terça-feira, 3 de março de 2015

FÓRMULA 1

Fernando Alonso esta fora da etapa de abertura da F1 na Austrália.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Depois de sofrer um acidente com a sua McLaren na pré-temporada em Barcelona, o espanhol Fernando Alonso anunciou que não disputará a primeira etapa da temporada na Austrália. O acidente que aparentemente não teve grandes consequências, o espanhol acabou ficando internado por 3 dias devido à uma concussão. A recuperação é um processo lento e já foi iniciada pelo piloto que espera estar liberado para a segunda etapa em Kuala Lumpur na Malásia. A recomendação médica é que ele corre um risco de sofrer uma segunda concussão o que seria muito pior. A McLaren soltou um comunicado em seu site "Os médicos de Fernando Alonso recomendaram que devido a concussão sofrida no acidente em 22 de Fevereiro, ele deve limitar os riscos inerentes do ambiente da F1 que poderiam resultar em outra concussão muito cedo. O afastamento é para minimizar as chances do piloto sofrer síndrome do segundo impacto, isso é um tratamento padrão para atletas que sofreram concussões. Por isso o aconselhamento médico para que ele não participe do Grande Prêmio da Austrália". A McLaren já definiu que o seu substituto será Kevin Magnussen que fará dupla com Jenson Button. 
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2015

domingo, 1 de março de 2015

V8 SUPERCARS CHAMPIONSHIP


James Courtney vence a 3° corrida do final de semana em Adelaide e lidera o campeonato.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Na abertura do campeonato Australiano de carros de Turismo, o V8 Supercars Championship James Courtney da equipe HRT acabou o final de semana na liderança. Na primeira corrida ele terminou na 10° colocação, a viória foi fo campeão Jamie Whincup da equipe Triple Eight. Na 2° corrida ele conquistou o podio chegando na 2° colocação, a vitória foi de Fabian Coulthard da equipe Brad Jones. Finalmente na última corrida Courtney largou na pole e após uma disputa ferrenha com Shane Van Gisbergen ele prevaleceu e cruzou a linha de chegada em primeiro com Gisbergen (Tekno) logo atrás e Garth Tander da equipe HRT fechando o pódio da última corrida em Adelaide. A próxima etapa da V8 acontece junto com a abertura da temporada da Fórmula 1 no dia 15 de Março em Melbourne. 





















V8 SUPERCARS: 1° ETAPA, CLIPSAL 500 ADELAIDE CORRIDA 1
1.(1) Jamie Whincup, Red Bull Racing Australia - 33 voltas
2.(6) Chaz Mostert, Pepsi Max Crew - 33 voltas
3.(14) Fabian Coulthard, Freightliner Racing - 33 voltas
4.(888) Craig Lowndes, Red Bull Racing Australia - 33 voltas
5.(5) Mark Winterbottom, Pepsi Max Crew - 33 voltas
6.(97) Shane van Gisbergen, Team Tekno Darrell Lea - 33 voltas
7.(2) Garth Tander, Holden Racing Team - 33 voltas
8.(47) Tim Slade, Supercheap Auto Racing - 33 voltas
9.(18) Lee Holdsworth, Walkinshaw Performance - 33 voltas
10.(22) James Courtney, Holden Racing Team - 33 voltas
11.(99) James Moffat, Nissan Motorsport - 33 voltas
12.(8) Jason Bright, Team BOC - 33 voltas
13.(55) David Reynolds, The Bottle-O Racing Team - 33 voltas
14.(7) Todd Kelly, Nissan Motorsports - 33 voltas
15.(15) Rick Kelly, NIssan Motorsports - 33 voltas
16.(17) Marcos Ambrose, DJR Team Penske - 33 voltas
17.(34) David Wall, Wilson Security Racing GRM - 33 voltas
18.(222) Nick Percat, Repair Management Aust Racing - 33 voltas
19.(3) Tim Blanchard, Team Cooldrive - 33 voltas
20.(4) Ash Walsh, Erebus Motorsport V8 - 33 voltas
21.(23) Michael Caruso, Nissan Motorsport - 33 voltas
22.(21) Dale Wood, Team GB Galvanizing - 33 voltas
23.(111) Andre Heimgartner, Super Black Racing - 32 voltas
24.(9) Will Davison, Erebus Motorsport V8 - 28 voltas (abandono)
25.(33) Scott McLaughlin, Wilson Security Racing GRM - não largou























V8 SUPERCARS: 1° ETAPA, CLIPSAL 500 ADELAIDE CORRIDA 2
1.(14) Fabian Coulthard, Freightliner Racing - 39 voltas
2.(22) James Courtney, Holden Racing Team - 39 voltas
3.(888) Craig Lowndes, Red Bull Racing Australia - 39 voltas
4.(2) Garth Tander, Holden Racing Team - 39 voltas
5.(8) Jason Bright, Team BOC - 39 voltas
6.(15) Rick Kelly, Nissan Motorsport - 39 voltas
7.(99) James Moffat, Nissan Motorsport - 39 voltas
8.(4) Ash Walsh, Erebus Motorsport - 39 voltas
9.(33) Scott McLaughlin, Wilson Security Racing GRM - 39 voltas
10.(18) Lee Holdsworth, Walkinshaw Perfromance - 39 voltas
11.(5) Mark Winterbottom, Pepsi Max Crew - 39 voltas
12.(7) Todd Kelly, Nissan Motorsport - 39 voltas
13.(97) Shane van Gisbergen, Team Tekno Darrell Lea - 39 voltas
14.(222) Nick Percat, Repair Management Aust Racing - 39 voltas
15.(34) David Wall, Wilson Security Racing GRM - 39 voltas
16.(17) Marcos Ambrose, DJR Team Penske - 39 voltas
17.(55) David Reynolds, The Bottle-O Racing Team - 39 voltas
18.(21) Dale Wood, Team GB Galvanizing - 39 voltas
19.(3) Tim Blanchard, Team Cooldrive - 39 voltas
20.(111) Andre Heimgartner, Super Black Racing Australia - 39 voltas
21.(1) Jamie Whincup, Red Bull Racing Australia - 39 voltas
22.(47) Tim Slade, Supercheap Auto Racing - 25 voltas (abandono)
23.(23) Michael Caruso, Nissan Motorsport - 16 voltas (abandono)
24.(6) Chaz Mostert, Pepsi Max Crew - 3 voltas (abandono)
25.(9) Will Davison, Erebus Motorsport V8 - 0 voltas (abandono)





















V8 SUPERCARS: 1° ETAPA, CLIPSAL 500 ADELAIDE CORRIDA 3
1.(22) James Courtney, Holden Racing Team - 78 voltas
2.(97) Shane van Gisbergen, Team Tekno Darrell Lea - 78 voltas
3.(2) Garth Tander, Holden Racing Team - 78 voltas
4.(1) Jamie Whincup, Red Bull Racing Australia - 78 voltas
5.(5) Mark Winterbottom, Pepsi Max Crew - 78 voltas
6.(14) Fabian Coulthard, Freightliner Racing - 78 voltas
7.(15) Rick Kelly, Nissan Motorsport - 78 voltas
8.(47) Tim Slade, Supercheap Auto Racing - 78 voltas
9.(888) Craig Lowndes, Red Bull Racing Australia - 78 voltas
10.(7) Todd Kelly, Nissan Motorsport - 78 voltas
11.(8) Jason Bright, Team BOC - 78 voltas
12.(17) Marcos Ambrose, DJR Team Penske - 78 voltas
13.(21) Dale Wood, Team GB Galvanizing - 78 voltas
14.(23) Michael Caruso, Nissan Motorsport - 78 voltas
15.(55) David Reynolds, The Bottle-O Racing Team - 78 voltas
16.(34) David Wall, Wilson Security Racing GRM - 78 voltas
17.(3) Tim Blanchard, Team Cooldrive - 78 voltas
18.(33) Scott McLaughlin, Wilson Security Racing GRM - 74 voltas
19.(9) Will Davison, Erebus Motorsport V8 - 73 voltas
20.(222) Nick Percat, Repair Management Aust Racing - 70 voltas
21.(111) Andre Heimgartner, Super Black Racing - 62 voltas
22.(6) Chaz Mostert, Pepsi Max Crew - 77 voltas (abandono)
23.(99) James Moffat, Nissan Motorsport - 77 voltas (abandono)
24.(18) Lee Holdsworth, Wlakinshaw Performance - 31 voltas (abandono)
25.(4) Ash Walsh, Erebus Motorsport V8 - 22 voltas (abandono)
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------V8 Supercars Championship 2015

