista para a classificação das 500 Milhas de Indianapolis. 
por Luis Fernando Soares de Almeida

500 MILHAS DE INDIANAPOLIS - ORDEM DA CLASSIFICAÇÃO
1.(#18) Carlos Huertas, Dale Coyne Racing
2.(#28) Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport
3.(#20) Ed Carpenter, CFH Racing (carro reserva)
4.(#9) Scott Dixon, Chip Ganassi Racing Team
5.(#27) Marco Andretti, Andretti Autosport (carro reserva)
6.(#43) Conor Daly, Schmidt Peterson Motorsports (carro reserva)
7.(#29) Simona de Silvestro, Andretti Autosport (carro reserva)
8.(#20) Ed Carpenter, CFH Racing
9.(#10) Tony Kanaan, Chip Ganassi Racing Team (carro reserva)
10.(#15) Graham Rahal, Rahal Letterman Lanigan Racing
11.(#91) Buddy Lazier, Lazier Racing Partners (carro reserva)
12.(#7) James Jakes, Schmidt Peterson Motorsports
13.(#15) Graham Rahal, Rahal Letterman Lanigan Racing (carro reserva)
14.(#17) Sebastian Saavedra, Chip Ganassi Racing Team
15.(#43) Conor Daly, Schmidt Peterson Motorsports
16.(#88) Bryan Clauson, KVSH Racing/Jonathan Byrd's Racing
17.(#2) Juan Pablo Montoya, Team Penske (carro reserva)
18.(#25) Justin Wilson, Andretti Autosport (carro reserva)
19.(#6) JR Hildebrand, CFH Racing
20.(#29) Simona de Silvestro, Andretti Autosport
21.(#4) Stefano Coletti, KV Racing Technology
22.(#14) Takuma Sato, A.J. Foyt Enterprises (carro reserva)
23.(#32) Oriol Servia, Rahal Letterman Lanigan Racing (carro reserva)
24.(#1) Will Power, Team Penske (carro reserva)
25.(#14) Takuma Sato, A.J. Foyt Enterprises
26.(#1) Will Power, Team Penske
27.(#48) Alex Tagliani, A.J. Foyt Enterprises (carro reserva)
28.(#28) Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport (carro reserva)
29.(#22) Simon Pagenaud, Team Penske (carro reserva)
30.(#63) Pippa Mann, Dale Coyne Racing
31.(#3) Helinho Castroneves, Team Penske (carro reserva)
32.(#8) Sage Karam, Chip Ganassi Racing Team (carro reserva)
33.(#18) Carlos Huertas, Dale Coyne Racing (carro reserva)
34.(#4) Stefano Coletti,  (carro reserva)
35.(#10) Tony Kanaan, Chip Ganassi Racing Team
36.(#32) Oriol Servia, Rahal Letterman Lanigan Racing
37.(#17) Sebastian Saavedra, Chip Ganassi Racing Team (carro reserva)
38.(#88) Bryan Clauson, KVSH Racing/Jonathan Byrd's Racing (carro reserva)
39.(#7) James Jakes, Schmidt Peterson Motorsports (carro reserva)
40.(#19) Tristan Vautier, Dale Coyne Racing (carro reserva)
41.(#6) JR Hildebrand, CFH Racing (carro reserva)
42.(#83) Charlie Kimball, Chip Ganassi Racing Team (carro reserva)
43.(#11) Sebastien Bourdais, KVSH Racing (carro reserva)
44.(#25) Justin Wilson, Andretti Autosport
45.(#91) Buddy Lazier, Lazier Racing Partners
46.(#5) James Hinchcliffe, Schmidt Peterson Motorsports (carro reserva)
47.(#83) Charlie Kimball, Chip Ganassi Racing Team
48.(#24) Townsend Bell, Dreyer & Reinbold - Kingdom Racing (carro reserva)
49.(#9) Scott Dixon, Chip Ganassi Racing Team (carro reserva)
50.(#11) Sebastien Bourdais, KVSH Racing
51.(#26) Carlos Munoz, Andretti Autosport
52.(#22) Simon Pagenaud, Team Penske
53.(#21) Josef Newgarden, CFH Racing
54.(#63) Pippa Mann, Dale Coyne Racing (carro reserva)
55.(#98) Gabby Chaves (carro reserva)
56.(#26) Carlos Munoz, Andretti Autosport (carro reserva)
57.(#41) Jack Hawksworth, A.J. Foyt Enterprises
58.(#3) Helinho Castroneves, Team Penske
59.(#48) Alex Tagliani, A.J. Foyt Enterprises
60.(#2) Juan Pablo Montoya, Team Penske
61.(#24) Townsend Bell, Dreyer & Reinbold - Kingdome Racing
62.(#5) James Hinchcliffe, Schmidt Peterson Motorsports
63.(#98) Gabby Chaves, BHA with Curb-Agajanian
64.(#19) Tristan Vautier, Dale Coyne Racing
65.(#27) Marco Andretti, Andretti Autosport
66.(#8) Sage Karam, Chip Ganassi Racing Team
67.(#21) Josef Newgarden, CFH Racing (carro reserva)
68.(#41) Jack Hawksworth, A.J. Foyt Enterprises (carro reserva)
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------IndyCar Series 2015

INDYCAR SERIES - 500 MILHAS DE INDIANAPOLIS

Confira abaixo o formato do treino de classificação e a programação completa das atividades desse final de semana em Indianapolis.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Os 33 carros classificados para a 99° edição das 500 Milhas de Indianapolis serão definidos nesse sábado (16/05) ao longo do dia, valendo o tradicional formato de 4 voltas rápidas por carro. Os nove carros mais rápidos do sábado avançam para o 'Fast Nine Shootout' no domingo. As posições do 10° ao 33° colocados serão tambem definidos no domingo. São 34 pilotos inscritos para 33 vagas no grid de largada. O vencedor da pole position ganhará um prêmio interessante, 100 mil dólares para o pole, 30 mil dólares para o segundo mais rápido e 25 mil para o terceiro colocado da primeira fila. Os pilotos entram na pista amanhã de acordo com o sorteio realizado nesse sábado logo após o fim do 5° dia de treinos livres. O pole position das 500 Milhas de Indianapolis tambem venceu a corrida em apenas 20 oportunidades na história da corrida. Em 43 ocasiões o vencedor da corrida largou da primeira fila, a ultima vez com Dario Franchitti em 2010. 

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO (Já com os horários de Brasília)
------------------------------------------------------------------------------------
(SÁBADO - 16 de Maio)
9:00 hrs - Treino Livre Grupo 1
9:30 hrs - Treino Livre Grupo 2
10:00 hrs - Treino livre para todos os carros
12:00 hrs - Inicio da Classificação
18:30 hrs - Término da Classificação
(DOMINGO - 17 de Maio)
9:30 hrs - Treino Livre
11:15 hrs - Classificação Grupo 1 Posições do 10° ao 30°
13:45 hrs - Classificação Grupo 2 Posições do 31° ao 33°
15:00 hrs - Classificação 'Fast Nine Shootout' que define a pole.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------IndyCar Series 2015

INDYCAR SERIES - 500 MILHAS DE INDIANAPOLIS

PILOTOS E EQUIPES INSCRITOS NAS 500 MILHAS DE INDIANAPOLIS 2015. **clique nas imagens para aampliar.

