domingo, 13 de abril de 2014

NASCAR SPRINT CUP














Kevin Harvick conquista a sua 2° vitória da temporada em Darlington pela Sprint Cup da Nascar.

por Luis Fernando Soares de Almeida

Kevin Harvick largou na pole position e foi dominante a corrida inteira, mas teve ainda que fazer uma ultrapassagem na última volta para conquistar a sua segunda vitória da temporada. Harvick com 4 pneus novos na última relargada da corrida estava na segunda colocação, Dale Earnhardt Jr., com apenas dois pneus novos não suportou a pressão de Harvick e perdeu a primeira posição na última volta. Foi a segunda corrida do ano completamente dominada por Kevin Harvick, a primeira foi em Phoenix. Harvick liderou 238 das 374 voltas da corrida de ontem a noite em Darlington. Earnhardt Jr, cruzou em segundo seguido por Jimmie Johnson em 3°, Matt Kenseth em 4° e fechando o top 5 veio Greg Biffle. Jeff Gordon ainda continua na liderança do campeonato com apenas 1 pontinho de vantagem sobre o segundo colocado Matt Kenseth, mas nenhum dos dois ainda venceu uma corrida na temporada. Confira abaixo o resultado final da corrida de ontem (12/04) a noite em Darlington.

NASCAR SC: 8° ETAPA - DARLINGTON - FINAL
1.(4) Kevin Harvick, Chevrolet - 374 voltas (48 ptos.)
2.(88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 374 voltas (43 ptos.)
3.(48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 374 voltas (42 ptos.)
4.(20) Matt Kenseth, Toyota - 374 voltas (41 ptos.)
5.(16) Greg Biffle, Ford - 374 voltas (40 ptos.)
6.(18) Kyle Busch, Toyota - 374 voltas (38 ptos.)
7.(24) Jeff Gordon, Chevrolet - 374 voltas (38 ptos.)
8.(42) Kyle Larson, Chevrolet - 374 voltas (36 ptos.)
9.(14) Tony Stewart, Chevrolet - 374 voltas (35 ptos.)
10.(31) Ryan Newman, Chevrolet - 374 voltas (34 ptos.)
11.(3) Austin Dillon, Chevrolet - 374 voltas (33 ptos.)
12.(15) Clint Bowyer, Toyota - 374 voltas (32 ptos.)
13.(99) Carl Edwards, Ford - 374 voltas (31 ptos.)
14.(9) Marcos Ambrose, Ford - 374 voltas (30 ptos.)
15.(47) AJ Allmendinger, Chevrolet - 374 voltas (29 ptos.)
16.(1) Jamie McMurray, Chevrolet - 374 voltas (28 ptos.)
17.(2) Brad Keselowski, Ford - 374 voltas (28 ptos.)
18.(13) Casey Mears, Chevrolet - 374 voltas (26 ptos.)
19.(11) Denny Hamlin, Toyota - 374 voltas (26 ptos.)
20.(17) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 374 voltas (24 ptos.)
21.(98) Josh Wise, Chevrolet - 374 voltas (23 ptos.)
22.(10) Danica Patrick, Chevrolet - 374 voltas (22 ptos.)
23.(51) Justin Allgaier, Chevrolet - 372 voltas (21 ptos.)
24.(43) Aric Almirola, Ford - 372 voltas (20 ptos.)
25.(40) Landon Cassill, Chevrolet - 372 voltas
26.(55) Brian Vickers, Toyota - 371 voltas (19 ptos.)
27.(78) Martin Truex Jr., Chevrolet - 371 voltas (17 ptos.)
28.(38) David Gilliland, Ford - 370 voltas (16 ptos.)
29.(23) Alex Bowman, Toyota - 369 voltas (15 ptos.)
30.(30) Parker Kligerman, Toyota - 369 voltas (14 ptos.)
31.(41) Kurt Busch, Chevrolet - 368 voltas (13 ptos.)
32.(34) David Ragan, Ford - 367 voltas (13 ptos.)
33.(32) Travis Kvapil, Ford - 367 voltas (11 ptos.)
34.(66) Joe Nemechek, Toyota - 366 voltas
35.(22) Joey Logano, Ford - 359 voltas (10 ptos.)
36.(33) David Stremme, Chevrolet - 326 voltas (8 ptos.)
37.(5) Kasey Kahne, Chevrolet - 323 voltas (8 ptos.)
38.(26) Cole Whitt, Toyota - 301 voltas (6 ptos.)
39.(36) Reed Sorenson, Chevrolet - 289 voltas (5 ptos.)
40.(83) Ryan Truex, Toyota - 274 voltas (4 ptos.)
41.(27) Paul Menard, Chevrolet - 270 voltas (3 ptos.)
42.(7) Michael Annett, Chevrolet - 101 voltas (2 ptos.)
43.(77) Dave Blaney, Ford - 65 voltas (1 pto.)
---------------------------------------------------------------------------------------------Nascar Sprint Cup Series 2014

INDYCAR SERIES















Ryan Hunter-Reay conquista a pole position em Long Beach.
por Luis Fernando S. Almeida

Na 40° edição de uma corrida da Indy em Long Beach, o americano Ryan Hunter-Reay vai largar na pole position. HUnter-Reay superou o seu companheiro de equipe James Hinchcliffe nos minutos finais do treino dos seis mais rápidos com uma volta de 1:07.8219. Cinco equipes foram representadas na parte final do treino com os 6 mais rápidos. Sebastien Bourdais, vencedor em três oportunidades em Long Beach abre a segunda fila na 3° posição, ao lado dele vem Josef Newgarden da equipe Sarah Fisher Hartman Racing. O novato Jack Hawksworth fez um excelente treino e larga em 5° abrindo a terceira fila. O francês Simon Pagenaud que era um dos favoritos para conquistar a pole acabou conquistando a 6° posição do grid. O brasileiro Helio Castroneves da Penske larga em 9° e Ton Kanaan da Chip Ganassi na 13°. A corrida tem a largada marcada para as 17:30 e tem transmissão ao vivo do canal fechado Bandsports para todo o Brasil.

INDY: 2° ETAPA - LONG BEACH - GRID DE LARGADA
1.(28) Ryan Hunter-Reay, Andretti Autosport - 1:07.8219 (104.462 mph)
2.(27) James Hinchcliffe, Andretti Autosport - 1:07.9403 (104.280 mph)
3.(11) Sebastien Bourdais, KVSH Racing - 1:07.9580 (104.253 mph)
4.(67) Josef Newgarden, Sarah Fisher Hartman Racing - 1:08.0097 (104.173 mph)
5.(98) Jack Hawksworth, BHA/BBM with Curb Agajanian - 1;08.0525 (104.108 mph)
6.(77) Simon Pagenaud, Schmidt Peterson Hamilton MS - 1:08.0732 (104.076 mph)
----------------------------------------------------------------------------------------------------------
7.(9) Scott Dixon, Target Chip Ganassi Racing - 1:07.9981 (104.191 mph)
8.(25) Marco Andretti, Andretti Autosport - 1:08.0179 (104.161 mph)
9.(3) Helio Castroneves, Team Penske - 1:08.1119 (104.017 mph)
10.(19) Justin Wilson, Dale Coyne Racing - 1:08.1218 (104.002 mph)
11.(34) Carlos Munoz, Andretti HVM - 1:08.1506 (103.958 mph)
12.(16) Oriol Servia, Rahal Letterman Lanigan Racing - 1:08.3532 (103.650 mph)
13.(10) Tony Kanaan, Target Chip Ganassi Racing - 1:08.4424 (103.515 mph)
14.(12) Will Power, Team Penske - 1:08.1159 (104.011 mph)
15.(14) Takuma Sato, A.J. Foyt Racing - 1:08.5660 (103.328 mph)
16.(2) Juan Pablo Montoya, Penske Motorsports - 1:08.3649 (103.632 mph)
17.(20) Mike Conway, Ed Carpenter Racing - 1:08.5702 (103.322 mph)
18.(8) Ryan Briscoe, NTT Data Chip Ganassi Racing - 1:08.3699 (103.625 mph)
19.(83) Charlie Kimball, Novo Nordisk Ganassi Racing - 1:08.6507 (103.201 mph)
20.(7) Mikhail Aleshin, Schmidt Peterson Motorsports - 1:08.4321 (103.530 mph)
21.(18) Carlos Huertas, Dale Coyne Racing - 1:08.7051 (103.119 mph)
22.(17) Sebastian Saavedra, KVASF Racing - 1:08.9619 (102.735 mph)
23.(15) Graham Rahal, Rahal Letterman Lanigan Racing - 1:09.0562 (102.595 mph)
----------------------------------------------------------------------------------------IndyCar Series 2014

sábado, 12 de abril de 2014

INDY LIGHTS















Zach Veach conquista a pole position em Long Beach pela Indy Lights.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Com apenas 12 carros alinhando no grid de largada. Nesse sábado foi realizado o treino de classificação que definiu o grid de largada para a 2° etapa da temporada que acontece amanhã em Long Beach. O americano Zach Veach na última volta conseguiu roubar a pole position do colombiano Gabby Chaves. O brasileiro Luiz Razia que esta disputando a temporada larga na 5° posição. A corrida acontece amanhã como preliminar da Verizon Indy Series. 

INDY LIGHTS: 2° ETAPA - LONG BEACH - GRID
1.(26) Zach Veach - 1:15.0074, 94.455 mph
2.(5) Gabby Chaves - 1:15.0349, 94.420 mph (+0.0275)
3.(83) Matthew Brabham - 1:15.0692, 94.377 mph (+0.0618)
4.(4) Alex Baron - 1:15.0863, 94.355 mph (+0.0789)
5.(7) Luiz Razia - 1:15.7513, 93.527 mph (+0.7439)
6.(42) Jack Harve - 1:15.9463, 93.287 mph (+0.9389)
7.(24) Scott Anderson - 1:15.9819, 93.243 (+0.9745)
8.(77) Juan Piedrahita - 1:16.681, 92.893 (+1.2607)
9.(10) Juan Pablo Garcia - 1:16.3914, 92.743 (+1.3840)
10.(22) Vittorio Ghirelli - 1:16.4741, 92.643 (+1.4667)
11.(2) Zack Meyer - 1:16.4882, 92.626 (+1.4808)
12.(28) Lloyd Read - 1:17.2629, 91.697 (+2.2555)
-------------------------------------------------------------------------------------------Indy Lights 2014

WORLD SERIES by RENAULT 3.5















Will Stevens abre a temporada da WSBR 3.5 com vitória em Monza.

por Luis Fernando Soares de Almeida

O pole position Carlos Sainz (DAMS) dominou o treino livre da sexta-feira e conquistou a pole position no sábado para a abertura da temporada no Autódromo de Monza na Itália. Apesar disso na volta de apresentação Sainz ficou parado no grid e foi removido para os boxes. Sainz ainda voltou para a corrida mas perdeu 3 voltas completas e acabou na 18° colocação. Com isso Matthieu Vaxivière (Lotus) herdou a primeira colocação. Após a largada Vaxivière, William Buller e Luca Ghiotto fizeram uma péssima largada permitindo que Will Stevens que veio lá de trás a assumir a primeira colocação na primeira curva. No final da volta de abertura um acidente espetacular entre Marco Sorensen (Tech 1 Racing) e Jazeman Jaafar (ISR) obrigou o carro de segurança a entrar na pista. Jaafar tocou a traseira do carro de Sorensen que decolou e virou de ponta cabeça na reta de chegada a toda velocidade, felizmente o piloto não sofreu nada. Na 5° volta a corrida recomeçou, Will Stevens manteve a liderança, enquanto Roman Mavlanov (Zeta Corse) ultrapassou Luca Ghiotto pela 2° posição. Cinco voltas mais tarde o russo não resistiu aos ataques de William Buller e perdeu a posição. Stevens continuou tranquilo na liderança e abrindo vantagem volta a volta. Stevens cruzou a linha de chegada em primeiro à frente de Robert Merhi em 2° e Pierre Gasly em 3°. Buller ganhou a 4° posição de Nikolay Martsenko na última volta. Amanhã as 9 horas o canal Bandsports anúncia a transmissão da segunda corrida do final de semana de abertura da World Series by Renault 3.5. Apenas um brasileiro participa da temporada esse ano, Pietro Fantin (International Draco Racing) chegou na 11° posição. 