NASCAR XFINITY SERIES
















Kevin Harvick vence a prova da Xfinity em Atlanta.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A segunda etapa da Xfinity Series da Nascar foi totalmente dominado por pilotos da Sprint Cup, sempre estiveram na frente Joey Logano e Kevin Harvick, no final prevaleceu o atual campeão da Sprint que levou mais uma vitória na Xfinity Series. Foi a terceira vitória seguida de Kevin Harvick no circuito de Atlanta e a 4° no geral. Ele venceu pela 45° vez na série. Foi a primeira vitória de Dave Elenz como chefe de equipe também. Na última relargada da corrida, na volta No.140 Harvick segurou o ataque de Logano e venceu as 250 milhas de Atlanta. Depois que Logano desenvolveu uma vibração em sua roda traseira do lado esquerdo, Harvick pulou na frente e cruzou a linha de chegada com 1.2 segundos de vantagem sobre Logano. O primeiro piloto que pontua na Xfinity Ty Dillon chegou em 3° seguido de Chris Buescher em 4° e o atual campeão da Xfinity Chase Elliott em 5°. Joey Logano largou na pole position e dominou a corrida até a primeira etapa de parada nos boxes ainda sob bandeira verde. Na primeira parada Logano perdeu tempo por problemas em sua roda dianteira do lado direito. Chris Buescher lidera o campeonato com 83 pontos. Confira abaixo como terminou a corrida.

XFINITY SERIES: 2° ETAPA - 250 ATLANTA - FINAL
1.(88) Kevin Harvick, Chevrolet - 163 voltas
2.(22) Joey Logano, Ford - 163 voltas
3.(3) Ty Dillon, Chevrolet - 163 voltas
4.(60) Chris Buescher, Ford - 163 voltas
5.(9) Chase Elliott, Chevrolet - 163 voltas
6.(33) Paul Menard, Chevrolet - 163 voltas
7.(2) Brian Scott, Chevrolet - 163 voltas
8.(20) Matt Kenseth, Toyota - 163 voltas
9.(7) Regan Smith, Chevrolet - 163 voltas
10.(42) Kyle Larson, Chevrolet - 163 voltas
11.(6) Darrell Wallace Jr., Ford - 162 voltas
12.(62) Brendan Gaughan, Chevrolet - 162 voltas
13.(54) Erik Jones, Toyota - 161 voltas
14.(18) Daniel Suarez, Toyota - 161 voltas
15.(98) Sam Hornish Jr., Ford - 161 voltas
16.(16) Ryan Reed, Ford - 161 voltas
17.(01) Landon Cassill, Chevrolet - 161 voltas
18.(1) Elliott Sadler, Ford - 160 voltas
19.(28) J.J. Yeley, Toyota - 160 voltas
20.(43) Dakoda Armstrong, Ford - 160 voltas
21.(51) Jeremy Clements, Chevrolet - 160 voltas
22.(8) Blake Koch, Toyota - 160 voltas
23.(39) Ryan Sieg, Chevrolet - 159 voltas
24.(4) Ross Chastain, Chevrolet - 159 voltas
25.(19) Mike Bliss, Toyota - 159 voltas
26.(44) David Starr, Toyota - 159 voltas
27.(25) John Wes Tonwley, Chevrolet - 156 voltas
28.(24) Eric McClure, Toyota - 156 voltas
29.(15) Chris Cockrum, Chevrolet - 156 voltas
30.(52) Joey Gase, Chevrolet - 155 voltas
31.(13) Cody Ware, Dodge - 153 voltas
32.(55) Jeffrey Earnhardt, Chevrolet - 144 voltas
33.(90) Jimmy Weller III, Chevrolet - 140 voltas
34.(0) Harrison Rhodes, Chevrolet - 130 voltas
35.(14) Cale Conley, Toyota - 128 voltas (motor)
36.(70) Derrike Cope, Chevrolet - 128 voltas
37.(74) Mike Harmon, Dodge - 92 voltas (motor)
38.(97) Josh Reaume, Chevrolet - 28 voltas (probl. elétricos)
39.(40) Carl Long, Toyota - 19 voltas (vibração)
40.(89) Morgan Shepherd, Chevrolet - 2 voltas (suspensão)
------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Nascar Xfinity Series 2015

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

FÓRMULA 1
















Felipe Massa foi o mais rápido na primeira sessão em Barcelona.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Na primeira sessão de treino em Barcelona, o brasileiro Felipe Massa da Williams foi o mais rápido. Os próximos 4 dias serão os últimos da pré-temporada antes do inicio do campeonato da Fórmula 1. Massa foi o mais rápido com um tempo de 1:23.500s, Marcus Ericsson da Sauber foi o 2° com 1:24.276s. O bi-campeão Lewis Hamilton da Mercedes ficou em 3° com 1:24.881s. O espanhol Fernando ALonso da McLaren não participou da sessão e parece que não irá participar de nenhum dia dos treinos. Confira abaixo os resultados.

FÓRMULA 1: BARCELONA - 1° DIA - PRÉ-TEMPORADA
1.Felipe Massa, Williams - 1:23.500s
2.Marcus Ericsson, Sauber - 1:24.276s
3.Lewis Hamilton, Mercedes - 1:24.881s
4.Daniil Kyvat, Red Bull - 1:25.947s
5.Romain Grosjean, Lotus - 1:26.177s
6.Kimi Räikkonen, Ferrari - 1:26.327s
7.Carlos Sainz Jr., Toro Rosso - 1:26.962s
8.Jenson Button, McLaren - 1:31.479s
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2015  

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

NASCAR SPRINT CUP


















Joey Logano vence a sua primeira Daytona 500.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Joey Logano que em 2009 se tornou o mais novo vencedor da Nascar, então com 19 anos, surgiu como lider na relargada na prorrogação e segurou a pressão do campeão Kevin Harvick para vencer pela primeira vez as 500 Milhas de Dayton e entrar para o livro de recordes da Nascar. Além de vencer uma das corridas mais importantes do ano, Logano já garante a sua vaga no Chase. O vencedor do ano passado Dale Earnhardt Jr., terminou em terceiro, por um momento na corrida parecia que Dale Jr., venceria. Denny Hamlin e Jimmie Johnson completaram o cinco primeiros colocados. Jeff Gordon que largou na pole position liderou a corrida em seis oportunidades por 87 voltas, acabou sendo envolvido num acidente na última volta da corrida, ele ainda conseguiu cruzar a linha de chegada na 33° posição, uma despedida melancólica para o veterano que já declarou que se aposenta no final dessa temporada. A última relargada veio após uma interrupção de 6 minutos depois do acidente de Justin Allgaier que deixou muito óleo na pista. O acidente mais grave aconteceu na última volta, o "Big One" teve 8 carros envolvidos no acidente. 

NASCAR SPRINT CUP: 1° ETAPA - DAYTONA 500 - FINAL
1.(22) Joey Logano, Ford - 203 voltas
2.(4) Kevin Harvick, Chevrolet - 203 voltas
3.(88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 203 voltas
4.(11) Denny Hamlin, Toyota - 203 voltas
5.(48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 203 voltas
6.(13) Casey Mears, Chevrolet - 203 voltas
7.(15) Clint Bowyer, Toyota - 203 voltas
8.(78) Martin Truex Jr. Chevrolet - 203 voltas
9.(5) Kasey Kahne, Chevrolet - 203 voltas
10.(16) Greg BIffle, Ford - 203 voltas
11.(38) David Gilliland, Ford - 203 voltas
12.(9) Sam Hornish Jr., FOrd - 203 voltas
13.(46) Michael Annett, Chevrolet - 203 voltas
14.(3) Austin Dillon, Chevrolet - 203 voltas
15.(43) Aric Almirola, Ford - 203 voltas
16.(41) Regan Smith, Chevrolet - 203 voltas
17.(34) David Ragan, Ford - 203 voltas
18.(18) Matt Crafton, Toyota - 203 voltas
19.(83) Johnny Sauter, Toyota - 203 voltas
20.(47) AJ Allmendinger, Chevrolet - 203 voltas
21.(10) Danica Patrick, Chevrolet - 203 voltas
22.(35) Cole Whitt, Ford - 203 voltas
23.(19) Carl Edwards, Toyota - 203 voltas
24.(32) Bobby Labonte, Ford - 203 voltas
25.(27) Paul Menard, Chevrolet - 203 voltas
26.(55) Michael Waltrip, Toyota - 203 voltas
27.(1) Jamie McMurray, Chevrolet - 203 voltas
28.(33) Ty Dillon, Chevrolet - 203 voltas
29.(17) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 203 voltas
30.(6) Trevor Bayne, Ford - 203 voltas
31.(95) Michael McDowell, Ford - 203 voltas
32.(44) Reed Sorenson, Chevrolet - 203 voltas
33.(24) Jeff Gordon, Chevrolet - 203 voltas
34.(42) Kyle Larson, Chevrolet - 202 voltas (acidente)
35.(20) Matt Kenseth, Toyota - 202 voltas
36.(66) Mike Wallace, Toyota - 199 voltas
37.(51) Justin Allgaier, Chevrolet - 197 voltas (acidente)
38.(31) Ryan Newman, Chevrolet - 184 voltas
39.(21) Ryan Blaney, Ford - 175 voltas (motor)
40.(23) J.J. Yeley, Toyota - 161 voltas
41.(2) Brad Keselowski, Ford - 160 voltas (motor)
42.(14) Tony Stewart, Chevrolet - 72 voltas (acidente)
43.(40) Landon Cassill, Chevrolet - 18 voltas (motor)
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Nascar Sprint Cup 2015