 
 

INDYCAR SERIES - 500 MILHAS DE INDIANAPOLIS
















Simon Pagenaud foi o mais rápido novamente no 5° dia de treinos livres em Indianapolis.
por Luis Fernando Soares de Almeida 

No último dia de treinos livres para as 500 Milhas de Indianapolis Simon Pagenaud repetiu a performance de quinta feira e foi o mais rápido. O piloto da equipe Penske cravou uma volta de 230.698 milhas por hora e ficou em primeiro. O segundo mais rápido foi Scott Dixon da Chip Ganassi e Tony Kanaan foi o terceiro mais rápido. Helinho foi o oitavo mais rápido.

INDYCAR SERIES: 5° TREINO LIVRE - 500 MILHAS DE INDIANAPOLIS
1.(22) Simon Pagenaud, Chevrolet - 230.698 mph
2.(9) Scott Dixon, Chevrolet - 230.655 mph
3.(10) Tony Kanaan, Chevrolet - 230.457 mph
4.(27) Marco Andretti, Honda - 230.312 mph
5.(1) Will Power, Chevrolet - 230.206 mph
6.(8) Sage Karam, Chevrolet - 230.166 mph
7.(98) Gabby Chaves, Honda - 229.891 mph
8.(3) Helio Castroneves, Chevrolet - 229.852 mph
9.(14) Takuma Sato, Honda - 229.808 mph
10.(2) Juan Pablo Montoya, Chevrolet - 229.714 mph
11.(41) Jack Hawksworth, Honda - 229.495 mph
12.(24) Townsend Bell, Chevrolet - 229.381 mph
13.(6) JR Hildebrand, Chevrolet - 229.353 mph
14.(26) Carlos Munoz, Honda - 229.106 mph
15.(83) Charlie Kimball, Chevrolet - 229.024 mph
16.(28) Ryan Hunter-Reay, Honda - 229.023 mph
17.(5) James HInchcliffe, Honda - 229.021 mph
18.(4) Stefano Coletti, Chevrolet - 229.018 mph
19.(15) Graham Rahal, Honda - 228.977 mph
20.(20) Ed Carpenter, Chevrolet - 228.885 mph
21.(32) Oriol Servia, Honda - 228.878 mph
22.(25) Justin Wilson, Honda - 228.722 mph
23.(17) Sebastian Saavedra, Chevrolet - 228.691 mph
24.(29) Simona de Silvestro, Honda - 228.640 mph
25.(48) Alex Tagliani, Honda - 228.621 mph
26.(18) Carlos Huertas, Honda - 228.555 mph
27.(43) Conor Daly, Honda - 228.306 mph
28.(21) Josef Newgarden, Chevrolet - 227.855 mph
29.(7) James Jakes, Honda - 227.588 mph
30.(11) Sebastien Bourdais, Chevrolet - 227.424 mph
31.(88) Bryan Clauson, Chevrolet - 226.909 mph
32.(19) Tristan Vautier, Honda - 226.880 mph
33.(63) Pippa Mann, Honda - 225.457 mph
34.(91) Buddy Lazier, Chevrolet - 216.103 mph
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------IndyCar Series 2015

quinta-feira, 14 de maio de 2015

INDYCAR SERIES - 500 MILHAS DE INDIANAPOLIS














Simon Pagenaud da Penske é o mais rápido no 4° dia de treino livre.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Marcado por mais um acidente violento, o 4° dia de treinos livre no Indianapolis Motor Speedway teve como o piloto mais rápido, Simon Pagenaud da equipe Penske. No finalzinho do treino Josef Newgarden perdeu o carro e se chocou violentamente com o muro do oval, a batida foi praticamente de frente o carro capotou e o piloto por incrivel que pareça saiu do carro pelas suas próprias forças e foi avaliado no centro médico e liberado sem nenhuma lesão. Carlos Munoz foi o segundo mais rápido e Sage Karam ficou em terceiro. Tony Kanaan novamente esteve entre os mais rápidos ficando com a 5° colocação, já Helinho Castroneves ficou em 18°. Amanhã as 13 horas de Brasília o quinto dia de treinos livres que precedem a classificação do sábado e domingo. Amanhã o dia será importante porque vai definir a ordem de entrada na pista dos pilotos para a classificação no sábado.

INDYCAR SERIES: 4° TREINO LIVRE - 500 MILHAS DE INDIANAPOLIS
1.(22) Simon Pagenaud, Chevrolet - 228.793 mph
2.(26) Carlos Munoz, Honda - 228.126 mph
3.(8) Sage Karam, Chevrolet - 227.683 mph
4.(9) Scott Dixon, Chevrolet - 227.634 mph
5.(10) Tony Kanaan, Chevrolet - 227.527 mph
6.(2) Juan Pablo Montoya, Chevrolet - 227.478 mph
7.(20) Ed Carpenter, Chevrolet - 227.422 mph
8.(11) Sebastien Bourdais, Chevrolet - 227.342 mph
9.(27) Marco Andretti, Honda - 227.297 mph
10.(83) Charlie Kimball, Chevrolet - 227.209 mph
11.(25) Justin Wilson, Honda - 227.113 mph
12.(15) Graham Rahal, Honda - 226.941 mph
13.(1) Will Power, Chevrolet - 226.876 mph
14.(43) Conor Daly, Honda - 226.867 mph
15.(48) Alex Tagliani, Honda - 226.637 mph
16.(32) Oriol Servia, Honda - 226.357 mph
17.(14) Takuma Sato, Honda - 226.290 mph
18.(3) Helio Castroneves, Chevrolet - 226.084 mph
19.(24) Townsend Bell, Chevrolet - 226.059 mph
20.(28) Ryan Hunter-Reay, Honda - 225.716 mph
21.(7) James Jakes, Honda - 225.694 mph
22.(98) Gabby Chaves, Honda - 225.597 mph
23.(41) Jack Hawksworth, Honda - 225.448 mph
24.(19) Tristan Vautier, Honda - 225.406 mph
25.(4) Stefano Coletti, Chevrolet - 225.369 mph
26.(6) JR Hildebrand, Chevrolet - 225.220 mph
27.(29) Simona de Silvestro, Honda - 225.160 mph
28.(5) James Hinchcliffe, Honda - 225.146 mph
29.(17) Sebastian Saavedra, Chevrolet - 224.719 mph
30.(21) Josef Newgarden, Chevrolet - 224.023 mph
31.(43) James Hinchcliffe, Honda - 223.882 mph
32.(18) Carlos Huertas, Honda - 223.391 mph
33.(88) Bryan Clauson, Chevrolet - 222.814 mph
34.(91) Buddy Lazier, Chevrolet - 204.539 mph
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------IndyCar Series 2015

quarta-feira, 13 de maio de 2015

INDYCAR SERIES - 500 MILHAS DE INDIANAPOLIS




Carlos Munoz é o mais rápido no terceiro dia de treinos livres em Indianapolis.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Hoje foi o terceiro dia de treinos livres para as 500 Milhas de Indianapolis. Um dia marcado por dois acidentes fortes. O brasileiro Helinho Castroneves bateu no muro e o seu carro decolou, o piloto teve muita sorte porque o carro aterrisou no solo da pista de maneira suave e Helinho nada sofreu. Mais tarde a britânica Pippa Mann perdeu a traseira de seu carro na curva No.4 e bateu duas vezes, a primeira na parte interna do oval e depois no muro que divide o pitlane e a pista, o carro da piloto girou várias vezes, apesar do susto ela nada sofreu tambem. Carlos Munoz da equipe Andretti Racing foi o mais rápido do dia, com uma média de 230.121 milhas por hora. Townsend Bell da Dreyer & Reinbold Kingdom Racing foi o segundo mais rápido com 228.969 milhas por hora. O brasileiro Tony Kanaan da Chip Ganassi foi o terceiro mais rápido do dia. Helinho apesar do acidente forte ficou com a 15° melhor média de velocidade. Amanhã a partir do meio dia (hora local) começam os trabalhos no 4° dia de treinos livres. 