WSbR: 1° ETAPA - MONZA - CORRIDA 1 - FINAL
1.(11) Will Stevens, Strakka Racing - 24 voltas (42:23.207)
2.(22) Robert Merhi, Zeta Corse - 24 voltas (+6.870s)
3.(7) Pierre Gasly, Arden Motorsport - 24 voltas (+11.760s)
4.(8) William Buller, Arden Motorsport - 24 voltas (+17.994s)
5.(27) Nikolay Martsenko, Comtec Racing - 24 voltas (+18.423)
6.(4) O Rowland, Fortec Motorsport - 24 voltas (+25.440s)
7.(3) S Sirotkin, Fortec Motorsport - 24 voltas (+26.398s)
8.(20) Z Amberg, AVF - 24 voltas (+31.784s)
9.(26) M Van Buuren, Pons Racing - 24 voltas (+32.391s)
10.(12) M Laine, Strakka Racing - 24 voltas (+32.599s)
11.(5) Pietro Fantin, International Draco Racing - 24 voltas (+35.580s)
12.(25) O Webb, Pons Racing - 24 voltas (+37.675s)
13.(21) R Mavlanov, Zeta Corse - 24 voltas (+47.549s)
14.(15) M Stockinger, Lotus - 24 voltas (+50.943s)
15.(2) N Nato, Dams - 24 voltas (+1:06.012)
16.(6) L Ghiotto, International Draco Racing - 23 voltas (+1 volta)
17.(16) Matthieu Vaxivière, Lotus - 21 voltas (+3 voltas)
18.(1) Carlos Sainz, Dams - 21 voltas (+3 voltas)
**Abandonos**
-(19) B Visser, AVF - 19 voltas
-(9) Marco Sorensen, Tech 1 Racing - 1 volta (acidente)
-(17) Jazeman Jaafar, ISR - 1 volta (acidente)
----------------------------------------------------------------------------------------World Series by Renault 3.5 2014

NASCAR NATIONWIDE SERIES
















Chase Elliott brilha novamente e vence em Darlington pela Nationwide nessa sexta-feira a noite.

por Luis Fernando Soares de Almeida

O novato de apenas 18 anos Chase Elliott já esta fazendo história na Nascar. Nessa sexta-feira à noite ele venceu a sua segunda prova consecutiva pela Nationwide, dessa vez em Darlington. Foram duas voltas finais fantásticas, Elliott estava em 5° e na relargada pulou para 4° ultrapassando Kyle Busch por fora na curva, com 4 pneus novos ele atacou e ultrapassou mais dois pilotos na penúltima volta. Na última volta e praticamente na última curva ele ultrapassou Elliott Sadler e venceu a corrida. Matt Kenseth cruzou em 3° seguido por Kyle Busch em 4° e Joey Logano em 5° completando o top 5. Chase Elliot com 18 anos, 4  meses e 4 dias é o mais jovem piloto na história da Nascar a vencer duas corridas na Nationwide e tambem em Darlington. Com a vitória o novato sensação segue na liderança com 271 pontos, treze pontos à mais do que Regan Smith e vinte pontos à mais do que o terceiro colocado Elliott Sadler. A próxima etapa acontece daqui duas semanas em Richmond.

NASCAR NWS: 7° ETAPA - DARLINGTON - FINAL
1.(9) Chase Elliott, Chevrolet - 147 voltas (47 pontos)
2.(11) Elliott Sadler, Toyota - 147 voltas (43 pontos)
3.(20) Matt Kenseth, Toyota - 147 voltas
4.(54) Kyle Busch, Toyota - 147 voltas
5.(22) Joey Logano, Ford - 147 voltas
6.(42) Kyle Larson, Chevrolet - 147 voltas
7.(5) Kevin Harvick, Chevrolet - 147 voltas
8.(7) Regan Smith, Chevrolet - 147 voltas (36 pontos)
9.(6) Trevor Bayne, Ford - 147 voltas (35 pontos)
10.(3) Ty Dillon, Chevrolet - 147 voltas (34 pontos)
11.(2) Brian Scott, Chevrolet - 147 voltas (33 pontos)
12.(01) Landon Cassill, Chevrolet - 147 voltas (32 pontos)
13.(16) Ryan Reed, Ford - 147 voltas (31 pontos)
14.(28) J.J. Yeley, Dodge - 147 voltas (30 pontos)
15.(40) Josh Wise, Chevrolet - 147 voltas
16.(19) Mike Bliss, Toyota - 147 voltas (28 pontos)
17.(93) Mike Wallace, Dodge - 147 voltas (28 pontos)
18.(43) Dakoda Armstrong, Ford - 147 voltas (26 pontos)
19.(87) Kevin Lepage, Chevrolet - 147 voltas (25 pontos)
20.(4) Jeffrey Earnhardt Jr., Chevrolet - 147 voltas (24 pontos)
21.(14) Eric McClure, Toyota - 147 voltas (23 pontos)
22.(62) Brendan Gaughan, Chevrolet - 146 voltas (22 pontos)
23.(31) Dylan Kwasniewski, Chevrolet - 146 voltas (21 pontos)
24.(23) Carlos Contreras, Chevrolet - 145 voltas (20 pontos)
25.(99) James Buescher, Toyota - 144 voltas (19 pontos)
26.(52) Joey Gase, Chevrolet - 144 voltas (18 pontos)
27.(17) Tanner Berryhill, Dodge - 144 voltas (17 pontos)
28.(55) Todd Bodine, Chevrolet - 143 voltas
29.(70) Derrike Cope, Chevrolet - 141 voltas (15 pontos)
30.(76) Tommy Joe Martins, Dodge - 141 voltas (14 pontos)
31.(51) Jeremy Clements, Chevrolet - 137 voltas (13 pontos)
32.(33) Cale Conley, Chevrolet - 136 voltas
33.(74) Mike Harmon, Dodge - 136 voltas (11 pontos)
34.(60) Chris Buescher, Ford - 119 voltas (10 pontos)
35.(44) David Starr, Toyota - 67 voltas (9 pontos) Acidente
36.(13) Matt Carter, Toyota - 30 voltas (8 pontos) Câmbio
37.(39) Ryan Sieg, Chevrolet - 16 voltas (7 pontos) Acidente
38.(46) Matt DiBenedetto, Chevrolet - 7 voltas (6 pontos) super aquecimento
39.(91) Jeff Green, Toyota - 6 voltas (5 pontos) Freios
40.(10) Blake Koch, Toyota - 2 voltas (4 pontos) Vibração
----------------------------------------------------------------------------------------Nascar Nationwide Series 2014

UNITED SPORTSCAR CHAMPIONSHIP















Scott Pruett no protótipo Ford EcoBoost #01 conquista a pole em Long Beach.

por Luis Fernando Soares de Almeida

Com um grid reduzido em relação as duas primeiras etapas, acontece hoje a tarde em Long Beach a terceira etapa da United SportsCar Championship. Nas 24 Horas de Daytona tivemos 64 carros alinhados no grid de largada, nas 12 horas de Sebring foram 63 carros alinhados no grid. Para a corrida de logo mais a tarde teremos apenas 21 carros e duas categorias participando, a de Protótipos e GT Le Mans. Na categoria de protótipos a dupla Scott Pruett e Memo Rojas largam na pole position com uma volta de 1:15.325. Temos dois brasileiros largando no pelotão da frente. Osvaldo Negri Jr. junto com o seu companheiro de equipe John Pew largam na primeira fila na segunda posição. Christian Fittipaldi e João Barbosa abrem a segunda fila em 3°. Na categoria GT o carro que dominou os treinos foi o Corvette C7.R de Jan Magnussen e Antonio Garcia, o carro foi o único que conseguiu andar abaixo de 1 e 18. Apenas uma única Ferrari foi inscrita para essa etapa, a F458 Italia da dupla Giancarlo Fisichella e Dane Cameron, o carro foi apenas o sétimo mais rápido no grid da GT, aparentemente será uma batalha entre Corvettes, BMW Z4 e Porsche 911. O protótipo da Mazda novamente decepcionou e larga nas duas últimas posições do grid. A corrida terá duração de 1 hora e 40 minutos e tema a largada programada para as 14 horas de Brasília. Você pode acompanhar a corrida ao vivo e online no site oficial da categoria http://www.imsa.com/