domingo, 22 de fevereiro de 2015

FÓRMULA 1

Fernando Alonso sofre acidente e é transportado de Helicoptero para o Hospital.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Nesse domingo de manhã no 4° dia da pré-temporada em Barcelona, o espanhol Fernando Alonso da McLaren, sofreu um acidente na curva 3 onde ele perdeu o controle e bateu no muro interno do circuito. Ele estava consciente e falando, mas foi levado ao centro médico pela ambulância onde depois foi transferido para o Hospital de helicóptero para uma melhor avaliação. O acidente aconteceu na 21° volta do espanhol quando ele estava com o quinto melhor tempo. A McLaren perdeu os primeiras horas do treino por problemas em seus motores que foram bastante trabalhados no periodo da noite. Alonso só teria trabalho no periodo da manhã. 
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2015

NASCAR XFINITY SERIES


Ryan Reed vence de maneira emocionante na abertura da Xfinity Series da Nascar.
por Luis Fernando Soares de Almeida

A temporada começou muito bem para a Nascar, na sexta a noite tivemos uma excelente prova na Truck series e ontem a noite pela Xfinity (antiga Nationwide) tivemos uma prova emocionante. A última volta foi digna de fortes emoções. Após um sério acidente envolvendo vários carros onde Kyle Busch se lesionou mais seriamente quebrando a parte inferior de sua perna direita e o seu pé direito tambem, na relargada Brad Keselowski cruzou na liderança quando a bandeira branca foi acionada indicando a última volta da corrida. Aric Almirola tocou em Kyle Larson que saiu da pista, Keselowski derrepente estava sozinho e liderando, mas num belo movimento Ryan Reed mergulhou por dentrou e assumiu a liderança da corrida à poucos metros da bandeira quadriculada. O companheiro de equipe de Reed, Chris Buescher tambem superou Keselowski e cruzou a linha de chegada na 2° colocação à apenas 0.89 segundos, em terceiro veio Ty Dillon, em 4° Austin Dillon e fechando o top five Brad Keselowski que por alguns segundos parecia que seria o vencedor da corrida. O drama da corrida aconteceu na volta No. 112 onde num Big One envolvendo 10 carros, Kyle Busch perdeu o controle do seu carro e bateu de frente violentamente no muro de proteção interno do oval de Daytona. A equipe médica chegou rapidamente ao local do acidente quando Busch já estava tentando sair pela janela do seu Toyota, ele foi colocado no chão e claramente deu para perceber que algo estava errado com uma de suas pernas. Busch foi imediatamente transportado par o Centro Médico de Halifax para uma melhor avaliação. O dono de sua equipe, Joe Gibbs disse que devido a ausência de Busch na corrida de domingo pela Sprint Cup, Matt Crafton sera o seu substituto. será a primeira corrida da Sprint Cup desde 2001 que não contará com nenhum dos irmãos Busch. O atual campeão da Xfinity, Chase Elliott foi uma inocente vítima do primeiro big one da corrida na volta no.93 que envolveu 13 carros, mesmo assim após reparos em seu carro ele seguiu na corrida. O golpe final para Elliott veio no acidente da volta 112 obrigando o piloto a abandonar a corrida, foi a primeira vez em 34 corridas que Elliott não terminou uma prova. O estreante Darrell Wallace Jr. terminou na 12° colocação. Confira abaixo como ficou a classificação final da Daytona 300.





















NASCAR XFINITY: 1° ETAPA - ALERT TODAY FLORIDA 300 - FINAL
1.(16) Ryan Reed, Ford - 120 voltas
2.(60) Chris Buescher, Ford - 120 voltas
3.(3) Ty Dillon, Chevrolet - 120 voltas
4.(33) Austin Dillon, Chevrolet - 120 voltas
5.(22) Brad Keselowski, Ford - 120 voltas
6.(44) David Starr, Toyota - 120 voltas
7.(98) Aric Almirola, Ford - 120 voltas
8.(42) Kyle Larson, Chevrolet - 120 voltas
9.(4) Ross Chastain, Chevrolet - 120 voltas
10.(88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 119 voltas
11.(43) Dakoda Armstrong, Ford - 119 voltas
12.(6) Darrell Wallace Jr., Ford - 119 voltas
13.(26) Mike Wallace, Toyota - 119 voltas
14.(51) Jeremy Clements, Chevrolet - 118 voltas
15.(90) Mario Gosselin, Chevrolet - 118 voltas
16.(55) Jeffrey Earnhardt, Chevrolet - 118 voltas
17.(24) Eric McClure, Toyota - 116 voltas
18.(20) Erik Jones, Toyota - 116 voltas
19.(1) Elliott Sadler, Ford - 116 voltas
20.(8) Blake Koch, Toyota - 115 voltas
21.(13) Chris Cockrum, Chevrolet - 115 voltas
22.(40) Derek White, Dodge - 115 voltas
23.(97) Josh Reaume, Chevrolet - 115 voltas
24.(74) Mike Harmon, Dodge - 114 voltas
25.(2) Brian Scott, Chevrolet - 112 voltas (acidente)
26.(54) Kyle Busch, Toyota - 111 voltas (acidente)
27.(28) J.J. Yeley, Toyota - 111 voltas (acidente)
28.(9) Chase Elliott, Chevrolet - 111 voltas (acidente)
29.(62) Brendan Gaughan, Chevrolet - 110 voltas (acidente)
30.(14) Cale Conley, Toyota - 110 voltas (acidente)




















-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------Nascar Xfinity Series 2015

sábado, 21 de fevereiro de 2015

NASCAR CAMPING WORLD TRUCK SERIES













Tyler Reddick vence em Daytona na abertura da Truck Series.

por Luis Fernando Soares de Almeida

Com apenas 19 anos e 18 corridas na categoria, Tyler Reddick conquistou a sua primeira vitória na Nascar. Ontem a noite (20/02) na abertura da temporada em Daytona Reddick conseguiu uma excelente vitoria. A disputa pelo segundo lugar atrás de Reddick foi sensacional com 4 pilotos lado a lado cruzando a linha de chegada. Um grande acidente aconteceu na volta No.49 tirando três caminhonetes na disputa, os dois pilotos da equipe de Brad Keselowski conseguiram escapar ilesos do acidente e ganharam várias posições. Na feroz disputa pelo segundo lugar quem acabou se dando bem foi Erik Jones (Toyota) que cruzou em segundo seguido de Scott Lagasse Jr. (Chevrolet), Austin Theriault (Ford) e Ray Black Jr. (Chevrolet) completando o Top 5. O bi-campeão da categoria Matt Crafton largou no pelotão de trás e conseguiu um convincente 8° lugar. Confira abaixo o resultado completo da primeira etapa da Truck Series da Nascar.