INDYCAR SERIES: 500 MILHAS DE INDIANAPOLIS - 3° TREINO LIVE
1.(26) Carlos Munoz, Honda - 230.121 mph
2.(24) Townsend Bell, Chevrolet - 228.969 mph
3.(10) Tony Kanaan, Chevolet - 228.172 mph
4.(19) James Davison, Honda - 228.043 mph
5.(8) Sage Karam, Chevrolet - 227.822 mph
6.(9) Scott Dixon, Chevrolet - 227.525 mph
7.(22) Simon Pagenaud, Chevrolet - 227.478 mph
8.(1) Will Power, Chevrolet - 227.350 mph
9.(27) Marco Andretti, Honda - 227.320 mph
10.(5) James Hinchcliffe, Honda - 227.313 mph
11.(28) Ryan Hunter-Reay, Honda - 227.164 mph
12.(98) Gabby Chaves, Honda - 227.094 mph
13.(6) JR Hildebrand, Chevrolet - 226.844 mph
14.(20) Ed Carpenter, Chevrolet - 226.673 mph
15.(3) Helio Castroneves, Chevrolet - 226.670 mph
16.(15) Graham Rahal, Honda - 226.661 mph
17.(2) Juan Pablo Montoya, Chevrolet - 226.660 mph
18.(43) Conor Daly, Honda - 226.615 mph
19.(25) Justin Wilson, Honda - 226.560 mph
20.(83) Charlie Kimball, Chevrolet - 226.450 mph
21.(63) Pippa Mann, Honda - 226.301 mph
22.(17) Sebastian Saavedra, Chevrolet - 226.285 mph
23.(14) Takuma Sato, Honda - 226.144 mph
24.(7) James Jakes, Honda - 226.045 mph
25.(41) Jack Hawksworth, Honda - 226.002 mph
26.(21) Josef Newgarden, Chevrolet - 225.652 mph
27.(32) Oriol Servia, Honda - 225.284 mph
28.(11) Sebastien Bourdais, Chevrolet - 224.792 mph
29.(4) Stefano Coletti, Chevrolet - 224.361 mph
30.(18) Carlos Huertas, Honda - 223.740 mph
31.(88) Bryan Clauson, Chevrolet - 222.846 mph
32.(88) Sebastien Bourdais, Chevrolet - 220.606 mph
33.(48) Alex Tagliani, Honda - 220.553 mph


















----------------------------------------------------------------------------------------------------------IndyCar Series 2015

segunda-feira, 11 de maio de 2015

INDYCAR SERIES


Will Power vence no circuito misto de Indianapolis.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O australiano Will Power da equipe Penske dominou completamente a etapa da Indianapolis no circuito misto, a corrida que antecede as 500 Milhas de Indianapolis. Pilotando o carro No.1 Verizon Chevrolet da equipe Penske, Will Power foi soberano na pista e cruzou a linha de chegada após 82 voltas 1.5 segundos à frente de Graham Rahal. Foi a 25° vitória do piloto australiano na Indy, ultrapassando Bobby Rahal e Ralph DePalma chegando n a16° posição. Power foi o 5° vencedor diferente em cinco etapas. Graham Rahal da equipe Rahal Letterman Lanigan Racing chegou em 2° pela segunda vez consecutiva nessa temporada. Juan Pablo Montoya da equipe Penske completou o pódio chegando na 3° colocação, o seu terceiro pódio da temporada e mante a liderança do campeonato com 5 pontos de vantagem sobre o vice-lider Will Power. O tetra campeão da Champ Car sebastein Bourdais conseguiu o melhor resultado da temporada chegando na 4° colocação. Charlie Kimball fez uma ótima corrida, conseguiu avançar nove posições na corrida e terminar em 5° pela equipe Chip Ganassi Racing, a melhor colocação de Kimball na temporada. Pela segunda vez em três corridas nessa temporada, tivemos apenas uma única bandeira amarela no incidente na curva 1. Esse acidente arruinou as chances de vitória de Scott Dixon que largou na primeira fila e Helinho Castroneves que largou em terceiro na 2° fila. Helinho ainda conseguiu chegar em 6° e Dixon terminou em 10°. Nessa segunda feira (11/05) já começam os treinos livres para as 500 Milhas de Indianapolis. Os treinos de classificação acontecem no próximo final de semana (16-17 de Maio). Confira abaixo o resultado completo do Grande Prêmio de Indianapolis.

INDYCAR SERIES: 5° ETAPA - GP DE INDIANAPOLIS
1.(#1) Will Power, Verizon Team Penske Chevrolet - 82 voltas
2.(#15) Graham Rahal, Steak's Shake Honda - 82 voltas
3.(#2) Juan Pablo Montoya, Verizon Team Penske Chevrolet - 82 voltas
4.(#11) Sebastien Bourdais, Team Mistic KVSH Racing Chevrolet - 82 voltas
5.(#83) Charlie Kimball, Novo NOrdisk Chip Ganassi Racing Chevrolet - 82 voltas
6.(#3) Helio CAstroneves, Verizon Team Penske Chevrolet - 82 voltas
7.(#10) Tony Kanaan, NTT Data Chip Ganassi Racing - 82 voltas
8.(#4) Stefano Coletti, KV Racing Technology Chevrolet - 82 voltas
9.(#14) Takuma Sato, ABC Supply AJ Foyt Racing Honda - 82 voltas
10.(#9) Scott Dixon, Target Chip Ganassi Racing Chevrolet - 82 voltas
11.(#28) Ryan Hunter-Reay, DHL Honda - 82 voltas
12.(#5) James Hinchcliffe, Schmidt Peterson Honda - 82 voltas
13.(#26) Carlos Munoz, AndrettiTV Cinsay Honda - 82 voltas
14.(#20) Luca Filippi, CFH Racing Chevrolet - 82 voltas
15.(#98) Gabby Chaves, Angle's List Honda - 82 voltas
16.(#27) Marco Andretti, Snapple Honda - 82 voltas
17.(#8) Sebastian Saavedra, AFS Chip Ganassi Honda - 82 voltas
18.(#7) James Jakes, Schmidt Peterson Motorsports Honda - 81 voltas
19.(#18) Carlos Huertas, Dale Coyne Racing Honda - 81 voltas
20.(#21) Josef Newgarden, Century 21 CFH Honda - 81 voltas
21.(#6) JR Hildebrand, Preferred Freezer CFH Honda - 81 voltas
22.(#19) Francesco Dracone, Dale Coyne Racing Honda - 80 voltas
23.(#41) Jack Hawksowrth, ABC Supply AJ Foyt Racing Honda - 69 voltas
24.(#25) Justin Wilson, Andretti Autosport Honda - 68 voltas (abandono)
25.(#22) Simon Pagenaud, Team Penske Chevrolet - 57 voltas (abandono)
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------IndyCar Series 2015 