USCC: 3° ETAPA - LONG BEACH - GRID DE LARGADA
1.(01-P) Scott Pruett/Memo Rojas, Ford EcoBoost/Riley - 1:15.325 (94.056mph)
2.(60-P) Pew/Oswaldo Negri Jr., Ford EcoBoosr/Riley - 1:15.366 (94.005mph)
3.(5-P) João Barbosa/Christian Fittipaldi, Corvette DP - 1:15.571 (93.750mph)
4.(42-P) Oliver Pla/Gustavo Yacaman, Nissan Morgan - 1:15.668 (93.630mph)
5.(10-P) Ricky Taylor/Jordan Taylor, Corvette DP - 1:15.743 (93.537mph)
6.(90-P) Richard Westbrook/Michael Valiante, Corvette DP - 1:15.952 (93.280mph)
7.(2-P) Ed Brown/Jeroen van Overbeek, HPD ARX-03b - 1:17.129 (91.857mph)
8.(1-P) Scott Sharp/Ryan Dalziel, HPD ARX-03b - 1:17.833 (91.026mph)
9.(3-GTLM) Jan Magnussen/Antonio Garcia, Corvette C7.R - 1:17.939 (90.902mph)
10.(55-GTLM) Bill Auberlein/Andy Priaulx, BMW Z4 GTE - 1:18.091 (90.725mph)
11.(56-GTLM) Dirk Müller/John Edwards, BMW Z4 GTE - 1:18.246 (90.545mph)
12.(4-GTLM) Oliver Gavin/Tommy Milner, Corvette C7.R - 1:18.489 (90.265mph)
13.(31-P) Nick Curran/Boris Said, Corvette DP - 1:18.549 (90.196mph)
14.(911-GTLM) Nic Tandy/Richard LIetz, Porsche 911 RSR - 1:18.574 (90.167mph)
15.(912-GTLM) Patrick Long/Michael Christensen, Porsche 911 RSR - 1:18.675 (90.051mph)
16.(62-GTLM) Giancarlo Fisichella/Dane Cameron, Ferrari F458 Italia - 1:19.037 (89.639mph)
17.(91-GTLM) Dominik Farnbacher/Mark Goosens/Bomarito, SRT Viper GTS-R - 1:19.223 (89.429mph)
18.(17-GTLM) Wolf Henzler/Bryan Sellers, Porsche 911 GT3 RSR - 1:19.270 (89.376mph)
19.(93-GTLM) Bomarito/Wittmer/Goosens, SRT Viper GTS-R - 1:19.980 (88.582mph)
20.(07-P) Miller/Tristan Nunez, Mazda Prototype - 1:25.331 (83.027mph)
21.(70-P) Sylvian Tremblay/Tom Long, Mazda Prototype - sem tempo
-----------------------------------------------------------------------------------------United Sports Car 2014

segunda-feira, 7 de abril de 2014

NASCAR SPRINT CUP















Joey Logano vence as 500 milhas do Texas em corriada adiada de domingo.

por Luis Fernando Soares de Almeida

Na última volta da corrida pela terceira vez na temporada da Sprint Cup um piloto vence ultrapassando o líder após a última relargada da prova. Joey Logano estava em terceiro na largada da repescagem. Rapidamente ele se livrou de Brian Vickers e começou a perseguição a Jeff Gordon que trocou apenas 2 pneus contra 4 de Logano. Com isso Joey Logano ultrapassou com certa facilidade e cruzou a linha de chegada em primeiro. Jeff Gordon manteve a segunda colocação. Kyle Busch venceu a batalha pelo terceiro lugar e logo atrás dele ficou Brian Vickers em 4°, o novato sensação Kyle Larson completou o top 5, foi o 3° top 10 do ano e o 2° top five. A corrida que estava marcada para acontecer inicialmente no domingo teve que ser adiada devido as fortes chuvas que castigaram o circuito durante toda a tarde de domingo. Dale Earnhadrt Jr. que já conquistou uma vitória e praticamente uma vaga no Chase saiu cedo da corrida quando o seu carro atingiu o muro interno do Oval do Texas, o carro de Junior chegou a se incendiar. Kevin Harvick que tambem já venceu na temporada teve seu motor quebrado logo após assumir a liderança da corrida por um breve período. A Sprint Cup continua no final de semana que vem em Darlington, nas 500 Milhas de Bojangle's Southern. 

NASCAR SPRINT CUP: 7° ETAPA - TEXAS - FINAL
1.(22) Joey Logano, Ford - 340 voltas (48 ptos.)
2.(24) Jeff Gordon, Chevrolet - 340 voltas (43 ptos.)
3.(18) Kyle Busch, Toyota - 340 voltas (42 ptos.)
4.(55) Brian Vickers, Toyota - 340 voltas (40 ptos.)
5.(42) Kyle Larson, Chevrolet - 340 voltas (39 ptos.)
6.(16) Greg Biffle, Ford - 340 voltas (38 ptos.)
7.(20) Matt Kenseth, Toyota - 340 voltas (37 ptos.)
8.(15) Clint Bowyer, Toyota - 340 voltas (37 ptos.)
9.(27) Paul Menard, Chevrolet - 340 voltas (35 ptos.)
10.(14) Tony Stewart, Chevrolet - 340 voltas (35 ptos.)
11.(5) Kasey Kahne, Chevrolet - 340 voltas (33 ptos.)
12.(43) Aric Almirola, Ford - 340 voltas (32 ptos.)
13.(11) Denny Hamlin, Toyota - 340 voltas (32 ptos.)
14.(99) Carl Edwards, Ford - 340 voltas (30 ptos.)
15.(2)  Brad Keselowski, Ford - 340 voltas (30 ptos.)
16.(31) Ryan Newman, Chevrolet - 340 voltas (28 ptos.)
17.(1) Jamie McMurray, Chevrolet - 340 voltas (27 ptos.)
18.(78) Martin Truex Jr., Chevrolet - 340 voltas (26 ptos.)
19.(21) Trevor Bayne, Ford - 339 voltas
20.(9) Marcos Ambrose, Ford - 339 voltas (24 ptos.)
21.(3) Austin Dillon, Chevrolet - 339 voltas (23 ptos.)
22.(38) David Gilliland, Ford - 339 voltas (22 ptos.)
23.(47) AJ Allmendinger, Chevrolet - 339 voltas (21 ptos.)
24.(51) Justin Allgaier, Chevrolet - 339 voltas (20 ptos.)
25.(48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 338 voltas (19 ptos.)
26.(17) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 338 voltas (18 ptos.)
27.(10) Danica Patrick, Chevrolet - 338 voltas (17 ptos.)
28.(13) Casey Mears, Chevrolet - 338 voltas (16 ptos.)
29.(7) Michael Annett, Chevrolet - 337 voltas (15 ptos.)
30.(95) Michael McDowell, Ford - 335 voltas (14 ptos.)
31.(26) Cole Whitt, Toyota - 335 voltas (13 ptos.)
32.(23) Alex Bowman, Toyota - 335 voltas (12 ptos.)
33.(36) Reed Sorenson, Chevrolet - 334 voltas (12 ptos.)
34.(40) Landon Cassill, Chevrolet - 334 voltas
35.(34) David Ragan, Ford - 334 voltas (9 ptos.)
36.(98) Josh Wise, Chevrolet - 333 voltas (8 ptos.)
37.(32) Travis Kvapil, Ford - 332 voltas (7 ptos.)
38.(35) David Reutimann, Ford - 332 voltas (6 ptos.)
39.(41) Kurt Busch, Chevrolet - 327 voltas (5 ptos.)(Acidente)
40.(30) Parker Kligerman, Toyota - 313 voltas (4 ptos.) superaqueciemnto
41.(77) Dave Blaney, Ford - 272 voltas (3 ptos.) abandono
42.(4) Kevin Harvick, Chevrolet - 28 voltas (3 ptos.) motor
43.(88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 12 voltas (1 pto.) Acidente
----------------------------------------------------------------------------------------------------------Nascar Sprint Cup 2014 

V8 SUPERCARS
















Mark Winterbottom vence a 3° corrida do final de semana em Winton.

por Luis Fernando Soares de Almeida

Mark Winterbottom venceu uma corrida em Winton nesse final de semana pelo segundo ano consecutivo e se tornou o sexto piloto diferente a vencer nesse ano e deu a primeira vitória da Ford na temporada. Foi uma vitória enfática sobre James Courtney e empurrou o piloto da equipe Ford Pepsi Max Crew para a segunda colocação, atrás apenas de Craig Lowndes da Red Bull Racing Australia. Tim Slade fechou o pódio da última e mais longa corrida do domingo. Abaixo voce confere os resultados completos das três corridas do final de semana e ao lado a classificação atualizada. 
V8 SUPERCARS: 4° ETAPA - WINTON 400 - 1° CORRIDA
1.Fabian Coulthard, Lockwood Racing (HC) - 34 voltas (53:3.9675)
2.Shane van Gisbergen, Team Tekno VIP Petfoods (HC) - 34 voltas
3.Dale Wood, Team Advam/GB (HC) - 34 voltas
4.Jason Bright, Team BOC (HC) - 34 voltas
5.Lee Holdsworth, Erebus Motorsport V8 (MB) - 34 voltas
6.Will Davison, Erebus Motorsport V8 (MB) - 34 voltas
7.Mark Winterbottom, Ford Pepsi Max Crew (FF) - 34 voltas
8.Craig Lowndes, Red Bull Rac Australia (HC) - 34 voltas
9.Jamie Whincup, Red Bull Rac Australia (HC) - 34 voltas
10.Russell Ingall, Repair Management Aust Racing (HC) - 34 voltas
11.David Reynolds, The Bottle-O Racing Team (HC) - 34 voltas
12.Chaz Mostert, Ford Pepsi Max Crew (FF) - 34 voltas
13.David Wall, Wilson Security Racing (FF) - 34 voltas
14.Scott Pye, Wilson Security Racing (FF) - 34 voltas
15.Garth Tander, Holden Racing Team (HC) - 34 voltas
16.Jack Perkins, Team JED-WEN (FF) - 34 voltas
17.Todd Kelly, Jack Daniel's Racing (NA) - 34 voltas
18.James Moffat, Norton Hornets (NA) - 34 voltas
19.Michel Caruso, Norton Hornets (NA) - 34 voltas
20.Rick Kelly, Jack Daniel's Racing (NA) - 34 voltas
21.Nick Percat, Walkinshaw Racing (HC) - 31 voltas
**Não terminaram a corrida**
-James Courtney, Holden Racing Team (HC) - 19 voltas
-Tim Slade, Superchaep Auto Racing (HC) - 19 voltas
-Scott McLaughlin, Valvoline Racing GRM (S60) - 6 voltas
-Robert Dahlgren, Valvoline Racing GRM (S60) - 0 voltas
V8 SUPERCARS: 4° ETAPA - WINTON 400 - 2° CORRIDA
1.Lee Holdsworth, Erebus Motorsport V8 (MB) - 34 voltas (48:27.5945)
2.Mark Winterbottom, Ford Pepsi Max Crew (FF) - 34 voltas
3.Fabian Coulthard, Lockwood Racing (HC) - 34 voltas
4.David Reynolds, The Bottle-O Racing Team (FF) - 34 voltas
5.David Wall, Wilson Security Racing (FF) - 34 voltas
6.James Moffat, Norton Hornets (NA) - 34 voltas
7.Jason Bright, Team BOC (HC) - 34 voltas
8.Will Davison, Erebus Motorsport V8 (MB) - 34 voltas
9.James Courtney, Holden Racing Team (HC) - 34 voltas
10.Chaz Mostert, Ford Pepsi Max Crew (FF) - 34 voltas
11.Tim Slade, Supercheap Auto Racing (HC) - 34 voltas
12.Scott Pye, Wilson Security Racing (FF) - 34 voltas
13.Dale Wood, Team Advam/GB (HC) - 34 voltas
14.Jack Perkins, Team JELD WEN (FF) - 34 voltas
15.Nick Percat, Walkinshaw Racing (HC) - 34 voltas
16.Craig Lowndes, Red Bull Racing Australia (HC) - 34 voltas
17.Michael CAruso, Norton Hornets (NA) - 34 voltas
18.Rick Kelly, Jack Daniel's Racing (NA) - 34 voltas
19.Jamie Whincup, Red Bull Racing Australia (HC) - 34 voltas
20.Shane van Gisbergen, Team Tekno VIP Petfoods (HC) - 34 voltas
21.Garth Tander, Holden Racing Team (HC) - 34 voltas
22.Russell Ingall, Repair Management Aust Racing (HC) - 34 voltas
23.Todd Kelly, Jack Daniel's Racing (NA) - 34 voltas
24.Robert Dahlgren, Valvoline Racing GRM (S60) - 34 voltas
25.Scott McLaughlin, Valvoline Racing GRM (S60) 31 voltas
V8 SUPERCARS: 4° ETAPA - WINTON 400 - 3° CORRIDA
1.Mark Winterbottom, Ford Pepsi Max Crew (FF) - 67 voltas
2.James Courtney, Holden Racing Team (HC) - 67 voltas
3.Tim Slade, Supercheap Auto Racing (HC)) - 67 voltas
4.Jason Bright, Team BOC (HC) - 67 voltas
5.David Reynolds, The Bottle-O Racing Team (FF) - 67 voltas
6.Chaz Mostert, Ford Pepsi Max Crew (FF) - 67 voltas
7.Craig Lowndes, Red Bull Racing Australia (HC) - 67 voltas
8.Michael Caruso, Norton Hornets (NA) - 67 voltas
9.James Moffat, Norton Hornets (NA) - 67 voltas
10.James Whincup, Red Bull Racing Australia (HC) - 67 voltas
11.Fabian Coulthard, Lockwood Racing (HC) - 67 voltas
12.Shane van Gisbergen, Team Tekno VIP Petfoods (HC) - 67 voltas
13.Todd Kelly, Jack Daniel's Racing (NA) - 67 voltas
14.Rick Kelly, Jack Daniel's Racing (NA) - 67 voltas
15.Lee Holdsworth, Erebus Motorsport V8 (MB) - 67 voltas
16.Scott McLaughlin, Valvoline Racing GRM (S60) - 67 voltas
17.Nick Percat, Walkinshaw Racing (HC) - 67 voltas
18.Will Davison, Erebus Motorsport V8 (MB) - 67 voltas
19.Scott Pye, Wilson Security Racing (FF) - 67 voltas
20.Russell Ingall, Repair Management Aust Racing (HC) - 67 voltas
21.Jack Perkins, Team JELD-WEN (FF) - 67 voltas
22.David Wall, Wilson Security Racing (FF) - 67 voltas
23.Garth Tander, Holden Racing Team (HC) - 66 voltas
24.Robert Dahlgren, Valvoline Racing GRM (S60) - 66 voltas
25.Dale Wood, Team Advam/GB (HC) - 62 voltas
------------------------------------------------------------------------------------------------V8 Supercars 2014