TRUCK SERIES: 1° ETAPA - DAYTONA - FINAL
1.(19) Tyler Reddick, Ford - 100 voltas
2.(4) Erik Jones, Toyota - 100 voltas
3.(20) Scott Lagasse Jr., Chevrolet - 100 voltas
4.(29) Austin Theriault, Ford - 100 voltas
5.(07) Ray Black Jr., Chevrolet - 100 voltas
6.(92) David Gilliland, Ford - 100 voltas
7.(99) Bryan Silas, Chevrolet - 100 voltas
8.(88) Matt Crafton, Toyota - 100 voltas
9.(51) Daniel Suarez, Toyota - 100 voltas
10.(98) Johnny Sauter, Toyota - 100 voltas
11.(33) Ty Dillon, Chevrolet - 100 voltas
12.(08) Korbin Forrister, Chevrolet - 100 voltas
13.(02) Tyler Young, Chevrolet - 100 voltas
14.(6) Norm Benning, Chevrolet - 100 voltas
15.(94) Travis Kvapil, Chevrolet - 93 voltas
16.(28) Ryan Ellis, Chevrolet - 87 voltas
17.(31) James Buescher, Chevrolet - 85 voltas
18.(10) Jennifer Jo Cobb, Chevrolet - 77 voltas
19.(25) Matt Tifft, Toyota - 64 voltas
20.(8) Joe Nemecheck, Chevrolet - 62 voltas
21.(23) Spencer Gallagher, Chevrolet - 61 voltas
22.(05) John Wes Townley, Chevrolet - 48 voltas (Acidente)
23.(13) Cameron Hayley, Toyota - 48 voltas (Acidente)
24.(17) Timothy Peters, Toyota - 48 voltas (Acidente)
25.(84) Chris Fontaine, Toyota - 48 voltas (Acidente)
26.(14) Daniel Hemric, Chevrolet - 48 voltas (Acidente)
27.(40) Todd Peck, Chevrolet - 48 voltas (Acidente)
28.(11) Ben Kennedy, Toyota - 20 voltas (Acidente)
29.(54) Justin Boston, Toyota - 18 voltas (Acidente)
30.(82) Austin Hill, Ford - 13 voltas (Acidente)
31.(1) Donnie Neuenberger, Chevrolet - 13 voltas (Acidente)
32.(35) Justin Marks, Toyota - 12 voltas (Acidente)
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------Nascar Camping World Truck Series 2015 

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

NASCAR SPRINT CUP














Jeff Gordon larga na pole position na abertura da temporada da Nascar.
por Luis Fernando Soares de Almeida

No próximo domingo tem inicio mais uma temporada da Nascar Sprint Cup, o grid de largada da tradicional prova que abre a temporada, as 500 Milhas de Dayton foi definido nessa semana, confira abaixo como ficou o grid. O canal FOX SPORTS 2 anuncia a transmissão ao vivo para todo o Brasil as 14 horas.

NASCAR SPRINT CUP: 1° ETAPA - DAYTONA 500 - GRID
1.(24) Jeff Gordon, Chevrolet - 201.293 mph
2.(48) Jimmie Johnson, Chevrolet - 201.135 mph
3.(88) Dale Earnhardt Jr., Chevrolet - 195.080 mph
4.(18) Kyle Busch, Toyota - 200.187 mph
5.(22) Joey Logano, Ford - 193.241 mph
6.(19) Carl Edwards, Toyota - 197.837 mph
7.(14) Tony Stewart, Chevrolet - 197.968 mph
8.(16) Greg Biffle, Ford - 197.477 mph
9.(15) Clint Bowyer, Toyota - 194.995 mph
10.(78) Martin Truex Jr., Chevrolet - 190.678 mph
11.(4) Kevin Harvick, Chevrolet - 197.994 mph
12.(21) Ryan Blaney, Ford - 193.282 mph
13.(5) Kasey Kahne, Chevrolet - 199.867 mph
14.(44) Reed Sorenson, Chevrolet - 194.978 mph
15.(1) Jamie McMurray, Chevrolet - 193.133 mph
16.(66) Mike Wallace, Toyota - 192.509 mph
17.(40) Landon Cassill, Chevrolet - 193.299 mph
18.(51) Justin Allgaier, Chevrolet - 196.532 mph
19.(35) Cole Whitt, Ford - 194.012 mph
20.(10) Danica Patrick, Chevrolet - 197.959 mph
21.(27) Paul Menard, Chevrolet - 198.325 mph
22.(31) Ryan Newman, Chevrolet - 198.177 mph
23.(95) Michael McDowell, Ford - 195.300 mph
24.(41) Kurt Busch, Chevrolet - 197.976 mph
25.(23) J.J. Yeley, Toyota - 199.256 mph
26.(38) David Gilliland, Ford - 195.346 mph
27.(46) Michael Annett, Chevrolet - 196.554 mph
28.(34) David Ragan, Ford - 194.452 mph
29.(42) Kyle Larson, Chevrolet - 195.588 mph
30.(3) Austin Dillon, Chevrolet - 196.962 mph
31.(33) Ty Dillon, Chevrolet - 197.507 mph
32.(17) Ricky Stenhouse Jr., Ford - 196.816 mph
33.(43) Aric Almirola, Ford - 197.200 mph
34.(55) Michael Waltrip, Toyota - 190.517 mph
35.(20) Matt Kenseth, Toyota - 200.214 mph
36.(83) Johnny Sauter, Toyota - 198.220 mph
37.(6) Trevor Bayne, Ford - 197.256 mph
38.(9) Sam Hornish Jr., Ford - 197.243 mph
39.(2) Brad Keselowski, Ford - 193.357 mph
40.(47) AJ Allmendinger, Chevrolet - 198.212 mph
41.(13) Casey Mears, Chevrolet - 197.946 mph
42.(11) Denny Hamlin, Toyota - 200.933 mph
43.(32) Bobby Labonte, Ford - 199.067 mph
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------Nascar Sprint Cup 2015

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

FÓRMULA 1
















O brasileiro Felipe Nasr é o mais rápido no 3° dia de treinos na Espanha.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Felipe Nasr da Sauber foi o mais rápido do terceiro dia da pré-temporada em Jere de La Frontera na Espanha. Somente no final do treino com pneus macios Nasr conseguiu superar a Ferrari de Kimi Räikkönen. Em termos de distância e resistência a equipe Mercedes dominou novamente. Nico Rosberg fez 151 voltas e Lewis Hamilton repetiu as 91 voltas de ontem. McLaren-Honda experimentou o seu melhor dia até agora da pré-temporada, o espanhol Fernando Alonso fez 32 voltas pela manhã, mas apesar disso um problema no motor encerrou prematuramente o dia para a McLaren. Carlos Sainz Jr. deu 137 voltas na Toro Rosso-Renault ficando com o 6° melhor tempo do dia. Confira abaixo os tempos dos 8 pilotos que estiveram na pista.

FÓRMULA 1: PRÉ-TEMPORADA, 3° DIA - JEREZ, ESPANHA
1.Felipe Nasr, Sauber-Ferrari - 1:21.545 (109 voltas)
2.Kimi Räikkönen, Ferrari - 1:21.750 (94 voltas)
3.Nico Rosberg, Mercedes - 1:21.982 (151 voltas)
4.Felipe Massa, Williams-Mercedes - 1:22.276 (71 voltas)
5.Pastor Maldonado, Lotus-Mercedes - 1:22.713 (96 voltas)
6.Carlos Sainz Jr., Toro Rosso-Renault - 1:23.187 (137 voltas)
7.Daniel Ricciardo, Red Bull-Renault - 1:23.901 (49 voltas)
8.Fernando Alonso, McLaren-Honda - 1:35.553 (32 voltas)
----------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2015 

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

FÓRMULA 1
















No segundo dia em Jerez Sebastian Vettel da Ferrari foi o mais rápido.

por Luis Fernando Soares de Almeida

Sebastian Vettel foi o mais rápido novamente no segundo dia da pré-temporada fa Fórmula 1 em Jerez na Espanha. O tetra-campeão fez várias voltas mais rápidas do que todo mundo pela manhã durante os dois períodos correndo com pneus de composto médio, ele foi beneficiado por uma chuva que começou a cair na hora final do treino impossibilitando que outros pilotos desafiassem o alemão. A Sauber utilizou pneus macios e ficou em 2° com o brasileiro Felipe Nasr batendo Valtteri Bottas da Williams que tambem utilizou pneus macios no período da tarde. Lewis Hamilton ficou bastante tempo na pista completando um total de 91 voltas, mas um vazamento de água em seu carro, o F1 W06 forçou o atual campeão a sair mais cedo da pista. McLaren e Red Bull tambem tiveram uma dia complicado, Jenson Button completou apenas 6 voltas, parou com problemas em seu motor Honda e Daniil Kvyat falhou em marcar tempo na pista. Confira abaixo o resultado do segundo dia da pré-temporada da Fórmula 1 na Espanha.
F1: PRÉ-TEMPORADA - 2° DIA JEREZ, ESPANHA
1.Sebastian Vettel, Ferrari  - 1:20.984 (89 voltas)
2.Felipe Nasr, Sauber-Ferrari - 1:21.867 (88 voltas)
3.Valtteri Bottas, Williams-Mercedes - 1:22.319 (61 voltas)
4.Lewis Hamilton, Mercedes - 1:22.490 (91 voltas)
5.Max Verstappen, Toro Rosso-Renault - 1:24.167 (73 voltas)
6.Pastor Maldonado, Lotus-Mercedes - 1:25.802 (41 voltas)
7.Jenson Button, McLaren-Honda - 1:54.655 (6 voltas)
8.Daniil Kvyat, Red BUll-Renault - sem tempo (18 voltas)
-------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula 1 2015