domingo, 10 de maio de 2015

BLANCPAIN GT SERIES


Laurens vanthoor e Robin Frijns foi a dupla vencedora em Brands Hatch.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Os atuais campeões do blancpain GT Series Laurens Vanthoor e Robin Frijns dominaram as duas corridas da 2° etapa da temporada disputada nesse final de semana em Brands Hatch. No sábado durante o treino livre o carro da equipe Belgian Team WRT, o Audi R8 LMS Ultra ficou destruido devido a um acidente. Além disso Vanthoor relatou não estar se sentindo bem durante a corrida. Os pilotos brasileiros tiveram um ótimo final de semana. O BMW Z4 no.77 de Valdeno Brito e Átila Abreu pressionaram bastante e conseguiram a melhor colocação da equipe brasileira até agora na categoria chegando em 2°. Kevin Estre e Rob Bell na McLaren no.65 fecharam o pódio chegando em terceiro. Na primeira corrida do final de semana Cacá Bueno e Sérgio Jimenez terminaram em 4° e ficaram muito próximos de chegar ao pódio perseguindo o Nissan GT-R Nismo de Sean Walkinshaw e Craig Dolby. Na segunda corrida os brasileiros conseguiram repetir o resultado da primeira corrida.  

BLANCPAIN GT SERIES: 2° ETAPA - BRANDS HATCH - QUALI RACE
1.(#1) Robin Frijns/Laurens Vanthoor, Audi R8 LMS Ultra - 1:24.902 (42 voltas)
2.(#77) Átila Abreu/Valdeno Brito, BMW Z4 - 20.711s
3.(#73) Sean Walkinshaw/Craig Dolby, Nissan GT-R Nismo - 27.054
4.(#0) Cacá Bueno/Sérgio Jimenez, BMW Z4 - 27.515
5.(#55) Kevin Estre/Rob Bell, McLaren 650 S - 28.011
6.(#6) Niki Mayr-Melnhof/Markus Winkelhock, Audi R8 LMS Ultra - 35.062
7.(#88) Albert von Thurn und Taxis/Nick Catsburg, Lamborghini Gallardo LP 560-4 R.EX - 47.249
8.(#4) James Nash/Frank Stippler, Audi R8 LMS Ultra - 56.429
9.(#2) Enzo Ide/Christopher Mies, Audi R8 LMS Ultra - 56.520
10.(#333) Marco Seefried/Norbert Siedler, Ferrari 458 Italia - 1:06.458
11.(#3) Stephane Richelmi/Stephane Ortelli, Audi R8 LMS Ultra - 1:09.312
12.(#75) Marco Bonanomi/Filip Salaquarda, Audi R8 LMS Ultra - 1:17.436
13.(#83) Olivier Lombardi/Jules Szymkowiak, Bentley Continental - 1:17.946
14.(#70) Alexey Karachev/Bernd Schneider, Mercedes SLS AMG - 11.612
15.(#888) Lee Mowie/JOe Osborne, BMW Z4 - 9.040
16.(#74) Anders Fjordbach/Thomas Fjordbach, Audi R8 LMS Ultra - 17.568
17.(#54) Fabien Thuner/Philipp Wlazik, McLaren 650 S - 17.747
**Não classificados**
(#71) Alexey Vailyev/Marco Asmer, Mercedes SLS AMG - 25:13.982
BLANCPAIN GT SERIES: 2° ETAPA - BRANDS HATCH - MAIN RACE
1.(#1) Robin Frijns/Laurens Vanthoor, Audi R8 LMS Ultra - 1:24.522
2.(#77) Átila Abreu/Valdeno Brito, BMW Z4 - 14.168
3.(#55) Kevin Estre/Rob Bell, McLaren 650 S - 18.444
4.(#0) Cacá Bueno/Sergio Jimenez, BMW Z4 - 24.033
5.(#88) Albert von Thurn und Taxis/Nick Catsburg, Lamborghini Gallardo LP 560-4 R.EX - 27.682
6.(#73) Sean Walkinshaw/Craig Dolby, Nissan GT-R Nismo - 31.656
7.(#3) Stephane Richelmi/Stephane Ortelli, Audi R8 LMS Ultra - 37.067
8.(#6) Niki Mayr-Melnhof/Markus Winkelhock, Audi R8 LMS Ultra - 37.373
9.(#4) James Nash/Frank Stippler, Audi R8 LMS Ultra - 44.058
10.(#70) Alexey Karachev/Bernd Schneider, Mercedes SLS AMG - 58.906
11.(#75) Marco Bonanomi/Filip Salaquarda, Audi R8 LMS Ultra - 59.849
12.(#83) Olivier Lombardi/Jules Szymkowiak, Bentley Continental - 1:07.646
13.(#71) Alexey Vasilyev/Marco Asmer, Mercedes SLS AMG - 1:08.896
14.(#2) Enzo Ide/Christopher Mies, Audi R8 LMS Ultra - 1:09.450
15.(#74) Anders Fjordbach/Thomas Fjordbach, Audi R8 LMS Ultra - 9.917
16.(#888) Lee Mowle/Joe Osborne, BMW Z4 - 10.634
17.(#54) Fabien Thuner/Philipp Wlazik, McLaren 650 S - 16.561
**Não classificados**
(#333) Marco Seefried/Norbert Siedler, Ferrari 458 Italia - 55:15.925
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------Blancpain GT Series 2015 

FÓRMULA 1


Nico Rosberg vence na Espanha de maneira convincente e dominante.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Na largada Lewis Hamilton, que largava na 2° posição foi superado pela Ferrari de sebastian Vettel. Nico Rosberg largou bem e se manteve na ponta. Rapidamente ROsberg abriu uma boa diferença para os demais pilotos. Hamilton não conseguia se aproximar da Ferrari de Vettel e ficou para trás. A Ferrari de Vettel ficou 45 segundos atrás da Mercedes, certamente uma grande ducha de água fria pra cima da equipe italiana que veio para a Espanha com uma grande esperança de encarar os carros da Mercedes de igual para igual. Felipe Massa até que largou bem mas na segunda curva saiu da pista e perdeu várias posições, ele acabou brigando bastante e terminando na 6° colocação. Kimi Räikkonen da Ferrari não conseguiu superar Valtteri Bottas da Williams e terminou na 5° colocação. No pelotão de trás tivemos várias disputas pelas posições intermediárias. O piloto local Carlos Sainz da Toro Rosso teve muitas dificuldades na primeira metade da corrida mas depois acabou num convincente 9° lugar. Sainz ultrapassou Daniil Kvyat da Red Bull na última volta por fora na curva 1, os dois carros acabaram saindo da pista, mesmo assim Sainz voltou para a pista à frente de Kvyat. Após a prova o piloto espanhol não foi penalizado. O outro espanhol Fernando Alonso continua sofrendo na McLaren. Alonso abandonou por problemas em seu freio, isso ficou nítido quando numa das paradas o seu freio falhou e ele quase atropelou os mecânicos no pitlane. O resultado reduziu a liderança de Hamilton para 20 pontos sobre o seu companheiro de equipe Nico Rosberg. Vettel tem 80, Räikkonen 52, Bottas 42 e Massa 39. A próxima etapa da F1 acontece à duas semanas no lendário circuito de Mônaco. Confira abaixo o resultado completo da etapa de Barcelona.