GP2
















Na abertura da temporada do GP2 um final de semana dificil para os brasileiros.

por Luis Fernando Soares de Almeida

Na primeira corrida de abertura da temporada 2014 da GP2, o novato protegido da McLaren,o belga Stoffel Vandoorme (ART Grand Prix) venceu em sua estréia na 1° corrida no Bahrain. Ele lideroou de ponta a ponta mostrando uma maturidade e calma incrível e cruzou a linha de chegada 1.5 segundos à frente do segundo colocado, o piloto da Carlin, Julian Leal. O pole position Jolyon Palmer fez uma  péssima largada e caiu para a 4° colocação após a primeira curva do circuito. O brasileiro Felipe Nasr (Carlin) foi punido após o treino de classificação e teve que largar da 11° posição, ele terminou num sólido 8° lugar. O outro brasileiro, o estreante André Negrão da equipe Arden International terminou apenas na 20° posição. O pódio da primeiro corrida ficou então com, Stoffel Vandoorme (ART Grand Prix) em primeiro, Julian Leal (Carlin) em segundo e Jolyon Palmer (DAMS) em terceiro. Na segunda corrida do final de semana, Jolyon Palmer se recuperou e venceu com Simon Trummer (Rapax) em segundo e Julian Leal (Carlin) fechando o pódio em 3°. O brasileiro Felipe Nasr se recuperou na segunda corrida e apesar de ter largado na pole position acabou na 4° colocação. André Negrão novamente ficou no pelotão de trás terminando a corrida apenas na 18° posição. O vencedor da primeira corrida Vandoorme terminou apenas na 22° colocação nessa segunda corrida. A segunda etapa do GP acontece nos dias 10 e 11 de Maio em Barcelona na Espanha.





















GP2: 1° ETAPA - BAHRAIN - CORRIDA 1

1.(10) Stoffel Vandoorme, ART Grand Prix - 32 voltas (59:57.411)
2.(4) Julian Leal, Carlin - 32 voltas (+1.551)
3.(7) Jolyon Palmer, DAMS - 32 voltas (+5.880)
4.(6) Stefano Coletti, Racing Engineering - 32 voltas (+6.317)
5.(26) Arthur Pic, Campos Racing - 32 voltas (+15.100)
6.(9) Takuya Izawa, ART Grand Prix - 32 voltas (+21.729)
7.(15) Simon Trummer, Rapax - 32 voltas (+21.979)
8.(3) Felipe Nasr, Carlin - 32 voltas (+24.425)
9.(16) Rene Binder, Arden International - 32 voltas (+24.861)
10.(14) Adrian Quaife-Hobbs, Rapax - 32 voltas (+26.194)
11.(20) Daniel De Jong, MP Motorsport - 32 voltas (+27.034)
12.(25) Conor Daly, Venezuela GP Lazarus - 32 voltas (+31.931)
13.(11) Daniel Abt, Hilmer Motorsport - 32 voltas (+36.231)
14.(1) Mitch Evans, RT Russian Time - 32 voltas (+36.997)
15.(2) Artem Markelov, RT Russian Time - 32 voltas (+41.030)
16.(18) Rio Haryanto, EQ8 Caterham Racing - 32 voltas (+41.714)
17.(21) Jon Lancaster, MP Motorsport - 32 voltas (+42.412)
18.(5) Raffaele Marciello, Racing Engineering - 32 voltas (+46.849)
19.(8) Stéphane Richelmi, DAMS - 32 voltas (+49.656)
20.(17) André Negrão, Arden International - 32 voltas (+62.346)
21.(23) Johnny Cecotto, Trident - 32 voltas (+73.454)
22.(19) Alexander Rossi, EQ8 Caterham Racing - 32 voltas (+94.560)
23.(24) Nathanael Berton, Venezuela GP Lazarus - 30 voltas (abandono)
24.(27) Kimiya Sato, Campos Racing - 27 voltas (abandono)
25.(22) Axcil Jefferies, Trident - 2 voltas (abandono)
26.(12) Facu Regalia, Hilmer Motorsport - 0 voltas (abandono)





















GP2: 1° ETAPA - BAHRAIN - CORRIDA 2

1.(7) Jolyon Palmer, DAMS - 23 voltas (41:02.484)
2.(15) Simon Trummer, Rapax - 23 voltas (+0.809)
3.(4) Julian Leal, Carlin - 23 voltas (+1.430)
4.(3) Felipe Nasr, Carlin - 23 voltas (+8.719)
5.(8) Stéphane Richelmi, DAMS - 23 voltas (+16.416)
6.(14) Adrian Quaife-Hobbs, Rapax - 23 voltas (+17.680)
7.(1) Mitch Evans, RT Russian Time - 23 voltas (+18.012)
8.(16) Rene Binder, Arden International - 23 voltas (+19.791)
9.(26) Arthur Pic, Campos Racing - 23 voltas (+19.977)
10.(2) Artem Markelov, RT Russian Time - 23 voltas (+20.678)
11.(20) Daniel De Jong, MP Motorsport - 23 voltas (+21.086)
12.(9) Takuya Izawa, ART Grand Prix - 23 voltas (+21.713)
13.(11) Daniel Abt, Hilmer Motorsport - 23 voltas (+29.171)
14.(23) Johnny Cecotto, Trident - 23 voltas (+33.500)
15.(21) Jon Lancaster, MP Motorsport - 23 voltas (+34.017)
16.(18) Rio Haryanto, EQ8 Caterham Racing - 23 voltas (+35.778)
17.(24) Nathanael Berton, Venezuela GP Lazarus - 23 voltas (+38.028)
18.(17) André Negrão, Arden International - 23 voltas (+38.524)
19.(27) Kimiya Sato, Campos Racing - 23 voltas (+39.439)
20.(12) Facu Regalia, Hilmer Motorsport - 23 voltas (+44.065)
21.(22) Axcil Jefferies, Trident - 23 voltas (+48.583)
22.(10) Stoffel Vandoorme, ART Grand Prix - 23 voltas (+49.324)
23.(6) Stefano Coletti, Racing Engineering - 23 voltas (+1 volta)
24.(5) Raffaele Marciello, Racing Engineering - 22 voltas (+1 volta)
25.(19) Alexander Rossi, EQ8 Caterham Racing - 22 voltas (+1 volta)
26.(25) Conor Daly, Venezuela GP Lazarus - 16 voltas (abandono)
--------------------------------------------------------------------------------------------GP2 Series 2014