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

TUDOR UNITED SPORTSCAR CHAMPIONSHIP


Equipe Chip Ganassi vence as 24 Horas de Daytona.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O carro No.02 da equipe Chip Ganassi foi o grande vencedor das 24 Horas de Daytona prova que abriu o calendário do automobilismo mundial nesse final de semana. A equipe formada por estrelas da Nascar e da Indy fez bonito ao longo da maratona de 24 horas de corrida. Jamie McMurray e Kyle Larson da Nascar dividiram o cockpit com os astros da Indy Tony Kanaan e Scott Dixon. O Ford EcoBoost/Riley prevaleceu na dura batalha contra os carros da Action Express Racing e Wayne Taylor Racing para vencer a etapa da abertura da TUDOR United SportsCar Championship. Scott Dixon foi quem cruzou a linha de chegada 2.2 segundos à frente de Sebastien Bourdais. Com a vitória McMurray se junta a A.J. Foyt e Mario Andretti como os únicos pilotos à venceram as 500 Milhas de Daytona e as 24 Horas de Daytona. Foi a 6° vitória da equipe Ganassi em 12 participações nessa corrida. Dixon venceu a sua 2° Rolex 24. Na parte final da prova tivemos uma ótima batalha entre Scott Dixon e JOrdan Taylor, mas um erro de calcuo no consumo de combustivel teve que trazer o COrvette DP No.10 para mais uma parada durante uma bandeira amarela, Ricky Taylor assumiu o volante mas teve que pagar uma penalização por uma parada fora da sequencia e eles acabaram na 3° colocação. Bourdais assumiu a 2° colocação mas não teve como atacar Dixon. Bourdais, Christian Fittipaldi e João Barbosa defendem o título da categoria e começar o ano com o 2° lugar no pódio foi muito bom. Vários carros da categoria DP abandonaram a corrida na sua parte final. Na categoria de protótipos Challenge (PC) o carro dominante da corrida da equipe CORE Autosport sofreu um revés na última hora da corrida permitindo que o carro No. 52 da equipe PR1/Mathiasen Motorsports saísse vencedor. Os 4 pilotos que comandaram o carro na corrida foram: Tom Kimber-Smith, Mike Guasch, Andrew Novich e Andrew Palmer. Uma volta atrás veio o 2° colocado, o carro que conquistou a pole position No. 16 da BAR1 Motorsports Autosport de Johnny Mowlem, Tom Papadopoulos, Tomy Drissi, Brian Alder e Martin Plowman. Fechando o pódio da PC ficou o carro No.54 que apesar dos problemas com o acidente que sofreu voltou para a pista mas teve problemas de suspensão. Apesar disso o carro completou um número de voltas suficientes para chegar em 3° com os pilotos Ben Keating, Colin Braun, James Gue e Mark Wilkins. Na categoria GTLM sempre uma das mais emocionantes e disputada o Corvette C7.R (#3) saiu vencedor, cruzando a linha de chegada apenas 0.478 segundos à frente do BMW Z4 GTE (#25). Foi a primeira vitória da Corvette Racing desde 2001. Foi uma batalha da Corvette contra a BMW no quarto final da corrida. Antonio Garcia no Corvette abriu uma liderança confortável sobre Dirk Werner na BMW com 20 minutos faltando para terminar a prova. A diferença, entretanto evaporou rapidamente quando o protótipo challenge de Colin Braun, então na liderança sofreu um acidente na chicane, forçando uma bandeira amarela. Na últimas 6 voltas Werner pressionou bastante GArcia mas não o suficiente para superar o Corvette de Garcia e seus co-pilotos Jan Magnussen e Ryan Briscoe. O brasileiro Augusto Farfus tambem pilotou o BMW que chegou na segunda colocação, mais um piloto brasileiro no pódio das 24 HOras de Daytona. O pódio da GTLM foi completado com o outro Corvette dos pilotos Oliver Gavin, Simon Pagenaud e Tommy Milner. Finalmente na categoria GT Daytona, o Dodge Viper SRT No. 93 de Ben Keating, Al Carter, Dominik Farnbacher, Kuno Wittmer e Cameron Lawrence conseguiu uma vitória emocionante. 





















TUDOR USCC: 1° ETAPA - 24 HORAS DE DAYTONA - FINAL
1.(02) Dixon/Kanaan/Larson/McMurray, Ford EcoBoost DP - 740 voltas
2.(5) Barbosa/Fittipaldi/BOurdais, Corvette DP - +1.333
3.(10) J.Taylor/R.Taylor/Angelelli, Corvette DP - +1:07.074
4.(90) Westbrook/Valiante/Rockenfeller, Corvette DP - +6 voltas
5.(3) Magnussen/Garcia/Briscoe, Corvette C7.R - +15 voltas (GTLM)
6.(25) Auberlein/Werner/Farfus/Spengler, BMW Z4 GTE - +15 voltas (GTLM)
7.(31) Curran/Cameron/Papis/Keen, Corvette DP - +19 voltas
8.(4) Gavin/Milner/Pagenaud, Corvette C7.R - +22 voltas (GTLM)
9.(52) Guasch/Novich/Palmer/Kimber-Smith, ORECA FLM09 - +26 voltas (PC)
10.(16) Mowlem/Papadopoulos/Drissi, ORECA FLM09 - +27 voltas (PC)
11.(60) Pew/Negri Jr./Allmendinger, Honda HPD Ligier JS P2 - +35 voltas
12.(54) Bennett/Braun/Wilkins/Gue, ORECA FLM09 - +36 voltas (PC)
13.(93) Keating/Farnbacher/Carter, Dodge Viper SRT - +36 voltas (GTD)
14.(22) MacNeil/Keen/Davis, Porsche 911 GT America - +36 voltas (GTD)
15.(58) Snow/Heylen/Dempsey, Porsche 911 GT America - +38 voltas (GTD)
16.(24) Edwards/Luhr/Klingmann, BMW Z4 GTE - +39 voltas (GTLM)
17.(85) Golkhberg/Miller/Simpson, ORECA FLM09 - +39 voltas (PC)
18.(49) Lathouras/Rugolo/Aguas/Griffin, Ferrari 458 ITalia - +39 voltas (GTD)
19.(48) Haase/Miller/Moltka/Ras, Audi R8 LMS - +45 voltas (GTD)
20.(63) Sweedler/Bell/Lazzaro/Seg., Ferrari 458 Italia - +49 voltas (GTD)
21.(81) Faulkner/Giermaziak/Skeen/B., Porsche 911 GT America - +53 voltas (GTD)
22.(009) DeBoer/Riddle/Salazar/Wilson, Aston Martin V12 Vantage - +62 voltas (GTD)
23.(33) Keating/Bleekemolen/Carter, Dodge Viper SRT - +66 voltas (GTD)
24.(45) Winkelhock/Thorne/Hoshino/F, Audi R8 LMS - +70 voltas (GTD)
25.(01) Pruett/Hand/Kimball/Karam, Ford EcoBoost DP - +71 voltas
26.(66) Gewirtz/Lewis/Kvamme/D.C., BMW Power Riley DP - +96 voltas
27.(911) Tandy/Pilet/Lieb/Christensen, Porsche 911 RSR - +100 voltas (GTLM)
28.(98) Lamy/Dalla Lana/Turner/Muck, Aston Martin Vantage V8 - +108 voltas (GTLM)
29.(44) Potter/Lally/Seefried/Ragginge, POrsche 911 GT America - +124 voltas (GTD)
30.(97) Marsal/Palttala/Priaulx/Said, BMW Z4 - +136 voltas (GTD)
31.(007) Nielsen/Davison/Nygaard/B., Aston Martin V12 Vantage - +147 voltas (GTD)
32.(50) Pace/DeFoor/Hinton/Schroede, BMW Power Riley DP - +150 voltas
33.(912) Bergmeister/Bamber/Makowiecki, POrsche 911 RSR - +159 voltas (GTLM)
34.(64) Longo/Serra/Gomes/Bertolini, Ferrari 458 Italia - +195 voltas (GTD)
35.(18) Basseng/Beretta/O'Young/D., Porsche 911 GT America - +201 voltas (GTD)
36.(11) Cumming/Junqueira/Hawksworth, ORECA FLM09 - +205 voltas (PC)
37.(73) Lindsey/Pumpelly/Norman/Ca., Porsche 911 GT America - +208 voltas (GTD)
38.(17) Henzler/Sellers/P.Long, Porsche 911 RSR - +210 voltas (GTLM)
39.(7) Hartley/Barrichello/Hunter-Reay, BMW Power Riley - +314 voltas
40.(19) Michaelian/Lira/Flores/De Phill., Porsche 911 GT America - +326 voltas (GTD)
41.(1) Sharp/Dalziel/H-Han., Honda HPD ARX - +326 voltas
42.(61) Plowman/Drumwright/Breuker, ORECA FLM09 - +379 voltas (PC)
43.(07) J.Miller/T.Long/Devlin/Trem., Mazda Prototype - +392 voltas
44.(62) Kaffer/Rigon/Fisichella/Beretta, Ferrari 458 Italia - +430 voltas (GTLM)
45.(8) Schultis/Zande/Popow, ORECA FLM09 - +441 voltas (PC)
46.(38) FRench/Mee/Vance/Johnston, ORECA FLM09 - +502 voltas (PC)
47.(23) James/M.Farnbacher/Riberas, Porsche 911 GT America - +507 voltas (GTD)
48.(51) Perrodo/Collard/Bruni/Villander, Ferrari 458 Italia - +529 voltas (GTLM)
49.(70) Bomarito/Nunez/Hinchcliffe/Tr., Mazda Prototype - +542 voltas
50.(28) Bachler/Zoeching/Engelhart, Porsche 911 GT America - +564 voltas (GTD)
51.(57) Krohn/Pla/Jonsson/Brundle, Ligier JS P2 JUdd - +568 voltas      
52.(2) Brown/Overbeek/Fogarty, Honda HPD ARX - +691 voltas
53.(0) Rojas/Legge/Chaves/Meyrick, DeltaWing DWC13 - +698 voltas









