FÓRMULA 1: 5° ETAPA - BARCELONA - FINAL
1.(#6) Nico Rosberg, Mercedes - 1:30.958
2.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 17.5s
3.(#5) Sebastian Vettel, Ferrari - 45.3s
4.(#77) Valtteri Bottas, Williams - 59.2s
5.(#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - 60.0s
6.(#19) Felipe Massa, Williams - 81.3s
7.(#3) Daniel Ricciardo, Red BUll Racing - 1 volta
8.(#8) Romain Grosjean, Lotus - 1 volta
9.(#55) Carlos Sainz, Toro Rosso - 1 volta
10.(#26) Daniil Kvyat, Toro Rosso - 1 volta
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------
11.(#33) Max Verstappen, Red Bull Racing - 1 volta
12.(#12) Felipe Nasr, Sauber - 1 volta
13.(#11) Sergio Perez, Force India - 1 volta
14.(#9) Marcus Ericsson, Sauber - 1 volta
15.(#27) Nico Hulkenberg, Force India - 1 volta
16.(#22) Jenson Button, McLaren - 1 voolta
17.(#28) Will Stevens, Marussia - 3 voltas
18.(#98) Roberto Merhi, Marussia - 4 voltas
**Não classificados**
(13) Pastor Maldonado, Lotus - abandono
(14) Fernando Alonso, McLaren - abandono
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2015      

NASCAR SPRINT CUP

Jimmie Johnson vence a sua terceira corrida do ano pela Sprint Cup.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A corrida que deveria acontecer nesse sábado (09/05) acabou sendo finalizada na madrugada desse dominho (10/05) devido a tempestade que encharcou o oval de Kansas City causando um grande atraso de 2 horas no inicio da corrida. Jimmie Johnson segurou nas últimas 12 voltas um forte ataque de Kevin Harvick para venceu a sua terceira corrida da temporada, as 400 Milhas de Kansas. Harvick que liderou 53 voltas cruzou a linha de chegada em 2°. O companheiro de Hendrick Motorsports de Johnson, Dale Earnhardt Jr., chegou em 3° seguido de Jeff Gordon em 4° e Joey Logano completando o top 5. A vitória foi a 73° da carreira do hexacampeão e veio de uma mudança na estratégia na parte final da corrida. Parecia que Kevin Harvick conquistaria a sua terceira vitória da temporada. Mas faltando 12 voltas para terminar a prova, Ricky Stenhouse Jr. acertou o muro e provocou a última bandeira amarela da corrida. Harvick entrou para mais uma troca de pneus, ele trocou apenas dois pneus do lado direito e voltou para a pista. Johnson, Earnhardt Jr., Kurt Bush e Jeff Gordon ficaram na pista. Mesmo com pneus mais desgastados Johnson conseguiu segurar a liderança e venceu com tranquilidade. Martin Truex Jr. fez uma ótima corrida, claramente durante boa parte da prova ele tinha o carro mais rápido liderando 95 voltas, Truex terminou em 9°.

NASCAR SPRINT CUP: 11° ETAPA - KANSAS CITY400
1.(48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 267 voltas
2.(4) Kevin Harvick, Chevrolet - 267 voltas
3.(88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 267 voltas
4.(24) Jeff Gordon, Chevrolet - 267 voltas
5.(22) Joey Logano, Ford - 267 voltas
6.(20) Matt Kenseth, Toyota - 267 voltas
7.(2) Brad Keselowski, Ford - 267 voltas
8.(41) Kurt Busch, Chevrolet - 267 voltas
9.(78) Martin Truex Jr., Chevrolet - 267 voltas
10.(31) Ryan Newman, Chevrolet - 267 voltas
11.(43) Aric Almirola, Ford - 267 voltas
12.(16) Greg Biffle, Ford - 267 voltas
13.(1) Jamie McMurray, Chevrolet - 267 voltas
14.(47) AJ Allmendinger, Chevrolet - 267 voltas
15.(42) Kyle Larson, Chevrolet - 267 voltas
16.(9) Sam Hornish Jr., Ford - 267 voltas
17.(5) Kasey Kahne, Chevrolet - 267 voltas
18.(27) Paul Menard, Chevrolet - 267 voltas
19.(13) CAsey Mears, Chevrolet - 266 voltas
20.(19) CArl Edwards, Toyota - 266 voltas
21.(15) Clint Bowyer, Toyota - 266 voltas
22.(3) Austin Dillon, Chevrolet - 266 voltas
23.(46) Michael Annett, Chevrolet - 266 voltas
24.(17) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 266 voltas
25.(83) Matt DiBenedetto, Toyota - 266 voltas
26.(33) Ty Dillon, Chevrolet - 266 voltas
27.(10) Danica Patrick, Chevrolet - 265 voltas
28.(98) Josh Wise, Ford - 265 voltas
29.(40) Landon Cassill, Chevrolet - 265 voltas
30.(51) Justin Allgaier, Chevrolet - 265 voltas
31.(6) Trevor Bayne, Ford - 265 voltas
32.(38) David Gilliland, Ford - 263 voltas
33.(55) David Ragan, Toyota - 263 voltas
34.(34) Brett Moffitt, Ford - 263 voltas
35.(35) Cole Whitt, Ford - 263 voltas
36.(95) Michael McDowell, Ford - 262 voltas
37.(23) J.J. Yeley, Toyota - 262 voltas
38.(32) Joey Gase, Ford - 262 voltas
39.(14) Tony Stewart, Chevrolet - 258 voltas
40.(18) Erik Jones, Toyota - 242 voltas
41.(11) Denny Hamlin, Toyota - 205 voltas (acidente)
42.(26) Jeb Burton, Toyota - 153 voltas (câmbio)
43.(7) Alex Bowman, Chevrolet - 125 voltas (vibração)
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------Nascar Sprint Cup 2015  