domingo, 6 de abril de 2014

FÓRMULA UM


Lewis Hamilton da Mercedes vence a sua segunda corrida do ano após uma batalha épica com o seu companheiro de equipe Nico Rosberg.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Lewis Hamilton venceu o seu companheiro de equipe Nico Rosberg depois de uma longa disputa na terceira etapa disputada nesse domingo no Baharain, os dois pilotos trocaram de posição na liderança da corrida em inúmeras ocasiões, no final Hamilton levou a melhor cruzando a linha de chegada apenas um segundo à frente de Rosberg. Logo na largada Hamilton pulou na frente superando Rosberg na primeira curva, os dois logo abriram uma boa vantagem sobre o resto do grid. A diferença entre os dois compostos de pneus, médio e macios se mostrou praticamente inexistente o que surpreendeu as equipes. Hamilton entrou na volta No.19 para a primeira troca de pneus, ele manteve os pneus macios, Rosberg entrou duas voltas mais tarde e trocou por pneus de composto médio o que na teoria lhe daria mais tempo na pista em relação a Hamilton. Quando Lewis Hamilton abriu quase 10 segundos de vantagem sobre o segundo colocado, um acidente entre Pastor Maldonado (Lotus) e Esteban Gutierrez (Sauber) forçou uma bandeira amarela e a entrada do carro de segurança na pista. Maldonado saiu do pitlane e foi diretamente para o carro de Gutierrez acertando a Sauber na lateral. A Sauber do mexicano capotou e ficou de cabeça para baixo, apesar do acidente espetacular o piloto saiu ileso. O venezuelano Maldonado foi punido com uma parada de 10 segundos nos boxes, e a perda de 5 posições no grid de largada para a próxima etapa. O safety-car ficou na pista por 5 voltas, Hamilton liderava com Rosberg em 2° e o mexicano Sergio Perez da Force India na terceira colocação. Lewis Hamilton segurou brilhantemente os ataques de Nico Rosberg e se manteve na primeira colocação. Sergio Perez fez uma ótima corrida e conquistou o primeiro pódio da Force India desde 2009. Nico Hulkenberg tambem da Force India poderia ter conseguido um resultado melhor se não tivesse realizado três paradas nos boxes contra apenas duas da Red Bull, que permitiu que Daniel Ricciardo terminasse à frente dele na 4° colocação. O atual campeão Sebastian Vettel da Red Bull terminou apenas na 6° colocação seguido por Felipe Massa (Williams) em 7°, Valtteri Bottas (Williams) em 8°, Fernando Alonso (Ferrari) em 9° e fechando o top 10 e a zona de pontuação Kimi Räikkonen (Ferrari). O dia foi negro para a equipe McLaren. Jenson Button e Kevin Magnussen tiveram problemas mecânicos e abandonaram a corrida. Nico Rosberg (Mercedes) continua na liderança do campeonato com 61 pontos, Lewis Hamilton (Mercedes) tem 11 pontos a menos e está com 50 pontos na segunda colocação. Nico Hulkenberg da Force India agora é o terceiro colocado do campeonato com dois pontos à frente de Fernando Alonso da Ferrari. Daqui duas semanas acontece a 4° etapa da temporada em Shanghai na China. 

FÓRMULA 1: 3° ETAPA - GP DO BAHRAIN - FINAL
1.(44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:39.42.743 (25 pontos)
2.(6) Nico Rosberg, Mercedes - +1.0s (18 pontos)
3.(11) Sergio Perez, Force India-Mercedes - +24.0s (15 pontos)
4.(3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing-Renault - +24.4s (12 pontos)
5.(27) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - +28.6s (10 pontos)
6.(1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - +29.8s (8 pontos)
7.(19) Felipe Massa, Williams-Mercedes - +31.2s (6 pontos)
8.(77) Valtteri Bottas, Williams-Mercedes - +31.8s (4 pontos)
9.(14) Fernando Alonso, Ferrari - +32.5s (2 pontos)
10.(7) Kimi Räikkonen, Ferrari - +33.4s (1 ponto)
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
11.(26) Daniil Kyvat, Toro Rosso-Renault - +41.3s
12.(8) Romain Grosjean, Lotus-Renault - +43.1s
13.(4) Max Chilton, Marussia-Ferrari - +59.9s
14.(13) Pastor Maldonado, Lotus-Renault - +62.8s
15.(10) Kamui Kobayashi, Caterham-Renault - +87.9s
16.(17) Jules Bianchi, Marussia-Ferrari - +1 volta
17.(22) Jenson Button, McLaren-Mercedes - abandono
18.(20) Kevin Magnussen, McLaren-Mercedes - abandono
19.(21) Estaban Gutierrez, Sauber-Ferrari - acidente
20.(9) Marcus Ericsson, Caterham-Renault - vazamento de óleo
21.(25) Jean-Eric Vergne, Toro Rosso-Renault - acidente
22.(99) Adrian Sutil, Sauber-Ferrari - acidente
-------------------------------------------------------------------------------------------//Fórmula 1 2014

sábado, 5 de abril de 2014

FÓRMULA UM

Mercedes conquista a terceira pole consecutiva da temporada, dessa vez com o alemão Nico Rosberg no Bahrain.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Pela terceira vez seguida na temporada um piloto da equipe Mercedes conquistou a pole position para uma corrida. Nesse sábado em Sakhir, Nico Rosberg conquistou a primeiro do ano, o seu companheiro Lewis Hamilton que tinha conquistado a pole nas duas corridas anteriores larga ao lado dele na primeira fila. Apesar da melhora desde 2013 das equipes pequenas como Caterham e Marussia, os seus pilotos foram eliminados no Q1 junto com a Lotus de Pastor Maldonado e a Sauber de Adrian Sutil. No Q2 o aborrecido Sabastian Vettel da Red Bull foi eliminado, a sua volta de 1:34.985 não foi suficiente para se classificar para o Q3. Fernando Alonso da Ferrari também sofreu no Q2 e só conseguiu ficar em 10°. Os elimados além de Vettel foram: Nico HUlkenberg da Force India, Daniil Kyvat e Jean-Eric Vergne da Torro Rosso e Romain Grosjean da Lotus. Na segunda fila Daniel Ricciardo da Red Bull larga em 3° e Valtteri Bottas da Williams foi o 4° mais rápido fazendo um excelente treino. Sergio Perez da Force India abre a terceira fila na 5° posição tendo ao lado dele em 6° Kimi Räikkonen da Ferrari. Jenson Button da McLaren em 7° e Felipe Massa da Williams em 8° formam a 4° fila. Confira abaixo como ficou o grid de largada da etapa do Bahrain que tem largada marcada para as 12 horas desse domingo.

FÓRMULA 1: 3° ETAPA - GP DO BAHRAIN - FINAL
1.(#6) Nico Rosberg, Mercedes - 1:33.180 (12 voltas)
2.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:33.464 (12 voltas)
3.(#3) Daniel Ricciardo, Toro Rosso-Renault - 1:34.051 (16 voltas)
4.(#77) Valtteri Bottas, Williams-Mercedes - 1:34.247 (15 voltas)
5.(#11) Sergio Perez, Force India-Mercedes - 1:34.346 (19 voltas)
6.(#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - 1:34.368 (15 voltas)
7.(#22) Jenson Button, McLaren-Mercedes - 1:34.387 (17 voltas)
8.(#19) Felipe Massa, Williams-Mercedes - 1:34.511 (14 voltas)
9.(#20) Kevin Magnussen, McLaren-Mercedes - 1:34.712 (17 voltas)
10.(#14) Fernando Alonso, Ferrari - 1:34.992 (17 voltas)
-------------------------------------------------------Q3
11.(#1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - 1:34.723 (9 voltas)
12.(#27) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - 1:35.116 (12 voltas)
13.(#26) Daniil Kyvat, Toro Rosso-Renault - 1:35.145 (14 voltas)
14.(#25) Jean-Eric Vergne, Toro Rosso-Renault - 1:35.286 (14 voltas)
15.(#21) Estaban Gutierrez, Sauber-Ferrari - 1:35.891 (14 voltas)
16.(#8) Romain Grosjean, Lotus-Renault - 1:35.908 (10 voltas)
-------------------------------------------------------Q2
17.(#13) Pastor Maldonado, Lotus-Renault - 1:36.663 (7 voltas)
18.(#99) Adrian Sutil, Sauber-Ferrari - 1:36.840 (5 voltas)
19.(#10) Kamui Kobayashi, Caterham-Renault - 1:37.085 (6 voltas)
20.(#17) Jules Bianchi, Marussia-Ferrari - 1:37.310 (7 voltas)
21.(#9) Marcus Ericsson, Caterham-Renault - 1:37.875 (7 voltas)
22.(#4) Max Chilton, Marussia-Ferrari - 1:37.913 (6 voltas)
-------------------------------------------------------------------------------------------//Fórmula 1 2014

domingo, 30 de março de 2014

FÓRMULA UM


Lewis Hamilton consegue a sua primeira vitória do ano em Kuala Lumpur na Malásia.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A Mercedes continua dominando esse inicio de temporada na fórmula um, nesse domingo Lewis Hamilton venceu de ponta a ponta sem dificuldades e sem ser ameaçado a corrida inteira. Na largada o britânico manteve a liderança e dali em diantes foi abrindo vantagem para o segundo colocado, o seu companheiro de equipe Nico Rosberg e cruzou a linha de chegada 17 segundos à frente de Rosberg. O campeão Sebastian Vettel da Red Bull fez uma ótima corrida e conseguiu a 3° posição do pódio, dessa vez o seu companheiro de equipe Daniel Ricciardo teve que abandonar a prova com problemas em seu carro. O brasileiro Felipe Massa da Williams teve uma ótima largada ganhando 3 posições logo na primeira curva. Massa terminou na 7° colocação com o seu companheiro de equipe, o finlândes Valtteri Bottas logo atrás dele em 8°. A McLaren fez uma corrida regular e colocou novamente os seus dois pilotos na zona de pontuação, Jenson Button chegou em 6° e o novato Kevin Magnussen terminou na 9° colocação. Fernando Alonso da Ferrari chegou em 4° e Nico Hulkenberg da Force India em 5°. Fechando a zona de pontuação veio o novato russo Daniil Kyvat da Toro Rosso. Foi uma corrida sem muita disputa e se esperava muito mais da prova, inclusive com a expectativa criada em torno de uma possivel chuva que não veio. Sergio Perez da Force Indie e Adrian Sutil da Sauber abandonaram a corrida com problemas na unidade de potência. Confira abaixo como ficou o resultado final da segunda etapa da fórmula um.






