-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------TUDOR United SportsCar Championship 2015    

sábado, 24 de janeiro de 2015

CONTINENTAL TIRE SPORTSCAR CHALLENGE



















Matt Plumb vence na abertura da temporada do CTSC em Daytona.
por Luis Fernando Soares de Almeida

No ano passado Matt Plumb liderava a corrida confortávelmente pela equipe BMW Performance 200 quando à 4 voltas do final seu carro apresentou problemas mecânicos e ele ficou devastado com o ocorrido. Ontem Plumb se encontrou na mesma situação, com o seu Porsche 911 liderava com tranquilidade - mais de seis segundos sobre o segundo colocado - mas dessa vez seu carro não apresentou problemas e ele abriu a temporada de 2015 na Continental Tire SportsCar Challenge com a vitória em Daytona. Foi a 3° vitória da equipe Rum Bum em Daytona. Robin Lindell cruzou em 2° no seu Camaro Z/28.R da equipe Stevenson Motorsports. Fechando o pódio veio mais um Camaro da equipe Stevenson pilotado por Lawson Aschenbach. Na categoria Street Turner (ST) Spencer Pumpelly foi o vencedor com o Porsche Cayman da equipe Rennsport One.  final foi emocionante, faltando apenas duas voltas para terminar a corrida Pumpelly foi ultrapassado por Adam Isman, mas Isman acabou ficando sem combustivel no seu Cayman No.18. O campeão do ano passado Eric Foss cruzou a linha de chegada em 2° tambem com um Porsche Cayman. Em 3° veio o piloto David Murray com o BMW 328I da equipe TGM. Um belo começo de temporada para a CTSC.

CTSC: 1° ETAPA - DAYTONA - FINAL
1.(13) Matt Plumb, Porsche 911 (GS) - 68 voltas
2.(6) Robin Lindell, Camaro Z/28.R (GS) - +6.972
3.(9) Lawson Aschenbach, Camaro Z/28.R (GS) - +7.052
4.(46) Trent Hindman, BMW M3 (GS) - +7.494
5.(15) Billy Johnson, Ford Mustang Boss 302R (GS) - +8.400
6.(41) Bryan Heikotter, Nissan 370Z (GS) - +11.170
7.(67) Kris Wilson, Aston Martin Vantage GT4 (GS) - +27.431
8.(158) Jade Buford, Ford Mustang Boss 302R (GS) - +28.075
9.(8) Mark Wilkins, Chevrolet Camaro Z/28.R (GS) - +31.355
10.(10) Nick Galante, Ford Mustang Boss 302R (GS) - +42.932
11.(2) Mike McGovern, Ford Mustang Boss 302R (GS) - +1:00.866
12.(80) Kyle Marcelli, Chevrolet Camaro Z/28.R (GS) - +1:03.480
13.(57) Timmy Rivers, Ford Mustang Boss 302R (GS) - +2:24.026
14.(78) Bob Michaelian, Ford Mustang Boss 302R (GS) - +1 volta
15.(17) Spencer Pumpelly, Porsche Cayman (ST) - +1 volta
16.(56) Eric Foss, Porsche Cayman (ST) - +2 voltas
17.(64) David Murry, BMW 328I (ST) - +2 voltas
18.(83) Greg Liefooghe, Porsche Cayman (ST) - +2 voltas
19.(84) James Clay, BMW 328I (ST) - +2 voltas
20.(23) Terry Borcheller, BMW 128I (ST) - +2 voltas
21.(75) Kyle Gimple, Honda Civic ST (ST) - +2 voltas
22.(92) Kevin Boehn, Honda Civic ST (ST) - +2 voltas
23.(26) Andrew Carbonell, Mazda MX-5 (ST) - +2 voltas
24.(18) Adam Isman, Porsche CAyman (ST) - +2 voltas
25.(31) Jason Rabe, Porsche Cayman (ST) - +2 voltas
26.(93) Peter Cunningham, Honda Civic ST (ST) - +2 voltas
27.(87) Mark Pombo, Porsche Cayman (ST) - +2 voltas
28.(43) Jeff Sefal, Porsche Cayman (ST) - +2 voltas
29.(65) Tim Probert, BMW 328I (ST) - +2 voltas
30.(44) Owen Trinkler, Honda Civic ST (ST) - +3 voltas
31.(3) Marc Miller, Mazda MX-5 (ST) - +3 voltas
32.(5) Stevan McAleer, Mazda MX-5 (ST) - +3 voltas
33.(88) Jim Jonsin, Porsche Cayman (ST) - +3 voltas
34.(36) John Lewis, Porsche Cayman (ST) - +4 voltas
35.(19) Connor Bloum, Porsche Cayman (ST) - +5 voltas
36.(42) Wayne Nonnamaker, Porsche Cayman (ST) - +5 voltas
37.(38) Seth Thomas, Porsche Cayman (ST) - +5 voltas
38.(14) BJ Zacharias, Nissan 370Z (GS) - +10 voltas
39.(74) Jim McGuire, Honda Civic ST (ST) - +14 voltas
40.(09) Ken Wilden, Aston Martin Vantage (GS) - +19 voltas
41.(62) Dylan Murcott, Chevrolet Camaro GS.R (GS) - +21 voltas
42.(34) Christian Szymczak, Mazda MX-5 (ST) - +21 voltas
43.(28) Charles Esplenaub, Nissan 370Z (GS) - 25 voltas
44.(29) Brett Sandberg, Nissan 370Z (GS) - +28 voltas
45.(08) Andy Lally, Porsche 911 (GS) - +33 voltas
46.(4) Jorge Leroux, Honda Civic ST (ST) - +41 voltas
47.(76) Pierre Kleinubing, Subaru WRX STI (GS) - +42 voltas
48.(95) Alex Bolanos, Hyundai Genesis (ST) - +42 voltas
49.(77) Donald Theetge, Honda Civic SI (ST) - +42 voltas
50.(24) David Baum, Porsche Cayman (ST) - +51 voltas
51.(00) Roly Falgueras, Ford Mustang Boss 302R (GS) - +59 voltas
52.(99) Rob Ecklin Jr., Aston Martin Vantage (GS) - abandono após 9 voltas
53.(89) Ken D'Arcy, BMW M3 (GS) - não largou
54.(48) Al Cartier, BMW M3 (GS) - não largou
55.(81) Andrie Martanto, BMW 328I (ST) - não largou
56.(86) Sam Schechter, BMW 128I (ST) - não largou
----------------------------------------------------------------------------------------------------------Continental Tire Sports Car  Challenge 2015