FÓRMULA E


Sebastien Buemi vence em Monaco pela Fórmula E.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Nesse sábado (09/05) foi disputada a sétima etapa da temporada inaugural da Fórmula E, a categoria com carros 100% elétricos impulsionados à bateria. Esse foi um final de semana especial para a categoria pois seria disputado no lendário circuito de rua em Monte Carlo, Mônaco. O traçado do circuito foi modificado, na realidade encurtado para favorecer ao tipo de carro. Quem conhece muito bem o circuito ficou decepcionado com a exclusão de algumas partes icônicas do traçado como a descida do cassino a curva Mirabeau e principalmente o túnel, no geral cortaram quase que dois quilômetros de pista. A corrida foi muito interessante, apesar do circuito não favorecer as ultrapassagens tivemos algumas disputas intensas e bem emocionantes. Sebastien Buemi que largou na pole position é o primeiro piloto da categoria a conquistar duas vitórias na temporada. Até então tinhamos em 6 corridas 6 vencedores diferentes. O piloto da equipe e.dams-Renault fez uma ótima largada e se manteve na liderança pela corrida inteira, vencendo de ponta a ponta. O brasileiro Lucas di Grassi foi quem mais pressionou Buemi que esteve perfeito na tarde desse sábado. Logo após a largada na primeira curva tivemos um grande acidente, Nicolas Prost espremeu Daniel Abt que se chocou contra o muro, Bruno Senna que vinha logo atrás bateu fortemente no carro de Abt passando praticamente por cima do carro da Audi Sport ABT, o carro de segurança entrou imediatamente na pista. Outros pilotos que se envolveram no acidente foram, Jaime Alguersuari, Vitantonio Liuzzi, Salvador Duran, Jean-Eric Vergne e Loic Duval. Apesar do envolvimente de sete carros no acidente apenas 2 abandonaram definitivamente a corrida, alguns conseguiram seguir sem danos sérios em seus carros e outros trocaram de carro nos boxes. Nelsinho Piquet fez a grande ultrapassagem da prova quando estava na 4° posição, ele foi arrojado e ultrapassou Jerome D'Ambrosio da Dragon Racing assumindo a 3° colocação. Buemi fez uma ótima parada nos boxes voltando para a pista com o seu segundo carro ainda em primeiro logo à frente de di Grassi. Nelsinho que tinha mais carga de bateria partiu para cima de Lucas di Grassi e em uma única ocasião ficou lado a lado com o carro da Audi mas por fora seria impossível ultrapassar na segunda curva. Nelsinho chegou a tocar o carro de di Grassi com o bico do seu carro que ficou ligeiramente danificado e com isso ele perdeu desempenho e foi muito ameaçado por Sam Bird na 4° colocação. Di Grassi com a 2° colocação ainda lidera o campeonato, mas agora apenas 4 pontos à frente de Nelsinho, Buemi com a vitória esta em terceiro com 6 pontos atrás de di Grassi. A próxima etapa da Fórmula E acontece ainda nesse mês no dia 23 nas ruas de Berlin na Alemanha. Confira abaixo o resultado completo da corrida de Monte Carlo.

FÓRMULA E: 7° ETAPA - EPRIX DE MÔNACO - FINAL
1.(#9) Sébastien Buemi, e.dams-Renault - 47 voltas (48:05.225)
2.(#11) Lucas di Grassi, Audi Sport ABT - 2.154s
3.(#99) Nelsinho Piquet, Nextev TCR - 4.634s
4.(#2) Sam Bird, Virgin Racing - 4.801s
5.(#7) Jerome D'Ambrosio, Dragon Racing - 5.881s
6.(#8) Nicolas Prost, e.dams-Renault - 11.032s
7.(#30) Stephane Sarrazin, Venturi - 26.472s
8.(#28) Scott Speed, Andretti Racing - 41.138s
9.(#88) Charles Pic, Nextev TCR - 49.538s
10.(#55) Antonio Félix da Costa, Amlin Aguri - 52.658s
11.(#23) Nick Heidfeld, Venturi - 52.936s
12.(#10) Jarno Trulli, Trulli Racing - 58.984s
13.(#5) Karun Chandhok, Mahindra Racing - 1 volta
14.(#18) Vitantonio Liuzzi, Trulli Racing - abandono
15.(#27) Jean-Eric Vergne, Andretti Racing - abandono
16.(#77) Salvador Duran, Amlin Aguri - abandono
17.(#6) Loic Duval, Dragon Racing - abandono
18.(#66) Daniel Abt, Audi Sport ABT - acidente
19.(#3) Jaime Alguersuari, Virgin Racing - acidente
20.(#21) Bruno Senna, Mahindra Racing - acidente
--------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula E 2015

segunda-feira, 4 de maio de 2015

TUDOR UNITED SPORTS CAR CHAMPIONSHIP


Michael Valiante e Richard Westbrook conquistam a sua primeira vitória na USCC em Laguna Seca.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Nesse final de semana foi disputada a 4° etapa da TUDOR United Sports Car Championship com as 2 horas de Laguna Seca. Na categoria de protótipos Daytona a vitória ficou com a dupla Michael Valiante e Richard Westbrook da equipe VisitFlorida.com Racing. Foi a primeira vitória do Corvette DP No.90 desde Junho do ano passado quando a equipe venceu em Watkins Glen, um intervalo de nove corridas. Valiante largou com o seu protótipo daytona na segunda fila na terceira colocação. Após a largada Valiante foi agressivo colocou o seu carro por dentro e fez uma única ultrapassagem assumindo a liderança da corrida. Entre as 15 primeiras voltas lideradas por Valiante e as últimas 29 voltas lideradas por Richard Westbrook, o Corvette DP No. 90 liderou no total 44 das 112 voltas, na corrida que durou 2 horas e 40 minutos. Com a vitória, Valiante e Westbrook assumiram a liderança do campeonato sobre o brasileiro Christian Fittipaldi e João Barbosa. Fittipaldi e Barbosa seguraram a vice-liderança do campeonato com o 4° lugar na corrida desse sábado. O Corvette DP no. 10 da equipe Wayne Taylor Racing, cruzou a linha de chegada em segundo com Ricky e Jordan Taylor. Os irmãos lideraram 60 voltas e chegou perto da vitória quando Ricky Taylor pressionou bastante o líder Westbrook. Taylor cruzou a linha de chegada à apenas 1.3 segundos  do vencedor. Fechando o pódio em terceiro veio o Ligier No. 60 JS P2/Honda HPD da equipe Michael Shank Racing, da dupla de pilotos Oswaldo Negri Jr. e John Pew. O brasileiro liderou apenas uma única volta na corrida (No. 84). A corrida teve apenas duas bandeiras amarelas que custaram oito voltas combinadas com a presença do safety-car na pista. Na categoria de protótipos challenge o brasileiro Bruno Junqueira junto com o seu companheiro de equipe Chris Cumming conquistou a sua primeira vitoria na categoria. Largando da pole position eles lideraram praticamente de ponta a ponta. Mesmo sofrendo uma penalização com uma passagem pelo pitlane eles lideraram 80 das 112 voltas. Na categoria GT Le Mans a BMW foi novamente soberana, após a vitória em Long Beach (Team RLL) eles repetiram a dose em Laguna Seca. Lucas Luhr e John Edwards no BMW Z4 No. 24 da equipe IHG Rewards Club conquistaram a sua primeira vitória na categoria. Confira abaixo o resultado completo de todas as categorias. 






