F1: 2° ETAPA - KUALA LUMPUR, MALÁSIA - FINAL

1.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 56 voltas (1:40.25.974) 25pts.
2.(#6) Nico Rosberg, Mercedes - +17.3s, 18 ptos.
3.(#1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - +24.5s, 15 ptos.
4.(#14) Fernando Alonso, Ferrari - +35.9s, 12 ptos.
5.(#27) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - +47.1s, 12 ptos.
6.(#22) Jenson Button, McLaren-Mercedes - +83.6s, 10 ptos.
7.(#19) Felipe Massa, Williams-Mercedes - +85.0s, 8 ptos.
8.(#77) Valtteri Bottas, Williams-Mercedes - +85.5s, 4 ptos.
9.(#20) Kevin Magnussen, McLaren-Mercedes - +1 volta, 2 ptos.
10.(#26) Daniil Kyvat, Toro Rosso-Renault - +1 voltas, 1 pto.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------
11.(#8) Romain Grosjean, Lotus-Renault - +1 volta
12.(#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - +1 volta
13.(#10) Kamui Kobayashi, Caterham-Renault - +1 volta
14.(#9) Marcus Ericsson, Caterham-Renault - +2 voltas
15.(#4) Max Chilton, Marussia-Ferrari - +2 voltas
**Abandonos**
16.(#3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing-Renault - abandono
17.(#21) Esteban Gutierrez, Sauber-Ferrari - câmbio
18.(#99) Adrian Sutil, Sauber-Ferrari - Unidade de Potência
19.(#25) Jean-Eric Vergne, Toro Rosso-Renault - Turbo
20.(#17) Jules Bianchi, Marussia-Ferrari - Acidente
21.(#13) PAstor Maldonado, Lotus-Renault - Unidade de Potência
22.(#11) Sergio Perez, Force India-Mercedes - Câmbio
---------------------------------------------------------------------------------------------------//Fórmula 1 2014

sábado, 29 de março de 2014

FÓRMULA UM

Mercedes larga na frente novamente, Lewis Hamilton conquistou a 2° pole consecutiva do ano na Malásia.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Após quase 50 minutos de atraso devido à chuva pesada que caiu no inico do treino, finalmente tivemos ação na pista encharcada de Kuala Lumpur na Malásia. A chuva pesada caiu 35 minutos antes do inicio do treino e atrasou o treino. Quando as condições estavam aceitáveis as duas Mercedes lideraram o grupo de carros que entrou primeiro na pista. Os primeiros a falharem na passagem para o Q2, foram os dois carros da Marussia e da Caterham e Pastor Maldonado da Lotus e Adrian Sutil em uma das Saubers. A chuva continuou caindo forte no Q2 mesmo assim Kimi Raikkonen e Fernando Alonso optaram por pneus intermediários, o que claramente foi um erro. Alonso estava lento na pista e numa curva o russo Daniil Kyvat da Toro Rosso tentou ultrapassar o espanhol que acabou batendo no carro de Kyvat, a suspensão dianteira do carro de Alonso sofreu danos e teve que ser trocado parte de sua estrutura nos boxes. A direção da corrida resolveu interromper o treino com uma bandeira vermelha para recolher pedaços do carro de Kyvat. Foram apenas 6 minutos de paralisação e a equipe de mecânicos da Ferrari fez um ótimo trabalho e colocaram Alonso em condições de disputar a pole novamente. O finlandês Valtteri Bottas insistiu com pneus intermediários após o reinicio do treino. No Q2 Lewis Hamilton da Mercedes foi o mais rápido marcando um tempo de 1:59.041s seguido por Sebastian Vettel da Red Bull Racing com 1:59.445s. Na última volta do Q2 depois que o tempo já tinha expirado Jean-Eric Vergne da Toro Rosso garantiu a sua vaga no top 10 do Q3. Estaban Gutierrez da Sauber, Daniil Kyvat da Toro Rosso foram eliminado. Felipe Massa da Williams tambem não conseguiu passar para o Q3 e larga apenas na 13° colocação, a chuva definitivamente não foi uma coisa boa para a equipe Williams. Kyvat larga em 11° e Gutierrez em 12°. O mexicano Sergio Perez da Force India larga na 14° posição seguido pelo finlandês Valtteri Bottas da Williams em 15° e Romain Grosjean da Lotus em 16°. Na parte final do Q3 a McLaren arriscou com pneus intermediários mas Kevin Magnussen logo avisou a equipe pelo rádio que seria impossível permanecer na pista e entrou logo antes de completar a primeira volta rápida para trocar os pneus. Lewis Hamilton fez uma volta de 1:59.431s que foi suficiente para conquistar a pole position já que a chuva novamente apertou na parte final do treino. Sebastian Vettel finalmente conseguiu um bom treino e mostrou que é um ótimo piloto em condições adversos ele larga na primeira fila ao lado de Hamilton com um tempo de 1:59.486, apenas 5 centésimos acima do tempo de Hamilton. Alonso e Rosberg travaram uma batalha feroz pela terceira colocação, Alonso estava na frente mas na última tentativa Nico Rosberg desbancou o espanhol conquistando a 3° colocação do grid. Acompanhe abaixo como ficou o grid de largada para a 2° etapa da temporada. A largada esta marcada para as cinco horas de domingo, se a chuva deixar. 

FÓRMULA 1: 2° ETAPA - KUALA LUMPUR, MALÁSIA
1.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 1:59.431 (22 voltas)
2.(#1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - 1:59.486 (20 voltas)
3.(#6) Nico Rosberg, Mercedes - 2:00.050 (23 voltas)
4.(#14) Fernando Alonso, Ferrari - 2:00.175 (22 voltas)
5.(#3) Daniel Ricciardo, Red Bull Racing-Renault - 2:00.541 (20 voltas)
6.(#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - 2:01.218 (21 voltas)
7.(#27) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - 2:01.712 (23 voltas)
8.(#20) Kevin Magnussen, McLaren-Mercedes - 2:02.213 (20 voltas)
9.(#25) Jean-Eric Vergne, Toro Rosso-Renault - 2:03.078 (23 voltas)
10.(#22) Jenson Button, McLaren-Mercedes - 2:04.053 (22 voltas)
------------------------------------------------------------------------------------Q3
11.(#26) Daniil Kyvat, Toro Rosso-Renault - 2:02.351 (16 voltas)
12.(#21) Esteban Gutierrez, Sauber-Ferrari - 2:02.369 (16 voltas)
13.(#19) Felipe Massa, Williams-Mercedes - 2:02.460 (16 voltas)
14.(#11) Sergio Perez, Force India-Mercedes - 2:02.511 (15 voltas)
15.(#77) Valtteri Bottas, Williams-Mercedes - 2:02.756 (17 voltas)
16.(#8) Romain Grosjean, Lotus-Renault - 2:02.885 (17 voltas)
------------------------------------------------------------------------------------Q2
17.(#13) Pastor Maldonado, Lotus-Renault - 2:02.074 (8 voltas)
18.(#99) Adrian Sutil, Sauber-Ferrari - 2:02.131 (7 voltas)
19.(#17) Jules Bianchi, Marussia-Ferrari - 2:02.702 (8 voltas)
20.(#10) Kamui Kobayashi, Caterham-Renault - 2:03.595 (8 voltas)
21.(#4) Max Chilton, Marussia-Ferrari - 2:04.388 (8 voltas)
22.(#9) Marcus Ericsson, Caterham-Renault - 2:04.407 (7 voltas)
------------------------------------------------------------------------------------------------------//Fórmula 1 2014

NASCAR SPRINT CUP













Kyle Busch conquista a sua primeira pole position da carreira em Martinsville.

por Luis Fernando Soares de Almeida

Kyle Busch fez a volta mais rápida no treino de classificação para as 500 Mmilhas de Martinsville batendo o seu companheiro de equipe Denny Hamlin e conquistando a sua primeira pole position da carreira no oval de Martinsville. Busch foi o único piloto a rodar abaixo dos 19 segundos ele conseguiu 18.998 segundos e uma velocidade máxima de 99.674 milhas por hora em sua segunda volta. Confira abaixo como ficou o grid de largada para a prova da Sprint Cup em Martinsville nesse domingo. A corrida tem inicio marcado para as 14 horas desse domingo, o canal FOX Sports 2 HD anuncia a transmissão ao vivo para todo o Brasil.

NASCAR SPRINT CUP: 6°ETAPA - MARTINSVILLE STP500
1.(18) Kyle Busch, Toyota M&M's - 99.674 mph
2.(11) Denny Hamlin, Toyota FedEx Freight - 99.548 mph
3.(22) Joey Logano, Ford Shell Pennzoil - 99.428 mph
4.(48) Jimmie Johnson, Chevrolet Lowe's - 99.178 mph
5.(24) Jeff Gordon, Chevrolet Axalta - 99.048 mph
6.(20) Matt Kenseth, Toyota Dollar General - 99.048 mph
7.(14) Tony Stewart, Chevrolet Mobil 1 - 98.883 mph
8.(99) Carl Edwards, Ford Fastenal - 98.846 mph
9.(1) Jamie McMurray, Chevrolet McDonald's - 98.625 mph
10.(10) Danica Patrick, Chevrolet GoDaddy/Get Found - 98.165 mph
11.(16) Greg Biffle, Ford 3M - 97.764 mph
12.(15) Clint Bowyer, Toyota 5-Hour Energy - 97.382 mph
13.(55) Brian Vickers, Toyota Aaron's Dream Machine - 97.965 mph
14.(2) Brad Keselowski, Ford Miller Lite - 98.929 mph
15.(47) A.J Allmendinger, Chevrolet Bush's Beans - 98.888 mph
16.(31) Ryan Newman, Chevrolet Quicken Loans - 98.877 mph
17.(9) Marcos Ambrose, Ford DeWalt - 98.712 mph
18.(4) Kevin Harvick, Chevrolet Budweiser - 98.707 mph
19.(23) Alex Bowman, Toyota Dr. Pepper Toyota Camry - 98.661 mph
20.(43) Aric Almirola, Ford STP - 98.625 mph
21.(27) Paul Menard, Chevrolet Pittsburgh Paints/Menards - 98.610 mph
22.(41) Kurt Busch, Chevrolet Haas Automation - 98.610 mph
23.(13) CAsey Mears, Chevrolet No.13 GEICO Chevrolet SS - 98.599 mph
24.(34) David Ragan, Ford Taco Bell - 98.599 mph
25.(51) Justin Allgaier, Chevrolet AccuDoc Solutions - 98.430 mph
26.(88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet Diet Mountain Dew - 98.379 mph
27.(5) Kasey Kahne, Chevrolet Farmer'ss Insurance - 98.359 mph
28.(42) Kyle Larson, Chevrolet Target - 98.333 mph
29.(32) Travis Kvapil, Ford Keen Parts/SK Tools - 98.246 mph
30.(17) Ricky Stenhouse Jr., Ford Ford EcoBoost - 98.206 mph
31.(78) Martin Truex Jr., Chevrolet Furniture Row - 98.200 mph
32.(95) Michael McDowell, Ford Triangle Office Equipment - 98.002 mph
33.(98) Josh Wise, Chevrolet Phil Parsons Racing - 97.957 mph
34.(3) Austin Dillon, Chevrolet Dow - 97.886 mph
35.(26) Cole Whitt, Toyota Swan Energy - 97.820 mph
36.(40) Landon Cassill, Chevrolet CBC Brakleen-Fiberlock - 97.759 mph
37.(33) David Stremme, Chevrolet No.33 Mace Brands - 97.684 mph
38.(83) Ryan Truex, Toyota - Borla Exhaust Toyota Camry - 97.598 mph
39.(38) David Gilliland, Ford - Long John Silver's - 97.458 mph
40.(7) Michael Annett, Chevrolet Pilot/Flying J - 97.217 mph
41.(30) Parker Kligerman, Toyota Swan Energy - 97.078 mph
42.(36) Reed Sorenson, Chevrolet TBA - 97.053 mph
43.(66) Joe Nemechek, Toyota Land Castle Title - 96.332 mph
-----------------------------------------------------------------------------------------//Nascar Sprint Cup 2014

segunda-feira, 24 de março de 2014

NASCAR SPRINT CUP














Kyle Busch vence em Fontana num final emocionante pela Sprint Cup.

por Luis Fernando Soares de Almeida

Kyle Busch conseguiu a sua primeira vitória na temporada na Sprint Cup de maneira emocionante. Um acidente no finalzinho da corrida causou uma prorrogação, a maioria dos carros entrou para trocar os pneus, alguns pilotos trocaram apenas 2 pneus enquanto outros ficaram na pista e não trocaram os pneus. Kyle Busch entrou nos boxes e trocou os quatro pneus. A estratégia deu certo, na relargada ficou claro que os carros que optaram pela troca dos quatro pneus chegariam na frente. Kyle Busch na penúltima volta, ultrapassou Kurt Busch e Tony Stewart, Kyle Larson veio atrás dele e os dois travaram uma disputa épica na última volta. Larson pressionou bastante mas Busch chegou a dar uma fechada por dentro de uma curva e garantiu a vitória. Tony Stewart cruzou em 3° e Kurt Busch em quarto. O pole position Matt Kenseth veio em 5° seguido de: Jamie McMurray, Brian Vickers, A.J. Allmendinger, Paul Menard e Carl Edwards fechando o Top 10. Foi a segunda vitória seguida de Kyle Busch em Fontana, a 3° da história nessa pista e a 29° de sua carreira na Sprint Cup. Jimmie Johnson que parecia que venceria com tranquilidade a corrida, com apenas 7 voltas para terminar a corrida teve um pneu dianteiro furado assim como aconteceu com Brad Keselowski, Marcos Ambrose, Kevin Harvick e Clint Bowyer, um festival de falhas nos pneus, algo que precisa ser investigado. A próxima etapa acontece em Martinsville no domingo. 