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

UNITED SPORTSCAR CHAMPIONSHIP


Oswaldo Negri Jr. larga na pole position na principal categoria das 24 Horas de Daytona.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Nesse final de semana o calendário do automobilismo mundial será aberto oficialmente com a 1° etapa da TUDOR United SportsCar Championship, categoria que nasceu da fusão entre a Rolex Series e a American Le Mans Series. A segnda temporada da categoria reserva nessa primeira etapa uma enormidade de pilotos conhecidos que disputarão a famosa 24 HOras de Daytona. O brasileiro Oswaldo Negri Jr, foi o mais rápido e conquistou a pole position na categoria de Protótipos. O brasileiro veterano cravou uma volta de 1:39.194 com o seu Honda HPD Ligier JS P2. Negri vai dividir o cockpit com AJ Allmendinger, John Pew e Matt McMurry. Outro brasileiro que é destaque na categoria, Christian Fittipaldi que defende o título conseguiu junto com seus companheiros João Barbosa e Sebastien Bourdais o 4° tempo com o seu Corvette DP. Tony Kanaan larga na primeira fila ao lado de Negri Jr.. Kanaan divide o cockpit com Scott Dixon, Kyle Larson e Jamie McMurray no seu Ford EcoBoost. Rubens Barrichello tambem vai participar da corrida na principal categoria com um BMW Power Riley, junto com Ryan Hunter-Reay, Hartley e Graves ele larga na 4° fila na 8° posição. Na categoria Protótipo Challenge o pole position ficou com o carro No.16, o ORECA FLM09 pilotado por Johnny Mowlem, Papadopoulos, Drissi e Alder. Nessa categoria tambem temos a presença de um brasileiro, Bruno Junqueira que larga na 7° colocação na PC e 26° no geral. Na categoria GT LeMans o mais rápido foi o Corvette C7.R No. 4 de Oliver Gavin, Simon Pagenaud e Tommy Milner. Essa é uma das categorias mais disputadas, ao lado do Corvette larga em 2° a Ferrari 458 Italia No. 51 de Perrodo, Collard, Ginmaria Bruni e Vilander. Na GT LeMans temos mais um brasileiro, Augusto Farfus que corre com um BMW Z4 GTE e largará na 7° posição. E finalmente na GT Daytona a pole position ficou com o Aston Martin V12 de Nielsen, J.Davison, Nygaard e B.Davis. Nessa categoria temos mais brasileiros Chico Longo, Daniel Serra e Pedro Gomes com uma Ferrari 458 Italia largam na 5° colocação. 





















TUSCC: 1° ETAPA - ROLEX 24 AT DAYTONA - GRID DE LARGADA
CATEGORIA PROTÓTIPOS (DP)
1.(#60) Pew/Negri Jr./Allmendinger/McMurry, Honda HPD Ligier JS - 1:39.194
2.(#02) Dixon/Kanaan/Larson/McMurray, Ford EcoBoost - 1:39.302
3.(#01) Pruett/Hand/Kimball/Karam, Ford EcoBoost - 1:39.309
4.(#5) Barbosa/Fittipaldi/Bourdais, Corvette DP - 1:39.568
5.(#0) Rojas/Legge/Chaves/Meyrick, DeltaWing DWC 13 - 1:39.625
6.(#57) T.Krohn/Pla/Jonsson/Brundle, Ligier JS P2 Judd - 1:39.683
7.(#10) J.Taylor/R.Taylor/Angelelli, Corvette DP - 1:39.888
8.(#7) Hartley/Barrichello/Hunter-Reay/Graves, BMW Power Riley - 1:40.260
9.(#31) Curran/Cameron/Papis/P.Keen, Corvette DP - 1:40.322
10.(#90) Westbrook/Valiante/Rockenfeller, Corvette DP - 1:40.330
11.(#66) Gewirtz/S.Lewis/Kvamme/D.Cheng, BMW Power Riley - 1:42.070
12.(#2) Brown/van Overbeek/Fogarty, Honda HPD ARX - 1:42.390
13.(#70) Bomarito/Nunez/Hinchcliffe/Tremblay, Mazda Prototype - 1:43.782
14.(#50) Pace/DeFoor/Hinton/Schroeder, BMW Power Riley - 1:44.423
15.(#07) Joel Miller/T.Long/Devlin/Tremblay, Mazda Prototype - 1:47.320
16.(#1) Sharp/Dalziel/H.Hansson, Honda HPD ARX - sem tempo (52° no geral)
CATEGORIA PROTÓTIPO CHALLENGE (PC)
1.(#16) Mowlem/Papadopoulos/Drissi/Alder, ORECA FLM09 - 1:42.318 (12° na geral)
2.(#54) Bennett/Braun/Wilkins/Gue, ORECA FLM09 - 1:42.498 (14° no geral)
3.(#52) Guasch/Novich/Palmer/Kimber-Smith, ORECA FLM09 - 1:42.829 (15° no geral)
4.(#8) Schultis/vander Zande/Popow/Hedlund, ORECA FLM09 - 1:43.322 (16° no geral)
5.(#61) Plowman/Drumwright/Breukers/Blacks, ORECA FLM09 - 1:43.442 (17° no geral)
6.(#85) Goikhberg/C.Miller/Simpson/Mitchell, ORECA FLM09 - 1:43.514 (19° no geral)
7.(#11) Cumming/Junqueira/Hawksworth/Mene, ORECA FLM09 - 1:43.992 (26° no geral)
8.(#38) French/Mee/Vance/Johnston, ORECA FLM09 - 1:44.473 (31° no geral)
CATEGORIA GTLM
1.(#4) Gavin/Milner/Pagenaud, Chevrolet Corvette C7.R - 1:43.488 (18° no geral)
2.(#51) Perrodo/Collard/Bruni/Vilander, Ferrari 458 Italia - 1:43.830 (21° no geral)
3.(#98) Lamy/Dalla Lana/Turner/Mucke/Lauda, Aston Martin Vantage V8 - 1:43.980 (22° no geral)
4.(#24) J.Edwards/Luhr/Klingmann/Rahal, BMW Z4 GTE - 1:43.966 (23° no geral)_
5.(#3) Magnussen/Garcia/Briscoe, Chevrolet Corvette C7.R - 1:43.976 (24° no geral)
6.(#62) Kaffer/Rigon/Fisichella/O.Beretta, Ferrari F458 Italia - 1:43.986 (25° no geral)
7.(#25) Auberlein/Werner/Farfus/Spengler, BMW Z4 GTE - 1:44.024 (27° no geral)
8.(#911) Tandy/Pilet/Lieb/Christensen, Porsche 911 RSR - 1:44.082 (28° no geral)
9.(#17) Henzler/Sellers/P.Long, Porsche 911 RSR - 1:44.465 (30° no geral)
10.(#912) Bergmeister/Bamber/Makowiecki/Christ., Porsche 911 RSR (32° no geral)
CATEGORIA GTD (GT DAYTONA)
1.(#007) Nielsen/J.Davison/Nygaard/B.Davis, Aston Martin V12 - 1:47.272 (33° no geral)
2.(#33) Keating/J.Bleekemolen/Carter/Goossen, Dodge Viper SRT - 1:47.424 (35° no geral)
3.(#28) Bachler/Zoechling/Engelhart/Willsey/Ine, Porsche 911 GT America - 1:47.451 (36° no geral)
4.(#58) Ma.Snow/Heylen/Dempsey/Eng, Porsche 911 GT America - 1:47.535 (37° no geral)
5.(#64) Longo/Serra/Gomes/Bertolini, Ferrari 458 Italia - 1:47.805 (38° no geral)
6.(#45) Winkelhock/Thorne/Hoshino/Fujii, Audi R8 LMS - 1:47.813 (39° no geral)
7.(#73) Lindsey/Pumpelly/Norman/Canache Jr., Porsche 911 GT America - 1:47.860 (40° no geral)
8.(#44) Potter/Lally/Seefried/Ragginger, Porsche 911 GT America - 1:48.099 (41° no geral)
9.(#63) Sweedler/To.Bell/Lazzaro/Segal, Ferrari 458 Italia - 1:48.117 (42° no geral)
10.(#22) MacNeil/L.Keen/A.Davis/van Gisbergen, Porsche 911 GT America - 1:48.200 (43° no geral)
11.(#48) Haase/B.Miller/von Moltke/Rast, Audi R8 LMS - 1:48.202 (44° no geral)
12.(#49) Lathouras/Rugolo/Aguas/Griffin, Ferrari 458 Italia - 1:48.614 (45° no geral)
13.(#23) James/M.Farnbacher/Riberas, Porsche 911 GT America - 1:48.683 (46° no geral)
14.(#19) J.Michaelian/Lira/Flores/De Phillippi, Porsche 911 GT America - 1:49.035 (47° no geral)
15.(#18) Basseng/M.Beretta/O'Young/De Phillipp, Porsche 911 GT America - 1:49.291 (48° no geral)
16.(#93) Keating/D.Farnbacher/Carter/Wittmer, Dodge Viper SRT - 1:49.512 (49° no geral)
17.(#97) Marsal/Palttala/Priaulx/Said, BMW Z4 - 1:50.213 (50° no geral)
18.(#81) Faulkner/Giermaziak/Skeen/Butcher, Porsche 911 GT America - sem tempo (51° no geral)
19.(#009) DeBoer/Riddle/Salazar/K.Wilson, Aston Martin V12 - sem tempo (53° no geral)





