USCC 4° ETAPA - LAGUNA SECA - FINAL
1.(90) DP, Westbrook/Valiante, Corvette DP - 112 voltas
2.(10) DP, R.Taylor/J.Taylor, Corvette DP - +1.351
3.(60) DP, Pew/Negri Jr., Honda HPD Ligier JS P2 - +29.655
4.(5) DP, Barbosa/Fittipaldi, Corvette DP - +1:14.104
5.(31) DP, Curran/Cameron, Corvette DP - +1:14.752
6.(11) PC, Junqueira/Cumming, ORECA FLM09 - +2 voltas
7.(70) DP, Nunez/Bomarito, Mazda Prototype - +2 voltas
8.(54) PC, Bennett/Braun, ORECA FLM09 - +2 voltas
9.(24) GTLM, J.Edwards/Luhr, BMW Z4 GTE - +4 voltas
10.(38) PC, French/Hedlund, ORECA FLM09 - +4 voltas
11.(25) GTLM, Auberlein/Warner, BMW Z4 GTE - +4 voltas
12.(911) GTLM, Pilet/Christensen, Porsche 911 RSR - +4 voltas
13.(62) GTLM, Kaffer/Fisichella, Ferrari F458 Italia - +4 voltas
14.(912) GTLM, Bergmeister/Christensen, Porsche 911 RSR - +4 voltas
15.(4) GTLM, Gavin/Milner, Corvette C7.R - +4 voltas
16.(85) PC, Goikhberg/Weach, ORECA FLM09 - +4 voltas
17.(3) GTLM, Magnussen/Garcia, Corvette C7.R - +4 voltas
18.(17) GTLM, Sellers/Henzler, Porsche 911 RSR - +4 voltas
19.(16) PC, Slusher/Falb, ORECA FLM09 - +6 voltas
20.(8) PC, van der Zande/Schultis, ORECA FLM09 - +8 voltas
21.(73) GTD, Lindsey/Pumpelly, Porsche 911 GT America - +9 voltas
22.(48) GTD, Haasel/von Moltke, Audi R8 LMS - +9 voltas
23.(01) DP, Hand/Pruett, Ford EcoBoost Riley DP - +9 voltas
24.(23) GTD, James/M.Farnbacher, Porsche 911 GT America - +9 voltas
25.(63) GTD, Sweedler/To.Bell, Ferrari 458 Italia - +9 voltas
26.(007) GTD, Nielsen/J.Davison, Aston Martin V12 Vantage - +10 voltas
27.(44) GTD, Potter/Lally, Porsche 911 GT America - +10 voltas
28.(22) GTD, MacNeil/L.Keen, Porsche 911 GT America - +10 voltas
29.(93) GTD, M.Miller/J.Mosing, Dodge Viper SRT - +10 voltas
30.(45) GTD, Byrne/Cosmo, Audi R8 LMS - +12 voltas
31.(97) GTD, Marsal/Palttala, BMW Z4 - +14 voltas
32.(33) GTD, Keating/J.Bleekemolen, Dodge Viper SRT - +15 voltas
33.(52) PC, Guasch/Kimber-Smith, ORECA FLM09 - +16 voltas
34.(0) DP, Rojas/Legge, DeltaWing DWC13 - +74 voltas
35.(07) DP, T.Long/Joel Miller, Mazda Prototype - +94 voltas
-------------------------------------------------------------------------------------------------United Sports Car Championship 2015 

sábado, 2 de maio de 2015

DTM
















Jamie Green da Audi vence a primeira prova da temporada em Hockenheimring.
por Luis Fernando Soares de Almeida

De maneira dominante Jamie Green (Audi) venceu a prova de abertura nesse sábado (02/05) no circuito de Hockenheimring Baden-Württemberg. Largando da pole position a primeira colocação do piloto britânico jamais foi ameaçada durante a corrida, mesmo com as duas intervenções do carro de segurança. Green conquistou a sua nona vitória na categoria. Depois de 26 voltas Pascal Wehrlein (Mercedes-Benz) cruzou a linha de chegada em segundo, seguido pelo seu companheiro de Mercedes, Paul Di Resta (Mercedes-Benz). O inicio da temporada para a BMW não foi satisfatória, o melhor colocado da fábrica foi Maxime Martin que terminou na 7° colocação. A primeira etapa sera concluida com mais uma corrida nesse domingo (03/05). O brasileiro Augusto Farfus da BMW chegou apenas na 10° colocação. A corrida foi muito tumultuada, tivemos oito abandonos no total. Após apenas uma única volta três carros abandonaram a corrida, os envolvidos no acidente foram Timo Scheider (Audi), Tom Blomqvist (BMW) e Robert Wickens (Mercedes-Benz). Daniel Juncadella provocou a primeira entrada do safey-car na pista após rodar e ficar parado no meio da pista. A segunda bandeira amarela aconteceu no hairpin envolvendo Martin Tomczyk que cometeu um erro primário e provocou um acidente que retirou da corrida  mais dois pilotos da Mercedes, Lucas Auer e Gary Paffett.   

DTM: 1° ETAPA - HOCKENHEIMRING - CORRIDA 1
1. Jamie Green, Audi - 26 voltas
2. Pascal Wehrlein, Mercedes-Benz - +2.327s
3. Paul Di Resta, Mercedes-Benz - +3.221s
4. Edoardo Mortara, Audi - +3.390s
5. Mike Rockenfeller, Audi - +4.667s
6. Nico Muller, Audi - +5.203s
7. Maxime Martin, BMW - +11.140s
8. Timo Glock, BMW - +13.840s
9. Marco Wittman, BMW - +14.465s
10. Augusto Farfus, BMW - +15.458s
11. Bruno Spengler, BMW - +15.968s
12. Mattias Ekström, Audi - +16.247s
13. Antonio Félix da Costa, BMW - +18.233s
14. Christian Vietoris, Mercedes-Benz - +20.797s
15. Adrien Tambay, Audi - +25.038s
16. Maximilian Gotz, Mercedes-Benz - +25.434s
** Não classificados **
17. Lucas Auer, Mercedes-Benz
18. Gary Paffett, Mercedes-Benz
19. Martin Tomczyk, BMW
20. Daniel Juncadella, Mercedes-Ben
21. Miguel Molina, Audi
22. Tom Blomqvist, BMW
23. Timo Scheider, Audi
24. Robert Wickens, Mercedes-Benz
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------DTM 2015

domingo, 26 de abril de 2015

STOCKCAR


Daniel Serra e Max Wilson vencem pela Stockcar em Santa Cruz do Sul.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Marcos Gomes largou na pole e manteve a liderança apóas a largada mas não conseguiu se distanciar dos outros pilotos como é característica no Velopark. O circuito de Santa Cruz do Sul proporciona muitas ultrapassagens e na sexta volta, tanto DAniel Serra que vinha na vice liderança como Júlio Campos que vinha em terceiro superaram Marcos Gomes da Voxx Racing. A corrida foi repleta de várias brigas e alguns toques, no final Marcos Gomes conseguiu recuperar a segunda colocação. Na segunda corrida com o grid invertido Max Wilson largou na pole position e venceu com autoridade de ponta a ponta, Cacá Bueno chegou em 2° e completando o pódio da segunda corrida veio Júlio Campos em 3°. O carro de segurança entrou duas vezes na pista durante essa corrida devido a toques e acidentes. A próxima etapa da Stockcar acontece no dia 31 de Maio em Curitiba. 