NASCAR SPRINT CUP: 5° ETAPA - FONTANA, CALIFORNIA
1.(18) Kyle Busch, Toyota - 206 voltas (47 pontos)
2.(42) Kyle Larson, Chevrolet - 206 voltas (42 pontos)
3.(41) Kurt Busch, Chevrolet - 206 voltas (42 pontos)
4.(20) Matt Kenseth, Toyota - 206 voltas (41 pontos)
5.(14) Tony Stewart, Chevrolet - 206 voltas (39 pontos)
6.(1) Jamie McMurray, Chevrolet - 206 voltas (38 pontos)
7.(55) Brian Vickers, Toyota - 206 voltas (38 pontos)
8.(47) A.J. Allmendinger, Chevrolet - 206 voltas (36 pontos)
9.(27) Paul Menard, Chevrolet - 206 voltas (35 pontos)
10.(99) Carl Edwards, Ford - 206 voltas (34 pontos)
11.(3) Austin Dillon, Chevrolet - 206 voltas (33 pontos)
12.(88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 206 voltas (32 pontos)
13.(24) Jeff Gordon, Chevrolet - 206 voltas (32 pontos)
14.(10) Danica Patrick, Chevrolet - 206 voltas (30 pontos)
15.(13) Casey Mears, Chevrolet - 206 voltas (29 pontos)
16.(15) Clint Bowyer, Toyota - 206 voltas (29 pontos)
17.(11) Sam Hornish Jr., Toyota - 206 voltas
18.(26) Cole Whitt, Toyota - 206 voltas (26 pontos)
19.(7) Michael Annett, Chevrolet - 206 voltas (25 pontos)
20.(31) Ryan Newman, Chevrolet - 206 voltas (25 pontos)
21.(36) Reed Sorenson, Chevrolet - 206 voltas (24 pontos)
22.(23) Alex Bowman, Toyota - 206 voltas (22 pontos)
23.(78) Martin Truex Jr., Chevrolet - 206 voltas (21 pontos)
24.(48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 206 voltas (22 pontos)
25.(40) Landon Cassill, Chevrolet - 205 voltas
26.(2) Brad Keselowski, Ford - 205 voltas (19 pontos)
27.(34) David Ragan, Ford - 205 voltas (18 pontos)
28.(51) Justin Allgaier, Chevrolet - 205 voltas (16 pontos)
29.(35) David Reutimann, Ford - 205 voltas (16 pontos)
30.(9) Marcos Ambrose, Ford - 205 voltas (14 pontos)
31.(83) Ryan Truex, Toyota - 205 voltas (13 pontos)
32.(66) Joe Nemechek, Toyota - 205 voltas
33.(32) Travis Kvapil, Ford - 205 voltas (11 pontos)
34.(17) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 204 voltas (10 pontos)
35.(33) Brian Scott, Chevrolet - 204 voltas
36.(4) Kevin Harvick, Chevrolet - 204 voltas (8 pontos)
37.(98) Josh Wise, Chevrolet - 204 voltas (7 pontos)
38.(38) David Gilliland, Ford - 202 voltas (7 pontos)
39.(22) Joey Logano, Ford - 195 voltas (5 pontos)
40.(16) Greg Biffle, Ford - 193 voltas (4 pontos)
41.(5) Kasey Kahne, Chevrolet - 180 voltas (3 pontos)
42.(30) Parker Kligerman, Toyota - 85 voltas (2 pontos)(Acidente)
43.(43) Aric Almirola, Ford - 68 voltas (1 ponto)(Acidente)
----------------------------------------------------------------------------------------//Nascar Sprint Cup 2014

STOCK CAR BRASIL














Em dia histórico para a Stock Car, Felipe Fraga e Rodrigo Sperafico vencem em Interlagos.

por Luis Fernando Soares de Almeida, fotos de André Lemes, Duda Bairros e Fernanda Freixosa

A inédita prova da Stock Car foi um sucesso. Com uma pista molhada em Interlagos a corrida foi bem movimentada e o formato inédito na Stock agradou público e pilotos. A prova de 50 minutos contava com dois pilotos em cada carro, o piloto que disputa o campeonato e um convidado. Vários nomes internacionais participaram da prova, e 2 deles conseguiram chegar ao pódio. O grande destaque da prova foi o jovem piloto do Tocantis, Felipe Fraga que com apenas 18 anos e na sua estréia na categoria conseguiu a vitória junto com o seu parceiro, o experiente Rodrigo Sperafico. Fraga foi o campeão do Campeonato Brasileiro de Turismo do ano passado e já fez história na sua primeira prova pela Stock Car. Felipe Fraga começou na pilotagem no carro que se mostrou o mais rápido do final de semana, mas na largada ele foi ultrapassado por dois carros e caiu para a 4° colocação. Mesmo assim Fraga mostrou poder de recuperação e logo na segunda volta já tinha recuperado a 2° colocação ultrapassando Daniel Serra e Valdeno Brito. A largada foi realizada com o carro de segurança na pista devido a chuva que não era tão forte mas por precaução a direção da prova optou pela largada dessa maneira. Logo nas primeiras voltas após a largada, Rubens Barrichello causou um forte acidente, ele forçou demais no 'S' do Senna e tocou a lateral do carro de Denis Navarro, os dois carros sairam da pista, mas quando Navarro tentou voltar ele acabou rodando e ficando com o carro atravessado no meio da pista. Vitor Genz e Ricardo Zonta bateram forte no carro de Navarro, Max Wilson tambem foi envolvido no acidente , apenas Zonta voltou para a disputa. Antes da largada Thiago Camilo teve problemas em seu câmbio e sequer largou trazendo muita frustração para a sua equipe e o seu piloto convidado, Lucas DiGrassi. Na 13° volta foi aberta a janela para troca de pneus, reabastecimento e troca de pilotos. Felipe Fraga ficou na pista no inicio da abertura dos boxes e assumiu a liderança da corrida. Ele fez um ótimo trabalho rodando rápido nessas voltas e quando entrou para as trocas, Rodrigo Sperafico voltou na liderança da corrida devido ao ótimo trabalho realizado pela equipe no pitlane. Rodrigo Sperafico não teve trabalho duro para manter a liderança e abriu uma confortável vantagem sobre o segundo colocado, o holândes Jeroen Bleekemolen, convidado de Valdeno Brito que cruzou na segunda posição há pouco mais de 1 segundo e meio. Fechando o pódio veio Mauro Giallombardo, convidado de Marcos Gomes. A corrida teve a presença de pilotos estrangeiros como Mark Winterbottom da V8 Supercars Australiana, Alessandro Pier Guidi, Nelsinho Piquet os argentinos Juan Manuel Silva e Gabriel Pnce de Léon, Miguel Molina da DTM, Oswaldo Negri que disputad a United Sports Cars, o veterano Chico Serra, Bruno Senna entre outros. Confira abaixo como ficou o resultado final da corrida de abertura da temporada que promete bastante.


















STOCK CAR: 1° ETAPA - INTERLAGOS, SÃO PAULO
1.Felipe Fraga/Rodrigo Sperafico - 52:56.982
2.Valdeno Brito/Jeroen Bleekemolen - 53:02.885
3.Marcos Gomes/Mauro Giallombardo, a 00:53:07.786
4.Sergio Jimenez/Mark Winterbottom, a 00:53:08.041
5.Daniel Serra/Alessandro Pier Guidi, a 00:53:14.931
6.Átila Abreu/Nelson Piquet Jr, a 00:53:15.692
7.Cacá Bueno/Juan Manuel Silva, a 00:53:15.917
8.Tuka Rocha/Craig Dolby, a 00:53:19.071
9.Rubens Barrichello/Augusto Farfus, a 00:53:22.256
10.Popó Bueno/Gabriel Ponce de Léon, a 00:53:24.914
11.Julio Campos/Fabio Carbone, a 00:53:29.081
12.Galid Osman/Cesar Ramos, a 00:53:33.148
13.Nonô Figueiredo/Miguel Molina, a 00:53:34.053
14.Ricardo Mauricio/Oswaldo Negri, a 00:53:35.757
15.Bia Figueiredo/Duda Pamplona, a 00:53:47.152
16.Luciano Burti/Ricardo Rosset, a 00:53:52.421
17.Raphael Matos/Felipe Maluhy, a 00:53:57.304
18.Felipe Lapenna/Chico Serra, a 00:53:57.901
19.Gabriel Casagrande/Enrique Bernoldi, a 00:53:58.540
20.Lucas Foresti/Antonio Jorge Neto, a 00:53:58.575
21.Antonio Pizzonia/Bruno Senna, a 00:54:01.518
22.Felipe Tozzo/Claudio Ricci, a 00:54:03.922
23.Fabio Fogaça/David Muffato, a 00:54:07.804
24.Ricardo Zonta/Diego Aventin, a 00:54:08.547
25.Rafael Suzuki/Giuliano Losacco, a 00:54:15.520
26.Diego Nunes/Jaime Melo, a 00:39:55.503
27.Beto Cavaleiro/Fabio Carreira, a 00:35:25.941
28.Vitor Genz/Vitor Meira, a 00:13:12.521
29.Denis Navarro/Alvaro Parente, a 00:10:03.937
30.Max Wilson/Dean Canto, a 00:10:08.173
31.Allam Khodair/Bruno Junqueira, a 00:10:09.443
32.Alceu FeldmannRoberto Merhi, a 00:08:12.980
33.Thiago Camilo/Lucas Di Grassi abandonaram


--------------------------------------------------------------------------------------------//Stock Car Brasil 2014

NASCAR NATIONWIDE SERIES















Kyle Larson consegue a sua primeira vitória na Nascar pela Nationwide.

por Luis Fernando Soares de Almeida

O jovem e talentoso piloto Kyle Larson conseguiu a sua primeira vitória de sua carreira nesse sábado (22/03) pela Nationwide no oval de Fontana na Califórnia. Quando faltavam apenas 50 voltas para terminar a corrida várias nuvens cobriam o céu na região do circuito, mas a chuva não veio. Larson, que já tinha conseguido em cinco oportunidades terminar na segunda colocação em 37 corridas pela Nationwide, conquistou a liderança da corrida na volta No. 135 e sobreviveu à uma intensa batalha entre Kyle Busch e Kevin Harvick para vencer pela primeira vez na série, ele cruzou a linha de chegada três décimos de segundos à frente de Harvick, que superou Busch por apenas 4 milésimos de segundos. Joey Logano que liderou 96 voltas veio em 4° seguido pelo pole position Elliott Sadler que fechou o top 5. Completaram os 10 primeiros, Chase Elliott em 6°, Matt Kenseth em 7°, Ty Dillon em 8°, Trevor Bayne em 9° e Regan Smith na 10° colocação. Regan Smith e Trevor Bayne estão empatados na liderança do campeonato após cinco etapas.