--------------------------------------------------------------------------------------------------------Tudor United SportsCar Championship 2015

domingo, 11 de janeiro de 2015

FÓRMULA E
















Em corrida maluca e emocionante o português Antonio Félix da Costa vence em Buenos Aires.
por Luis Fernando Soares de Almeida

Numa corrida que teve de tudo, muita disputa por posições entre os pilotos, penalizações alguns acidentes o português Antonio Félix da Costa saiu vencedor da 4° etapa da Fórmula E que esta dando muito o que falar. A corrida foi emocionante em determinado momento Nicolas Prost liderava mas uma quebra de suspensão fez com que o brasileiro Lucas Di Grassi herdasse a liderança da corrida, na volta seguinte a suspensão do brasileiro da equipe Audi Sport Abt tambem não resistiu a chicane de alta velocidade e quebrou. O sortudo da vez foi o piloto alemão Nick Heidfeld (Venturi) que assumiu a ponta da corrida, mas foi penalizado por excesso de velocidade no pitlane, com isso o português Antonio Félix da Costa da equipe Amlin Aguri assumiu a ponta e venceu a sua primeira corrida na categoria. Nicolas Prost da e.dams-Renault comandada pelo ex-piloto e campeão da Fórmula 1 Alain Prost chegou em 2° e completando o pódio veio o brasileiro Nelsinho Piquet da equipe China Racing. O curioso é que Nelsinho em apenas 1 volta ganhou várias posições e quando cruzou a linha de chegada não tinha a menor idéia de onde tinha terminado, quando a equipe informou pelo rádio que ele tinha terminado em 3° ele ficou surpreso. Bruno Senna da Mahindra Racing terminou em 5°. Piquet foi penalizado após o término da corrida por não ter diminuido a velocidade do seu carro sob bandeira amarela, a penalização não afetou o seu resultado na corrida mas para a próxima etapa ele perderá cinco posições no grid de largada. 

FÓRMULA E: 4° ETAPA - BUENOS AIRES - FINAL
1.(#55) Antonio Felix da Costa, Amlin Aguri - 35 voltas (48:52.100)
2.(#8) Nicolas Prost, e.dams-Renault - +5.354
3.(#99) Nelsinho Piquet, China Racing - +8.522
4.(#3) Jaime Alguersuari, Virgin Racing - +11.148
5.(#21) Bruno Senna, Mahindra Racing - +11.535
6.(#27) Jean-Eric Vergne, Andretti - +13.319
7.(#2) Sam Bird, Virgin Racing - +13.617
8.(#23) Nick Heidfeld, Venturi - +15.464
9.(#6) Oriol Servia, Dragon Racing - +19.334
10.(#30) Stephane Sarrazin, Venturi - +28.973
11.(#88) Ho-Pin Tung, China Racing - +37.858
12.(#28) Marco Andretti, Andretti - +1 volta
13.(#66) Daniel Abt, Audi Sport Abt - +2 voltas
14.(#7) Jerome D'Ambrosio, Dragon Racing - +2 voltas
15.(#10) Jarno Trulli, Trulli - abandono
16.(#11) Lucas Di Grassi, Audi Sport Abt - acidente
17.(#9) Sebastien Buemi, e.dams-Renault - acidente
18.(#18) Michela Cerruti, Trulli - acidente
19.(#5) Karun Chandhok, Mahindra Racing - acidente
20.(#77) Salvador Duran, Amlin Aguri - excluido
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula E 2015 

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

UNITED SPORTSCAR CHAMPIONSHIP











A Escuderia Corsa revela todo os seus pilotos que disputarão as 24 Horas de Daytona.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O time sediado em Los Angeles, California, a Escuderia Corsa apresentou nessa semana a linha de pilotos que disputara a temporada da United Sportscar Championship, mais precisamente as 24 Horas de Daytona que abre a temporada do automobilismo mundial no próximo final de semana em Daytona. A Ferrari 458 Italia No.63 será conduzida por Bill Sweedler e Townsend Bell. Para as 24 Horas de Daytona, eles terão a companhia de Jeff Segal e Anthony Lazzaro. O outro carro da equipe, a Ferrari No.64 será conduzida por uma dupla de pilotos brasileiros, Daniel Serra da Stock Car e Chico Longo foram confirmados na última semana do ano. Bell e Sweedler competirão nas 24 Horas de Le Mans também, na classe GTE-Am. 
------------------------------------------------------------------------------------------------/United Sportscar Championship 2015

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

FÓRMULA E


Sébastien Buemi vence em Punta del Leste, a 3° etapa da Fórmula E.
por Luis Fernando Soares de Almeida

O suiço Sébastien Buemi conquistou de maneira brilhante a sua primeira vitóra na Fórmula E em Punta del Leste nesse último sábado (13/12). Jean-Eric Vergne (ex-Toro Rosso) largou na pole position mas perdeu a primeira posição para o brasileiro Nelsinho Piquet (China Racing) logo após a largada. Nelsinho exagerou no inicio da corrida tentando abrir uma vantagem logo de cara e pagou por isso, ele chegou a tocar o muro, não foi suficiente para ele sair da corrida mas o seu carro começou a perder rendimento. Na curva No.8 Vergen recuperou a liderança fazendo uma bela ultrapassagem sobre o brasileiro. Na metade da corrida Stephane Sarrazin passou em cima da zebra e quebrou a suspen~sao do seu carro obrigando o carro de segurança a entrar na pista. Todos os pilotos começaram a entrar nos boxes para trocar seus carros. Até Sarrazin com apenas três rodas conseguiu chegar nos boxes e trocar o seu carro. O carro de segurança entrou uma volta depois de Jean-Eric Vergne entrar nos boxes e perder a liderança da corrida para Sébastien Buemi (e.dams-Renault). Pelo resto da corrida Vergen em segundo começou a perseguir Buemi e diminuir a diferença para o líder. Infelizmente para Vergen uma suspensão quebrada retirou o piloto da disputa. Com Nelsinho Piquet em segundo mas longe de Buemi, o suiço pode relaxar e conquistar a sua primeira vitória da temporada. Nelsinho Piquet conseguiu o seu primeiro pódio da temporada. Melhor ainda para Lucas di Grassi (Audi Sport ABT) que conquistou o seu terceiro pódio em três corridas, com isso aumentou a sua lidernça para 18 pontos no campeonato. A próxima etapa acontece em Janeiro no dia 10 em Buenos Aires na Argentina.

FÓRMULA E: 3° ETAPA - PUNTA DEL LESTE,URUGUAI - FINAL
----------------------------------------------------------------------------------------
1° Sébastien Buemi, e.dams-Renault - 49:08.990
2° Nelsinho Piquet, China Racing - +0.732s
3° Lucas di Grassi, Audi Sport ABT - +2.635s
4° Jaron Trulli, Trulli - +4.163s
5° Jaime Alguersuari, Virgin Racing - +4.698s
6° Bruno Senna, Mahindra Racing - +5.197s
7° Nicolas Prost, e.dams-Renault - +6.514s
8° Jerome D'Ambrosio, Dragon Racing - +7.567s
9° Oriol Servia, Dragon Racing - +8.646s
10° Nick Hiedfeld, Venturi - +10.563s
11° Antonio Garcia, China Racing - +10.594s
12° Michela Cerruti, Trulli - +19.617s
13° Karun Chandhok, Mahindra Racing - +54.175s
14° Jean-Eric Vergne,  Andretti - +2 voltas
15° Daniel Abt, Audi Sport ABT - +3 voltas
16° Salvador Duran, Amlin Aguir - +4 voltas
17° Matthew Brabham, Andretti - não terminou a corrida
18° Stephane Sarrazin, Venturi - não terminou a corrida
19° Antonio Felix da Costa, Amlin Aguir - não terminou a corrida
20° Sam Bird, Virgin Racing - não terminou a corrida
------------------------------------------------------------------------------------------------------Fórmula E 2014/2015