STOCKCAR: 3° ETAPA - VELOPARK - 1° BATERIA
1.(#29) Daniel Serra, Red Bull Racing - 47 voltas
2.(#80) Marcos Campos, Voxx Racing - +0.691s
3.(#4) Júlio Campos, Prati-Donaduzzi - +3.630s
4.(#111) Rubens Barrichello, Full Time Sports - +12.213s
5.(#0) Cacá Bueno, Red Bull Racing - +21.813s
6.(#90) Ricardo Maurício, Eurofarma RC - +22.876s
7.(#18) Allam Khodair, Full Time Sports - +24.810s
8.(#70) Diego Nunes, Vogel Motorsport - +26.113s
9.(#73) Sergio Jimenez, C2 Team - +26.833s
10.(#65) Max Wilson, Eurofarma RC - +27.939s
11.(#77) Valdeno Brito, Shell Racing - +29.325s
12.(#21) Thiago Camilo, Ipiranga-RCM - +30.106s
13.(#10) Ricardo Zonta, Shell Racing - +30.433s
14.(#88) Felipe Fraga, Voxx Racing Team - +34.580s
15.(#8) Rafael Suzuki, RZ Motorsport - +46.945s
16.(#51) Átila Abreu, AMG Motorsport - +47.848s
17.(#2) Rafa Matos, Schin Racing Team - +49.100s
18.(#110) Felipe Lapenna, Schin Racing Team - +1 volta
19.(#26) Raphael Abbate, Hot Car Competições - +1 volta
20.(#12) Lucas Foresti, AMG Motorsport - +2 voltas
21.(#74) Popó Bueno, Cavaleiro Racing Sports - +2 voltas
22.(#46) Vitor Genz, Boettger Competições - +3 voltas
23.(#3) Bia Figueiredo, União Química Racing - +3 voltas
24.(#1) Antonio Pizzonia, Prati-Donaduzzi - +11 voltas
25.(#14) Luciano Burti, RZ Motorsport - +14 voltas
26.(#28) Galid Osman, Ipiranga-RCM - +15 voltas
27.(#83) Gabriel Casagrande, C2 Team - +16 voltas
28.(#25) Tuka Rocha, União Química Racing - +29 voltas
29.(#72) Fábio Fogaça, Hot Car Competições - +32 voltas
30.(#5) Denis Navarro, Vogel Motorsport - +34 voltas
31.(#11) César Ramos, Cavaleiro Racing Sports - +41 voltas
STOCKCAR: 3° ETAPA - VELOPARK - 2° BATERIA
1.(#65) Max Wilson, Eurofarma RC - 26 voltas
2.(#0) Cacá Bueno, Red Bull Racing - +1.343s
3.(#4) Júlio Campos, Prati-Donaduzzi - +3.024s
4.(#29) Daniel Serra, Red BUll Racing - +3.774s
5.(#111) Rubens Barrichello, Full Time Sports - +5.327s
6.(#110) Felipe Lapenna, Schin Racing Team - +11.440s
7.(#83) Gabriel Casagrande, C2 Team - +11.930s
8.(#10) Ricardo Zonta, Shell Racing - +12.299s
9.(#46) Vítor Genz, Boettger Competições - +13.418s
10.(#21) Thiago Camilo, Ipiranga-RCM - +14.219s
11.(#74) Popó Bueno, Cavaleiro Racing Sports - +14.220s
12.(#1) Antonio Pizzonia, Prati-Donaduzzi - +15.797s
13.(#14) Luciano Burti, RZ Motorsport - +18.484s
14.(#18) Allam Khodair, Full Time Sports - +18.588s
15.(#12) Lucas Foresti, AMG Motorsport - +20.298s
16.(#73) Sérgio Jimenez, C2 Team - +27.519s
17.(#3) Bia Figueiredo, União Química Racing - +28.237s
18.(#80) Marcos Gomes, Voxx Racing Team - +34.793s
19.(#8) Rafael Suzuki, RZ Motorsport - +36.882s
20.(#90) Ricardo Maurício, Eurofarma RC - +48.192s
21.(#28) Galid Osman, Ipiranga-RCM - +6 voltas
22.(#51) Átila Abreu, AMG Motorsport - +6 voltas
23.(#5) Denis Navarro, Vogel Motorsport - +7 voltas
24.(#25) Tuka Rocha, União Química Racing - +9 voltas
25.(#2) Rafa Matos, Schin Racing Team - +11 voltas
26.(#77) Valdeno Brito, Shell Racing - +14 voltas
27.(#72) Fábio Fogaça, Hot Car Competições - +22 voltas
28.(#70) Diego Nunes, Vogel Motorspor - +22 voltas
29.(#88) Felipe Fraga, Voxx Racing Team - +23 voltas
30.(#26) Raphael Abbate, Hot Car Competições - +25 voltas
31.(#11) César Ramos, Cavaleiro Racing Sports - +27 voltas
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------Stockcar 2015

BRASILEIRO DE MARCAS
















Nonô Figueiredo conquista a sua primeira vitória na Copa Petrobrás.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Na segunda corrida do final de semana disputada hoje (26/04) cedo a quarta marca diferente conquistou uma vitória em quatro corridas na temporada mostrando o equilibrio existente no campeonato. Dessa vez Nonô Figueiredo com o seu Chevrolet Cruze venceu a corrida. Thiago Martins (Toyota Corolla) cruzou a linha de chegada em 2° com Vicente Orige (Honda Civic) em terceiro. O líder do campeonato agora é Vicente Orige com 71 pontos seguido de Vítor Meira com 58 pontos. Na tabela dos construtores a Honda é lider com 149 pontos seguido pela Renault com 93 pontos. A próxima etapa acontece no dia 31 de Maio em Curitiba. 

BRASILEIRO DE MARCAS: 2° ETAPA - VELOPARK - 2° BATERIA
1.(11) Nonô Figueiredo, Chevrolet Cruze - 22 voltas
2.(1) Thiago Martins, Toyota Corolla - +1.196s
3.(43) Vicente Orige, Honda Civic - +2.826s
4.(0) Gustavo Martins, Honda Civic - +5.877s
5.(12) Guilherme Salas, Chevrolet Cruze - +6.176s
6.(98) Carlos Souza, Chevrolet Cruze - +6.609s
7.(111) Rubens Barrichello, Renault Fluence - +7.559s
8.(13) Eduardo Rocha, Renault Fluence - +7.686s
9.(9) Rodrigo Baptista, Toyota Corolla - +8.001s
10.(31) William Starostik, Ford Focus - +13.879s
11.(7) Beto Cavaleiro, Renault Fluence - +19.741s
12.(59) Renan Guerra, Ford Focus - +24.656s
13.(53) Ronaldo Kastropil, Ford Focus - +1 volta
14.(57) Felipe Tozzo, Honda Civic - +1 volta
15.(3) Vítor Meira, Honda Civic - +1 volta
16.(83) Gabriel Casagrande, Renault Fluence - +5 voltas
17.(99) César Bonilha, Ford Focus - +11 voltas
18.(28) Luiz Razia, Toyota Corolla - +13 voltas
19.(17) Daniel Kaefer, Toyota Corolla - +20 voltas
20.(8) William Freire/Thiago Oliveira, Chevrolet Cruze - +21 voltas
---------------------------------------------------------------------------------------------------------Brasileiro de Marcas 2015