NASCAR NATIONWIDE: 5° ETAPA, FONTANA, CALIFÓRNIA
1.(42) Kyle Larson, Chevrolet - 150 voltas
2.(5) Kevin Harvick, Chevrolet - 150 voltas
3.(54) Kyle Busch, Toyota - 150 voltas
4.(22) Joey Logano, Ford - 150 voltas
5.(11) Elliott Sadler, Toyota - 150 voltas (39 pontos)
6.(9) Chase Elliott, Chevrolet - 150 voltas (39 pontos)
7.(20) Matt Kenseth, Toyota - 150 voltas
8.(3) Ty Dillon, Chevrolet - 150 voltas (36 pontos)
9.(6) Trevor Bayne, Ford - 150 voltas (35 pontos)
10.(7) Regan Smith, Chevrolet - 150 voltas (34 pontos)
11.(31) Dylan Kwasniewski, Chevrolet - 150 voltas (33 pontos)
12.(2) Brian Scott, Chevrolet - 150 voltas (33 pontos)
13.(98) David Ragan, Ford - 150 voltas
14.(60) Chris Buescher, Ford - 150 voltas (30 pontos)
15.(62) Brendan Gaughan, Chevrolet - 150 voltas (29 pontos)
16.(99) James Buescher, Toyota - 150 voltas (28 pontos)
17.(16) Ryan Reed, Ford - 149 voltas (27 pontos)
18.(19) Mike Bliss, Toyota - 149 voltas (26 pontos)
19.(93) J.J. Yeley, Dodge - 149 voltas (25 pontos)
20.(43) Dakoda Armstrong, Ford - 148 voltas (24 pontos)
21.(28) Mike Wallace, Dodge - 148 voltas (23 pontos)
22.(39) Ryan Sieg, Chevrolet -  148 voltas (22 pontos)
23.(4) Jeffrey Earnhardt, Chevrolet - 147 voltas (21 pontos)
24.(44) David Starr, Toyota - 147 voltas (20 pontos)
25.(14) Eric McClure, Toyota - 146 voltas (19 pontos)
26.(52) Joey Gase, Chevrolet - 145 voltas (18 pontos)
27.(87) Daryl Harr, Chevrolet - 145 voltas (17 pontos)
28.(70) Derrike Cope, Chevrolet - 143 voltas (16 pontos)
29.(23) Carlos Contreras, Chevrolet - 140 voltas (15 pontos)
30.(74) Kevin Lepage, Dodge - 140 voltas (14 pontos)
31.(17) Tanner Berryhill, Dodge - 131 voltas (13 pontos)
32.(24) Jason White, Toyota - 128 voltas (12 pontos)
33.(40) Josh Wise, Chevrolet - 126 voltas
34.(55) Jamie Dick, Chevrolet - 126 voltas (10 pontos)
35.(01) Landon Cassill, Chevrolet - 108 voltas (9 pontos)
36.(51) Jeremy Clements, Chevrolet - 107 voltas (8 pontos)
37.(46) Matt DiBenedetto, Chevrolet - 8 voltas (7 pontos)
38.(79) Carl Long, Toyota - 7 voltas
39.(10) Blake Koch, Toyota - 6 voltas (5 pontos)
40.(91) Jeff Green, Toyota - 4 voltas
--------------------------------------------------------------------------------//Nascar Nationwide Series 2014

segunda-feira, 17 de março de 2014

FÓRMULA UM













Nico Rosberg vence de maneira dominante na abertura da F1 em Melbourne.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A era dos novos motores turbo 1.6 teve inicio na madrugada desse domingo (16/03) com o Grande Prêmio da Austrália. A corrida começou de maneira dramática para alguns pilotos importantes. O pole position Lewis Hamilton largou muito mal e foi ultrapassado por Daniel Ricciardo da Red Bull e pelo seu companheiro de equipe Nico Rosberg que assumiu a liderança da corrida na primeira curva e de lá não mais saiu. Na terceira volta da corrida Lewis Hamilton trouxe o seu carro para os boxes e abandonou a corrida, mais tarde a equipe Mercedes revelou que um dos cilindros de seu motor queimou, fazendo com que o motor perdesse muita potência. O atual campeão Sebastian Vettel tambem abandonou cedo a corrida. Já na formação do grid, Vettel reclamava com a sua equipe pelo rádio que o motor Renault do seu carro estava sem potência, ele abandonou após 3 voltas apenas. A primeira largada teve que ser adiada, por causa da falha no carro de Jules Bianchi da Marussia, mais cedo ainda o outro carro da Marussia, de Max Chilton tambem apresentou problemas os dois carros se juntaram a Romain Grosjean da Lotus que largou do pitlane. Outro problema na largada, esse mais grave foi o acidente do japônes Kamui Kobayashi da Caterham. Kobayashi fez uma grande largada ao lado do finlândes Valtteri Bottas da Williams. Infelizmente Kobayashi errou o ponto de frenagem e com isso travou os seus freios, primero teve um contato com a Ferrari de Kimi Räikkonen e depois atropelou a Williams do brasileiro Felipe Massa na curva um, era fim de corrida para ambos os pilotos. Valtteri Bottas da Williams foi o showman da corrida, ele fez várias ultrapassagens ousadas, uma delas por fora pra cima de Räikkonen da Ferrari na 8° volta. O desempenho do carro da Williams era impressionante, o finlândes acabou exagerando na dose e quando lutava pela 6° posição deixou o carro sair um pouco na curva 10 e acabou acertando a roda traseira do lado direito no muro de proteção, causando um furo no pneu e danos na roda tambem. Um pedaço da roda do carro de Bottas ficou na pista causando a entrada do carro de segurança para retirar a peça da pista. A corrida teve a sua relargada na 16° volta e Rosberg abriu logo vantagem sobre os demais pilotos. Daniel Ricciardo na Red Bull teve um segundo lugar confortável durante a maior parte da corrida, apenas na parte final foi duramente pressionado pelo novato Kevin Magnussen da McLaren que fez uma ótima estréia na F1. Jenson Button da McLaren fez uma sólida corrida e conseguiu um ótimo 4° lugar, ficando à frente de Nico Hulkenberg da Force India e de Fernando Alonso da Ferrari. Alonso conseguiu ultrapassar Hulkenberg numa parada nos boxes terminando a corrida na 5° colocação. Kimi Räikkonen teve uma corrida decepcionante apesar disso terminou na zona de pontuação na 8° posição. Valtteri Bottas na super veloz Williams ainda terminou em 6° mesmo com todos os problemas apresentados na corrida por causa da batida no muro. Nico Hulkenberg da Force India veio em 7°, Jean-Eric Vergne da Toro Rosso em 9° e outro estreante o russo Daniil Kyvat em 10°. A próxima etapa da F1 acontece na Malásia no dia 30 desse mês. 
** Após o término da corrida a primeira decisão da FIA surpreendeu todo mundo. O piloto australiano Daniel Ricciardo da Red Bull Racing foi eliminado da corrida por problemas no combustível do carro, com isso o mexicano Sergio Perez da Force India herdou a última colocação na zona de pontuação ficando em 10°.






















F1: 1° ETAPA - GRANDE PRÊMIO DA AUSTRÁLIA - FINAL

1.(#6) Nico Rosberg, Mercedes-Mercedes - 57 voltas (1:32.58.710)(25 ptos.)
2.(#20) Kevin Magnussen, McLaren-Mercedes - 57 voltas (+26.7s)(18 ptos.)
3.(#22) Jenson Button, McLaren-Mercedes - 57 voltas (+30.0s)(15 ptos.)
4.(#14) Fernando Alonso, Ferrari - 57 voltas (+35.2s)(12 ptos.)
5.(#77) Valtteri Bottas, Williams-Mercedes - 57 voltas (+47.6s)(10 ptos.)
6.(#27) Nico Hulkenberg, Force India-Mercedes - 57 voltas (+50.7s)(8 ptos.)
7.(#7) Kimi Räikkonen, Ferrari - 57 voltas (+57.6s)(6 ptos.)
8.(#25) Jean-Eric Vergne, Toro Rosso-Renault - 57 voltas (+60.4s)(4 ptos)
9.(#26) Daniil Kyvat, Toro Rosso-Renault - 57 voltas (+63.5s)(2 ptos.)
10.(#11) Sergio Perez, Force India-Mercedes - 57 voltas (+85.9s)(1 pto.)
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
11.(#99) Adrian Sutil, Sauber-Ferrari - 56 voltas (+1 volta)
12.(#21) Esteban Gutierrez, Sauber-Ferrari - 56 voltas (+1 volta)
13.(#4) Max Chilton, Marussia-Ferrari - 55 voltas (+2 voltas)
14.(#17) Jules Bianchi, Marussia-Ferrari - 49 voltas (+8 voltas)
--- ABANDONOS ---
15.(#8) Romain Grosjean, Lotus-Renault - 43 voltas (ERS)
16.(#13) Pastor Maldonado, Lotus-Renault - 29 voltas (ERS)
17.(#9) Marcus Ericsson, Caterham-Renault - 27 voltas (Pressão de Óleo)
18.(#1) Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault - 3 voltas (Potência)
19.(#44) Lewis Hamilton, Mercedes - 2 voltas (Motor)
20.(#19) Felipe Massa, Williams-Mercedes - 0 voltas (acidente)
21.(#10) Kamui Kobayashi, Caterham-Renault - 0 voltas (acidente)
---------------------------------------------------------------------------------------------------//Fórmula 1 2014